Shen Yin Wang Zuo

006 - O Misterioso Novo Instrutor (Parte 2)

Puff – *balança* Ping-

 

Tres sucessíveis sons ressonavam diretamente, mas eles eram completamente diferentes. O primeiro veio de um corte, o segundo de uma espada, estalando com o impacto. Era exatamente a espada de madeira que não suportou o poder de Long Hao Chen e estalou no meio. Felizmente, ela não foi completamente dividida, além de que a parte de cima poderia ter se partido e ferido ele.

 

E o último som foi o da colisão com a pérola de pedra. Como ele ainda estava no meio do movimento, Hao Chen vê na frente dele que balançou incrivelmente até a 25° divisão, a mais alta.

 

É sério? Se foi, o fato da espada de madeira ter estralado provou isso. Balza disse pra ele uma vez que a espada de madeira era usada até o vigésimo nível de energia espiritual.

 

Hao Chen não tinha o conhecimento acerca dos cavaleiros, mas o fato de que, em uma noite, ele ter passado de um cavaleiro de primeiro estágio para um cavaleiro de segundo estágio, deixou ele bem chocado e surpreso.

 

-Hm?

Hao Chen volta ao seu senso. Com um som quieto, ele vira sua cabeça subconscientemente e descobre chocado que, sem notar, um meia idade estava logo atrás dele.

 

Hao Chen está’ surpreso, mas não assustado, olhando curiosamente para ele. Esse homem de meia idade tem uma estatura alta e magra, cabelo preto, pupilas negras, um belo olhar, e olhos brilhantes. Ele não pode dizer se ele parece talentoso, mas parece
ser bem digno.


Após um momento de surpresa, esse cara de meia idade rapidamente voltou para o seu senso, fechando o olhar e olhando de volta para Hao Chen.

-Quem é você?
Hao Chen pergunta cheio de curiosidade. Esse cara de meia idade responde com uma voz fraca:

– Você passou ontem, no teste dos Cavaleiros Escudeiros, então começando hoje, sou seu novo instrutor. Você pode me chamar de Professor Xing Yu.

Hao Chen diz hesitante:

-Mas é a primeira vez que eu te conheço.

Xing Yu continua:
-Você se chama Long Hao Chen, você tem nove anos e sua mãe se chama Bai Yue, certo?

Hao Chen concorda.

 

Xing Yu se abaixa:
– Então espere por Balza e veremos.
Enquanto diz isso, ele do nada para de falar, e fica encarando uma direção, ele se irrita.

Após um tempinho, passos rápidos podem ser ouvidos e Long Hao Chen vê Balza correndo até ele, mas sua cara parece bem chocada e respeitosa.

– Oi professor.

Hao Chen imediatamente faz a saudação dos cavaleiros para Balza quando vê ele se aproximando.

Mas estranhamente, Balza não retorna a saudação como sempre faz. Em vez disso, ele corre para a frente de Xing Yu e diz respeitosamente:
-Ancião.

Xing Yu acena,
-Diga à ele que sou seu novo instrutor.

-Certo.
Balza rapidamente se vira para Hao Chen e fala:
-O Senhor Xing Yu veio pro Salão dos Cavaleiros da Cidade de Yue Hao, e de agora em diante, ele será seu Cavaleiro Instrutor pelos próximos três anos. Você vai ouvir todas as direções que ele te der. O Senhor Xing Yu é um Cavaleiro Genuíno.

 

-Sim senhor.

Hao Chen responde com educação. De fato, ele não tinha ideia da diferença entre um Semi-Cavaleiro e um Cavaleiro Genuíno. Ele só sabe que ele é o seu novo instrutor, e que praticará com ele.

-Professor Xing Yu.

Enquanto ele diz isso, gentilmente saúda Xing Yu. Ele é de longe, mais maduro do que os outros da mesma idade que ele.

-Temos que ir.
Xing Yu diz isso e naturalmente arrasta Hao Chen, pegando ele pela mão e o levando pra fora. Antes que ele começasse a andar, um olhar obscuro ficou fixo no belo rosto de Hao Chen, mostrando um rosto irritado.

-Professor Xing Yu, não devíamos ficar aqui pra praticar?

Saindo do Salão de Odin, Hao Chen não pode fazer nada se não perguntar.

Xing Yu diz:
-Esse local não é adequado.

Afetado pela expressão fria de Xing Yu, Hao Chen não pergunta mais nada.

 

O olhar de Balza fica fixado enquanto eles saem; ele está’ chocado e pensa alto:

-Esse Senior sabe do seu status? Pra ele mandar agradecimentos para alguém como eu… Tão poderoso, ele deve ser um Cavaleiro da Terra. Não, talvez ele é um Cavaleiro Radiante? Céus!

Enquanto Xing Yu leva Hao Chen pra fora da cidade de Odin, Hao sente um sentimento caloroso. Um simples e honesto sentimento vindo da mão de Long Xing Yu, e, naquele momento, uma cena estranha ocorre.

Cada vez que os pés de Xing Yu tocavam o Hao, eles atravessaram quase 33m após alguns passos, a cidade de Odin já estava fora de vista.

Para Hao Chen, viajar nessa velocidade era incrível. Poderia ser descrito como “leve como o vento e rápido como um trovão”; tudo que ele poderia fazer era se segurar na mão de Xing Yu, com medo de cair.

 

Eles passaram pelo lugar onde Hao Chen tinha pegado as ervas selvagens na floresta, subindo uma montanha na mesma direção.

Hao estava acostumado com esse lugar, é onde ele cresce. Essa montanha é chamada pelas pessoas da cidade de Odin como a Montanha de Odin. Mas antes, essa montanha era uma floresta onde bestas selvagens apareciam com frequência, e até bestas mágicas às vezes. Por isso, poucas pessoas iam pra lá. Ele foi um ano e meio atrás por curiosidade até o pé da montanha de Odin. Lá, ele descobriu algo com pele felina, mas ele correu assustado antes

de conseguir ver, e daquele dia em diante, Hao Chen nunca penetrou mais fundo na floresta novamente, sem mencionar a Montanha de Odin.

 

Professor, aqui tem bestas selvagens e mágicas.

 

Hao Chen lembrou ele com boas intenções.

 

Xing Yu parece que ouviu ele, mas foi mais rápido ainda, subindo ele na Montanha. Até durante o processo de subir a Montanha, sua velocidade não caiu. O cenário rapidamente passou e ele sentiu fortes ventos, enquanto seu cabelo se dispersava.

 

A Montanha de Odin não era tão alta, só 666 metros (200 Zhang). Só após um tempinho que eles chegaram no topo.

 

Três cabanas de madeira apareceram na linha de visão de Xing Yu. Elas não tinham quintais: eram três solitárias cabanas de madeira, mas elas pareciam completamente novas, mesmo sendo construídas tempos atrás. Quando chegaram nas cabanas, Xing Yu parou de se mover, levando Hao Chen para entrar na maior no meio.

Eles empurraram a porta e entraram, a cabana de madeira tinha uma fina seção de madeira que exalava um tipo de cheiro, não era desagradável. Do contrário, era um cheiro doce. A cabana do centro era a maior mas as salas internas tinham uma disposição muito simples. Só tinha uma cama de madeira, uma mesa de madeira, e duas cadeiras de madeira. Simples assim, mas bem mais do que a casa de Hao Chen.

 

-Sente-se.

Xing Yu apontou para uma cadeira e puxou outra para sentar.

 

Hao Chen se senta. Mesmo ele sendo jovem, ele pode sentir que seu professor é formidável. Ele está nervoso, mas animado ao mesmo tempo.

 

-Diga-me o que aconteceu com você ontem. Como sua Energia Espiritual cresceu tanto? Xing Yu calmamente pergunta. Seu rosto não tem expressão, mas suas palavras tem uma pressão invisível do ponto de vista do Hao Chen.

 

-Ontem aconteceu isso…

Hao Chen não sentia que tinha algo pra esconder, então ele falou tudo o que tinha acontecido. Durante o tempo em que ele estava ouvindo, Xing Yu ficou franzido levemente, mas sua expressão não mudou, exceto aquela hora.