Rebirth of the Thief Who Roamed the World (Novel)

071 - Magia do Templo Elemental

-20… -20… -20…

‘Mas que veneno corrosivo poderoso!’

Nie Yan não se atrevia a enfrentar o Serpentine Lizard frente a frente. Ele rolou para fora da neblina venenosa, escorregou ao lado de sua cabeça e aterrissou bem ao lado dele. Na verdade, ele estava tão próximo que ele conseguia ver cada escama cinza escuro.

O Serpentine Lizard imediatamente balançou sua grossa e poderosa cauda em sua direção como resposta.

A cauda lembrava um chicote enquanto assobiava pelo ar com uma velocidade ridícula.

Ele estaria acabado se esse ataque o acertasse. Mesmo que ele fosse sortudo o bastante para sobreviver, ele ainda perderia a maior parte da sua vida!

Swift Retreat!

Sua velocidade de movimento aumentou explosivamente em 30%. Mesmo assim, ele quase não conseguia se aproximar da velocidade do Serpentine Lizard. Ele rapidamente pulou para longe e escapou do ataque por um fio de cabelo. Então, ele virou as costas e pulou um largo pedaço de vegetação onde ele graciosamente aterrissou e começou a correr por sua vida.

O Serpentine Lizard levantou seu corpo massivo de 5 metros e começou a perseguição.

Duas silhuetas, uma grande e uma pequena, rapidamente atravessavam o pântano.

Nie Yan olhou para trás com o canto do olho e percebeu o Serpentine Lizard encurtando a distância a cada segundo. Ele ativou um pergaminho básico de velocidade e aumentou sua velocidade de movimento em outros 20%.

Mesmo que seu alvo estivesse se distanciado, o Serpentine Lizard não fraquejou e continuou a perseguir. Eles eram conhecidos como os monstros mais difíceis de se lidar no pântano. A partir do momento que eles colocam os olhos em sua presa, desde que ela não deixe o pântano, eles iriam perseguir ela até o fim.

A mente de Nie Yan estava perturbada. Ele sabia que quando a duração de Swift Retreat acabasse, o Serpentine Lizard iria alcança-lo.

Seus olhos viajavam freneticamente de um lado para o outro, procurando alguma coisa que o ajudasse a sobreviver. Mesmo que ele soubesse que seria incrivelmente difícil sobreviver a esse encontro, ele não podia sentar e esperar a morte chegar.

Quando tudo parecia perdido, um pouco de eletricidade emergiu da vegetação a distância. Suas pupilas se contraíram e seu coração acelerou em excitação. Ele imediatamente correu em direção à origem da magia.

Mesmo que seja uma área proibida para jogadores de nível baixo, o Pântano Natlan era um paraíso para os experts, essa frase era especialmente verdadeira para os times de elite. Vários deles vinham até aqui por nenhum outro motivo a não ser conseguir um certo item que pode ser encontrado nesse pântano – o livro de skill Revive*.

Nota* Reviver (kkkkkk)

Os Monitores do Pântano têm uma chance de um em dez mil para dropar esse livro de skill. Mesmo tendo uma chance tão baixa de drop, era fortemente procurado, devido a sua importância para qualquer time, a importância era tão grande que deixava todas as outras coisas em segundo plano. Um sacerdote que conseguiu essa skill pode até mesmo reviver um companheiro morto. Tamanho efeito era um aumento substancial contra as possíveis perdas em uma dungeon. Às vezes, poderia até salvar o time de ser completamente eliminado.

Além do livro de skill para Revive, jogadores podiam achar equipamentos decentes, como o Cajado Moon Chaser*, que dava dano de raio +9 e Inteligência +5, e a Marreta Sacred Wind**, que dava Escudo sagrado +8 e Resiliência +5. Os monstros comuns do pântano dropavam equipamentos de rank prata e ouro, mas assim como o livro de Revive, suas taxas de drop eram bem baixas.
Nota* Cajado perseguidor da lua
Nota** Marreta Vento sagrado

O equipamento que vinha desse mapa era de boa qualidade. Além disso, já que um time já tinha achado um livro de skill para revive recentemente aqui, cada vez mais jogadores vinham para esse mapa em busca dele. Então, o número de experts nesse pântano não eram tão baixos assim.

 

Em outro lugar, um pouco mais cedo.

“Porque Candy não retornou ainda?” perguntou um homem de rosto escuro em uma armadura de ossos vermelhos. Seu nome era Dark Eternal Sin. Ele poderia ser considerado uma figura famosa, mas sua fama era fora do jogo. Antes do lançamento de Conviction, existiam outros jogos de realidade virtual famosos, como Kings Tree e Purgatory. Dark Eternal Sin era o líder da guilda Dark Empire e um soberano nesses jogos. Porém, para a surpresa de muitos, ele decidiu não reestabelecer sua guilda em Conviction, e ao invés, ele tinha somente formado um time com seus amigos mais próximos. Mesmo assim, ele e seu time não deviam ser subestimados. Na verdade, eles eram bem impressionantes. Sua armadura Death Sacrifice* +2 era a prova disso. Ela pertencia a um set de equipamento ouro de nível 5, e ele podia melhorar ela duas vezes com Fortune Gems. Suas propriedades estavam entre as melhores dentre equipamentos similares.
*Sacrifício de morte

Dark Eternal Sin escolhera Berserker como profissão. Ele era alto, uma pele bem bronzeada e uma aparência feroz. Onde quer que ele estivesse, ele lembrava uma torre imóvel. No meio de sua armadura de ossos estava um crânio que radiava um brilho avermelhado. Sua escolha de arma era uma espada grande e preta que ele estava atualmente segurando em mãos. Era excessivamente larga, mais de dois metros de comprimento e era permeada com poder destrutivo.

Dark Eternal Sin tinha trazido seis de seus membros para treinar aqui. Além dele, tinham 3 Magos, um Sacerdote e um Ladrão. A pessoa que ele tinha mencionado antes era o Ladrão do time.

“Provavelmente não tem mais monstros o bastante por perto para ela atrair,” o Mago Santo respondeu. Ela usava um manto branco que emitia um leve brilho. Seu cajado parecia radiar luz também, especialmente o cristal límpido em seu topo.

Sua aparência era bela, e ela tinha um charme sedutor, sua forma não era ruim também. Ela era um pouco alta, e seu decote estava bem provocativo. Quando colocada junto de seu Manto Dancing Light*, ela ficava bem encantadora.
*Manto da luz dançante.

“Você está provavelmente certa. Não tem tantos monstros nesse local mais. Se ela não for um pouco mais longe, ela não vai conseguir o bastante.” Eternal Sin acenou sua cabeça em aprovação.

No mesmo momento, um Ladrão apareceu em suas visões. Ela podia ser vista liderando uma dezena de Monitores do Pântano na direção deles.

Sua aparência era excepcionalmente delicada e bela. Sua pele era capaz de deixar qualquer mulher com inveja. Porém, por algum motivo, ela exalava uma obscura e aura assassina que não podia ser colocada em palavras.

Ela era bem ágil; ela graciosamente desviava dos ataques dos Monitores do Pântano enquanto os guiava.

Na antiga guilda Dark Empire, ela era alguém que absolutamente não podia ser ignorada – ela era conhecida como o membro mais mortal de seu grupo. Suas antigas profissões nos outros jogos sempre foram Assassinos, Ladrões e coisas do tipo. Durante seu tempo nesses jogos anteriores, vários experts acabaram morrendo em suas mãos. Sua reputação era tão aterrorizante que as expressões se alteravam só de ouvir seu nome.

“Su Yan (Whit Smoke), prepare sua magia!” Eternal Sin comandou. Ele se preparou para a chegada de Candy e dos monstros que a perseguiam ao segurar sua grande espada com ambas as mãos. O ponto que eles escolheram tinha um terreno vantajoso.

Su Yan e os outros dois Magos, um Elementalista e um Mago Arcano, brandiram seu cajado e começaram a canalizar seus feitiços. Rapidamente, magia estava rapidamente se reunindo no ar.

Porém, o que chamava mais atenção entre os três era o Elementalista. O ar acima dele brilhava e crescia com eletricidade. Enquanto ele tinha seu cajado em uma mão, a outra estava levantada, com a palma apontando para o céu. A Eletricidade começou a condensar em cima de sua cabeça e se transformou em uma esfera massiva.

Mesmo assim, o Elementalista continuou a canalizar sua magia. Parecia ser um feitiço de alto nível que requeria pelo menos um conjunto de silabas pra ser usado. Enquanto ele persistia com seu encanto, os símbolos mágicos pareciam girinos nadando pelo ar, dissipando quando eles subiam aos céus.

Eternal Sin observou os dez ou mais Monitores do Pântano se aproximando. No próximo momento ele brandiu sua grande espada e avançou para combatê-los. Ele soltou um pequeno rugido e usou Whirlwind slash, batendo em três deles em combate.

Ao mesmo tempo, um raio de luz brilhante e uma Arcane Fireball voaram em direção ao grupo de Monitores do Pântano.

[Boom! Boom!] Os dois feitiços explodiram com o impacto. Mesmo depois que os feitiços explodiram, o Elementalista, chamado Lei Fa (Lightning Magic) ainda estava canalizando seu feitiço.

Enquanto isso, na linha de frente, Eternal Sin estava usando uma poção anti-paralisia. Depois que ele terminou de beber, ele violentamente acertou um Monitor do Pântano que estava com a vida baixa e o matou. “Merda! Magia do Templo Elemental é muito inconveniente. Já tem tanto tempo e ainda não terminou de canalizar!”

Assim que ele falou, uma bola gigante de energia passou ao lado de sua cabeça e voou em direção ao grupo de Monitores do Pântano. [Boom!] A esfera de energia explodiu como fogos de artifício. Raios de energia se espalharam e atiraram para todos os lados. Em um único instante, o feitiço tinha aniquilado 6 Monitores do Pântano.

-360. -360. -360.

Uma grande quantidade de números flutuava acima da cabeça dos lagartos.

Existia agora uma grande cratera no chão devido ao impacto do feitiço. Corpos de Monitores do Pântano estavam espalhados por todos os lados, enquanto os que não tinham morrido, tinham sofrido grandes danos.

“Mas seu poder de destruição é realmente bom…” Eternal sin passou seu olhar pela cena. Esse feitiço era realmente poderoso, mas era bom apenas para matar monstros. Um feitiço que usava tanto tempo para ser canalizado era inútil em PvP.

Depois de utilizar o feitiço, a barra de mana do Elementalista estava completamente vazia. Ele sentou ao lado com as pernas cruzadas e bebeu um Flask of Spring Water* para recuperar sua mana.