Pursuit of the Truth

079 - Quem está suspirando nessa promessa?

A neve continuou caindo como uma linda cortina de prata sobre a terra. Ela ligava os céus e a terra, transformando numa visão inesquecível. A neve balançou no ar e caiu diante de Su Ming. Quando o vento soprou e assobiou, o revestimento branco foi levantado do chão e dançou com os flocos de neve caindo do céu.

Havia um pouco de neve flutuando diante de Bai Ling no vento e passou por seus dois brincos de osso, caindo em seu pescoço, que estava coberto por sua grossa camisa e derreteu.

Enquanto ouvia o murmúrio suave de Bai Ling em seu ouvido, o calor cresceu no coração de Su Ming e viajou por todo o seu corpo. Aquele calor então se transformou em um sentimento especial. Havia uma palavra agradável para descrevê-lo - Felicidade.

Era uma noite linda, com neve bonita, e havia duas pessoas imersas em felicidade.

Su Ming sorriu. Era um leve sorriso cheio de felicidade e inocência de um menino. Ele parou e olhou para Bai Ling. Naquele momento, a garota na neve parecia ter se transformado em uma imagem inesquecível, e a imagem estava profundamente enraizada nas memórias de Su Ming - a imagem da neve branca, suas roupas brancas, a garota que era tão bonita quanto a neve e as palavras que ela estava sussurrando baixinho.

Bai Ling era muito bonita. Alguns fragmentos de gelo ficaram presos em seus cílios trêmulos. Su Ming continuou olhando para ela e sentiu que tudo havia desaparecido do mundo. Era como se os únicos que existissem fossem os dois.

Depois de um longo tempo, quando as bochechas de Bai Ling lentamente se tornaram ainda mais vermelhas devido ao olhar de Su Ming, ele levantou a mão direita e tirou o colar de presas pendurado em seu pescoço. Ele tirou a maior presa, que era do tamanho do seu dedo mindinho, e entregou ela para a Bai Ling.

A presa estava completamente branca. Ela tinha uma forma crescente, e havia duas palavras esculpidas nela. Essas palavras eram o próprio nome de Su Ming. A presa emanava uma presença feroz.

"O Ancião me deu essa presa para mim quando eu participei do meu primeiro Despertar Berserker quando eu tinha sete anos. Isso é algo que eu realmente gosto. Eu vou... Eu vou te dar ela." Havia um sorriso no rosto de Su Ming, mas ele estava se sentindo nervoso. Em suas tribos, entregar essa coisa como um presente tinha um significado especial.

Bai Ling franziu os lábios. Seu rosto ficou ainda mais vermelho e seu coração disparou contra o peito. Os sons de seu coração batendo fez tudo desaparecer de seus olhos, deixando apenas Su Ming.

Depois de um longo tempo, Bai Ling gentilmente levantou a mão pálida e pegou a presa. No momento em que ela tocou a presa, seus dedos tremeram. Ela segurou a presa levemente na mão.

Su Ming estava nervoso. Quando ele viu que Bai Ling estava apenas olhando para a presa e não tinha intenção de fazer mais nada depois de um tempo, ele coçou a cabeça, fazendo com que um pouco da neve em seu cabelo caísse.

Bai Ling olhou para Su Ming. Quando ela viu seu ato bobo, ela cobriu a boca e sorriu. Havia um olhar travesso em seus olhos e um calor indescritível que poderia fazer os outros derreterem.

"Isso... Uhm, você não está esquecendo alguma coisa?" No momento em que Bai Ling riu dele, o rosto de Su Ming também ficou vermelho.

"O que é isso?" Bai Ling ainda sorria. Seu sorriso era realmente lindo, e rodeado pela neve na tempestade de neve, criou uma visão inesquecível.

O rosto de Su Ming ficou ainda mais vermelho, mas logo ele cerrou os dentes, respirou fundo e olhou para Bai Ling. Ele falou seriamente: "Bai Ling, eu sou seu salvador... eu..."

"Eu sei que você é meu salvador, mas o que isso tem a ver comigo esquecendo alguma coisa?" Bai Ling piscou.

"Claro que sim. Urgh... Não vamos falar sobre isso. Eh? Esse brinco de osso seu é realmente lindo, deixa eu dar uma olhada em um deles." Su Ming olhou em volta e rapidamente mudou de assunto.

A alegria nos olhos de Bai Ling ficou ainda mais forte e, com isso, sua astúcia também cresceu. Ela levantou a mão e tocou o brinco de osso branco em sua orelha esquerda enquanto olhava para Su Ming.

"Minha mãe deixou isso para mim... eu não vou dar para você." Bai Ling riu quando viu os olhos arregalados de Su Ming. Quando ele parecia estar prestes a agarrar ele, ela imediatamente correu para trás. Sua risada viajou à distância como sinos de prata.

No entanto, mesmo que ela dissesse isso, ela ainda segurava a presa que Su Ming lhe deu na mão como um pedaço de tesouro.

Su Ming olhou, irritado e imediatamente começou a perseguir ela. Os dois riram alegremente na neve. Bai Ling não deu a Su Ming o brinco de osso no final, mas Su Ming, ignorante como ele era, ainda sentia algo diferente dentro da suavidade em seus olhos.

Cansada, Bai Ling sentou-se na neve. Ela olhou para a neve caindo do céu e perguntou levemente: "Su Ming, em que iremos nos tornar daqui a dez anos... Ainda estaremos tão despreocupados como estamos agora?"

Su Ming colocou as duas mãos atrás da cabeça e deitou ao lado de Bai Ling. A neve estava muito macia. Ele também olhou para a neve caindo do céu enquanto ouvia as palavras de Bai Ling.

"Você ainda está com raiva?" Bai Ling virou a cabeça e olhou para Su Ming com um sorriso enquanto seus lindos olhos brilhavam intensamente. "Não fique com raiva."

"Eu não estou bravo." Su Ming soltou um grunhido, mas quando viu Bai Ling olhando para ele, um sorriso apareceu em seu rosto.

"Daqui dez anos, nós definitivamente ainda seremos tão despreocupados como estamos agora... E a essa altura, meu nível de cultivo definitivamente será muito alto!" Havia um olhar de expectativa nos olhos de Su Ming.

"O ancião me disse ontem que eu vou ficar na Tribo Corrente de Vento no futuro. Eu receberei a mesma orientação que o Ye Wang do Ancião da Tribo Corrente de Vento... Talvez daqui a dez anos, eu esteja perto do Reino do Despertar " Su Ming riu.

Enquanto ouvia as palavras de Su Ming, um olhar de antecipação apareceu nos olhos de Bai Ling. Havia um sorriso feliz em seu rosto, e ela continuou falando com Su Ming na noite de neve, como se eles nunca fossem terminar de conversar um com o outro.

Bons momentos sempre acabam rápido demais. Embora o tempo na realidade estivesse passando lentamente, e ainda houvesse algum tempo antes do amanhecer, todos os momentos tinham que terminar eventualmente. Bai Ling tinha que retornar aos alojamentos de sua tribo. Os dois voltaram para os arredores da cidade de argilito.

"Eu vou lhe levar de volta." Su Ming se agachou e gesticulou para que Bai Ling subisse em suas costas.

Havia um sorriso feliz no rosto de Bai Ling. Ela se deitou de novo em Su Ming, mais uma vez, obedientemente e sentiu os batimentos cardíacos de Su Ming. O ritmo constante fez suas bochechas ficarem vermelhas.

"É tão estúpido..." ela sussurrou com uma voz suave, se deitando nas costas de Su Ming enquanto ele corria.

Su Ming continuou correndo pela tempestade de neve com Bai Ling em suas costas e saltou por uma parte remota do muro da cidade de argilito. Ele também mudou sua aparência para a de Mo Su. Su Ming parou em frente aos alojamentos da Tribo Dragão Sombrio, e Bai Ling desceu de suas costas com um toque de relutância.

Ela olhou para Su Ming, para o menino diante de seus olhos. Seu rosto pode ter se tornado desconhecido, mas ela nunca esqueceria seus olhos.

Su Ming também olhou para Bai Ling. Eles olharam nos olhos um do outro enquanto estavam na rua coberta de neve.

"Venha aqui, não fique mais com raiva." Bai Ling levantou a mão e, assim como da última vez que se separaram, ela arrumou as roupas de Su Ming e afastou um pouco da neve do seu corpo. Havia um sorriso gentil no rosto dela.

"Esses brincos de osso são realmente bonitos." Su Ming riu.

Quando viu Su Ming se comportando daquela maneira, Bai Ling também riu. Enquanto ela continuava rindo, ela olhou profundamente para Su Ming. O olhar tímido se tornou ainda mais distinto em seu rosto delicado, e ela abaixou a cabeça suavemente.

"Su Ming... será um dia importante para mim daqui sete dias... Eu sempre passei aquele dia com a minha avó no passado... Este ano, quero passar esse dia com você... tudo bem?" Bai Ling disse depois de reunir toda a sua coragem. Sua voz era fraca, mas Su Ming ainda ouvia cada palavra que ela dizia. Felicidade apareceu em seus olhos, e ele deu um aceno enorme sem afastar os olhos de Bai Ling.

"Isso é uma promessa..." Bai Ling sorriu timidamente, olhando nos olhos de Su Ming.

"Isso é uma promessa. Daqui sete dias, não importa onde eu esteja, não importa o que eu esteja fazendo, definitivamente irei encontrar você..." Su Ming jurou.

A neve ainda estava caindo do céu como se estivesse servindo de testemunha para as duas pessoas ali paradas. Ainda assim, não se sabia se a promessa deles se tornaria uma bela memória... ou um suspiro de arrependimento.

"Eu definitivamente vou esperar por você na tribo... Eu lhe darei o brinco de osso então..." Bai Ling sussurrou, tocando o brinco de osso, e suas orelhas também ficaram vermelhas.

"Eu vou definitivamente!" Su Ming sorriu feliz. Incrivelmente feliz...

Bai Ling mordeu o lábio. O olhar tímido ainda estava em seu rosto quando ela se virou e andou de volta para os alojamentos de sua tribo. Quando ela empurrou a porta do pátio e entrou, ela se virou e olhou para Su Ming por um momento antes de desaparecer em seus aposentos.

Su Ming ficou onde estava com a felicidade enchendo todo o seu coração. Ele também cresceu em expectativa com a promessa que fez com a Bai Ling de se encontrar com ela daqui sete dias.

"Sete dias..." Su Ming sorriu de felicidade. Ele se virou e correu para a tempestade de neve, de volta para onde sua tribo estava localizada.

Os flocos de neve também pareciam saber sobre da alegria de Su Ming e dançaram ao redor dele. A neve do solo também foi levantada pelo vento e parecia ter se tornado parte do espaço entre o céu e a terra.

Su Ming correu rapidamente. A felicidade que ele sentia em seu coração se transformou em calor que cercava todo o seu corpo. Isso o fez esquecer todos os seus problemas e preocupações. Pouco tempo depois, ele chegou aos alojamentos da Tribo Montanha Sombria.

No momento em que ele voltou, Su Ming voltou para sua aparência original. Ele olhou para os alojamentos da Tribo Montanha Sombria, localizados não muito longe e respirou fundo. Ele caminhou em direção aos alojamentos alegremente.

Estava tudo quieto dentro do alojamento. Podia ser noite ainda, mais devido à neve caindo do céu, a noite estava brilhando com uma noite prateada, portanto, não estava completamente escuro. Dentro da tempestade de neve, a porta do alojamento da Tribo Montanha Sombria estava fechada, como se houvesse um sentimento deprimente vindo de dentro. No momento em que Su Ming se aproximou, ele percebeu isso.

Quando ele abriu a porta e viu a visão dentro do pátio, ele tremeu. A felicidade em seu coração desapareceu imediatamente, substituída por um olhar de pânico no rosto!

O chefe dos guardas, Shan Hen, Bei Ling, Lei Chen e Wu La estavam todos reunidos no pátio. Eles tinham vários rostos de pânico que mostravam o quão assustados e ansiosos eles estavam. Diante deles, o Ancião estava sentado de pernas cruzadas com o rosto pálido. Diante dele havia uma piscina de sangue negro manchando a neve branca no chão.

No momento em que Su Ming abriu a porta, todos os olhares foram direcionados para ele.

"Ancião!"

A mente de Su Ming ficou em branco. Ele correu loucamente para frente até chegar diante do Ancião. Pela primeira vez em sua vida, ele viu fraqueza no rosto enrugado do ancião. Parte do sangue negro na neve manchava as roupas do Ancião. Su Ming tremeu. 




O site Central de Mangás é gratuito e sempre será!

Para colaborar com a existencia do site, por favor,
desative o bloqueador de anúncios.