Naruto: Jinraiden Ookami no Naku Hi

003 - Reishi e Kina

Sasuke e Kina farão a vigilância noturna. Na verdade, Sasuke não levava a vigilância sério, mas jogava o jogo. Aparentemente, o assassino ataca uma vez a cada três ou quatro dias, mas nunca no mesmo lugar. Todas as vítimas acabavam como múmias, com seu chakra sugado. Sasuke vigia o lago Kuchinashi e Kina irá um pouco mais ao sul no Keisanryou. Keisanryou é o túmulo dos fundadores da Aldeia do Lobo Uivante. Sasuke se pergunta porque Kina não deixa este caso para as forças de defesa da aldeia. Kina acha que o assassino é um shinobi muito forte para as forças de defesa. Sssuke comenta: "Isso significa que você não pode vencê-lo também, certo?" Kina diz que tem sua própria arma, seu próprio saigenzai especial. Kina quer manter o segredo do Reishi. Eles começariam a vigilância quando Reishi estiver dormindo e estarão de volta antes que Reishi acorde. Kina aguardava o anoitecer, parecia muito animado. Sasuke olhou para Kina e se perguntou por que ele estava envolvido nisso. Sasuke pegou no sono. Ele sonha que é Itachi e Kina é Sasuke. Kina diz algo malicioso e Sasuke toca em sua testa. Ele dormiu bem, pela primeira vez, depois de muito tempo.


Nos três dias seguintes, eles monitoraram. Nenhum assassino apareceu. Os aldeões continuaram insultando Kina e sua família, Kina continuava brigando. Kina acumulava ferimentos. Sasuke observava em silêncio. Mas no quarto dia foi diferente. Kina alcançou seu posto de monitoramento, em Keisanryou, mas havia alguns shinobi lá. Eles são viciados no saigenzai e procuraram briga com Kina. Aparentemente, eles encontraram Reishi quando ele estava recolhendo plantas medicinais e o espancaram. Reishi pediu para eles pararem. Depois de observar, durante três dias, Sasuke sabe que Kina vai revidar. Shinobi ou não, Kina tomará a iniciativa. O shinobi feriu Kina gravemente. Em seguida, um shinobi se preparou para apunhalar Kina com sua Kunai. "Esta aldeia é inútil. Matar o garoto me tornará um ninja desertor..." Kina o olhou sem medo. "Se você continuar... Eu vou matar você". Sasuke interveio. O shinobi não levou a sério. Kina ficou chocado. "S-Sasuke-san...? Por que você está aqui...?". "Idiota (Usuratonkachi)... Isto não é uma luta. É suicídio". Respondeu Sasuke. Kina tentou responder, mas um dos shinobi jogou uma kunai em direção ao rosto de Sasuke. Sasuke pegou e a devolveu. Ela atingiu o shinobi na parte superior da perna. Sasuke disse para eles saírem e cavarem suas próprias sepulturas. O shinobi revidou o insulto. Sasuke disse: "Oh, bem, então eu vou cavar para vocês", e lançou o Chidori no chão assustando os shinobi. "Não toquem no garoto, entenderam?" Os shinobi fugiram. Kina estava inconsciente. Sasuke recolheu Kina e voltou para a loja com ele nas costas. Sasuke pensa como ele se meteu em um caso tão desnecessário. Ele sente que alimentou um cão que não planejava cuidar. Não, pior. Ele já estava começando a pensar no cão como sua propriedade. Kina acorda no meio do caminho, ele não pediu para Sasuke o colocar no chão. Sasuke realmente não se importou. Eles voltam para a loja.


Reishi repreendeu Kina severamente. "O que você estava pensando?! Se não fosse por Sasuke-san, você teria morrido!!" Kina gritou de volta. "Eu não tenho medo de morrer, ao contrário de você!!" Reishi bateu em Kina. Kina continuou a gritar, ele repetia as palavras do shinobi quando Reishi foi espancado e suplicava por sua vida, "Seu covarde, covarde!", disse Kina. "Eu prometi ao papai que te protegeria aconteça o que acontecer." Disse Reishi. "Temos que suportar, pois não podemos ir contra certas coisas". Kina rebateu, "Eu suportei a minha vida inteira e isso não leva a lugar algum. Eu ouvi você culpar o papai dizendo, Papai, por que você fez isso? Por sua causa, Kina e eu estamos nesta situação agora. Papai, eu te odeio". Reishi rebateu: "Cala a boca!". Kina continuou: "Você tem medo de lutar. E reclamar não vai ajudar em nada". Kina saiu furioso de casa.

Reishi olhou em sua volta por um momento. Ele agradeceu Sasuke e disse, "Parece que Kina te fez um pedido bobo...". Sasuke disse que não precisa de nenhum agradecimento, afinal, ele havia sido contratado. "Contratado?", disse Reishi. Sasuke contou para ele sobre os bolinhos de arroz com okaka. O rosto de Reishi suavizou. Ele entrega para Sasuke um chá medicinal muito amargo, eles se sentam em silêncio por um tempo. Sasuke pergunta por que Reishi e Kina não deixam a aldeia. Reishi admite que já pensou nisso várias vezes, mas a aldeia é um paraíso para um médico com todas essas plantas e substâncias. Ele pergunta, "Além disso, o mundo lá fora é melhor?". Sasuke pensou como todo mundo entoa gritos de paz ferindo outras pessoas simultaneamente. Sasuke não responde e pede desculpas pela intromissão.

Reishi menciona que o mundo shinobi vai acabar em breve. Eles serão substituídos por novas técnicas, da mesma forma como o Aobiko (Pó de Fogo Azul) foi descoberto na Aldeia do Lobo Uivante. Reishi menciona que o Aobiko foi criado acidentalmente quando as pessoas estavam tentando fazer um remédio que lhe daria juventude eterna. O clã Kumanoi adicionou ingredientes que aumentaram seu poder de explosão. Sasuke comenta sobre o quão é irônico que o pó agora seja uma arma de morte. Reishi menciona que nem todos podem ser ninjas, como demora anos para aperfeiçoar suas técnicas. Reishi disse, "E é aí que está o problema?". Aparentemente, a Vila Oculta da Chuva (Amegakure) tentou dominar as três aldeias próximas a montanha. Eles queriam as plantas medicinais para eles. As outras duas aldeias, Rouki e Rougurai, foram rapidamente derrotadas. A Aldeia do Lobo Uivante não tinha grandes shinobi. Era mais fraca do que as aldeias de Rouki e Rougurai, mas mesmo assim, graças ao Aobiko, conseguiram derrotar o Aldeia da Chuva. O clã Kumanoi usa o pó em canhões e minas terrestres, que são fáceis de usar e não exigem anos de treinamento, ao contrário das técnicas de um shinobi. Um shinobi não é tão facilmente substituível, se um morador morrer, outro poderia tomar seu lugar facilmente. É por isso que a Aldeia do Lobo Uivante venceu. E é por isso que Reishi acha que o mundo shinobi vai acabar.

Sasuke comenta que parece que Reishi não quer que o sistema shinobi termine. Por quê? Isso significaria o fim das batalhas sangrentas. Reishi discorda. Sasuke pergunta por que. Reishi explica que, quando derrotaram os shinobi, os aldeões (da Aldeia do Lobo Uivante) os transformaram em prisioneiros de guerra. A respiração de Reishi acelera, ele até esquece de piscar. O clã Kumanoi levou os prisioneiros para o campo Jidamaga. Era um lugar onde as minas terrestres preenchidas com o Aobiko tinham sido colocadas para afastar os ataques inimigos. As minas seriam ativadas pelo peso de um adulto pisando nela. O clã Kumanoi levou os prisioneiros até Jidamaga e cercou o campo. Reishi menciona que ele tinha 7 anos na época, mas nunca esquecerá o que aconteceu depois. O clã apontou os canhões nos prisioneiros. Aqueles que conseguiram sobreviver dos tiros, pisariam nas muitas minas terrestres e seriam destruídos. Sempre que uma mina explodia, o clã urrava (Reishi ficava cada vez mais agitado ao reviver a história, Sasuke pediu para ele se acalmar algumas vezes). Todos riam. Havia sangue para todos os lados. Uma mão voou em direção de Reishi, "O papai não estava errado? Todos estavam rindo. Por que eles estavam rindo? Pessoas morrendo é tão engraçado assim?" Sasuke agarra Reishi pelos ombros, "Já é o bastante! Eu entendi, acalme-se Reishi." Reishi parecia desorientado por um momento. Ele lentamente se recuperou. Reishi pediu desculpas.


 
"Não se preocupe com isso." Eu disse. "Você não é o único que esta dividido."


"?"


Eu queria confessar tudo sobre Itachi.


Me sentiria melhor se eu fizesse?


Meu coração se sentiria mais leve?


Eu queria alguém me dissesse, "Você não está sozinho." Me dissesse, "Você não está errado."


Mas isso não quer dizer que faria uma coisa dessas.


As palavras ficaram presas na minha garganta, como se a minha língua tivesse sido selada. No fim, eu sou uma pessoa que comete muitos erros e eu não posso fugir da minha solidão, não importa onde eu vá.


Depois de ouvir a história de Reishi, Sasuke sentiu uma determinação crescer nele: se o mundo shinobi esta realmente no seu fim, Sasuke concordaria em acabar com ele com suas próprias mãos. E essas mãos devem primeiro destruir a Aldeia da Folha. As sombrias chamas que ele tinha apaziguado dentro de si, ao adentrar a aldeia, começaram a incendiar-se novamente.


Reishi começou a falar. Ele disse que a aldeia não estava pronta para uma arma com o Aobiko: as coisas estavam mudando rápido demais. Ele diz que seu pai tentou diminuir a velocidade desta mudança. Sasuke levanta e diz que não se preocupa com a família de Reishi. Eles não são diferentes dos outros aldeões. Todos estão felizes desfrutando a paz que o Pó de Fogo Azul trouxe. Reishi discorda. Reishi grita que seu pai usou o Rouen para mostrar a todos que não se pode depender do Aobiko. Sasuke ressalta, então os rumores eram verdadeiros: o pai de Reishi liberou o selo de Rouen. Reishi rebate, a voz tremendo, "Quê? Você sabe? Shinobi matam, é a verdade. Eu sei que as vezes não há outra escolha. Mas? Os shinobi não esquecem aqueles que mataram." De repente, Sasuke se lembra das últimas palavras de Itachi, "Perdoe-me, Sasuke? Não vai ter próxima vez". Reishi chora, ele diz que ninguém se lembra do massacre do Aobiko. Seu pai só queria dizer a todos que, se você toma a vida de alguém para salvar sua própria, você não deve esquecê-lo. Sasuke responde que, se não fosse pelo Aobiko, Reishi e os aldeões seriam mortos. E mesmo que Reishi não se preocupe em morrer, e Kina? Teria sido bom para Kina, apenas um bebê naquela época, ser morto por algum shinobi? Reishi não respondeu.


Sasuke levantou-se, sai da loja e volta ao santuário. Ele se deita, olhando para o céu, há um buraco no teto. Ele pensa como as pessoas fazem qualquer coisa para prolongar suas vidas. O Aobiko continuará a proteger vidas e tirar vidas.

Na mesma noite ocorreu outro assassinato. Foi em Keisanryou (o mesmo lugar onde Kina estava na espreita nas noites anteriores). Kina avisa Sasuke sobre o ocorrido. As vítimas foram os shinobi que Sasuke confrontou na noite passada. As pessoas estão dizendo que o sujeito que jogou a kunai na perna do shinobi na noite anterior é o assassino. Sasuke diz, "Bem, isso me coloca como o assassino. Aquele incidente me marcou na aldeia." Sasuke levanta-se. Kina pergunta para onde ele está indo. Sasuke diz que está saindo da aldeia, ele já ouviu tudo que tinha que ouvir sobre Itachi. Kina diz que o medicamento para os olhos ainda não está pronto. Sasuke diz que não precisa disso; seus olhos estão bem. Kina pede que Sasuke visite a cena do crime com ele. Sasuke repete que está saindo. Kina não aceita. Sasuke toca a testa de Kina, "Ouça, seu idiota (Usuratonkachi). Se eu não tivesse aparecido na briga na noite passada, talvez você tivesse morto agora". Kina fica aborrecido. No final, eles acabam indo até Keisanryou.

Eles chegam a Keisanryou. Há um grupo de aproximadamente 40 homens no local. Kina avisa que o homem em frente é Sendou Jiryuu. Kina coloca sua máscara de falcão. Sasuke assume que é para esconder o medo do seu rosto. Os outros são membros do clã Sendou. Eles estão usando um quimono preto com um padrão de dragão branco nas mangas. Suas cabeças estão barbeadas. Eles se parecem com criminosos. E estão olhando diretamente para Kina e Sasuke. De repente, ambos olham para trás, um dos membros sussurra algo na orelha de Jiryuu. Sasuke percebe que é o mesmo cara que vendeu para ele o saigenzai alguns dias atrás.

Sasuke e Kina caminham até o grupo. Os dois lados trocam olhares silenciosamente. Sasuke decide falar primeiro: "Deem o fora". Os homens ficam com raiva, Jiryuu os detém. Jiryuu diz que é uma maneira ruim de cumprimentar alguém. Ele chama Sasuke de 'o guarda-costa dos Kodon'. Kina dispara e acusa Jiryuu de iniciar o fogo na sua casa. Jiryuu ri dele, "Tem alguma prova?". Kina insulta Jiryuu e seus homens. Um deles cobra o comportamento de Kina. Sasuke repreende o homem. Todos os demais começam a cobrar também. Sasuke acha que Kina se passou um pouquinho, Kina deveria ser menos impetuoso. Mas Sasuke decide acabar com os homens, para evitar que Kina se machuque. Sasuke dispara um Katon: Goukakyuu no Jutsu (Estilo Fogo: Jutsu Bola de Fogo). Os mais próximos foram atingidos, os homens ao redor trocam olhares em pânico. Jiryuu os acalma, ele assume uma posição defensiva, "Espere... Não seja precipitado... P-podemos falar agora...". Sasuke se move para as costas de Jiryuu e aponta uma kunai no pescoço dele, "Vou dizer isso só mais uma vez. Dê o fora". Jiryuu pergunta quem é o Sasuke. Ele diz que é Uchiha Sasuke, Jiryuu reage ao nome. Os capangas de Jiryuu seguram pequenas armas com o Aobiko. Kina avisa Sasuke para não ser atingido. Sasuke empurra a kunai no pescoço de Jiryuu e um fluxo de sangue corre para fora. Sasuke pede que Jiryuu ordene que seus homens larguem as armas. Jiryuu obedece. Sasuke comenta que Itachi foi mole com eles. Jiryuu concorda, ele está suando. Sasuke acrescenta, "Não sou tão bom quanto Itachi em segurar". Sasuke chuta Jiryuu e avisa para eles não segarem perto da loja Rengyoudou. Eles fogem. Kina joga pedras sobre eles enquanto fogem.

Sasuke avisa que isso não encerra o problema. Mesmo os perdedores têm seu orgulho. Mas o que ele poderia fazer? Sasuke vai deixar a aldeia. Ele pensa que tudo que ele pode fazer é continuar brincando de detetive com Kina um pouco mais.

Sasuke investiga a cena do crime. Kina vasculha o local, de cima a baixo. De repente, surge uma dor latejante nos olhos de Sasuke. É como se os olhos estivesse em chamas. Ele cobre os olhos com as mãos. Seus olhos estão 'mexendo', como se estivessem tentando lhe dizer algo. Ele lembra que o Mangekyou Sharingan se ativa quando você mata alguém querido para você. Já faz 22 dias que ele matou Itachi.

 
A morte de um ente querido.

Embora eu o odiasse tanto... Embora eu o odiasse com todas as minhas forças... Eu acolhi a morte de Itachi enquanto a chuva derramava sobre mim... Se as palavras de Tobi são verdadeiras, Itachi tentou me passar o Mangekyou Sharingan ao morrer.

A morte de um entre querido.

A morte de uma pessoa que eu amo.

Sim, eu vi claramente nos olhos de Itachi. O que foi depositado no fundo do meu ódio, o que eu mesmo não podia ver.

É por isso que o Mangekyou Sharingan me escolheu.

O que devo fazer?

Itachi deseja que eu me torne o protetor da Aldeia da Folha?

Ele deseja isso do fundo coração?

Mas seu eu não conseguisse ver o que estava no fundo meu coração, talvez Itachi não conseguisse ver o que estava no fundo do seu próprio coração!

Itachi... Vocês está realmente bem com isso?

Precisamos proteger a Aldeia da Folha, em troca da vida do nosso clã?

Esse tipo de coisa não era o que eu queria. Não e esse tipo de final. O que eu queria era... Chamas negras estão engolindo meu coração.

Kina toca ombro de Sasuke e pergunta se ele está bem. Sasuke bate na mão e diz: "Não me toque assim! Eu vou matar você". Sasuke diz que está cansado. Cansado de Kina, cansado de Reishi, cansado dessa aldeia. Em seus pensamentos ele acrescenta que está cansado de si mesmo. Há sangue (de seus olhos) nas mãos de Sasuke. Ele percebe que a neblina desapareceu. Tudo está perfeitamente claro, como a brilhante luz de uma vela. Sasuke sente que está prestes a queimar. Seu coração está coberto por chamas do Amaterasu.


Kina diz que eles deveriam retornar, Reishi produziria um remédio para os olhos de Sasuke. Sasuke pede para esquecê-lo e se afastar dele. De repente, Sasuke vê algo na grama. Ele o pega. Ele não entende por que está lá. Kina pergunta o que está errado. Sasuke olha para Kina e percebe que o garoto está realmente preocupado com ele. Ele pensa que nem todo mundo quer usá-lo ou manipulá-lo. Ele sempre soube disso. As chamas em seu coração lentamente desaparecem.


Sasuke pede desculpas e ergue a mão para Kina. O garoto segura sua mão e a puxa, ele toca a testa de Sasuke. Kina ri: "Eu vou te perdoar está vez. Seu idiota (Usuratonkachi)". Sasuke desvia o olhar, chama Kina de idiota e sugere comer algo no caminho de volta para a loja. Kina concorda. Eles arranjam alguns bolinhos. Sasuke vê a expressão de Kina e pensa:


 
Embora a aldeia inteira seja seus inimigos, Kina e Reishi ficaram firmes. Juntos como dois irmãos. Eu percebi isso mais uma vez.

Não há como eu odiar esses dois caras.

O modo de vida desses irmãos é lago que eu anseio, é impossível pensar o contrário.

Kina arremessa em direção a boca outro bolinho de sabor duvidoso, parecendo que estão deliciosos.

No final, foi uma boa tarde.