Naruto: Jinraiden Ookami no Naku Hi

000 - Prólogo

Poema Inicial


Sem luz refletindo em seus olhos,
E nenhuma voz se aproximando do seu coração,
Sem ter a certeza de encontrar seu caminho,
A dor de um lobo
 
Você só tem a raiva para com o mundo humano,
E nada mais.

------------------------------------------


Personagens Principais


Um shinobi da Hebi
Uchiha Sasuke


Um shinobi da Akatsuki
Uchiha Itachi


Farmacêutico/médico da aldeia Rokoku (Lobo Uivante)
Reishi Kodon


O irmão mais novo de Reishi
Kina Kodon


------------------------------------------------------------------------------
Prólogo - O Fim da Vingança


 
A chuva? Está caindo no meu rosto.

Desde quando começou a cair? 

As chamas negras estavam engolindo a floresta lentamente. Amaterasu estava consumindo cada árvore em chamas negras, queimando os pássaros e as cobras.

Porque isso está caindo em meus olhos? 

A pessoa aos meus pés... Por que Itachi se deitou em um lugar como esse? 

Todas estas perguntas giravam dentro da minha cabeça. 

Por que não tirou meus olhos? 

Por que eu sou o único que ainda está vivo? 

Não entendo. 

O vapor produzido pela chuva estava engolindo as chamas negras. 

Eu me lembro agora... Eu criei essa chuva. 

Eu liberei o Katon Gouryuuka no Jutsu (Liberação de Fogo: Técnica do Grande Dragão de Fogo) no céu, invocando estas nuvens carregadas.

"Desapareça com o trovão..." 
Isso é o que eu tinha dito a Itachi.

Eram para ser as minhas últimas palavras a ele. 

Com esta técnica, reunindo o chakra que me restava, eu finalmente conseguir vingar o clã Uchiha. 

Com isso, eu pensei que eu finalmente tinha me libertado da vingança. 

No entanto...

Itachi esquivou da minha técnica mais poderosa, o Kirin, que eu havia convocado com todas as minhas forças. 

"Você realmente se tornou muito forte, Sasuke."

O que Itachi havia dito? Enquanto falava sangue escorria da sua boca. 

Então, o que aconteceu depois?

Ah sim, eu me lembro. 

Itachi tinha convocado um enorme monstro?

Susano'o. 

E não havia mais nada que eu pudesse fazer. Meu chakra estava quase esgotado. Isso foi quando eu ouvi a voz dele... A voz de Orochimaru.

"...Eu vou emprestar o meu poder... você precisa de mim, não é? Sasuke-kun... Você não quer a sua vingança contra Itachi? Bem, então... liberte os meus poderes... faça isso, qual o seu desejo?"

 Eu cedi meu corpo para aquela voz. 

Orochimaru, que esteve dentro de mim, escapou para fora. Não me lembro o que aconteceu depois. Quando eu tinha recuperado a minha consciência, Itachi estava em pé na minha frente, coberto de ferimentos.

"Seus olhos me pertencem agora." 

Estas foram as palavras de Itachi. 

"Vou levá-los e saboreá-los lentamente."  
Ainda chovia incessantemente. O Amaterasu estava queimando a floresta. Olhei para a figura desmaiada de Itachi. Na minha testa ainda permanecia... O toque com a ponta do dedo de Itachi.

Por quê? 

O que aconteceu? 

Itachi havia vomitado sangue. 

E agora? Ele repeliu todas as minhas tentativas de ataque com o Susano'o. E ainda, por que diabos ele não tirou os meus olhos? Por que eu ainda posso ficar de pé?  
Itachi estendeu a mão manchada de sangue para mim. 

Meus joelhos estavam tremendo. Itachi murmurou alguma coisa. Com essa voz gentil, dessa maneira nostálgica, ele cutucou a minha testa. 

Itachi desmoronou naquele momento, comigo ainda de pé.

O som da descarga elétrica ressoava no céu escuro. A chuva limpou a mão de Itachi manchada de sangue. 

Isso? É o fim.

Meu corpo foi gradualmente perdendo sua força. 

É o fim, acabou tudo.

Com esse pensamento em meu coração, desmoronei ao lado de Itachi. Parecia que não iria parar de chover.

Caía. 

Continuavam caindo. 

Lavem tudo. O ressentimento, o ódio... apaguem tudo.

A minha consciência lentamente apagava, apenas as últimas palavras de Itachi permaneciam dentro de mim... Para sempre.