Martial World

656 - Abrindo o Sarcófago da Deusa Mais Uma Vez

Lin Ming levou Duanmu Qun e os outros para fora da tumba, retornando ao espaço escuro onde eles não podiam nem ver seus próprios dedos na frente deles. Havia distorções espaciais muito menores aqui. Se não fosse por Lin Ming liderando o caminho, teria sido muito difícil para Duanmu Qun e os outros saírem.

Quando Lin Ming estava prestes a sair da montanha, ele de repente sentiu o corpo tremer. Nesse momento, ele pareceu ouvir uma voz de mulher incomparavelmente bela, como os sons do céu, ilusórios e cheios de uma dor chorosa. {{Cybs: !!!!!!!!!!!!!!!!!}}

A voz parecia formar algumas estranhas sílabas antigas. Mesmo Lin Ming, que estava familiarizado com a linguagem do Reino Divino, assim como as dos Antigos Demônios Gigantes, ainda não conseguia entender completamente o significado por trás delas. {{Cybs: será??? Será????????}}

Ele diminuiu os passos e olhou para Duanmu Qun e os outros. Ele queria ver se eles ouviam ou não essa voz, mas suas expressões eram calmas; Obviamente, eles não tinham ouvido nada.

“Tem alguma coisa errada, Irmão Lin?” Duanmu Qun perguntou, sem saber o porquê de Lin Ming ter parado.

“Não.” Lin Ming sacudiu a cabeça. Como ninguém ouviu essa voz, então era inútil se ele mencionasse esse acontecido. Seria melhor se ele não falasse sobre isso.

“Oh.” Duanmu Qun viu que Lin Ming não queria falar mais e inteligentemente não insistiu na questão.

Lin Ming diminuiu o passo, ouvindo a voz da mulher enquanto andava. Se ele estava correto, então essa voz foi deixada para trás por aquela deusa dentro do sarcófago. Lin Ming investigou seu corpo, mas não encontrou nenhum sinal de vida. Obviamente, ela estava morta há muito, muito tempo. Então, esses sons devem ter vindo de uma formação de matriz que ela havia deixado para trás, ou talvez fosse do Espírito de Batalha de sua vontade restante. Sua força provavelmente não teria sido menor do que a da Sanda da Terra Sagrada das Plumas Verdes, um personagem no topo, mesmo dentro do Reino Divino. Não seria estranho se ela pudesse deixar para trás um Espírito de Batalha que ainda existisse depois de dezenas de milhares de anos.

Enquanto Lin Ming caminhava, ele ouvia essa voz o tempo todo. Embora ele não fosse capaz de entender completamente, ele ainda memorizava cuidadosamente essas palavras em seu coração. Quanto mais ele ouvia, mais nervoso ele ficava. Ele, Duanmu Qun, Feng Shen e Lan Xin entraram juntos no túmulo, mas ele era o único capaz de ouvir essa voz. O que essa voz estava tentando dizer a ele? {{Cybs: ai meu dels, tô ficando tensa O.O}}

"Vamos voltar!"

Lin Ming disse de repente quando ele parou.

"Ah" Lan Xin e Duanmu Qun ficaram chocados. Eles não achavam que Lin Ming pensaria assim mesmo depois que saíssem da montanha.

A intuição de Duanmu Qun era de que essa decisão repentina tinha algo a ver com a sua pausa repentina de um momento atrás. Mas, ele com tato não perguntou mais.

Lin Ming levou o grupo de volta, passando por aquele espaço escuro até que eles voltaram para frente do sarcófago daquela mulher inigualável.

Lin Ming ficou na frente do sarcófago por um longo tempo. Então, ele se curvou profundamente em respeito e disse: "Sênior, peço desculpas por perturbar o seu descanso".

Com isso, ele desfez todos os inúmeros selos que ele havia deixado para trás e abriu a tampa do sarcófago.

Com um som estrondoso, o sarcófago se abriu completamente.

Como resultado, aquela mulher completamente perfeita apareceu na frente de todos mais uma vez.

“Lin Ming, o que você planeja fazer?” Lan Xin não pôde deixar de perguntar. Em seu coração, ela pensou que Lin Ming não deveria estar roubando um túmulo... certo?

Duanmu Qun olhou para Lan Xin, e ela não disse mais nada.

Lin Ming estava completamente em silêncio, apenas olhando para a bela mulher deitada ali. Ela estava calma, como se tivesse simplesmente adormecido.

Lin Ming relembrou a voz da mulher de um tempo atrás, e depois de um longo tempo, ele teve um palpite, “Sênior, eu tenho um motivo, e não é porque júnior está sendo desrespeitoso. Se eu te ofender, por favor, me perdoe”. {{Cybs: Amo essa personalidade de Lin Ming <3}}

Com isso, Lin Ming se inclinou e colocou a mão no corpo da mulher, tentando encontrar alguma coisa.

É claro que ele não estava apenas fazendo isso aleatoriamente, ele tinha um objetivo claro em mente.

Antes de tocá-la, ele usou sua percepção para investigar o corpo da deusa. Ele descobriu que havia duas áreas em que a flutuação de energia era obviamente diferente. Uma estava na cintura da mulher e a outra no pescoço.

Estas foram as duas áreas onde Lin Ming estava procurando. Na cintura da mulher, ele primeiro tirou um pingente de jade.

Este pingente de jade era de cor azul intenso e incomparavelmente frio ao toque. Havia um antigo desenho místico esculpido no centro, parecendo algum tipo de totem em forma de pássaro.

O que quer que fosse, era improvável que fosse algum tipo de tesouro mágico. Embora emanasse uma energia muito pura, obviamente não tinha nenhum poder impressionante. Parecia mais uma lembrança de algum tipo.

"Sênior... você foi injustiçada?"

O palpite de Lin Ming era que, depois de morrer, a vontade dela ainda não se dissipou depois de dezenas de milhares de anos. Agora, ela estava tentando passar alguma mensagem para ele. Ela foi injustiçada? Ela tinha algum ressentimento? Ou talvez isso fosse um ódio absolutamente irreconciliável?

Depois de tanto tempo, seus inimigos, ou aqueles que a haviam prejudicado, ainda estariam neste mundo?

A mente de Lin Ming estava cheia de perguntas.

Ele hesitou por um momento e disse: “Sênior, se você tem uma queixa ou rancor, este júnior levará este item. Quando o júnior subir ao Reino Divino no futuro, talvez eu tenha uma pequena chance de ajudar a sênior a resolver esse mistério e completar esse ciclo de ódio”. {{Cybs: Irmãos Marciais Júniores, Save the Date! Lembremos desse cap no futuro!!! Anotem!! o/}}

Embora Lin Ming não soubesse quem era essa deusa ou o que ela havia feito, ele ainda teve várias oportunidades de sorte em sua tumba. Em resumo, isso poderia ser considerado uma gentileza que ela havia concedido a ele. Nessa situação, se ele pudesse ajudá-la em toda a extensão de seu poder e talvez cumprir seu último desejo, então isso estaria completando o ciclo de carma entre eles.

No entanto, sempre houve algo que Lin Ming não entendeu. Se era a mulher nesta tumba, ou aquelas existências anormais dentro do Abismo do Demônio Eterno, como a gigantesca a antiga besta que tinha milhares de milhas de extensão, esses eram todos seres que deveriam pertencer ao Reino Divino.

Por que eles estariam aqui no Continente do Demônio Sagrado?

De acordo com Mo Guang, o Continente do Demônio Sagrado e o Continente da Queda do Céu compartilhavam o mesmo mundo. Um total de três mil mundos ilimitados, que eram multiplicados entre si, dando um total de um bilhão!

Um bilhão de mundos! E o Continente do Demônio Sagrado e o Continente da Queda do Céu combinados eram apenas um. Na verdade, este planeta poderia ser chamado de insignificante, uma gota insignificante no oceano sem fim!

Como poderia uma potência do Reino Divino ser sepultada em no Abismo do Demônio Eterno do Continente do Demônio Sagrado?

Na verdade, o que era o Abismo do Demônio Eterno? Como foi criado? Há quantas dezenas de milhares de anos ele estava aqui? De onde vieram esses espíritos malignos e existências inimaginavelmente poderosas? E o que eram as doze Torres Divisora de Céus? Quem as construiu? Por que o ‘Caminho do Imperador’ existe?

A mente de Lin Ming estava cheia de todas essas perguntas sem resposta.

As doze Torres Divisora de Céus já existiam há incontáveis ​​anos, sobrevivendo ao vento e às chuvas intermináveis ​​do tempo. Com tantas antigas formações de matrizes complexas, a existência que foi capaz de construir as doze Torres Divisora de Céus estava absolutamente no mesmo nível que a mulher nesta tumba!

Tal personagem, mesmo se colocado no Reino Divino. Ainda seria o mestre do mais alto nível de uma Terra Santa! Por que eles viriam para o Continente do Demônio Sagrado?

Lin Ming realmente não conseguia entender nada disso. Ele balançou a cabeça e começou a tocar o pescoço da mulher. Antes, ele descobriu que a energia no pescoço também era diferente. Quando ele tocou em algo frio, Lin Ming estava prestes a puxá-lo para fora, quando neste momento ele de repente puxou a mão para trás como se tivesse sido mordido por uma víbora!

"Isso... como isso é possível!?" A expressão de Lin Ming empalideceu.

Quando Duanmu Qun e os outros viram a feroz reação de Lin Ming, eles também ficaram em alerta máximo. “Irmão Lin, tem alguma coisa errada?”

O rosto de Lin Ming estava cheio de surpresa e incerteza. Hesitante, ele estendeu a mão novamente e palpou o pescoço da mulher mais uma vez. Desta vez, sua mão se aproximou especificamente do peito esquerdo da mulher. Tocando ali, ele podia sentir a pele macia e suave. Lin Ming foi capaz de confirmar que o que ele sentia não era uma ilusão.

Esta mulher... tinha um batimento cardíaco! {{Cybs: BEEEEERROOOOOO!!!! AAAAHHH, será??? Será??? Será que meu palpite tá certo?? *------------------*}}

Antes, ele a investigou e claramente não sentiu as menores flutuações de vida. Então, como poderia haver um batimento cardíaco?

Se havia um batimento cardíaco, por que ele não detectou?

Lin Ming achou isso impossível de imaginar. Ele hesitou por um longo tempo, e então silenciosamente disse: "Sênior, peço desculpas por ofender você..."

Lin Ming soltou um pouco de sua percepção e investigou o peito esquerdo da mulher. De fato, a percepção de um artista marcial era onipresente. Naturalmente, penetrar através das roupas era uma ação simples. Mas usar sua percepção para passar pelas roupas dessa deusa era realmente um gesto grosseiro e desrespeitoso. Mas, para confirmar algumas coisas, Lin Ming não tinha um método melhor. Ele só podia ter certeza de que sua mente estava clara como um vidro e que ele absolutamente não tinha pensamentos de profanar ou blasfemá-la de qualquer maneira, forma ou meio.

Passando sua percepção no peito esquerdo da deusa, Lin Ming sentiu sua mente tremer. Então, ele instantaneamente desapareceu do mundo real e chegou a um mundo criado por uma vontade completamente diferente!

Este era um vasto céu estrelado!

“Um mundo de vontade comparável aos intermináveis ​​céus estrelados?” Lin Ming entrou em pânico.

Nesse momento, ele ouviu uma série de sons estridentes, como se cristais estivessem sendo quebrados. Olhando para cima, ele podia ver o espaço se quebrando, rapidamente explodindo na frente dele em um ritmo crescente!

Então, um vasto e infinito oceano de energia e força vital jorrou!

Bang!

Lin Ming foi enviado voando para longe. Na frente de tal energia aterrorizante, ele não era diferente de uma folha em uma tempestade, incapaz de resistir!

Se essa energia tivesse a menor intenção de matar Lin Ming, ele seria diretamente esmagado em uma névoa sangrenta!

"Que energia poderosa, o que é isso?!"

Lin Ming finalmente se estabilizou com grande esforço e limpou o sangue que escorria dos cantos de sua boca. Ele olhou para cima para ver que no interminável ​​céu estrelado, naquela área onde o espaço havia se partido, havia na verdade um grande coração vermelho vibrante, batendo poderosamente! {{Cybs: ~ansiosa~~~~~~!!!!!}}

Peng! Peng! Peng! Peng!

Com cada batida do coração, o vazio tremia. A cada batida, Lin Ming podia sentir toda a vitalidade sanguínea em seu corpo sendo afastada, todos os vasos sanguíneos dentro dele querendo explodir e sair correndo de seu corpo!

"Isso... isso é...!" Os olhos de Lin Ming se arregalaram enquanto ele olhava para o coração pulsante no céu estrelado. Este brilhante e vívido coração vermelho-escuro parecia como se tivesse sido esculpido em um cristal de sangue puro. Depois de passar por várias dezenas de milhares de anos, a força vital dentro dele nunca diminuiu nem um pouco!

Uma brilhante luz divina carmesim era emitida deste coração, acompanhada por uma vasta e inesgotável energia vital. Este coração provavelmente poderia bater em perpetuidade por mais cem mil anos!

Este era o coração de um verdadeiro Imperador! Além disso, um Imperador do Reino Divino! O dono deste coração deve ter sido uma grande potência, olhando de cima para todas as outras existências!

Este era o coração da deusa?

Esse pensamento instantaneamente cortou a mente de Lin Ming antes que ele o rejeitasse...

Não era.

No corpo da deusa, Lin Ming sentiu uma aura serena, indiferente a todos os problemas do mundo, tão profunda quanto o mar sem limites. Na presença dela, o coração de todos ficaria maravilhado, ninguém se atrevendo a blasfema-la.

E desse coração... desse coração, Lin Ming podia sentir uma aura irresistivelmente dominadora, uma existência incomparável com tudo o que vivia dentro desse universo!

O dono deste coração, quando vivo, deve ter abalado as fundações do Reino Divino, um Imperador Inigualável que olhava com desdém para toda a criação!

Estas eram duas auras completamente diferentes. Isso provou que esse coração não pertencia a essa deusa... ainda assim, o que confundiu Lin Ming foi que quando ele tocou o peito da deusa, ele claramente sentiu um batimento cardíaco...

Se ele não estivesse errado, então este coração existia dentro da deusa. Assim, Lin Ming foi capaz de o sentir dentro dela. Mas, porque a deusa morreu, ele não podia sentir nenhuma flutuação de vida nela!

Uma deusa que havia morrido tinha o coração de um Grande Imperador selado dentro dela, que havia batido por dezenas de milhares de anos!

A análise final desses fatos deixou Lin Ming inexplicavelmente horrorizado!

Que tipo de Grande Imperador era esse? Ele havia arrancado seu coração e ainda assim o coração batia por todas essas dezenas de milhares de anos!

Um grande Imperador... que se matou e que selou seu coração dentro do corpo desta deusa? {{Cybs: triste pela deusa :/ .... Mas muito ansiosa por esse mistério Ô.Ô}}




O site Central de Mangás é gratuito e sempre será!

Para colaborar com a existencia do site, por favor,
desative o bloqueador de anúncios.