Evil Emperor’s Wild Consort

380 - Partida, Para a Casa da Família Dongfang (Parte 2)

Tradução: illusia | Revisão: Luis Gimenes

"Senhor meu pai, quando foi que o senhor me tratou como um filho? Você sempre mostrou que gostava muito mais de Xia Zixi desde que nós éramos crianças, agora você quer dizer que não fazia diferença entre nós? Respeitáveis anciãos, vocês acreditariam numa pessoa que recebe ajuda de um estranho que não quer nada em troca? Porque, para mim, a Família Xia nunca teve contato com Gu Ruoyun. Por quê ela ajuda tanto a Família Xia? A razão é simples. Só não vê quem não quer”

Depois de uma pausa dramática, Xia Qi bufou: “Tudo é porque ela tem planos para a Família Xia. Além do mais, eu tenho ouvido do poder crescente do Empório das Cem Ervas. É natural que com isso ela queira tirar uma casquinha da Família Xia.”

As palavras de Xia Qi fizeram várias pulgas aparecerem atrás da orelha dos anciões. 

Já o Mestre Xia estava sério e puto. Tão puto que ele não conseguia nem falar. Porque ele não sabia como que Xia Qi sabia que havia um das Divinas Bestas apoiando a Família Xia e porque tornou isso público.

“Pai, se você insistir em protegê-la, terá traído a Família Xia. E não poderá enfrentar as consequências.”

Xia Qi encarava o Mestre Xia e sua voz foi aos poucos se tornando profunda e assustadoramente sinistra. Ele não tinha nada de caloroso em si.

Gu Ruoyun sorriu ironicamente vendo aquela desgraceira toda. Seu sorriso era como um daqueles nos quais você vê a cena, toma um gole de chá e disfarça tudo para que ninguém perceba que você, na verdade, está se divertindo com a situação, porque enquanto eles vêm pra você com o milho, seu bolo de fubá está pronto. 

De repente, fazendo todo mundo sentir um frio na espinha, uma voz estranha interrompeu a cena.

"Hehe, esse honorável chegou para visitá-los mas, porque ninguém da Família Xia veio ao meu encontro?”

A voz baixa era calma e tranquila, mas, passava a sensação de uma coisa muito horrível dentro dela. Porém, ao ouvir a voz que falou, o Mestre Xia mudou muito. Seus olhos encaravam o ancião que tinha aparecido do nada e ele falou apreensivo: “O Mestre dos Venenos! Por quê ele está aqui?”

O Mestre Xia tinha claramente ouvido ele se referir a si mesmo como “honorável”. 

No continente, só um único tipo de pessoa tinha o direito de se chamar de “honorável”.

ELE ERA HONRA MARCIAL!

O Mestre Xia respirou fundo se dando conta disso. Ele nunca, nem por um segundo, esqueceu que o dragão parasita que quase matou seu precioso filho tinha vindo dele.

"É ele?”

Xia Qi estava de boca aberta vendo aquela cara enrugada. Ele sentia seu coração apertado. 

Isso foi há mais de dez anos, mas ele ainda podia reconhecer o homem que lhe havia dado o veneno que era para ser usado para sua própria proteção, e que lhe foi dado como pagamento e em gratidão por ele ter salvo a vida do outro. 

Mas por quê ele está aqui? 

Involuntariamente, Xia Qi voltou seu olhar para Gu Ruoyun antes de juntar as peças do quebra-cabeças.

Mas, será?!

Ela é de fato muito talentosa. Mas o Mestre dos Venenos é um Honra Marcial agora. Não interessa o quão poderosa ela seja, como ela seria capaz de convidar um Honra Marcial, que agia como um Nobre Feudal no continente, para a Casa da Família Xia?

O Mestre Xia recobrou sua compostura e perguntou: “Será que me seria dada a honra de perguntar o que trás o Honorável Mestre dos Venenos aqui neste dia?” 

Afinal, ninguém aparecia na casa de ninguém sem ser convidado. Ele tinha certeza que o Mestre dos Venenos não estava ali por mera cortesia.

"Hehe."

O honorável Mestre dos Venenos deu uma risadinha. Sua voz era profunda e rouca, particularmente desconfortável de se ouvir.

“Hoje, este honorável veio cumprir uma promessa feita.”

Ao dizer isso, ele voltou seu olhar em direção a Gu Ruoyun e um sorriso apareceu em seu rosto enrugado. O sorriso não era claro e parecia um pouco forçado, mas finalmente ele sorriu propriamente.




O site Central de Mangás é gratuito e sempre será!

Para colaborar com a existencia do site, por favor,
desative o bloqueador de anúncios.