Evil Emperor’s Wild Consort

275 - Xia Qi, O hipócrita (Parte 3)

O Mestre Xia correu para encontrar a situação se desenrolando diante de seus olhos. Ele rugiu de angústia e apareceu por trás de Xia Zixi num piscar de olhos. Sua mão pousou no ombro do outro e o segurou firmemente: "Zixi, o que você está fazendo?"

"Pai, me deixe morrer! Tenho dor! Por favor me deixe morrer!"

Xia Zixi lutava loucamente para se soltar do Mestre Xia. Ele sofreu tanto nos últimos meses que chegou a um ponto em que a morte era uma solução bem vinda. Ao invés de ficar sofrendo assim pelo resto de sua vida e desmotivando toda a Família com sua agonia, ele escolhia a morte.

"Morrer? Xia Zixi. Se você quer morrer, filho da p*ta, vai deixar de ser meu filho! Porque na Família Xia não tem covarde! Qual a diferença entre você querer fugir do seu problema e um covarde? Para onde meu bravo e valente filho foi? Quando foi que você ficou tão fraco? Nos meses em que esteve doente, Yu'er não sofreu o suficiente por você? Ele é só uma criança de pouco mais de dez anos e como seu pai, você tem criado um ambiente tempestuoso por todo o lugar. É assim que você planeja tratá-lo? Ele já perdeu a mãe sendo uma criança e, agora, você quer que ele perca o pai também? Você acha que merece ser pai dele?"

O tom da voz do Mestre Xia foi ficando mais gentil conforme a mente de Xia Zixi voltava a se acalmar. Ele respirou fundo e falou com uma ponta de ressentimento: "Yu'er é muito talentoso. Mas foi atormentado com problemas de saúde desde a infância e não pôde cultivar adequadamente. Todos o consideravam um inútil em termos de cultivo. Mas, mesmo que ele não tivesse habilidades, nunca foi fraco. Ele inclusive cultivou em segredo pelas nossas costas. Ele não se importa com as opiniões dos outros e nunca desistiu. Mas você? Você não pode resistir a uma dor aguda que já está querendo morrer. Você é pior do que uma criança!"

O corpo de Xia Zixi tremeu. Ele começou a escorregar e cair no chão como se estivesse entrando em colapso e começou a chorar: "Pai, eu sei que decepcionei Yu'er. Eu não fui capaz de cuidar bem dele desde que ele nasceu. E, agora, por eu estar constantemente dentro do olho de um furacão, ele se foi para tentar encontrar com o Deus dos médicos uma cura. Mas eu conheço bem o meu corpo. Nem mesmo que o Deus Da Luo encarnasse na minha frente ele poderia me salvar. Por quê me permite arrastar a Família Xia comigo pro caos? É por isso que eu quero acabar com a minha vida."

"Se você realmente sente que decepcionou Yu'er, então você nem deveria considerar a morte! Como sabe com certeza que ninguém será capaz de curá-lo da sua doença? Se você está realmente pensando no futuro da família Xia, então se levante! Um covarde não está apto para ser o pai de Yu'er!"

Sim, eu sou um covarde, pensou Xia Zixi.

Comparado ao meu filho, que tem sido firme desde muito jovem, eu não estou apto para ser seu pai! Eu não só fui incapaz de protegê-lo, como acabei me tornando um fardo para o meu filho (ainda) muito jovem e ele teve que fazer muitas coisas por mim...

E eu? Não apenas não pensei em dar apoio a Yu'er, mas me tornei tão fraco que queria fugir dos meus problemas! Eu não me sinto como uma pessoa responsável!

Gu Ruoyun, que estava na porta, encarava fixamente o homem caído no chão e lentamente ergueu uma das sobrancelhas. Se o palpite dela estavesse certo, este homem deveria ser o Jovem Mestre da Família Xia, pai de Xia Linyu!

Não importa se Xia Linyu é realmente o irmão que ela estava procurando, esse homem precisava de ajuda!

Não por ele, mas porque seu filho se chamava Xia Linyu!

"Mas é claro!"

De repente, o Mestre Xia parecia ter se lembrado de algo e rapidamente voltou seus olhos que pareciam cheios de esperança para Gu Ruoyun: "Garota Gu, posso te pedir um favor? Ouvi dizer que a Médica Espiritual pode curar qualquer doença, será que você poderia chamá-la para salvar meu filho? Se você puder me ajudar, posso prometer qualquer coisa!"