Evil Emperor’s Wild Consort

236 - Incriminando (Parte 3)

{{Gente, perdoem o abandono... eu fiquei doente e não conseguia nem olhar pra tela do computador. Esta semana, ainda covalescente porém bem, voltamos às nossas atividades, Illusia.}}O rosto da Concubina Imperial Lin se contorceu numa expressão sinistra. Ela riu como uma maníaca, como se ela não visse o Imperador diante dela.

— Sua…

Pang Zihuang agarrou seu peito e seus olhos se arregalaram. Ele sentiu como se tivesse problemas para respirar, e mandou um olhar mortal para a Concubina Lin.

Ele nunca sentiu tanto ódio na vida inteira. Mesmo se ele tivesse comendo a carne dela e bebendo o sangue dela, ele nunca dissiparia a repugnância que sentia.

— Foi você! — Ele falou aterrorizado — Você estava por trás da morte repentina do Primeiro Príncipe, você também está por trás das mortes do Segundo e Quarto Príncipes! Lin Fengyi, se Nós não desmembramos pedacinho por pedacinho do seu corpo, como poderemos encarar Nossos Filhos mortos ou a Imperatriz, cujas lágrimas lavaram seu rosto todos os dias?!

Ele deu um alto rugido cuspindo um bocado de sangue, seu rosto se tornou pálido como giz branco. Pang Zihuang ergueu seu rosto e olhou para a Concubina Lin dizendo: — O que você fez a Nós?!!

Com um sorriso gélido, a Concubina Lin estranhamente disse: — Vossa Alteza Imperial realmente pensa que eu o deixaria vivo após minha grande confissão?! Mesmo que eu tenha algum sentimento por vós, eu ainda estimo a minha própria vida. Se eu o deixar ir, minha morte é certa. Assim sendo, eu coloquei um veneno mortal em você durante a acusação. Oh, e não se preocupe em pedir ajuda aos guardas lá fora, há muito tempo que eles se aliaram ao meu irmão! Que imperador inútil você é! Não só é incapaz de só produzir príncipes imprestáveis ou mortos, mas até seus subalternos te traem! Mas não se preocupe, nós vamos realmente precisar de um bode expiatório após a sua morte. Vendo que o Sexto Príncipe só esteve aqui para uma visitinha, meu irmão enviará seus homens para a propriedade do Sexto Príncipe para capturar a pessoa responsável por assassinar você, a justiça será feita!

Tsc. Tsc, ela pensou.

Pang Zihuang estava tão puto que ele cuspiu outro bocado de sangue. Com seus olhos em chamas mirando a Concubina Lin, ele falou lentamente: — Concubina Imperial Lin, se você ousar colocar suas mãos na Imperatriz ou em Pang Ran, mesmo que nós viremos um fantasma, nós nunca permitiremos que você se safe com isso!

Naquele instante, seu rosto foi ficando cada vez mais pálido com uma imponente expressão. Por um momento fugaz, a Concubina Lin sentiu pânico, mas ela rapidamente recuperou sua compostura. E num meio sorriso encantador ela disse, — Você se esqueceu de quem o meu irmão é, Vossa Majestade? Ele é um ser celestial, respeitado por todos! Você pensa que um ser celestial temeria fantasmas? Além do mais, com o nível de prestígio dele no país, se ele disser que o Sexto Príncipe é o responsável pelo seu envenenamento, ninguém suspeitará de suas palavras! Ademais, como um Conselheiro e Vidente Imperial, que lê a sorte, suas palavras nunca serão vistas como falsas. Então tenha certeza de que o Sexto Príncipe e a Imperatriz o acompanharão em breve. HAHAHAHAHA!

A Concubina Imperial Lin explodiu em gargalhadas, parecendo uma lunática. Seu belo cabelo penteado agora começou a se espalhar, mascarando seu rosto deslumbrante.

Minha Imperatriz, por anos eu não fui páreo para Vós, e Vossa Alteza Imperial permanece perdidamente apaixonado por você! Ela pensou com ciúmes. Mas em breve, meu filho será o Imperador do Reino da Tartaruga Negra e então, a morte virá para Vós!

Como se ela pudesse ver a, normalmente gloriosa, Imperatriz rastejando aos seus pés, a Concubina Lin ria e ria, parecendo completamente enlouquecida.

A família Xia são os únicos que podem escolher o próximo Imperador e eles escolherão de dentro da própria família real. Agora, como os poucos príncipes ou estavam mortos ou eram imprestáveis, o único candidato possível era seu próprio filho, o Terceiro Príncipe. Afinal, quem mais senão ele estaria apto para sentar no trono?!

— Concubina Imperial Lin, seu par conivente morrerá uma morte horrível! — Pang Zihuang rangeu os dentes, sua boca pingava com sangue. Ele tinha sido muito descuidado ao convidar a Concubina Imperial Lin sozinha. Ele só podia esperar que Pang Ran permanecesse são e salvo sob a proteção da Senhorita Gu. Se ele não pudesse herdar o trono, que pelo menos pudesse ter paz...