Evil Emperor’s Wild Consort

199 - Tudo o que vai, volta (Parte 1)

— Sua Alteza Imperial, um desastre é iminente!

No estúdio imperial, o Imperador Leng Moxuan tinha tido uma discussão com seus súditos. Neste momento, um eunuco que não havia anunciado sua chegada, correu pra dentro do estúdio. Quando viu o rosto descontente de Leng Moxuan, ele disse imediatamente: — Sua Alteza Imperial, Gu Ruoyun da Casa Gu, está invadindo o Palácio!

— O quê?

Leng Moxuan estava indignado. Ele disse com o rosto frio como aço: — Três anos atrás, não importa o quão implacável Gu Ruoyun fosse, mesmo tendo matado a família da Concubina Ling, nós nunca a condenamos! Mas, agora, só porque ela acha que tem o apoio do Empório das Cem Ervas, pode se desfazer de Nós e do Reino do Dragão? Quero só ver como o Empório das Cem Ervas vai se defender dessa vez!

Honestamente, mesmo que ele confiasse na Família Ling agora, eles ainda eram parentes da Concubina Ling e também eram seus importantes súditos. Gu Ruoyun queria matá-los e ela tinha que fazê-lo sem nenhuma piedade. Só por causa da sua relação com o Ancião Yu do Empório das Cem Ervas que ele não a considerou culpada por isso.

No entanto, nessa hora, mesmo que o Empório das Cem Ervas tomasse a frente, eles não poderiam continuar defendendo-a! Ou então, como poderiam continuar nessa terra?!

Ele não acreditava que o Empório das Cem Ervas viesse fazer qualquer coisa só por causa de uma mulher!

Ele pensou um pouco e disse: — Quero que convoquem o General Luo e o General Gu pra mim hoje! Quero perseguir aquela mulher!

Aconteça o que acontecer, Leng Moxuan era o imperador do país. Agora que alguém tinha passado dos limites intimidando-o, onde a sua dignidade iria parar? Esta Gu Ruoyun realmente não sabia o seu lugar, agindo de forma tão arrogante dentro do Reino do Dragão!

Na cidade imperial, todos testemunhavam Gu Ruoyun indo em direção ao Palácio Imperial com um grupo de assassinos. Uma fervorosa discussão começou imediatamente. Em seguida, eles viram General Luo e General Gu liderando o exército e apressadamente em direção ao palácio. Com isso, eles sabiam que hoje, na cidade Imperial, haveria sangue!

No jardim Imperial, Gu Ruoyun olhou friamente os guardas que a rodeavam com insolência aparecendo nos cantos dos seus lábios. Ela gritou com um rosto sem emoção: — Afastem-se!

Boom!

Uma forte rajada de Qi acertou os guardas no peito e em numa fração de segundos, eles voaram pelo ar com as suas bocas sangrando. No entanto, mais um grupo de guardas cercou Gu Ruoyun mais uma vez.

De repente, uma autoritária e dominadora voz soou de trás dos guardas com uma raiva aparente: — Gu Ruoyun, você é realmente muito ousada! Nós já tínhamos reconhecido o fato de que você é parte do Empório das Cem Ervas e a toleramos, mas, agora, você foi longe demais! Mesmo que o Ancião Yu venha por você agora, ele não será capaz de defendê-la!

A aura gélida que vinha do corpo de Gu Ruoyun aumentou, mas seu rosto bonito e delicado continuou calmo. Seus olhos claros fixavam calmamente a figura vestida nobremente de amarelo atrás dos guardas.

— O motivo de eu estar aqui não tem nada a ver com você. Entregue a Concubina Ling ou então não me importarei de banhar o Palácio em sangue!

Leng Moxuan estava muito furioso e o seu coração foi consumido pela raiva. Então ele disse por entre os dentes: — Gu Ruoyun, você mantou Ling Yi e Ling Yu e aleijou o único herdeiro da Família Ling. Tudo isso já era parte do passado, mas agora você realmente teve a audácia de vir até o Palácio pra exigir que eu entregue a Concubina Ling! Mesmo que o Empório das Cem Ervas venha junto, isso é completamente ridículo! Você não acha que a sua arrogância fará com que o Ancião Yu volte a te defender, acha?

Afinal de contas, Leng Moxuan era o governante do Reino. Primeiro, ele tava puto com Gu Ruoyun. Segundo, nem todas as mais poderosas influências dentro dos quatro países poderia meter o bedelho na Família Imperial! Isso era uma regra geral. E se as Três Grande Autoridades viessem pra lidar com isso, o Empório das Cem Ervas estaria em apuros!