Evil Emperor’s Wild Consort

191 - A Fúria de Zuo Shangchen (Parte 11)

O Ancião Liu tinha previsto que a jovem mulher em pé diante dele estaria assustada com o pensamento de um fluxo interminável de monstros vindo atrás dela.

Infelizmente, para ele, ele ficou desapontado. Pois ela, desde o início, tinha se mostrado indiferente. Seus olhos eram calmos como se as coisas que ele disse nada tivessem a ver com ela.

Mesmo que ele tinha que admitir que, se não tivesse aceitado esta missão, a tomaria como aprendiz. A mente desta mulher era inabalável, mesmo que ela não fosse páreo para as habilidades do Jovem Mestre, isso não faria muita diferença.

Mas, uma vez que o Palácio Yin da Escuridão tinha aceitado essa missão, não havia como desistir.

Quando ele pensou sobre isso, um traço de arrependimento cruzou seu rosto idoso.

_ Velho — Yunyao riu — Por que está falando tantas besteiras? Se você falar mais um 'a', eu, Yunyao, te mato hoje!

_ Haha! — O Ancião Liu histericamente — Você é uma rainha digna das bestas espirituais e pode falar a nossa língua. Por quê está ajudando um humano comum? A floresta é o lugar ao qual você pertence!

Honestamente, o Ancião Liu estava com ciúmes de Gu Ruoyun. O que essa menina, uma mera General Marcial, tinha que poderia comandar uma besta espiritual de nível Rei Marcial? Ele estava muito insatisfeito! Se ele fosse lutar com esse animal espiritual, definitivamente não teria qualquer chance de ganhar!

Foi aí que Ling Yihui percebeu que o Tigre Branco estava falando sua língua.

Puta Merda! Esses caras sabiam mesmo como aterrorizar as pessoas! Se não fosse por seu coração forte, ele teria caído duro de susto!

_ Velho, pare de enrolar! Por que não podemos acabar logo com isso? — Yunyao nem sequer olhou nos olhos dos outros ao redor. Zombando, ela deslizou seu enorme corpo para o Ancião Liu com suas garras estendidas...

As pupilas dele se dilataram e ele levantou a espada em suas mãos. As garras do Tigre Branco agarraram a espada com firmeza e era como se duas armas se chocassem. Faíscas voaram por toda parte fazendo um chiado...

A batalha entre dois oponentes de nível Rei Marcial era mais interessante do que qualquer outra coisa. Embora, naquele momento, a Família Ling não tivesse estado de espírito suficiente para apreciá-la.

Eles sabiam que o Ancião Yu ainda era do Empório das Cem Ervas e que talvez o Ancião Yu não seja páreo para o Ancião Liu, mas se ele se juntasse a esta batalha, o Ancião Liu não teria qualquer chance de ganhar!

No entanto, o que a multidão não sabia era que não só o Ancião Yu era um Rei Marcial, a médica espiritual também tinha alcançado o nível de Rei Marcial. Se contabilizarem Xunfeng e o Lobo Branco Baobao, Gu Ruoyun tinha mais do que um ou dois Rei Marcial ao seu lado.

Ela ainda tinha sua carta na manga — Zixie!

Até agora, Gu Ruoyun não tinha certeza do real nível dele, mas julgando pela atitude de Yunyao diante de Zixie, ela pôde compreender que, não sabia se antes ou agora, ele era muito forte.

Ele era extremamente forte!

Gu Ruoyun dirigiu seu olhar para a batalha. Seus olhos frios conforme ela impacientemente perguntava: _ Yunyao, isso é tudo que você pode fazer? Você é Rei Marcial há muito tempo?

Yunyao quase caiu de cara no chão e sentiu vontade de chorar: _ Minha Mestra, você realmente acha que eu sou o Tigre Branco do passado? Desde que fui espancada e ferida por aqueles f*lhos da p*ta, me tornei incapaz de me recuperar completamente. Portanto, agora meus poderes são iguais aos de um Rei Marcial de nível intermediário.

Custe o que custar, ela não iria ser desprezada por sua Mestra. Caso contrário, se sua mestra não tivesse um uso para ela, ela poderia ser queimada por Zixie...

Quando ela pensou nisso, Yunyao voou para o Ancião Liu novamente...

Enquanto isso, no Palácio Imperial, a Concubina Imperial Ling tinha ouvido as notícias da Família Ling. Seu corpo era macio e ela caiu no chão: _ Gu Ruoyun, como pode ser que eu não possa matá-la? Não, eu não acredito nisso, você TEM que morrer de qualquer jeito!

Ela gentilmente fechou os olhos e disse para o serviçal da Família Ling que estava diante dela: _ Saia.

_ Sim, Concubina Imperial.

O serviçal foi levado prontamente para fora pelas empregadas imperiais. A Concubina Imperial foi deixada só em seu quarto. Depois de um tempo, ela abriu os olhos e disse: _ Grande Dragão Índigo, no passado, eu te dei permissão para se esconder aqui e cuidar de suas feridas. Você prometeu que devolveria o favor. Agora, quero que mate Gu Ruoyun. Entendeu?

Ela não queria usar esse trunfo, mas ela não teve outra escolha. Tudo era culpa de Gu Ruoyun! Ela nunca iria perdoá-la!`{{Aguardem mais posts do que o normal durante esta semana o/ }}