Evil Emperor’s Wild Consort

184 - A Fúria de Zuo Shangchen (Parte 4)

De repente, Moyu parou e apertou a mão de Bai Chuan. Seus olhos estavam cautelosos, ela parou e olhou para o velho que impedia sua passagem.

O velho usava vestes brancas e estava em pé com os braços cruzados atrás das costas. Sua aura era como a de um Imortal e sua postura como a de um Taoísta. No entanto, seus olhos eram marcados com arrogância e crueldade.

_ Quem é você? — Moyu perguntou com seu cenho franzido de preocupação e cautelosamente puxou Bai Chuan pra perto de si.

O velho olhava para os dois friamente, perguntando: _ Vocês são do Empório das Cem Ervas? Quem é Gu Ruoyun para você?

Mestra?

Moyu ficou perplexa. O que esse velho quer com a Mestra? Nesse pensamento, seu coração afundou: _ Por quê você está perguntando dela?

_ Parece que fiz a escolha certa. — O velho riu antes de continuar — Pois esse é o caso, vou pedir a vocês dois que sejam convidados do Palácio Yin da Escuridão!

Bai Chuan mordeu seus lábios e seu corpo macio encostou nas costas de Moyu. Determinado, seus olhos mostravam certo pânico. Era evidente que esse velho tinha segundas intenções.

_ Ser convidado do Palácio Yin da Escuridão? — Moyu riu friamente. — E se eu disser não?

Não interessava como, Moyu não ia deixar que esse velho a usasse como peão em seus joguetes para ameaçar sua Mestra!

Ainda que ela não tenha negado sua relação com Gu Ruoyun, devido ao fato de que o Palácio Yin da Escuridão faria uma investigação mais detalhada uma vez que teriam que vir diretamente à sua porta. Mesmo que ela tivesse negado, eles não acreditariam nela.

_ Hahaha, isso não cabe a você decidir. Hoje, independentemente de seus desejos, você vem comigo!

O velho gargalhou alto antes de um poder interminável correr em direção à Moyu e empurrá-la pra baixo. A pressão de coerção de um Rei Marcial em seu corpo era como uma grande pedra e seu rosto se empalideceu drasticamente sob a pressão.

_ Mocinha, uma pessoa sábia sempre submete às circunstâncias. {{ATA! Sei. u.u}} Nenhum mal te atingirá se você vier comigo!

O rosto de Moyu era branco como uma folha de papel e seus olhos mostravam desdém, como se a pessoa diante dela fosse apenas uma pessoa patética e comum.

_ Você quer me usar para ameaçá-la? Isso é um baita erro. Xiao Chuan, corra e informe nossa Mestra que o Palácio Yin da Escuridão chegou!

Desde que se tornaram seguidores da Mestra, que secretamente fizeram uma promessa de restituir a ela tudo o que aprenderam em suas vidas. Como poderiam permitir que outros os usassem como material de chantagem?

Também, depois do seu sacrifício, sua Mestra e os outros membros da Seita do Demônio certamente a vingariam.

Quando isso acontecer, eu vou ficar com pena desse velho.

Ao pensar nisso, os lábios de Moyu formaram um sorriso sarcástico e o desprezo em seus olhos era evidente.

_ Fique aqui mesmo!

O rosto do velho era frio e ele se transformou numa rajada de vento que perseguiu Bai Chuan. Com um solavanco, um soco atingiu bem no meio da espinha de Bai Chuan, jogando seu pequeno corpinho contra uma tenda do outro lado da rua.

O rosto do pequeno estava pálido e pingava sangue da beira de seus lábios. No entanto, seus olhos ainda estava preparado para o velho, de um modo feroz e intransigente.

_ Seu velho filho da p*ta, você é tão inútil a ponto de atacar uma criança? — Moyu estava furiosa e seu corpo tremia de raiva: _ É assim que o Palácio Yin da Escuridão atua hoje em dia? Você não mostra misericórdia nem para uma criança?

O Ancião Liu gargalhou assustadoramente: _ Você tentou me enganar, heim? Esse menino parece ser alguém próximo de Gu Ruoyun e ela teve um conflito com o Príncipe Herdeiro de Reino do Dragão por causa dele. Esse incidente confirma que esse carinha significa muito pra ela. Eu não tenho certeza o que Gu Ruoyun iria fazer se eu só levasse você, mas se eu o levarei também, creio que ela definitivamente virá até mim.

_ Seu...

O corpo de Moyu tremia de raiva. Agora, ela só podia esperar que os outros testemunhassem essa cena para informar Gu Ruoyun da situação.