Evil Emperor’s Wild Consort

180 - O Assassino do Palácio Yin da Escuridão (Parte 3)

Qianbei Ye franziu a testa, seus rosto com feições que poderiam derrubar países e nações estava obscurecido. Um par de olhos sedentos de sangue encaravam friamente a poça de pus e sangue no chão e seu cabelo prateado e vestes vermelhas atraíam o olhar de todos sob o céu noturno.

_ Xiao Yun, ele queria te matar. Esse assassino era do Palácio Yin da Escuridão, eu posso ir lá e destruir o Palácio Yin da Escuridão, né?

O modo como ele havia dito era como se o ato de destruir o Palácio Yin da Escuridão fosse tão fácil quanto comer um bife.

_ Xiao Ye... — Gu Ruoyun olhou para os olhos vermelho-sangue do homem um pouco surpresa.

_ Eles merecem morrer! Qualquer um que queira matá-la merece morrer!

Sim. Qualquer um que pretenda sequer tocá-la também merece morrer!

Se todos no continente a tocassem, então ele começaria um massacre!

_ Xiao Ye. — Gu Ruoyun riu enquanto o consolava como se falasse com uma criança: _ Eu estou bem, ok? Além do mais, eu preciso esclarecer algumas coisas antes.

Ela queria saber porque aquele encrenqueiro tinha mandado o Palácio Yin da Escuridão machucá-la.

_Tudo bem. — Qianbei Ye era como uma criança obediente, mas ele só era obediente à Gu Ruoyun. Qualquer outro que tentasse influenciar suas decisões provavelmente morreria numa poça de sangue.

_ No entanto, uma vez que você saiba tudo o que tem que saber, posso acabar com o Palácio Yin da Escuridão?

Não importava quantas vezes ele tinha pensado a respeito, ele se recusava a largar o osso. Quem foi que mandou eles pensarem em machucar Xiao Yun.

Gu Ruoyun sorriu e não disse muito. Depois disso, ela notou que Yunyao estava num cantinho. Atônita, ela perguntou: _ Yunyao, por quê está se escondendo aí?

Yunyao tremia violentamente quando ela ouviu a voz de Gu Ruoyun. Era quase como se ela tivesse sido amaldiçoada com oito vidas de azar, não bastava aquele diabo mas esse cara também?

Quem era exatamente essa menina? Como ela está relacionada a todas estas pessoas poderosas?

Nesse momento, Yunyao estava à beira das lágrimas. Ela lamentava intimamente que tivesse que ser a besta espiritual mais azarada do mundo.

_ Um tigre? — Qianbei Ye franziu a testa ao ver Yunyao. — Eu não gosto desses carinhas tigres. Xiao Yun, posso matá-la?

Yunyao tremeu de terror e disse humildemente: _ Miau.

*Baque*

Wei Yiyi quase caiu. Ela estava totalmente perplexa com o que aconteceu. Essa criatura era mesmo um dos Quatro Animais Divinos, o Tigre Branco? Um rato provavelmente teria mais coragem que ela.

_ Xiao Ye, qual é a tua com Tigres? — Gu Ruoyun perguntou surpresa.

Qianbei Ye ficou quieto por um tempo: _ Eles são muito barulhentos.

Tudo bem então!

Gu Ruoyun estava totalmente pasma. Ela virou pra Wei Yiyi e disse: _ Wei Yiyi vamos para a casa de hóspedes. Zuo Shangchen provavelmente está lá e eu realmente quero saber qual é a dele!

_ Sim, Mestra.

Wei Yiyi sorriu sedutoramente e seus olhos brilhava friamente.

O Palácio Yin da Escuridão cruzou totalmente a linha quando enviou assassinos para matar sua Mestra! Mesmo que o Palácio Yin da Escuridão fosse muito influente, eles ainda precisavam pagar de algum modo.

Na casa de hóspedes, Zuo Shangchen estava preguiçosamente reclinado na poltrona enquanto se abanava com um leque nas mãos. De repente, alguém chutou rudemente a porta para abrí-la e uma silhueta apareceu na sua linha de visão.

_ Xiao Yun'er, você veio visitar este Príncipe tão tarde da noite, veio aquecer minha cama? — Zuo Shangchen sorriu de maneira divertida para a garota que tinha invadido o seu quarto. Ele levantou-se gradualmente, endireitando as costas.

O rosto de Gu Ruoyun estava escuro: _ Zuo Shangchen, algumas pessoas do Palácio Yin da Escuridão vieram me assassinar hoje. Você não me deve uma explicação?

Sinceramente, ela ainda tinha um certo nível de confiança em Zuo Shangchen. Isso era óbvio porque ela só tinha trazido Wei Yiyi com ela enquanto corria. Ela era uma pessoa muito cautelosa, mas ela ainda acreditava nele, afinal, eles se conheciam há três anos e Zuo Shangchen não parecia ser o tipo de pessoa que faria algo assim.

No entanto, era uma verdade inegável que o assassino tinha vindo do Palácio Yin da Escuridão. Independentemente do que a verdade era, é uma obrigação deixar que Zuo Shangchen investigue o assunto!