Evil Emperor’s Wild Consort

153 - O Misterioso Homem Mascarado (Parte 4)

_ Senhora Ruoyun, o que você disse é verdade?

Entre os assentos do banquete, um homem de meia-idade com uma imensa barriga engoliu a saliva, seus olhos se encheram de uma agradável surpresa. No entanto, refletindo um pouco, ele perguntou ligeiramente hesitante: _ E existem requisitos pra comprar essas pílulas? Por exemplo, deter certa identidade ou algo assim

Gu Ruoyun varreu o homem com o olhar e disse com um sorriso: _ Tenha certeza, Primeiro Ministro Cheng, que as pílulas irão primeiramente para quem chegar antes, é claro que, desde que se tenha o suficiente em moedas de ouro. Afinal, os preços no Empório das Cem Ervas não são baratos, se você não tiver dinheiro o suficiente, você poderá trocar por mercadorias de preço similar.

A resposta que ela deu foi como se desse a todos uma garantia. Afinal, os funcionários oficiais do governo não puderam participar do leilão anterior, então eles ficaram preocupados.

_ Isso é bom, muito bom!

O homem de meia-idade estava feliz e era óbvio que ele estava aliviado. Havia respeito em seu olhar enquanto ele olhava para Gu Ruoyun.

Como a personalidade da noite, Gu Xianglin foi esquecido por todos, acabou ficando de lado e era como se ninguém se lembrasse que ele existia...

Ele viu esse monte de gente ao redor de Gu Ruoyun e acabou bufando com desdém, como se ele não acreditasse que esses comprimidos fossem "isso tudo".

_ Além disso, esse não é o mais importante anúncio que farei essa noite. — Gu Ruoyun fez uma pausa estratégica e seu olhar varreu o rosto de cada pessoa da multidão, um por um, para finalmente parar no avô e no neto da Família Gu. Ela sorria friamente, seus olhos brilhava como gelo: _ Deste momento em diante, qualquer um que for aliado da Família Gu e da Seita Brisa Suave não deve sequer pensar em obter um único fragmento que seja de pílulas no Empório das Cem Ervas. Não importa que tipo de doenças graves ou lesões, a médica espiritual também irá se recusar a tratá-los.

_ Quem você pensa que é? Você não representa o Empório das Cem Ervas! - Gu Panpan não podia aceitar esse tipo de coisa e gritou loucamente: _ Você não ouviu direito o que o meu irmão disse? Ninguém está mais ciente do que nós se os negócios dessa mulher são reais ou não! Só porque ela influenciou vocês com uma meia dúzia de frases, agora todo mundo acredita nela? Vocês todos são realmente um bando de tolos.

Todos os rostos dos membros da Família Gu ficaram como limão, de tão azedos, vendo a explosão de Gu Panpan. {{}} Apesar de Gu Xianglin ter tentado expor Gu Ruoyun por ser uma farsa em termos de habilidade ou conhecimento, ele tinha feito isso de modo a não ofender ninguém. No entanto, a escolha de palavras de Gu Panpan tinha ridicularizado a todos no banquete.

Todos tinha olhares feios em seus rostos quando perceberam a falta de hospitalidade dos membros da Família Gu.

Obviamente, Gu Panpan nem notou isso, porque os olhares dela estavam cravados em Gu Ruoyun e seus dentes rangiam. Ela odiava a mulher na frente dela a tal ponto que queria cortá-la em mil pedacinhos.{{Treta!!}}

_ Gu Ruoyun, você parece ser tão pobretona, especialmente com aquela carroça lá do lado de fora. É vergonhoso ter que passar do seu lado! Olha só pras montarias que o meu irmão têm, são tão majestosas! Até mesmo meu irmão pode ter essas montarias inspiradoras, mas você, que afirma ser a mestre da médica espiritual anda naquela carrocinha? É muito ridículo!!

Ela abafou uma risadinha e prosseguiu: _ Mesmo que eu nunca tenha conhecido a médica espiritual, mas mesmo eu sei que ela é feia. No entanto, três anos atrás, você de algum modo encontrou essa puta aí e a levou pro leilão. Ela se diz ser a médica espiritual que foi curada pela Pílula do Rejuvenescimento Embelleze, mas quem é que iria acreditar nisso? Exceto por esse monte de tolos, quem mais teria acreditado nisso?

_ Cale-se!

O General Gu queria calar a explosão de Gu Panpan primeiro, mas, estava impedido por esta aura poderosa, ele não foi capaz de dizer qualquer coisa até agora. Depois que a poderosa aura desapareceu, só então ele pôde levantar sua mão e dar um tapa forte no rosto de Gu Panpan. {{Por mais que eu odeie a Gu Panpan e a outra menina que morreu pelas mãos do Zuo Zhangfeng, não gosto nada das medidas dos homens nessa novel. Se alguém merece tomar uma surra, desde o começo, é o vô Gu, que é injusto e hipócrita, e os pais de Xianglin e Panpan, que não deram educação pra essas duas crias do the monio. Espero com ansiedade o dia em que as bofetadas virão para eles u.u}}