Evil Emperor’s Wild Consort

125 - Um Leilão Que Chocou Os Quatro Países (Parte 10)

A expressão usual de Zuo Shangchen desapareceu enquanto seu olhar varria a menina que estava atrás dele, de cima a baixo, e então, ele disse com indiferença: _ Susu, você não pode ser comparada a ela. Na verdade, te aconselho a não ofendê-la ou eu não seria capaz de protegê-la.

Susu olhou descrente os olhos de Zuo Shangchen cheios de dor.

_ Irmão Chen, você sempre foi meu grande protetor desde que éramos jovens. Mas agora você briga comigo por causa de outra mulher? Se eu te fiz alguma coisa, será que posso saber o que foi? Posso mudar minhas atitudes.

— Não, você não fez nada de errado. — Ele meneou a cabeça e colocou seu leque de lado: _ Em meu coração só há você para sempre como se fosse minha irmãzinha. No entanto, ainda que você seja como irmã pra mim, espero que você não fique muito perto de mim. Agora, por estar muito preocupado com a sua segurança é que te digo pra não causar problemas a ela. De outra forma, você terá que sofrer as consequências.

Uma irmã mais nova?

Não!

Ela não queria ser uma "irmãzinha", ela queria ser sua esposa!! Será que o Irmão Chen não tinha entendido sua sinceridade depois de todos estes anos? Por quê que ele poderia fazer piadas com os outros e no entanto se tão cruel com ela?

Susu engoliu seco a amargura em sua boca. Olhou para ele com os olhos turvos de lágrimas. Seu rosto pueril se abriu num sorriso: — Irmão Chen, Susu entende. Só quero seguir o Irmão Chen, isso é tudo. Não tenho outras intenções.

Zuo Shangchen olhou para teimosa Susu sem dizer muito. Porém, ele não foi ao quarto de Susu e sim ao quarto de Gu Ruoyun...

— Xiao Yun'er, quero sair dessa multidão por um tempo, me pergunto se me permitiria.

Quando ela ouviu essa voz diabólica, Gu Ruoyun parou e olhou pra cima, seu olhar recaiu sobre o homem de sorriso irritante em seu rosto atraente.

— Quarto Príncipe, por que você não deixa suas aias te carregarem hoje? - Gu Ruoyun ergueu as sobrancelhas. Era de conhecimento geral que toda vez que Zuo Shangchen aparecia, ele estaria sentado em sua liteira e sendo carregado por um monte de aias bonitonas. Assim, esta era a primeira vez que ela o via andando em sua direção — Até achei que você fosse deficiente e não pudesse andar.

Zuo Shangchen deu de ombros, ele sabia que Gu Ruoyun tinha uma língua afiada quando queria repreender alguém. Entretanto, isso não queria dizer que Susu poderia tolerar que alguém fizesse isso com a pessoa que ela mais admirava no mundo.

— Quem é você? Por quê está humilhando o Irmão Chen? Mesmo que o Irmão Chen queira que outras pessoas o carreguem, isso não é da sua conta.

O rosto de Susu estava vermelho de raiva e ela olhava furiosa pra Gu Ruoyun. Contudo, seu olhar não causou qualquer dano só a fez parecer uma criança birrenta.

_ Humilhá-lo? - Gu Ruoyun deu um sorriso em seu rosto magro: _ Zuo Shangchen, eu te humilhei?

Zuo Shangchen tossiu e seus olhos sorriam: _ Xiao Yun'er está só dizendo as coisas como são. Não está me humilhando. E, mesmo que ela estivesse, eu estaria disposto a permitir que ela me humilhe ainda mais.

Quando ele disse isso, deu uma piscadinha pra Gu Ruoyun. {{( ͡° ͜ʖ ͡°)}} O ar que ele transpareceu deu a entender que estava implorando pra ser pisado. {{Ui!}}

_ Irmão Chen! - Susu bateu o pé no chão e olhou triste pra Gu Ruoyun. Ela não entendia o que havia de bom nessa mulher rude que fazia com que o Irmão Chen desistisse de si mesmo!

Na verdade, ela parecia tão fraca...

Uma jovem de quinze anos, no nível Guerreiro Marcial, provavelmente se sairia bem em Reino do Dragão. No entanto, se quisesse ficar ao lado do Irmão Chen com essa habilidade tão fraca, provavelmente seria a fantasia mais louca que alguém pudesse imaginar...