Evil Emperor’s Wild Consort

099 - Inicio do Guerreiro Marcial (Parte 4)

_ Pegue esta pílula, ancião Yu.

Ela abriu as mãos para revelar uma pílula redonda e verde no centro de sua palma.

_ Isto é... — O ancião Yu foi surpreendido.

Uma pílula coletora de Qi? Ele imaginou. Mas não tinha sua Senhora já dito que as pílulas coletoras de Qi não teriam capacidade de ajudá-lo a atravessar suas dificuldades?

Não!

Errado!

O ancião Yu franziu a testa. Esta não era uma das pílulas coletoras de Qi... Não podia ser. O poder espiritual contido dentro desta única pílula era ainda mais denso do que a das pílulas coletoras de Qi...

Como se ouvisse as suspeitas crescendo dentro do coração do ancião Yu, Gu Ruoyun abriu seus lábios e murmurou: _ Pílula de armazenamento espiritual.

_ Pílula de armazenamento espiritual?

O coração do ancião Yu estremeceu ao ouvir aquelas três palavras. Ele estendeu a mão trêmula, pegou a pílula verde e, lentamente, colocou em sua boca...

De repente, uma onda densa de Qi espiritual se derramou no ambiente sem cessar. Se o efeito que das pílulas coletoras de Qi tinham trazido uma espessa névoa, esta daqui fez com que o ancião Yu estivesse completamente envolto numa camada de nevoeiro de uma hora pra outra, nem mesmo um único fio do cabelo de sua cabeça poderia ser visto.

Neste momento, o Qi espiritual ao redor dele fluiu através de seus pontos e correu para dentro de seu oceano espiritual, fazendo com que suas dificuldades, que por tanto tempo agiram como uma rolha, fossem removidas ligeiramente.

O ancião Yu estava regozijante. Só os céus sabiam quanto tempo já tinha passado desde que ele sentiu esse tipo de sentimento. Anos? Ou talvez, até mais do que isso? Eu sempre achei que ficaria preso na fase inicial do General Marcial para sempre, sem conseguir romper até o nível de Rei Marcial, mas, agora...

Isso... Isso era literalmente um milagre!!! O ancião Yu pensava jubiloso.

Às pressas, ele se sentou, cruzou as pernas e começou a cultivar porque ele não podia perder cada precioso segundo causado pela pílula. Ele não estava disposto a perder nenhum momento.

Gu Ruoyun olhou para a névoa verde que cercava o Ancião Yu e um pensamento profundo passou por seus olhos. De repente, um barulho se ouviu do lado de fora do Empório das Cem Ervas, fazendo com que ela erguesse as sobrancelhas.

_ O que está acontecendo lá fora?

Ela olhou para o Ancião Yu e parou em pensamentos. Então disse: _ O ancião Yu não estará apto a passar de nível por pelo menos uma hora ou cerca disto. Vou sair e olhar.

Em seguida, sem olhar novamente para o ancião Yu, ela se virou e saiu.

À direita, na rua principal, Ling Yu destilava sua raiva pela multidão com as mãos na cintura. Seu coração estava cheio de ódio. Ela não pôde esquecer que, exatamente um mês atrás, este maldito Empório das Cem Ervas a tinha perseguido e varrido o restinho de sua dignidade porta afora!

A pior parte foi que, depois de descobrir o que ela disse sobre o Empório das Cem Ervas, sua tia a tinha repreendido furiosamente. Mesmo seu tio, o Imperador, queria que ela respondesse por seus crimes. Se sua tia não tivesse implorado por ela, ela teria se tornado uma criminosa condenada, apodrecendo na prisão.

Ela não conseguia entender. O Empório das Cem Ervas era apenas uma lojinha... O que havia de tão grande sobre eles que até sua tia não estava disposta a contrariá-los?

No entanto, agora ela não precisava mais ter medo...

Enquanto ela pensava na pessoa atrás dela, Ling Yu levantou sua cabeça e falou imperativamente: _ Retire a Gu Ruoyun e aquele Ancião Yu daqui para que eles encarem suas punições!

O vendedor Zhao queria falar antes de repentinamente ver Gu Ruoyun sair de dentro do salão do Empório das Cem Ervas. Ele abriu a boca brevemente, então decidiu fechá-la sem dizer nada.

_ Gu Ruoyun, eu achei que você estava se escondendo por detrás da proteção do Empório das Cem Ervas. Quem iria pensar que você se atreveria a sair deste modo depois de estar escondida durante um mês. Ling Yu zombou, o ódio queimando como fogo em seus olhos: _ Você matou meu avô e meu irmão e ainda fez com que minha família ficasse pobre e sem teto. Hoje vou usar seu sangue como sacrifício para apaziguar os espíritos do céu.

Gu Ruoyun ouviu falar de como Ling Yu foi expulsa pelo ancião Yu há um mês atrás. Vendo como ainda se atreveu a voltar à sua porta novamente, Gu Ruoyun não tinha o que fazer a não ser levantar as sobrancelhas. Seu olhar se moveu para o homem vestido de preto atrás de Ling Yu...

O homem estava completamente vestido de preto. Mesmo seu rosto não tinha como ser visto, mas...

Gu Ruoyun sorriu friamente. Não é de se admirar que Ling Yu tivesse a audácia de retornar ao Empório das Cem Ervas. Ela tinha este homem para fazer o seu trabalho.

Um Rei Marcial!

Ela não achou que Ling Yu finalmente encontraria um Rei Marcial! O poder que um Rei Marcial tinha era tamanho que poderiam dominar completamente todo o Reino do Dragão se assim eles o quisessem.