Evil Emperor’s Wild Consort

093 - A Ganância de Ling Yu (Parte 2)

Leng Yanfeng congelou. Era como se ele tivesse ouvido algo inacreditável. Em seguida, um ligeiro sorriso apareceu no seu rosto normalmente sério.

O seu sorriso, independentemente de como você olhasse para ele, estava cheia de escárnio.

_ Uma pessoa que ainda permanecia nas Classificações de Coleta de Qi depois de tantos anos... É deste gênio que você está falando? Parece que o Reino do Pássaro Vermelho está verdadeiramente em estado de declínio. Se alguém assim pode ser considerado um gênio, então todos no Reino do Pássaro Vermelho estão na Classificação de Coleta de Qi? — Não era só Leng Yanfeng que achava isso, porque mesmo Leng Wujing estava começando a achar que Zuo Shangchen estava contando uma piada.

_ Quarto Príncipe, você deve estar brincando. Se alguém com este nível de poder pode ser considerado um gênio, como deveríamos considerar a senhora Shi Yun, que alcançou o nível de Rei Marcial em uma idade tão jovem? — Leng Wujing balançou a cabeça. Ele achou toda a história muito engraçada. — Nós realmente não sabemos como o quarto príncipe conseguiu pensar que Gu Ruoyun era um gênio.  — eng Wujing pensou. Essa mentira era muito descarada.

Zuo Shangchen sorriu: _ Tanto quanto eu sei, Shi Yun já tem vinte anos de idade e a pequena Ruoyun apenas quinze anos. Me atrevo a dizer que em cinco anos estará em pé de igualdade com Shi Yun.

_ Cale-se!

De repente, a expressão de Leng Yanfeng ficou extremamente fria. Seus olhos negros eram como duas lâminas afiadas e ele mirava esse olhar em Zuo Shangchen: _ Você não tem o direito de falar sobre o talento de Shi Yun! Especialmente comparando-a com aquela imprestável da Gu Ruoyun! Ela nem sequer é digna! Mesmo se estivermos falando de cerca de dez, vinte ou até trinta anos, ela nunca será capaz de superar Shi Yun!

Shi Yun era a deusa do seu coração, onde ele depositava toda a sua fé. Ele nunca permitiria que ninguém insultasse Shi Yun.

_ Pequeno Feng — Leng Wujing olhava de canto para Leng Yanfeng antes de voltar sua atenção à Zuo Shangchen — Estaria o quarto príncipe disposto a fazer uma aposta comigo? Não importa a quantidade de tempo que você dê a Gu Ruoyun, ela nunca será capaz de superar a Senhora Shi Yun.

_ Me desculpem. — Zuo Shangchen sorriu com o canto dos lábios: _ Eu não tenho nenhum interesse em colocar apostas numa coisa certa. Além disso, não existe qualquer prêmio que me interesse no Reino do Dragão.

A expressão de Leng Wujing ficou muito séria de repente. Apesar de seu medo de Zuo Shangchen, ele ainda era o governante deste país, levar um tapa no rosto com essa frase lhe deixou extremamente infeliz.

_ Eu só vim até aqui para pedir a Você, Sua Majestade, o Imperador, para avisar o Seu bom filho. Não incomode mais Gu Ruoyun. Ela não está à altura dele. Agora, como já fiz minha parte, é hora de partir. — Zuo Shangchen se alongou preguiçosamente. Seu olhar parecia que acidentalmente varreu o rosto de Leng Yanfeng, a zombaria em seus olhos amendoados estavam cada vez mais profundas ao pousar seus olhos sobre ele.

Gu Shengxiao, me pergunto como me agradecerá por proteger sua irmã desse jeito? Zuo Shangchen imaginava.

Como se vê Gu Shengxiao seria extremamente grato a ele, Zuo Shangchen riou alto: _ Qingyi, vamos. Para o Empório das Cem Ervas. Vamos brincar com a pequena Ruoyun.

_ Sim, Meu Senhor.

Qingyi abaixou a cabeça e juntou as mãos numa expressão de lealdade. Quando ela olhou para o rosto preguiçoso do homem, desamparo brilhava em toda a profundidade de seus olhos.

Ela era mantida por ele por tantos anos e claramente entendia tudo sobre sua misofobia. Ele se recusou a deixar que alguém o ajudasse, mesmo para se vestir, nem mesmo sua própria mãe.

No entanto, foi só na companhia desse homem solitário, que ele permitia toques casuais em seus braços, ombros, ele sorria de forma tão confortável, tão livremente...

Qingyi sentiu um pouco de amargura em seu coração ao pensar sobre isso. Ela tinha acompanhado seu senhor por tantos anos, em silêncio, amando-o silenciosamente por tanto tempo. No entanto, seus anos de companheirismo não se comparavam a um ano de amizade entre aquele homem e seu senhor...