Evil Emperor’s Wild Consort

058 - Um exército forte surge! (Parte 4)

Tradutor: Illusia || Revisor: Luis Gimenes

_ Xiao Ye?

O olhar de Gu Ruoyun virou-se e pousou em Qianbei Ye, que pareceu franzir a testa, em pensamentos profundos. Depois de uma longa pausa, ele balançou a cabeça e disse: _ Ainda não lembro. Não consigo lembrar de nada do meu passado.

_ Você não se lembra? Você realmente pensou que poderia limpar todos os erros que você fez no passado… Apenas dizendo que você não se lembra deles? Você esqueceu as pessoas que você matou? Qianbei Ye, eu realmente pensei que você tivesse desaparecido com o tempo. Eu nunca teria imaginado que você apareceria aqui! Seu poder era tão magnífico, eu não acreditaria se você me dissesse que alguém poderia selar suas memórias. Você é o único que poderia ter selado a si mesmo!

Você é o único que pode ter selado a si mesmo?

Os olhos de Gu Ruoyun ficaram cheios de espanto. O que o Zixie quer dizer com isso? Ela imaginou. Ele realmente apenas disse… Quem havia selado as memórias de Qianbei Ye era o próprio Qianbei Ye?

Por que ele faria tal coisa?

Qianbei Ye tornou-se mortalmente silencioso, ergueu as sobrancelhas em dor, traços de suas memórias passaram na sua mente.

Dentro de pedaços das suas memórias, uma garota vestida de branco era vista montando um dragão no céu, alto acima das nuvens. No entanto, não importava o quanto ele tentasse, o rosto dela parecia evitar seu olhar. Aquela imagem superficial parecia fazer com que seu coração se apertasse numa dor inconcebível.

Era uma dor que nunca antes sentida, como se dez mil flechas estivessem penetrando em seu coração enquanto pensava nela.

_ Xiao Ye?

Gu Ruoyun viu a expressão de Qianbei Ye ficar pálida da dor e, preocupada, queria impedi-lo de tentar deixá-lo forçar: _ Se você não consegue se lembrar, não há necessidade de se forçar.

_ Não! ― Qianbei Ye respondeu rispidamente e levantou a cabeça para olhar para Gu Ruoyun ― Xiao Yun, eu preciso saber que tipo de pessoa eu era. Eu sei que você pode me ajudar… Mesmo que eu realmente tenha cometido um pecado que eu não consigo compensar, este é o meu fardo a suportar. Apenas um covarde selaria suas próprias memórias!

Gu Ruoyun sorriu gentilmente: _ Tudo bem então. Vou te ajudar. Zixie, você tem alguma idéia de como podemos ajudar?

Zixie se afastou dela: Eu? Ajudar esse bastardo? De jeito nenhum.

_ Zixie!

Esta foi a primeira vez que Gu Ruoyun viu Zixie tão pouco cooperativo. Ela esfregou a testa impotente: _ Não tenho ideia do rancor que vocês dois sentem um contra o outro… Mas já que você o odeia tanto, você não deveria realmente ajudá-lo a lembrar os pecados que ele cometeu? Considere isso como seu castigo.

Ao ouvir isso, Zixie mergulhou em um profundo silêncio.

_ Você está certa, menina. Qianbei Ye, embora eu não possa te matar agora, definitivamente não vou deixar você ter uma vida fácil. Quero que se lembre de tudo o que você já fez, de todo pecado que cometeu em riqueza de detalhes. Eu quero ver você viver em arrependimento eterno! Você é a causa da morte daquela pessoa! Você achou que poderia escapar de seus pecados selando suas lembranças?! Eu não vou deixar você se safar tão facilmente!

Este homem sempre se colocou acima dos deuses, numa existência que sempre lhe permitiu olhar para tudo de cima, ninguém pensaria que ele iria se perder no caminho e se render ao lado negro. Mesmo que ele tivesse uma outra cara e outro cheiro, o que estava dentro dele, a essência de seu ser nunca mudou…

Zixie sorriu friamente e virou-se para Gu Ruoyun: _ No entanto, tenho que te lembrar, pequena menina. Esse homem não é uma pessoa boa. Não baixe sua guarda quando estiver perto dele. Ele costumava ser um deus… Agora, ele foi reduzido a um demônio!

Depois de seu discurso, Zixie não viu outro motivo para ficar ali e desapareceu rapidamente diante dos dois…

De repente, tudo estava silencioso na sala.

Depois de uma longa pausa, o homem virou-se para Gu Ruoyun e falou com atenção: _ Xiao Yun, você não… Acreditaria em mim, não é?

Gu Ruoyun ficou momentaneamente atordoada. Seu olhar se encontrou com os olhos de Qianbei Ye. Havia uma troca de tensão e medo neles e um vazio que as palavras não podiam expressar…