Evil Emperor’s Wild Consort

054 - Seus sem-vergonha sem limites (Parte 2)

Tradutor: Illusia || Revisor: Luis Gimenes

 

_ Yun’er, você…

 

Logo que o Segundo Mestre Gu estava prestes a tentar dispersar a situação, uma voz irritada o interrompeu: _ Quem te permitiu perturbar as pessoas do meu Empório das Cem Ervas? Onde está o vendedor Zhao? Saia aqui neste instante!

 

Ancião Yu estava fazendo suas rondas habituais no Empório das Cem Ervas e não esperava ver Gu Ruoyun cercada pelos homens da família Gu.

 

Os servos dos Empório das Cem Ervas tremiam quando responderam: _ Re… relato ao Ancião Yu, vendedor Zhao… Ele está fora para ver um paciente.

 

_ Um paciente? Humph! Como ele decide ir ver um paciente em um momento como este? Gu Ruoyun está agora sob os cuidados do Empório das Cem Ervas. Ninguém tem permissão para perturbá-la. Homens, tirem esses bastardos e jogue-os para fora! Se algum outro membro da família Gu chegar, dê-lhes o mesmo tratamento! Se eles não temem a humilhação, que venham.

 

Gu Ruoyun não permitiu que Ancião Yu revelasse o fato de que agora era dona do Empório das Cem Ervas. Ela não queria revelar sua identidade tanto quanto queria afastar a ganância da família Gu. Conhecendo essas pessoas, uma vez que descobriram isso, eles certamente tentariam alavancar sua identidade para ganhar alguma forma de benefício.

 

_ Sim, senhor!

 

Os guardas por trás do Ancião Yu tinham suas ordens. Eles se apressaram, tiraram a roupa dos membros da família Gu e os jogaram na multidão sem dar-lhes outro momento para reagir. Que se danasse o Segundo Mestre Gu, a segunda senhora Gu queria morrer no local. O ódio que cresceu contra Gu Ruoyun em seu coração começou a aprofundar.

 

_ Você é uma vagabunda. Apenas espere! Quando meu filho voltar, eu me certificarei de que você morra uma morte horrível! Não… Isso não é suficiente, eu vou fazer você sofrer da mesma forma que você me torturou!

 

Como se estivesse detectando o olhar ressentido da segunda senhora Gu, Gu Ruoyun virou-se para encontrar seus olhos, sem sequer uma pitada de medo. Suas pupilas lindas e claras permaneceram indiferentes, mas um sorriso fraco estava dançando na borda de seus lábios.

 

Agora, todos estavam apontando e observando os membros da família Gu que estavam completamente nus. Até mesmo o casca grossa do Segundo Mestre Gu não conseguiu levantar a cabeça depois desse incidente. Desta vez, a família Gu tinha sido humilhada a um ponto que ia além da possibilidade de conseguirem se salvar.

 

Gu Ruoyun nem sequer se preocupou em olhar para eles. Ela se virou e entrou no Empório das Cem Ervas com Ancião Yu seguindo-a.

 

_ Me diga, o que se passa?

 

Gu Ruoyun deu passos largos dentro do empório com um sorriso, sentou-se e olhou para o Ancião Yu.

 

_ Era claro que este fiasco tinha algo a ver com Dongfang Shaoze…

 

_ Isso… Bem… — O Ancião Yu falou embaraçosamente: _ O Mestre jovem só queria vingar-se por você, minha Senhora. A família Gu tinha simplesmente ido longe demais, então o jovem mestre lhes deu uma tarefa impossível para provarem de seu próprio veneno. Nós não esperávamos que você, minha senhora, encontrasse com eles na porta. Isto foi culpa é do comerciante Zhao! O jovem mestre já havia dado a ordem… Que absolutamente ninguém da família Gu estava autorizado a ter uma audiência com você. Mas ele saiu numa hora como essa. Providenciarei para que ele receba punição severa quando ele retornar!

 

_ Não há necessidade disso — disse Gu Ruoyun enquanto se servia de uma xícara de chá. Ela então tomou um gole, abaixou o copo de chá e continuou — No entanto, deixe-me saber sempre que você planejar algo assim no futuro… Para não me pegar de surpresa.

 

O ancião Yu riu e rapidamente recuperou sua seriedade: _ Ah, sim. Minha Senhora, eu já encontrei as pessoas que você estava procurando. Todos são órfãos sem parentes vivos. No entanto, eles têm todo o potencial. Embora eles provavelmente não se tornem gênios excepcionais, eles vão se sair bem com um pouco de treinamento.

 

_ Oh? — Gu Ruoyun levantou uma sobrancelha com curiosidade — Onde estão eles? Traga-os para mim.

 

_ Muito bem. Por favor, siga-me, Minha Senhora.

 

O ancião Yu liderou o caminho enquanto Gu Ruoyun seguia atrás dele e saiu do Empório das Cem Ervas.