Evil Emperor’s Wild Consort

046 - Dongfang Shaoze Obtém Sua Vingança (Parte 4)

Tradutor: Illusia || Revisor: Luis Gimenes

O vendedor Zhao nem levantou as pálpebras, mantendo-se ocupado com os livros de conta em suas mãos.

_ Lojista Zhao, sou o segundo tio de Gu Ruoyun e eu desejo encontrá-la. Por que você não permite isso? Não importa o quão poderoso seja o seu Empório das Cem Ervas, vocês não podem seqüestrar bons cidadãos à torto e à direita! — A expressão do Segundo Mestre Gu ficou feia e seu tom de voz ficou mais alto.

Ao ouvir isso, o comerciante Zhao colocou os livros de lado, olhou o Segundo Mestre Gu e sorriu friamente: _ Você é seu segundo tio? Mas eu ouvi dizer que todos vocês a expulsaram da família Gu no palácio imperial. Por que isso? Você mesmo lhe disse para não se arrepender! A julgar pela situação atual, parece que a família Gu são os que se arrependem de perdê-la, estou certo? Agora, você está até insultando o nosso Empório das Cem Ervas! Nós nunca saímos por aí a seqüestrando ninguém! Então por favor, vá embora, a pessoa que você está procurando não está aqui.

O negócio estava crescendo no Empório das Cem Ervas, então havia muitos clientes comprando ervas hoje.

Tendo ouvido a conversa entre os dois, muitos olhos viraram-se e olharam para o Segundo Mestre Gu.

Não foi o general Gu quem disse a Gu Ruoyun que era melhor não se arrepender de sua decisão de deixar a família Gu? Todos se perguntaram. O que estava acontecendo agora? Não foi mesmo como o que o vendedor Zhao disse? A família Gu estava lamentando sua decisão?

O rosto do Segundo Mestre Gu ficou verde e vermelho: _ Você realmente não vai liberá-la, vendedor Zhao? O nome de Gu Ruoyun ainda está no registro da família Gu. Por isso, ela ainda não deixou oficialmente a família Gu. Ela ainda faz parte da família Gu! Você não está sendo razoável ao mantê-la aqui!

Ao ouvir isso, os clientes no Empório ficaram em estado de choque.

Já tinham visto pessoas sem vergonha, mas esse era um novo grau de sem vergonhice.

A família Gu foi quem divulgou a notícia sobre ter jogado Gu Ruoyun para fora de casa, mas agora eles estão dizendo que em primeiro lugar Gu Ruoyun nunca deixou a família Gu? Eles não têm orgulho?

_ Já que o Segundo Mestre Gu não está disposto a sair, então fique a vontade. Eu certamente não sequestrei Gu Ruoyun, então eu não posso entregá-la para você.

O vendedor Zhao baixou a cabeça e continuou examinando as contas. Ele nem sequer voltor a olhar para o Segundo Mestre Gu, agora com o rosto negro.

Que piada! — O vendedor Zhao pensou. O jovem mestre havia ordenado que ninguém da família Gu pudesse se encontrar com Gu Ruoyun! Será que nós devemos desobedecê-lo? Mas esse cara era simplesmente sem vergonha, ele até se atreveu a afirmar que eles haviam seqüestrado com a Mais Jovem Senhorita…

O jovem mestre havia dado o Empório das Cem Ervas para a Mais Jovem Senhorita. Então eu certamente não seria tão ousado desobedecendo-o, mesmo que eu fosse cem vezes mais ousado.

Eles estão claramente tentando me prender acusando-me de um crime que eu não cometi.

O ódio que o vendedor Zhao sentiu para com o Segundo Mestre Gu aumentou ao pensar nisso.

Este era um infortúnio inesperado do Segundo Mestre Gu, pois ele não sabia que uma única frase traria o ódio do vendedor Zhao sobre ele …

Ao ver que o pedido ao comerciante Zhao trouxe uma calamidade inesperada, o Segundo Mestre Gu tomou uma decisão e gritou: _ Gu Ruoyun, eu sei que você está aqui, saia nesse instante! Só porque você está recebendo a proteção do Empório das Cem Ervas, não significa que você possa desafiar seu próprio tio! Não esqueça, o sangue da família Gu ainda corre em suas veias! Você nasceu um membro da família Gu. Então, mesmo na morte, sua alma será um fantasma da família Gu! Mesmo que o seu avô tenha cometido um erro, não pode perdoá-lo por causa da sua velhice? Se você não se mostrar, a família Gu terá muitos problemas e você será condenada ao longo da história! Quando chegar a hora, será tarde demais para você, não importa o quanto você se arrependa de suas ações!

O comerciante Zhao não pôde responder em tempo porque ele nunca imaginou que o Segundo Mestre Gu faria algo assim. Depois de voltar a si, seu rosto todo ficou pálido. Ele gritou: _ Alguém tire-o daqui, imediatamente!

É isso aí. Ele esperava que as ações do Segundo Mestre Gu não alarmassem a mais jovem Senhora. Caso contrário, o jovem mestre nunca o perdoaria!

Momentos depois, dois homens corpulentos apareceram do interior do Empório das Cem Ervas. Eles levaram o Segundo Mestre Gu e o expulsaram para as ruas, bem na frente da multidão, atraindo as atenções dos transeuntes…