Evil Emperor’s Wild Consort

037 - Os ciúmes de Shi Yun (Parte 1)

Tradutor: Illusia || Revisor: Luis Gimenes

 

Nas ruas movimentadas de Reino do Dragão, Gu Ruoyun fez uma pausa e virou-se para encarar o homem que a acompanhava de perto: _ Eu não sei quem você é, então você realmente não precisa me seguir. Eu já te incomodei com toda essa situação. Vir comigo só te causará mais problemas.

Além disso, ela já tinha muitos inimigos. Se ela deixasse que ele fosse com ela, ele também estaria em perigo.

O homem grisalho fez biquinho agindo como um gatinho abandonado. Ele olhou lamentosamente para Gu Ruoyun e gemeu: _ Mas, eu só quero seguir você.

_ Tem muita gente querendo me matar, você não tem medo de morrer se me seguir?

_ Não permitirei que eles te matem!

Foi então quando Gu Ruoyun sentiu isso claramente. Enquanto falava, o homem de cabelos prateados reuniu sua energia poderosa e seu corpo disparou correntes violentas. No entanto, quando ela se virou para o encarar, a única coisa que viu foi um par de olhos tristonhos.

Será que eu estava enganada? Ela se perguntava.

_ Como você já tomou sua decisão, então você pode muito bem me acompanhar. Mas, qual é o seu nome?

Por algum motivo, ela começou a sentir seu coração suavizar. Era algo misterioso que a fazia sentir assim. Ela não conseguiu endurecer seu coração o suficiente para afastar esse homem.

Era uma sensação estranha. Seja em sua vida passada ou em sua vida atual, ela nunca sentiu simpatia por ninguém antes.

_ Qianbei Ye… Eu acho que me lembro… Meu nome é Qianbei Ye. Não consigo lembrar muito de mais nada.

Qianbei Ye?

Gu Ruoyun congelou: _ Um nome como Qianbei vem de uma família antiga e é extremamente raro. Você está absolutamente certo de que você não tem memória de mais nada?

Ao ouvir isso, Qianbei Ye franziu a testa de dor. Várias cenas passaram por sua mente, mas elas se moveram tão rápido que ele não teve chance de entender nada.

Justo quando ele estava prestes a continuar sua tentativa de recordar seu passado, uma intensa pressão percorreu sua mente repentinamente, causando dor intensa, como se uma explosão tivesse saído na cabeça dele.

_ Não consigo lembrar mais nada, exceto o nome, Qianbei Ye.

Gu Ruoyun suspirou. Parece que esse homem realmente tem amnésia.

_ Um selo, eu posso sentir que minhas memórias foram seladas.— Qianbei Ye relaxou suas sobrancelhas franzidas e falou com certeza.

_ Seladas? — Gu Ruoyun franziu a testa — Talvez devêssemos esperar que Zixie desperte. Então, podemos descobrir o tipo de selo que habita em seu corpo e a identidade da pessoa que colocou o selo sobre você.

Zixie estava dormindo há algum tempo. Quem sabia quando ele despertaria…

_ Xiao Yun, para onde vamos agora? — O olhar de Qianbei Ye se fixou em Gu Ruoyun. Seu rosto de tirar o fôlego manteve a expressão de um animal inofensivo. Qualquer pessoa viva cairia de amores por ele.

Todas as garotas na rua principal imediatamente viraram os olhos em sua direção. Uma vez que viram que a menina ao lado dele era a famosa imprestável, a filha mais velha da família Gu, sentiam-se como se tivessem visto um lindo jardim de flores se contaminar com esterco de vaca.

Uma beleza tão atraente como ele nunca deveria ter uma imprestável assim ao seu lado.

_ Para o Empório das Cem Ervas!

Gu Ruoyun olhou para os céus, um sorriso despreocupado se formou no canto de seus lábios. A partir deste momento, ela iria construir seus poderes… Devagar mas firmemente.

Na casa da família Ling.

Ling Xi ignorou completamente as pessoas que estavam atrás dele. Ele imediatamente correu para a sala de estudos. Ofegante e sem ar, ele fez uma pausa para respirar.

_ Avô, aquela imprestável, Gu Ruoyun ainda está viva!

_ O quê?

A mão de Ling Yi ficou rígida. Ele ergueu a cabeça e fixou os olhos no rosto do neto. Franzindo as sobrancelhas continuou: _ O que você quer dizer com “Gu Ruoyun ainda está viva”? Como pode isso? Eu vi ela cair daquele penhasco com meus próprios olhos!