Bringing The Farm To Live In Another World

233 - Pessoas com Cabeça de Porco de Barriga Grande

Tradução: Blue Sparky | Revisão: Luiz Oliveira

A bandeira multicolorida era um sinal de uma Tribo de Homens Fera. Qualquer Tribo de Homem Fera, independentemente de serem grandes ou pequenas, sempre pendurariam uma bandeira multicolorida de sua tribo.

Estas bandeiras multicoloridas, no que diz respeito aos Homens Fera, significava estabilidade, grande sorte e boa fortuna. Bandeiras multicoloridas, aos olhos dos Homens Fera, eram arco-íris.

Os arco-íris surgiam depois da chuva e a chuva era muito importante para os Homens Fera. A chuva poderia tornar os rios maiores, então haveria mais água disponível. A chuva poderia tornar a pradaria mais exuberante, permitindo que suas bestas mágicas se tornassem mais robustas e fortes, aumentando sua força. Assim sendo, todas as tribos de Homens Fera pendurariam uma bandeira multicolorida.

Na pradaria, desde que alguém veja uma bandeira multicolorida, eles saberiam que havia uma tribo próxima. Isso era um conhecimento comum na pradaria. Zhao Hai leu essas informações diversas em algum lugar, foi assim que ele soube disso.

Zhao Hai expirou, sentou-se apressadamente, se virou para Laura e os outros na carruagem e disse: “Vi uma bandeira multicolorida.”

Laura entendeu claramente o que Zhao Hai queria dizer. Ela imediatamente saiu da carruagem para checar e ver o que Zhao Hai estava olhando. Uma bandeira multicolorida apareceu em sua linha de visão.

Laura inspirou: “Finalmente, nós encontramos uma tribo de Homens Fera. Tudo bem, podemos ser capazes de beber vinho à noite e comer Argali assado.” 

Zhao Hai riu. Para ser honesto, nesta vasta pradaria eles não pensaram que não seriam capazes de encontrar nenhum habitante depois de procurar por um dia inteiro. Agora que de repente encontraram uma bandeira multicolorida, isso assustou seus corações. Era como quando as pessoas que viviam na escuridão, de repente vissem um lampejo de luz. 

Em pouco tempo, Zhao Hai e os outros viram uma tenda. A tenda exalava uma sensação alegre e uma bandeira foi colocada no topo daquela tenda. Pintado na bandeira tinha um pequeno porco adorável.

Zhao Hai piscou os olhos para se certificar de que ele não viu errado. Ele realmente viu um pequeno porco adorável na bandeira. Perplexo, ele se virou para Laura e perguntou: “Laura, que tribo é essa?” 

Laura também viu a imagem do pequeno porco na bandeira acima da tenda. Ela não pôde deixar de sorrir quando disse: “Você está vendo o porquinho na bandeira? A barriga do porco é um pouco grande, certo? Esta Tribo de Homens Fera é um ramo da raça étnica do Porco, a Tribo do Porco de Barriga Grande. Eles não são especialmente altos, eles têm apenas cerca de dois metros de altura. Entre os Homens Fera, eles são muito pequenos, mas suas barrigas são realmente grandes e permanentemente expostas. Não subestime suas barrigas grandes, é a sua parte mais tenaz."

“Essa tribo faz parte de uma raça étnica cuja habilidade de combate não é muito forte, mas eles têm uma capacidade única, a água que bebem pode ser armazenada em suas barrigas. Eles podem usar essa água para lançar uma corrente ou usá-la como uma flecha para atacar os outros. A água que eles lançam geralmente podem chegar a trinta metros, e sua força é igual à flecha brutal de um humano. Com essa habilidade única, eles não se tornaram uma tribo de escravos.”

Zhao Hai estava muito curioso sobre isso. Ele sentiu que este mundo era muito grande. Tamanha maravilha aparecer dessa forma para uma raça, era realmente muito interessante.

Virando-se para Laura, Zhao Hai disse: “Então, e quanto ao caráter dessa tribo? Eles irão repentinamente se transformar em ladrões?”

Laura sacudiu a cabeça e sorriu: “Sua disposição é amável. Eles pertencem à Tribo dos Porcos. Desde que você não os incomode, eles não tentarão arrebatar suas coisas. Eles são uma raça étnica muito hospitaleira e principalmente usam os Argalis para viver.” 

Zhao Hai sabia que um Argali era uma besta mágica de Primeiro Nível e uma das muitas bestas mágicas do Primeiro Nível que os Homens Fera criavam. A pele do Argali podia ser usada para roupas, sua lã para cobertores, a carne para consumo e os ossos para armas. Pode-se dizer que a vida dos Homens Fera não podia ser separada do Argali.

Para os humanos, era raro ver pessoas criando Argali. Isso acontecia principalmente devido ao fato de que o Argali se adaptou para viver nas pradarias. Se fossem criados em territórios humanos, então, eles ficariam doentes. Sendo assim, para os Homens Fera o Argali parecia a maior benção do Deus Besta. 

Zhao Hai assentiu: “Isso é bom então. Vamos descansar por aqui hoje. Se eles precisarem, nós também vamos vender comida para eles. Certo, como as transações funcionam com os Homens Fera?” 

Laura sorriu: “Não é difícil. Enquanto tivermos comida, eles tomarão a iniciativa e virão até nós. Geralmente, eles usam bestas mágicas como moeda de troca e não usam dinheiro como meio para as transações. Apenas aquelas grandes Tribos de Guerra podem usar dinheiro em transações e, portanto, também precisaremos trocar nossas bestas mágicas e transformá-las em dinheiro.”

Zhao Hai perguntou: “Quanto arroz de bambu precisaremos para trocar por um Argali?”

Laura sorriu: “Meia tonelada.” 

“Meia tonelada? Você está fazendo uma piada?” Zhao Hai ficou surpreso com o que ouviu. O preço que Laura tinha declarado lhe causou surpresa.

A razão para a surpresa de Zhao Hai era pelo fato de um único Argali maduro poder crescer até 1,5 metros e pesar cerca de 400 kg. Mesmo se fossem carregados nas costas de um Argali, não seria um problema. Além disso, um Argali poderia produzir 100 kg de lã. Se eles fossem transportá-los de volta para o Ducado de Purcell, um Argali custaria cerca de 15 moedas de ouro, mesmo que só trouxesse seu cadáver. No entanto, meia tonelada de arroz de bambu, seria honestamente vendida por apenas 01 moeda de ouro. Isso era quinze vezes de lucro. Isso não era um pouco alto demais?

Laura entendeu a surpresa de Zhao Hai. Ela sorriu fracamente e disse: “Pode parecer muito alto, mas não é tão alto quanto você pensa. É preciso lembrar que o transporte de mercadorias para a Pradaria dos Homens Fera é feito através do contrabando. O processo de contrabando significa subornar os militares nos postos de controle e faremos isso toda vez que chegarmos nos postos de controle, o que não é uma quantia pequena para gastar.”

“Além disso, é fácil ser roubado aqui na Pradaria dos Homens Fera. Transportar meia tonelada de arroz de bambu para a pradaria custaria cerca de três moedas de ouro. Transportar o Argali de volta aumentaria sua renda, mas no continente, um Argali custa oito moedas do ouro. Isso não inclui as chances de ser roubado. Você tem que lembrar que os comerciantes aqui na Pradaria dos Homens Fera geralmente cooperam com uma grande Tribo de Guerra. Se não, eles seriam roubados. Com uma estimativa, um comerciante comum seria roubado entre três ou quatro de dez vezes. Mesmo sem isso, o lucro que eles teriam de Argalis seriam apenas de quatro a cinco moedas de ouro. Isso já é muito bom.”

Zhao Hai assentiu. Ele entendeu seus pontos. Como os custos eram altos, o preço naturalmente subia. Se o custo fosse muito baixo, as pessoas não fariam esse tipo de negócio. No final, quem mais sofreria não seriam os humanos, mas sim os Homens Fera. Eles não se sairiam bem se isso acontecesse.

Zhao Hai se virou para Laura e perguntou: “Quanto você acha que devemos pagar se trocarmos com eles?”

Laura sorriu e disse: “Uma tonelada por Argali.”

Zhao Hai assentiu. Ele não precisava se preocupar com os altos custos que os outros mercadores experimentavam, pois ele produziu o seu arroz de bambu dentro do Espaço. Além disso, ele também poderia colocar o Argali dentro do Rancho Espacial ou apenas armazená-lo dentro do Armazém Espacial. Ele não precisava arranjar nada nem subornar ninguém. Com isso, ele quase não tinha nenhum custo extra para pagar. Uma tonelada de arroz de bambu por Argali ainda significaria que ele ganharia dinheiro. Além disso, uma tonelada de arroz de bambu na Pradaria dos Homens Fera não teria muito impacto sobre os preços, uma vez que ainda era uma taxa razoável.

Nier e Meg permaneceram um passo atrás e ouviram os dois enquanto discutiam. Meg não se sentiu mal com isso, desde que pudesse cuidar de Zhao Hai. Antes os assuntos comerciais eram todos feitos por Zhao Hai de qualquer maneira. Assim sendo, ela não sentiu nenhum ciúme.

Para os espectadores, ela e Laura seriam consideradas rivais. Porém, na visão de Meg, não era assim. Ela não queria lutar com Laura por nada. Meg só queria estar ao lado de Zhao Hai. Além disso, o ponto forte de Laura nos negócios era um talento inato com o qual Meg não conseguia se comparar.

Meg já havia resolvido seus problemas sobre isso há muito tempo. Portanto, ela não teria ciúmes de Laura. Se Laura fosse competente, ela ficaria feliz. Afinal, Laura agora representava a Família Buda. Se ela fosse competente, a Família Buda se tornaria mais forte. Foi isso que Meg mais desejou.

Eles conversaram enquanto caminhavam. Em pouco tempo, eles chegaram diante da tenda. Assim que as pessoas na tenda os encontraram, vinte sombras correram na direção deles. Um cachorro acompanhava cada uma das sombras.

Quando as sombras se aproximavam de Zhao Hai, ficou perceptível que os vinte indivíduos eram soldados de cavalaria. O que fez Zhao Hai sorrir foi o fato de que suas montarias eram inesperadamente porcos.

Sim, eles eram porcos. Com um corpo de cerca de dois metros de comprimento e um peso de mais de meia tonelada, esses porcos tinham dois dentes compridos em suas bocas. Então, os cavaleiros montados nos porcos fizeram Zhao Hai pensar em um homem, Zhu Bajie. 

Eles realmente pareciam muito semelhantes. Como Zhu Bajie, eles usavam roupas de pradaria. Os indivíduos tinham chapéus de pele na cabeça e vestiam roupas de couro. Eles tinham grandes cabeças de porco em cima de um pescoço grosso e áspero, e suas barrigas brancas estavam expostas ao exterior. Podia-se ver uma camada de cabelo preto em suas barrigas. Enquanto colocassem uma túnica e segurassem um rastelo, ficariam parecidos com Zhu Bajie. Eles nem precisavam usar maquiagem.

Zhao Hai queria sorrir, mas depois achou que não seria educado. Se ele ridicularizasse os Homens Fera e causasse um conflito, não seria legal de se olhar. Ele se absteve e lentamente acalmou seu humor. 

Ao lado daqueles cavaleiros com cabeça de porco e barriga grande, haviam vários cães.  Esses cães eram muito especiais, pois tinham cerca de um metro de altura e tinham cabelos compridos. Eles correram muito rápido e não latiam aleatoriamente. Com duas presas expostas sobre o lábio, eles não se pareciam com algo que alguém deveria mexer.

Zhao Hai e os outros pararam imediatamente. Eles assumiram uma aparência calma e amigável. Com certeza, aqueles cavaleiros porcos desaceleraram. Zhao Hai descobriu agora que as armas daqueles cavaleiros porcos só podiam ser descritas como simples. Era uma grande cabeça de ovelha em um cabo de madeira. E algumas das armas nem usavam madeira, mas sim ossos de animais.

Entretanto, Zhao Hai, não ousou subestimar esse tipo de arma, pois a cabeça de uma ovelha era muito grande e parecia muito pesada. Se alguém fosse atingida por tal coisa, então isso quebraria os ossos e esmagaria os tendões.

Agora, as pessoas da Tribo Cabeça de Porco pararam a 50 metros na frente deles. Ambos os lados pararam, mas os cavaleiros deixaram seus cães se moverem e cercar os lados de Zhao Hai e dos outros. Os cães estavam olhando para eles, um zumbido de aviso vinha do fundo de suas gargantas.




O site Central de Mangás é gratuito e sempre será!

Para colaborar com a existencia do site, por favor,
desative o bloqueador de anúncios.