Bringing The Farm To Live In Another World

180 - Brinde

Tradução: Blue Sparky | Revisão: Luiz Oliveira | QC: Amnésia

Embora Zhao Hai tivesse mostrado algum entusiasmo e até mesmo dado recompensas ao casal de hoje, os escravos ficaram apenas um pouco chocados com isso e tudo voltou ao normal. Afinal, esta não foi a primeira vez que Zhao Hai mostrou esse seu lado generoso para eles.

Zhao Hai ajudou o casal e tirou a certidão de casamento que havia preparado. Ele deu para o casal e disse: “Hoje é o dia do seu casamento, e como o primeiro casal a se casar em nossas Terras Negras, eu pessoalmente preparei esta certidão de casamento. Embora esta certidão de casamento não seja reconhecida em nenhum outro lugar, mas aqui nas Terras Negras, contanto que você tenha este certificado, você é um casal legalmente casado. Isso é algo além do meu presente de parabéns.” 

Esta foi a primeira vez que tal situação aconteceu no continente. Ninguém nunca tinha ouvido falar sobre isso antes, nem mesmo Green ou os escravos. Chee e Schee pegaram o papel, embora com alguma confusão.

Embora eles pudessem identificar as palavras, a maioria deles não era legível para eles. Enquanto havia algumas palavras que eles não sabiam, eles ainda pareciam atordoados depois de receber a folha de papel.

Zhao Hai sorriu, então olhou de volta para a multidão: “As leis das nossas Terras Negras serão diferentes das de outros lugares. Este pedaço de papel, embora seja modesto, representa que você é legalmente marido e mulher. Se chegar um momento em que o marido intimidar a esposa, a esposa pode vir até mim e eu a ajudarei a lidar com ele. Se chegar também ao ponto em que o marido deixar a esposa, você pode trazer este pedaço de papel para mim e eu julgarei por seu crime. Isso também acontece com a esposa.”

“Já que Chee e Schee são o primeiro casal oficialmente casado aqui em nossa Terras Negras, eu não consegui me preparar muito. Como tal, este pedaço de papel será sua certidão de casamento. Por favor, conduza-os até aqui. O Mordomo Chefe Green das Terras Negras será a testemunha da união de Chee e Schee. Por favor, Mordomo Chefe Green, leia a certidão de casamento.”

Esse tipo de ritual de casamento era o que o ex-Zhao Hai da Terra costumava frequentar. Casamentos no continente eram bem diferentes. Enquanto dois escravos estivessem juntos, e eles informassem e conseguissem a aprovação de seu mordomo, eles poderiam ficar juntos.

O casamento entre civis seria um pouco diferente. Primeiro, haveria um casamenteiro que apresentaria o homem e a mulher. Então, eles se encontrariam, antes que o homem oferecesse presentes para a família da noiva como um preço pela a noiva. O lado da mulher enviaria então um dote. Por último seria o casamento. No dia do casamento, os parentes e amigos vinham parabenizá-los. As mulheres detinham um status elevado no continente. Assim, no dia do casamento, por respeito ao casal, haveria uma cerimônia do vinho.   

As cerimônias de casamento entre os aristocratas e o clã real seriam muito mais grandiosas, junto com muito mais costumes. Esse tipo de casamento era o que Zhao Hai gostava, mas nunca havia experimentado.

Esta também foi a primeira vez que Green viu esse tipo de coisa, mas ele também assistiu aos grandes eventos de antes, que foram magníficos. Como tal, ele pegou a certidão de casamento da mão de Chee e disse em voz alta: “Hoje, os civis do Império de Aksu, se juntam como testemunhas dessas duas pessoas felizes, que se apaixonaram um pelo outro, vendo que eles se casarão e se tornarão marido e mulher. Esta citação especial é emitida pelo Lorde das Terras Negras, Zhao Hai do Império Aksu.”

Ter esta citação não era muito importante, mas permitia que o significado fosse expresso claramente. No Continente Ark, não havia leis de casamento, então Zhao Hai não tinha escrito nada conforme a lei ou quaisquer palavras associadas a ela. Ele acabou de descrever que eles se apaixonaram e se casaram, em tal caso.

Mais importante ainda, este pedaço de papel foi escrito nas palavras de civis. De certo modo, isso torna o pedaço de papel uma prova de identidade para os escravos, provando que eles eram agora civis.

Depois que Green terminou de ler, ele devolveu a certidão de casamento a Chee e Schee. Chee pegou o pedaço de papel com entusiasmo e, como o se papel fosse pesado, ele entregou cuidadosamente para a Schee. Schee também pegou cuidadosamente o pedaço de papel e o dobrou com cuidado, colocando-o nos braços.

Zhao Hai olhou como o casal agiu e não disse nada sobre isso. Ele sorriu e então disse: “Bem, esta cerimônia acabou agora. Chee, Schee, a partir de hoje, vocês dois agora são oficialmente marido e mulher. Não tenham pressa para brindar comigo. Em vez disso, não se esqueça de fazer um brinde com sua testemunha de casamento, o vovô Green.”

Chee e Schee estavam excitados quando obedeceram. Merine sorriu, depois pegou duas taças de vinho que foram tomadas por Chee e Schee. O casal se ajoelhou e levantou a taça na frente de Zhao Hai.

Zhao Hai olhou fixamente para eles. Ele tentou ajudá-los, dizendo: “O que é isso? Levante-se.”

Chee e Schee não se levantaram, mas continuaram a se ajoelhar no chão, soluçando alto: “Jovem Mestre, você é bom demais. Embora o Jovem Mestre tenha restaurado nosso status de civil, em nossos corações e mentes, seremos para sempre escravos do Jovem Mestre. Jovem Mestre, por favor, beba junto conosco com estas duas taças de vinho.”

Zhao Hai olhou para o casal e se sentiu animado no fundo do coração. Ele se endireitou e disse: “Bom, bom, bom!!! Beberei estas duas taças de vinho, já que este é um banquete de casamento. Ha ha as pessoas dizem que os casamentos não são inebriantes. Contudo, hoje, vou beber estas duas taças de vinho.” Ele então bebeu uma taça, em seguida, levantou a outra taça.

Blockhead, que estava ao lado, também aplaudiu e pareceu estar muito animado. Zhao Hai colocou as taças para baixo e olhou para os dois: “De agora em diante vocês dois devem se amar. Não importa quais dificuldades vocês tenham, vocês podem vir e me contar.”

O casal obedeceu enquanto Meg os ajudava, servindo mais vinho. Em seguida foi Green. Green disse algumas palavras auspiciosas, então eles se viraram para fazer um brinde com Merine.

Neste momento, pode ser considerado um momento muito animado. Os escravos tinham comido com Zhao Hai algumas vezes antes. Na hora do jantar, eles estavam relaxados desde que, durante esse tempo, haviam muitos pratos de carne que também era uma boa oportunidade de comer um pouco mais.

O banquete desta vez não era o mesmo de outros lugares. Eles tinham muitos pratos de vegetais e também podiam comer muito e sem limites. Isso fez os escravos muito felizes. 

Embora esses escravos não tivessem recuperado seu status de civis, eles estavam satisfeitos com suas vidas atuais. Eles comiam todos os dias, não estavam cansados demais e ocasionalmente comiam toneladas de carne. Eles até tiveram a chance de beber vinho como hoje, o que no passado era impensável.

Vendo como Chee e Schee, depois de se casarem, foram restaurados seu status de civil e, além disso, eles haviam recebido presentes assim, esses escravos também haviam pensado em como aproveitar a oportunidade e fazer a mesma coisa.

Isso foi ingênuo, mas bastante animado. Mas, Zhao Hai não bebeu mais do vinho e, seguido por Green, retornou ao espaço. Isso foi apenas no caso de os Fantasmas Virtuosos Águia estarem sendo atacadas.

Depois que eles se sentaram no espaço, Zhao Hai não pôde deixar de sorrir levemente: “Hoje tivemos um bom começo. Temo que em breve haverá muitos casamentos, então vovô Green, você deve ir à Cidade Casa em alguns dias e pedir um lote de papel de qualidade superior para certidões de casamento, para que possamos usá-los mais tarde.”

Green sorriu e disse: “Tudo bem. Eu tenho que dizer, o Jovem Mestre é realmente bom nisso. A propósito, acho que não precisarei ir à Cidade Casa. Vou deixar a Águia mensageiro ir até a Srta. Laura depois de alguns dias. Então podemos solicitar nossas necessidades à Srta. Laura. Contanto que não falemos sobre nosso território, então deve acabar bem. Como você vê isso Jovem Mestre?”

Zhao Hai assentiu e disse: “Tudo bem, faça isso dessa vez. Além disso, embora tenhamos dado a Chee e Schee um pedaço de terra, devemos explicar algumas coisas para eles. Por exemplo, eles devem saber que obtendo sua colheita, podemos até vendê-la para eles. Se eles querem comprar algo, podemos até comprar para eles. Essas são as condições atuais.”

“Isso é muito bom.” Green disse sorrindo. “Para que os escravos agora possam ter suas próprias casas é uma boa ideia. Como o Jovem Mestre está dando a eles um bom lugar, eles trabalharão mais. Entretanto, se mais tarde todos os escravos tiverem restaurado seus status para civis, o que devemos fazer então?”

Zhao Hai sorriu e disse: “Na verdade, é muito simples. Eles ainda precisarão de ferramentas agrícolas, sementes e até mesmo de gnus escamados. Essas são coisas que eles não têm, então podemos simplesmente alugá-los para eles. Se eles quiserem usar essas coisas, podem nos ajudar plantando em uma área. Ou se eles tiverem o item deles mesmos, ainda podemos contratá-los para trabalhar conosco por meio da agrícola e pagá-los bem. Claro, o preço não seria muito alto, mas para eles, isso é dinheiro extra. Assim, eles naturalmente concordarão.”

Green acenou com a cabeça e disse: “Isso é bom. Parece que precisaremos comprar mais escravos. Contudo, não podemos simplesmente comprar bons escravos na Cidade Casa. Em vez disso, devemos comprá-los da Cidade Imperial. Nos arredores da Capital Imperial é onde está o maior mercado de escravos do continente, então podemos certamente comprar um tipo apropriado de escravos.

Zhao Hai franziu a testa e disse: “Está tudo bem com o nosso status atual? Se formos para a Capital Imperial, não seremos reconhecidos lá?”

Green assentiu com a cabeça: “Isso não seria um problema na Cidade Casa desde que ninguém aqui nos conhece, mas há um monte de pessoas que nos conhecem na Capital Imperial. Assim, vamos a outro lugar para comprar escravos. Jovem Mestre, ouvi dizer que os da Homens Fera vendem muitos escravos. Você acha que podemos ir visitar os Homens Fera?”

Merine acrescentou: “Acho que essa abordagem é boa. Há muitos escravos nas Pradarias dos Homens Fera e também podemos estabelecer um bom relacionamento com os Homens Fera. Os Homens Feras criam todos os tipos de bestas mágicas, mas eles não têm suprimentos de comida. Se pudermos desenvolver as Terras Negras mais tarde, teremos muita comida em nossas mãos. Como no continente já existem grandes empresas que lidam com a oferta de alimentos, será difícil intervir. Acho que seria melhor se pudéssemos negociar com os Homens Fera.”

Zhao Hai respondeu: “Esta questão da escassez de alimentos dos Homens Feras, embora saibamos disso, não é o mesmo para as grandes empresas? Por que eles não estão vendendo comida para os Homens Fera?”

Merine sorriu e disse: “Eles vendem, mas vendem caro. O império havia estipulado que, se quisessem comprar comida, o império iria impor pesados impostos. Mesmo que os aristocratas desejassem contrabandear, não ousariam fazê-lo. É por isso que a comida que está sendo vendida para os Homens Fera é muito cara. De qualquer forma, já que temos o espaço, podemos evitar esse imposto.”

Zhao Hai assentiu. Ele entendeu que essa era a maneira como o Império Aksu restringia os Homens Fera. Isso equivalia a sugar o sangue dos Homens Fera para que eles nunca crescessem, garantindo assim a segurança da parte norte do império.




O site Central de Mangás é gratuito e sempre será!

Para colaborar com a existencia do site, por favor,
desative o bloqueador de anúncios.