Bringing The Farm To Live In Another World

031 - Cilindros, Moinhos

A figura de Zhao Hai desapareceu quando ele entrou no espaço novamente. Ele ainda não gostava de outras pessoas assistindo quando ele estava no espaço, mas a fim de acalmar Merine e os outros, ele não teve escolha senão trazê-los para olhar. Neste momento, a família ainda precisava deles.

A razão pela qual Zhao Hai havia deixado Merine e Meg saberem da situação era para torná-los mais confiantes. Neste momento, as crises nas Terras Negras estavam chegando uma após a outra. Se Merine e os outros perdessem a confiança, então tudo estaria perdido.

Zhao Hai vendeu os rabanetes imediatamente. Houve 3 temporadas deles, então o total foi de 1500 moedas de ouro. Com as 50 moedas de ouro em sua posse, ele agora tinha 1550 moedas de ouro. Se eles estivessem acostumados a plantar rabanetes, até 10 estações poderiam ser plantadas.

Não era que Zhao Hai não quisesse que os rabanetes gerassem sementes. No entanto, os rabanetes eram diferentes do milho. As pessoas comem rabanetes até suas raízes e ele não sabia se o espaço permitiria que elas carregassem sementes. Mesmo que os rabanetes produzissem sementes, a quantidade seria pequena e não renderiam tanto quanto o milho. Foi por isso que Zhao Hai não deixou os rabanetes darem sementes.

Como ele ganhava bastante dinheiro vendendo os rabanetes de qualquer maneira, ganharia mais se eles fossem vendidos do lado de fora. A família seria capaz de vender os rabanetes do lado de fora se Green retornasse. Então, ele poderia comprar alguns livros sobre as plantas do continente. Dessa forma, ele seria capaz de decidir o que plantar. Ele sabia muito pouco sobre as plantas do continente agora, então ele não poderia se desenvolver, mesmo quando quisesse.

Zhao Hai estava sem opções. Depois de vender os rabanetes hoje, ele colheria outra temporada deles no dia seguinte. Ele só disse a Green que ele tinha 80.000Kg de rabanetes, então uma única temporada deles era o suficiente por enquanto.

No entanto, apesar de ter 1550 moedas de ouro, elas não eram suficientes. Rabanetes podem ser plantados 3 vezes por compra. Em outras palavras, o dinheiro em sua mão duraria 3 dias. Ele teria que vender os rabanetes novamente depois de 3 dias.

Zhao Hai ficou chateado com isso. Seu nível estava muito baixo agora. Ele não podia comprar sementes de um nível mais alto, mesmo que ele quisesse, então ele só podia esperar. Ele não sabia quando ele poderia deixar o espaço subir a esse ritmo.

Não demorou muito para Zhao Hai adormecer depois de sair do espaço. Ele também descobriu que ele parecia dormir muito bem recentemente. Ele dormia à tarde e ainda conseguia dormir a noite. Foi inacreditável!

Zhao Hai foi acordado pela notificação da maturidade dos rabanetes na manhã seguinte. Ele entrou no espaço e viu que não só os rabanetes estavam prontos, como também o milho estava prestes a amadurecer.

Ele coletou os rabanetes imediatamente e comprou outro saco de sementes para plantar novamente. Como o milho estava prestes a amadurecer em poucos minutos, ele apenas lavou o rosto com água no espaço e esperou por ele.

Zhao Hai estava seriamente tendo vontade de morder quando ele olhou para o milho. Ele era do Norte. Embora ninguém fizesse milho como prato principal no café da manhã, uma refeição ocasional era bastante agradável. No entanto, o milho era do tipo produzido em massa, em vez dos cultivados especificamente no passado. Seu sabor era inferior aos milhos das aldeias, já que era principalmente plantado com fertilizantes químicos, então Zhao Hai só tinha comido algumas vezes, de vez em quando.

Mas um dia, ele foi para o lugar de um parente em uma aldeia agrícola e comeu algo bom. Era uma massa de farinha de milho frita, feita com uma grande frigideira de ferro. Verdadeiramente delicioso.

A massa plana de milho era completamente diferente das da cidade. Embora a farinha de milho fosse grossa, a massa em si era perfumada. Sua parte inferior foi mergulhada em sopa de legumes, enquanto o outro lado foi frito para um tom marrom avermelhado brilhante. Não só tinha a fragrância do milho quando mordido, mas também o sabor abstrato dos legumes fritos, devido ao mergulho na sopa.

Zhao Hai não pôde evitar babar quando pensou nisso. Ele recuperou os sentidos, engoliu a saliva e sorriu amargamente.

Mesmo que ele tenha comido lastro mingau de milho e massa de milho antes, ele não sabia exatamente como fazê-los. Ele só sabia que o lastro de mingau de milho era comparativamente mais fácil de processar, enquanto a massa de milho era muito mais problemática. Para estes últimos, os grãos de milho tinham que ser moídos primeiro em farinha de milho. {{NT: Lastro = Porção de comida com que se satisfaz momentaneamente o estômago, antes da refeição principal, ou para prepará-lo para ingerir bebida alcoólica.}}

Se fosse na Terra, o processo de fazer isso seria muito trivial. Basta encontrar uma fábrica de processamento, iniciar uma máquina e voilà.

Mas não aqui. Não havia uma máquina de triturar aqui, então não havia absolutamente nenhuma maneira de processar o milho.

Logo depois que Zhao Hai suspirou, a voz da notificação disse que o milho amadureceu. Ele imediatamente colocou o milho no depósito e replantou os 2 acres com milho. Ele então olhou para o solo plantado à toa. O rendimento do milho era alto, mas o processamento em si era um problema.

De repente, ele teve uma ideia. Ele descobriu uma questão. O milho certamente existia bem antes do que máquinas de retalhamento e aterramento. Será que as pessoas cozinhavam o milho dessa maneira e comiam naqueles anos sem as máquinas? Eles não eram tão bobos, certo? Como eles processaram o milho? {{NG: O único idiota aqui é você, Zhao Hai. Água cozida + milho + manteiga = melhor do que as coisas que você comeu.}} {{NT: Eu concordo com o Gringo nessa.}} {{NR: concordo tbm...bateu aquela fome...}}

Ele andou pelo espaço e esfregou a própria testa por hábito. Ele tentou descobrir o que os humanos usavam para fazer farinha.

De repente, ele bateu na própria testa quando finalmente pensou em duas coisas. Ele só tinha visto essas duas coisas na televisão antes, então ele nunca as usou sozinho. Ele não tinha pensado sobre eles na época porque ele nunca tinha visto os aldeões usarem essas coisas nos últimos dias também.

Rolos e moinhos!

Sim. Essas eram as coisas. Quando Zhao Hai foi para o lugar de seu parente, ele viu uma mó, mas uma que já havia sido retirada. Ninguém usava isso em aldeias agrícolas nos dias de hoje. No entanto, ele perguntou para que essas coisas foram usadas por curiosidade. Ele então soube que a mó e o próprio moinho deveriam transformar arroz em farinha. {{NG: O autor não tinha ideia de como essa afirmação é falada. Ainda há uma alta demanda por bolos de glúten tradicionalmente feitos a cada ano (especialmente para o Ano Novo Lunar). Além que, eles podem ser usados para produzir pasta de soja e leite.}}

Mais importante ainda, estas duas coisas foram feitas principalmente de rocha e madeira. Rocha era factível. Embora a quantidade de rochas que eles poderiam escavar não era muita, eles deveriam conseguir o suficiente para fazer uma mó e um moinho. As rochas usadas não seriam muitas e os materiais necessários não seriam muito bons. Apenas as pequenas árvores da montanha serviriam.

Zhao Hai não pôde ficar parados depois de pensar neste ponto. Ele imediatamente deixou seu espaço. Checando o céu, ele sabia que Meg e os outros deveriam estar acordando agora. Ele abriu a porta do quarto e saiu.

Assim que ele saiu, viu Meg e Ju trazendo uma bacia de bronze para seu quarto. Meg ficou surpresa ao vê-lo e disse: “Por que você saiu Jovem Mestre? Você ainda não lavou o rosto e a boca.”

Zhao Hai riu: “Não é nada. Eu já acordei e me limpei. Ju, como está seu irmão mais novo? Ele já acordou?”

Ju estava em pé atrás de Meg com a cabeça abaixada. Quando ela ouviu as palavras de Zhao Hai ela respondeu rapidamente: “Obrigado por sua preocupação, Jovem Mestre. An se recuperou. Ele está esperando para pagar seus respeitos lá fora.”

Zhao Hai sorriu: “Então por que ser tão educado? Que respeito? Venha. Vamos para a sala de estar. Você diga a An para vir aqui. Eu tenho algo para perguntar a ele.”

Meg e Ju ficaram surpresas, mas obedeceram sem dizer nada. Elas seguiram Zhao Hai até a sala de estar.

Meg colocou a bacia no chão quando chegaram à sala de estar. Ela ficou atrás de Zhao Hai quando Ju saiu para chamar An.

No castelo, havia o castelo principal e os aposentos dos criados. Zhao Hai e os outros moravam no castelo principal, enquanto os aposentos dos criados ficavam atrás do castelo principal e eram feitos de pequenas casas. Ju e An estavam atualmente morando nos alojamentos dos empregados. Embora tenha sido dito que eles haviam se tornado plebeus e receberam um sobrenome de Zhao Hai, seu status ainda estava muito distante de Meg e dos outros. Meg e os outros eram confidentes, enquanto Ju e An eram apenas servos normais.

Ju e An entraram logo depois. Agora, An não tinha mais um olhar agonizante, mas ele abaixou a cabeça e não parecia corajoso o suficiente para falar.

Ju abaixou a cabeça na frente de Zhao Hai e disse: “Jovem Mestre, An chegou.”

Zhao Hai assentiu e olhou para Ju, que não estava muito longe de An. Ele sorriu: “Diga a ele para vir. Não há necessidade de tais formalidades graves. Eu tenho algo para perguntar a ele.”

Ju imediatamente chamou An para vir, que então se prostrou na frente de Zhao Hai com um ‘baque’: “An cumprimenta o Jovem Mestre. Obrigado, Jovem Mestre, por salvar minha vida.”

Parecia que Ju havia contado para An sobre isso antes, para chamar Zhao Hai de ‘Jovem Mestre’ em vez de ‘Mestre’. Zhao Hai assentiu: “Não há necessidade de tais maneiras. Você agora é um membro da família. Este é o único motivo para eu ter salvado você. Levante e fale.”

An pôs a testa no chão novamente e respondeu: “Obrigado, Jovem Mestre.” Ele se levantou, mas de maneira meio curvada. Ele não se atreveu a olhar para Zhao Hai.

Zhao Hai não pôde segurar sua carranca quando ele olhou para An. Ele não gostava de outras pessoas o tratando dessa maneira. Todo esse olhar de escravo, ele não gostou. Zhao Hai rosnou: “An, levante a cabeça. Lembre-se de que você é agora parte da família. Um plebeu. O que quer que você faça, representa o rosto da família. Não apenas dobre sua cintura o tempo todo e coloque um olhar de escravo. Isso só fará os outros menosprezarem nossa família.”

Ju e An se ajoelharam quando viram como Zhao Hai parecia estar com raiva. Ambos se curvaram: “Por favor, nos castigue, Jovem Mestre.” {{NT: Cara acabo de falar que não gosta desse tipo de coisa, e o que eles fazem. Cada uma que se vê.}}

Zhao Hai estava chateado, e só disse: “Tudo bem, levante-se. Não se ajoelhe sem motivo.” Tanto Ju quanto An se levantaram. An estava mais reto agora. Zhao Hai continuou: “Eu queria perguntar a você. Por acaso você conhece algumas técnicas de alvenaria?”

An respondeu imediatamente: “Sim, Jovem Mestre. Meu pai era pedreiro, então aprendi algumas técnicas também. Embora eu não seja muito habilidoso, ainda posso fazer algumas coisas comuns.”

Zhao Hai assentiu: “Muito bem então. Vou elaborar alguns planos. Veja se você consegue fazê-los se você puder, então organize as pessoas para pegar algumas rochas e faça o que eu quero imediatamente.”

 

O coração de An deu um pulo, mas ele se curvou e respondeu: “Sim, Jovem Mestre.”




O site Central de Mangás é gratuito e sempre será!

Para colaborar com a existencia do site, por favor,
desative o bloqueador de anúncios.