Battle Through the Heavens

162 - Três Coisas Necessárias para Refinar uma Chama Celestial

Tradutores: LH | Revisores: Solidsnake

Em uma das cordilheiras da margem oriental da Cordilheira das Bestas Mágicas.

Em pé no pico de uma montanha, Xiao Yan ergueu a cabeça e observou a Águia Azul circulando no céu. Ele acenou com um gesto para a dama que estava de pé nas costas da águia e gritou com um sorriso: “Doutora das fadas, vamos nos separar aqui. Nos encontraremos novamente se estiver destinado”.

“Tome cuidado, Xiao Yan!”.

A doutora abaixou a cabeça e olhou para o jovem com um sorriso. O sorriso continha alguma tristeza, mas depois que ela acenou com a mão, ela não demorou. Ela dirigiu a Águia Azul e ajustou seu corpo antes de voar em direção ao céu ocidental, em meio a um claro grito da águia.

De pé no pico da montanha, o olhar de Xiao Yan continuou a vigiar aquela fraca sombra azul até desaparecer no horizonte. Depois disso, ele respirou fundo. Após essa jornada, foi difícil dizer o quanto eles precisavam esperar antes de se ver de novo. Além disso, quando eles se virem de novo, talvez tudo entre eles tivesse mudado drasticamente.

O rosto dele demonstrava um pouco de solidão. Um momento depois, no entanto, ele balançou a cabeça e abandonou seus pensamentos.

Ficou no pico por um longo tempo, esperando que suas emoções se acalmassem antes de se virar e caminhar em direção à base da montanha com a grande Governante Mística nas costas.

O lugar onde estava atualmente não ficava dentro dos limites da cidade de Qingshan. Afinal, essas pequenas cidades não eram raras perto da Cordilheira das Bestas Mágicas.

A cidade que atualmente estava mais próxima, era uma enorme cidade situada na província oriental do Império Jia Ma. Seu tamanho era muito maior em comparação a Wu Dan. Se alguém fosse discutir sua força militar, esta cidade estava entre as mais fortes dentre as grandes cidades do Império.

Atualmente ele planejava primeiro se apressar para a cidade da Rocha Negra. Isso porque apenas essas cidades de grande porte recebem uma frota de transporte voador pelo império para o uso dos plebeus. Afinal, a Cordilheira das Bestas Mágicas e a fronteira oriental estavam muito distantes. Se fosse caminhar, talvez ele precisasse de pelo menos quatro a cinco meses. No entanto, não havia tempo a desperdiçar. Assim, ele precisava dirigir-se a cidade da Rocha Negra para ir a uma das frotas de transporte em direção à fronteira.

Claro, Xiao Yan também poderia usar diretamente as asas da névoa púrpura para voar. No entanto, mesmo com sua recente promoção ao nível de Dou Shi, era impossível para ele voar por mais da metade do Império Jia Ma.

Além disso, seria muito fácil ser notado pelas pessoas se ele usasse elas. Com o Império sendo tão grande, havia muitas pessoas fortes se escondendo, ele não queria se meter em problemas desnecessários. O motivo para evitar problemas eram os atrasos que isso causava. Como ele havia dito anteriormente, o que mais precisa é tempo.

Depois de descer do pico, Xiao Yan chegou a uma pequena cidade. Ele descansou por algum tempo antes de contratar o carro mais rápido disponível e à velocidade mais rápida possível, correu para a cidade sem paradas.

Embora esta cidade fosse a mais próxima, a carruagem levou a maior parte da tarde antes que pudesse ver o enorme perfil da cidade.

Em pé na carruagem, ele observou a enorme cidade que refletia uma luz difusa e avermelhada sob o pôr-do-sol e soltou um leve suspiro.

À medida que se aproximava, Xiao Yan percebeu que as muralhas da cidade eram realmente construídas a partir de inúmeros blocos de pedras negras. De acordo com o velho condutor da carruagem, as muralhas da cidade resistiram ao ataque destrutivo da força combinada de dois Dou Wang sem tremer. A partir disso, poderia ser entendido quão forte era a defesa das paredes.

{{LH: Porra essa merda é forte pra crl eim, ai no final, o Xiao Yan da um peidinho e a muralha se desfalece kkkkkkkk.}}

Depois de pagar a taxa no portão da cidade, ele entrou. A carruagem atravessou um túnel escuro na muralha. Um momento depois, a visão de Xiao Yan estava aberta e clara, enquanto o som ruidoso das vozes das pessoas se derramava de todas as direções. Pego despreparado, a cabeça dele latejou ligeiramente.

Xiao Yan teve uma leve vertigem quando saiu da carruagem sob o olhar sorridente do velho. Ele pagou a tarifa e a viu desaparecer. Em pé, em uma rua, observou a confusão ao redor da multidão. Tendo se acostumado com a tranquilidade do vale, ele descobriu que não sabia o que fazer.

{{SolidSnake: Exagero pouco é bobagem. O cara ficou uns meses no mato e o autor faz ele parecer que nunca pisou numa cidade a vida toda…