Battle Through the Heavens

137 - Quebrando o Selo

Tradutores: LH | Revisores: Solidsnake

 

[LH: Os capítulos anteriores são descritos por uma palavra bizarra kkkkk. Esses chinas n conhecem a arte da xavecagem n kkkkk. ]

A cena dentro da caverna fria e refrescante era estranha e perigosa. Uma mulher mantinha uma espada na garganta de um jovem.

O sentimento gelado em sua garganta causou numerosos arrepios a aparecerem em todo o corpo de Xiao Yan. Ele ergueu as mãos e sorriu amargamente de uma maneira que esperava esclarecer qualquer mal-entendido: “Eu não fiz isso com você”.

Ao ouvir isso, o lindo rosto de Yun Zhi ficou um pouco corado. Em seu coração, ela pensou: “Você pode não ter feito isso comigo, mas há alguma diferença entre o que você fez e isso?”.

Um brilho apareceu em seus belos olhos, mas a espada na mão de Yun Zhi não fez o menor movimento. Ela deslocou o olhar e viu a mão muito vermelha no rosto de Xiao Yan. Evidentemente, esse era o ponto onde o som da bofetada se originou.

Olhando para a marca um pouco cômica de mão, o gelo nos olhos de Yun Zhi tornou-se um pouco mais quente. Um longo tempo depois, ela soltou um suspiro abatido e, fracamente, retirou sua espada antes de caminhar em direção ao interior da caverna. Quando ela passou por Xiao Yan, ela disse suavemente: “Nós apenas fingiremos que o que aconteceu hoje não aconteceu. Caso contrário, se a história se espalhar, não será benéfico para você”.

[LH: Resumindo ou os pretendentes dela te matam ou ela msm faz isso kkkk. ]

De pé no mesmo lugar, Xiao Yan observou as curvas graciosas e atraentes de Yun Zhi de suas costas antes de fechar os olhos e soltar um suspiro amargo. Na verdade, essas coisas devem ser esquecidas. Em comparação com seu status, ele era como um sapo que estava sentado no fundo de um poço. Mesmo que o sapo tivesse conseguido tornar-se intímo com o cisne porque o mesmo tinha caído por problemas, o vasto céu era, finalmente, onde o cisne realmente pertencia enquanto o sapo só poderia ficar no poço, olhando para o céu.

[LH: E n se esqueçam da Xun Er se ela souber essa mulher morre kkk. ]

Dou Huang, uma fronteira que foi muito difícil de superar. Talvez Xiao Yan tenha a oportunidade de dominá-la, mas, pelo menos, não seria agora. Esta mulher orgulhosa e nobre também não acreditaria que um jovem com apenas a força de um Dou Zhe seria capaz de alcançar esse nível. Xiao Yan pode ter talento, mas isso não significa que ele poderia se tornar um Dou Huang.

“Um sonho não deixa vestígios… ”. Xiao Yan sacudiu a cabeça e sussurrou enquanto seguia Yun Zhi para dentro da caverna. Olhando o rosto frio, Yun Zhi, que tinha fechado os olhos enquanto tentava quebrar o selo, ele encolheu os ombros. Sentou-se em um canto, fechou os olhos e começou a treinar seu Dou Qi.

Seguindo o silêncio dos dois, uma atmosfera estranha e embaraçosa desceu ao interior da caverna. Parecia que o par tinha dificuldade em retornar à harmonia dos últimos dias.

A atmosfera silenciosa persistiu até o meio dia. Durante este tempo, Xiao Yan saiu para pegar um peixe e estava distraidamente sentado ao lado do fogo e girando a vara de madeira. Seu coração de repente se tornou consciente de algo e levantou a cabeça, apenas para o olhar entrar em conflito com um par de olhos lívidos e lindos.

Os dois olhares se encontraram e imediatamente se afastaram, agindo como se nada tivesse acontecido.

Xiao Yan girou o peixe grelhado mais uma vez antes de extrair um deles e entregá-lo a Yun Zhi.

“Você pode comê-lo. Eu não estou com fome”. Yun ZHi abaixou a cabeça quando ele disse suavemente. Assim que ele disse essas palavras, ela sentiu seu abdômen se contrair. No entanto, ela permaneceu teimosa. Fechando os olhos e ignorando o protesto do estômago.

“Relaxe. Essa coisa já foi descartada por mim”. Ao ver que a recusa de Yun Zhi em receber o peixe, Xiao Yan só podia sorrir e pronunciar uma piada fria.

Yun Zhi abriu os olhos, apertou os lábios juntos e levantou a cabeça apenas para encontrar um jovem com um caloroso sorriso ao lado do fogo. Uma leveza brilhou em seus olhos. Era inegável que essa aparência delicada e bonita de Xiao Yan, juntamente com sua idade, dava a outros a impressão de uma pessoa inofensiva.

Somente quando ela olhou o peixe grelhado, Yun Zhi lembrou que todo esse incidente começou por causa do peixe que ele tinha grelhado. O jovem à sua frente simplesmente enfrentou um infortúnio inesperado. Embora esse infortúnio inesperado fosse algo que qualquer homem adoraria experimentar…

Soltando um suspiro, Yun Zhi estendeu a mão e recebeu o peixe grelhado na frente dela. Sua pequena boca se abriu e estava prestes a tocá-lo quando Xiao Yan de repente chamou: “Tenha cuidado. Ainda está um pouco quente”.

Ouvindo as palavras de Xiao Yan, Yun Zhi não pode evitar de se distrair. Ela imediatamente lhe deu um olhar arrogante e disse: “Qual Dou Huang você já viu se importar com esse pouco de calor?”.

Xiao Yan deu um sorriso embaraçado, agarrou um peixe grelhado e o engoliu.

Com pequenas mordidas, Yun Zhi transferiu lentamente a carne de peixe para a boca pequena e começou a relaxar. Talvez por causa das palavras atenciosas que Xiao Yan disse do nada. Ela engoliu a comida e disse suavemente: “Eu devo poder quebrar o selo até amanhã”.

O grande movimento de mastigação de Xiao Yan de repente fez uma pausa e ele engoliu as coisas na boca. Ele suspirou. Por algum motivo, ele teve a sensação de que quando Yun Zhi voltar a recuperar sua força de um Dou Huang, o relacionamento agradável que eles tiveram será quebrado. No futuro, ela continuaria sendo uma Dou Huang superior, enquanto ele ainda seria uma formiga que lutava para se tornar um Dou Shi. Seria difícil para os dois interagirem novamente.

Pensando nesse ponto, Xiao Yan começou a sentir que a fragrância do peixe grelhado se tornou insípida. Em algumas mordidas, ele acabou de comer e disse vagamente: “Sério? Parabéns”.

“Depois de recuperar minha força, irei mais uma vez atacar o Leão Alado de Ametista”. Parecendo não ter nenhum sentido o humor de Xiao Yan, Yun Zhi continuou sua própria conversa.

“Espero que você continue a ser selada por isso…”. A sentença veio de repente da boca de Xiao Yan, que estava mordendo o peixe.

Ao ouvir as palavras, as sobrancelhas de Yun Zhi se endireitaram. Ela jogou com raiva o peixe grelhado em Xiao Yan e atacou: “Você tá me agourando. O que está dizendo?”.

Xiao Yan virou a mão e pegou o peixe grelhado. Ele viu as pequenas marcas de dentes e sorriu. Ele começou a mordê-lo de uma maneira que sugeria que ele estava lidando com um tesouro.

Observando Xiao Yan segurar o peixe que tinha comido e repetidamente mordendo-o, uma cor vermelha brilhante apareceu no fraco rosto de Yun Zhi. Ela cuspiu suavemente: “Coma. Deixe-o chorar com a morte!”.

Depois de terminar com o peixe, Xiao Yan torceu antes de inclinar a cabeça e perguntar: “Isso pode parecer sem sentido, mas eu ainda quero perguntar. Você quer minha ajuda?”.

Depois de ouvir as palavras de Xiao Yan, Yun Zhi ficou em silêncio e, na verdade, assentiu com a cabeça. Vendo a expressão aturdida no rosto de Xiao Yan, ela explicou suavemente: “O Cristal Santo Púrpura é geralmente colocado na caverna do Leão. Antes, eu tinha a intenção de me esgueirar, mas ele me descobriu… Quando eu recuperar a minha força amanhã, mais uma vez eu o distrairei. Quanto a você, espero que você possa entrar na caverna e me ajudar a obter o cristal”.

“Não será um problema fornecer ajuda, mas… pode ser vergonhoso dizer isso, mas como um Dou Zhe, qualquer besta mágica de categoria 3 que aparecer nesta região poderia acabar comigo facilmente”. Xiao Yan riu amargamente enquanto ele acenava com a mão.

“Você não precisa se preocupar com isso. Depois de quebrar o selo amanhã, usarei uma técnica secreta que lhe permitirá ganhar por uma curta duração. Com essa força, você deve entrar nas regiões internas da montanha. Afinal, raramente uma besta mágica entra na caverna do Leão”. Yun Zhi disse.

Xiao Yan ligeiramente acenou com a cabeça.

“Coloque este cristal. Enquanto você estiver perto do Cristal Santo Púrpura, estará quente. Você precisará apenas confiar em sua temperatura para encontrá-lo”. Yun Zhi tirou um cristal em forma de losango verde escuro de seu anel de armazenamento e entregou-o a Xiao Yan enquanto falava com um sorriso.

Xiao Yan recebeu o cristal e pendurou-o em volta do pescoço. Então ele ergueu a cabeça, sorriu: “Vou fazer o meu melhor”.

Observando o sorriso de Xiao Yan, Yun Zhi inclinou sua cabeça. Tendo dito tudo o que precisava ser dito, os dois já não tinham nenhum tópico para conversar. A atmosfera voltou a ficar silênciosa.

“Vá e descanse. Eu ainda preciso treinar por um momento”. Xiao Yan quebrou o silêncio e jogou Yun Zhi um sorriso. Ele sentou as pernas cruzadas em uma plataforma de pedra ao lado, fechou os olhos e entrou em modo de treinamento.

Sentada na cama de pedra, Yun Zhi olhou para o jovem com um rosto bonito por um longo tempo antes de suspirar levemente. Ela lentamente se deitou e murmurou para si mesma: “Vá dormir. Uma vez que você acordar amanhã, você vai esquecer tudo”.

Um longo tempo depois que a caverna pedregosa ficou em silêncio, Xiao Yan de olhos fechados que estava treinando repentinamente abriu os olhos. Ele virou a cabeça e observou a beleza adormecida, Yun Zhi, deitada na cama de pedra. Lentamente, saiu da plataforma de pedra, ele chegou ao leito e varreu seu olhar sobre as curvas elegantes e atraentes. Finalmente, seus olhos pousaram no belo rosto com as sobrancelhas ligeiramente tricotadas.

O olhar de Xiao Yan olhou atentamente para esse rosto bonito que talvez nunca tenha a chance de olhar diretamente de novo. Depois de um momento, Xiao Yan retirou um enorme manto preto do seu anel de armazenamento e colocou-o ligeiramente sobre o corpo de Yun Zhi antes de se virar e caminhar em direção à entrada da caverna com a grande espada pesada nas costas. A noite era o momento em que as bestas mágicas eram mais ativas, então ele precisava manter a atenção em todos os momentos.

Quando Xiao Yan se virou, Yun Zhi de olhos fechados abriu abruptamente os olhos. Ela olhou baixinho para o desaparecimento de uma figura que carregava a pesada e estranha espada. Sua mão acariciou a túnica negra cobrindo seu corpo e dentro de seu coração sereno, ondulações desconhecidas começaram a subir.

“Ah…”. Um suave suspiro de dentro da caverna morreu lentamente.

[LH: Vish será que teremos uma competidora pra Xun Er? ]

……

Quando o amanhecer quente brilhava em um Xiao Yan adormecido, seus olhos sonolentos começaram a se abrir. No momento em que ele fez isso, ele de repente e rapidamente virou a cabeça.

Yun Zhi estava sentado de pernas cruzadas na cama de pedra na caverna. A espada longa e estranha foi colocada em suas pernas. Hoje, ela havia se transformado em um vestido preto e branco e seu estilo de cabelo de Phoenix originalmente preguiçoso tinha sido novamente reunido, dando um leve sentimento nobre. Seu rosto lindo era calmo e elegante, não deixando nenhum vestígio da fraqueza que teve nos últimos dias.

Parecendo que sentira Xiao Yan acordar, os olhos de Yun Zhi também se abriram. Suas lindas pupilas varreram em direção a Xiao Yan, enquanto ela perguntava vagamente: “Acordou?”.

A voz era tão clara quanto sempre, mas desta vez, carregava um pouco de frieza. O tom indiferente era semelhante ao de uma conversa entre estranhos.

Depois de varrer seu olhar para Yun Zhi, Xiao Yan suspirou lentamente. Inclinou a cabeça e perguntou: “O selo, está quebrado?”.

“Sim”. Yun Zhi assentiu sem emoção e moveu seu corpo um pouco. Quando ela apareceu, ela estava parada na frente de Xiao Yan. Ela abaixou os olhos bonitos, olhou para o rosto de Xiao Yan e disse: “Vamos continuar. Uma vez que sairmos, eu ajudarei a aumentar sua força temporariamente”.

Quando ela terminou a frase, ela se virou e conduziu o caminho para a saída com seus passos atraentes e graciosos.

Ao levantar a cabeça, Xiao Yan observou a parte de trás da bela figura deixando a caverna e de repente disse: “Eu gosto da Yun Zhi dos últimos dias… Eu realmente não gosto do seu eu de agora”.

Na saída da caverna, a bela figura se acalmou. Ela ficou no mesmo local por um momento antes, mais uma vez, aumentar seu passo e sair da caverna.