Ascensão de um Deus

885 - Um Quadrilhão!

Autor: Calebe Piccoli Camargo

Após um bom tempo de conversa, todos se lembraram do fato de que ainda havia o Totem e os pontos para trocarem por itens.

No entanto, a alegria durou pouco, já que imediatamente eles se lembraram que não conseguiram quase nada de pontos, afinal, o Clã Le e Smuk Blóm dominaram praticamente sozinhos todas as Hordas de Bestas Abissais.

“Le Chang! O Totem!” Disse Le Su batendo a mão na sua testa, punindo-se por esquecer de algo tão importante.

Le Chang teve um brilhou nascendo em seus olhos, ele estava curioso.

“Hehehe! Quer apostar que eu tenho mais pontos?... A Grande Eu sempre fica em primeiro! Muhauhauhauha!” Ria Le Su tiranicamente e andava como se estivesse marchando de peito erguido, claramente tentando se passar por arrogante, mas ela era incapaz disso.

Seriedade não era uma expressão que ela era capaz de fazer com tamanha facilidade.

Le Su sempre andava com um sorriso no rosto, tanto que muitos pensavam que por ter tanto poder ela acabou ficando louca, quem que ria o dia inteiro sem parar?

De qualquer forma, ela ignorou todos e fez seu caminho até o Totem, e ao chegar lá os que ali estavam abriram caminho para ela.

A poderosa cultivadora levou sua mãozinha até a base do Totem e sorriu, enviando sua presença.

Quando o fez, o totem brilhou em um tom esverdeado extremamente claro e então um número apareceu acima dele.

“1.000. 000. 000. 000. 000!”

Todos ficaram de boca aberta e perplexos, um quadrilhão de pontos? Sério?!!!

“Hehehehe! Parece que bati meu recorde anterior...” Le Su disse toda animada.

Ela realmente havia atingido outro patamar de força, claro, seu aumento surreal de poder muito se deve a liberação de sua Herança, mas ela sempre foi bem forte, então era como melhorar o que já estava quase perfeito.

De qualquer forma, ela rapidamente olhou para Le Chang e sorriu de forma intimidadora, como se dissesse: “Ousa me desafiar?!”

Le Chang riu indefeso e andou até o Totem, levou sua mão e enviou sua Presença.

Quando o fez, o Totem brilhou como quando Le Su foi até ele e então um outro número apareceu acima do mesmo.

“999. 000. 000. 000. 000!”

Até Le Su não pode impedir seu queixo de tentar ir até o chão.

Por apenas um trilhão de pontos que Le Chang não ficou empatado com Le Su no primeiro lugar.

Isso era, para dizer o mínimo, assustador.

Ela estava brincando quando o desafiou para um duelo de pontos, era óbvio que ela havia vencido, afinal, Bestas Abissais no Pináculo do Cultivo dão um número muito grande de pontos.

A maioria pensou que Le Chang, na melhor das hipóteses, atingira cerca de um bilhão de pontos.

Era preciso entender que o recorde anterior que Le Su disse ter quebrado, seu próprio recorde, era de um trilhão de pontos e isso já era um valor extremamente alto.

“Hohoho! Você me surpreendeu! Muito bom! Muito bom! Não é à toa que você é parente da Grande Eu!” Le Su ria animadamente ao lado de Le Chang, ela estava muito feliz com o resultado.

Se no Dao da Ascensão ele havia conquistado um valor tão alto de pontos, o que aconteceria quando ele adentrasse o Pináculo do Cultivo?

Não apenas isso, a quantidade surreal de pontos de Le Chang era algo assustador.

Le Su entendeu após alguns segundos de pensamento.

Ele recebeu tantos pontos devido à consideração da dificuldade.

O sistema levava em conta apenas o Cultivo do ser e não sua capacidade de combate, sendo assim, quando Le Chang, no Dao da Ascensão, lutava sozinho contra milhares e milhares de seres no Pico do Dao da Ascensão, o sistema de pontuação acabou elevando em muito a sua pontuação.

Claro, não era injusto, ele realmente merecia, seus feitos foram surpreendentes.

Era muito mais fácil alguém no Pináculo do Cultivo demonstrar uma força tão tirânica, como Le Su, do que alguém no Dao da Ascensão.

De qualquer forma, ainda havia alguém que precisava ver sua pontuação, e então todos abriram caminho para Smuk Blóm passar.

“1. 000. 000. 000. 000!”

Novamente todos surpreenderam-se, um trilhão de pontos?

Ela equiparou-se ao recorde anterior de Le Su.

Apesar de ter ficado muito abaixo de Le Chang, isso foi devido ao tempo em que ele lutou sozinho.

De qualquer forma, o fato da pontuação dela ser tão alta, realmente era um choque, mas, todos sorriam em derrota, cheios de desespero, porque, ao verem a pontuação dela, um certo alívio nasceu em suas almas, como se um trilhão fosse o voltar da normalidade para o local.

Era risível ver a cara de alívio de todos ali, quando na realidade a pontuação de Smuk Blóm foi igual a de alguém no Pináculo do Cultivo nas edições anteriores do evento, não apenas isso, era um recorde de Le Su.

Porém, diante da pontuação insana de Le Chang e Le Su, um trilhão de pontos era “normal”.

Le Nuan e Le Shuren foram os próximos, atingindo um bilhão de pontos cada um.

Após isso um por um os Representantes dos Clãs foram achegando-se e conferindo suas pontuações.

Le Ire e Le Weed foram capazes de fazer oitocentos bilhões de pontos cada um.

Smuk Feles fez cerca de cem bilhões, e o restantes dos representantes também ficaram nesse patamar de pontuação.

Entre os jovens, a pontuação mais alta não passou dos dez milhões, claro, tirando Le Nuan, Le Shuren, Smuk Blóm e Le Chang, que obviamente eram pontos fora da curva.

A capacidade deles era irreal, sendo que Le Chang e Smuk Blóm poderiam facilmente serem comparados com os representantes dos Clãs no Pináculo do Cultivo.

A jovem havia demonstrado um talento sinistro, abaixo apenas de Le Chang e Le Su.

De qualquer forma, as pessoas rapidamente começaram a comprar os melhores itens com seus pontos.

Eles compravam elixires e ingredientes, bem como armas e armaduras, não apenas para si, mas também para os seus Clãs.

Cada Clã impunha uma certa taxa sobre os pontos obtidos nesse evento, tanto dos jovens como dos anciãos.

Alguns eram tirânicos, como o Clã Oray o qual exigia que quase 50% dos pontos obtidos fossem gastos em prol do Clã.

Já o Clã Le não exigia nada, deixando a critério do cultivador o quanto ele colaboraria com o Clã.

Le Su, sempre acabava usando praticamente todos os seus pontos para o Clã Le, e o que sobrava ela gastava em coisas totalmente supérfluas, como doces e iguarias.

Teve um evento que ela gastou milhares de pontos para comprar uma coleção de xícaras novas, já que ela adorava tomar chá.

No fim, apenas ela e alguns poucos podiam dar-se ao luxo de tais façanhas e extravagâncias.

Dessa forma, Le Su, Le Chang e Smuk Blóm ficaram por últimos para trocarem seus pontos.

Le Nuan e Le Shuren usaram 20% de seus pontos para o Clã, e o restante usaram para comprarem Armas Supremas do Mais Alto Nível e diversas armaduras e ingredientes para aumentar ainda mais seus cultivos e também fortalecer a base dos mesmos.

Contudo, o evento principal, sem dúvida alguma, era tentar ver de perto a lista de itens que aparecia para os três maiores pontuadores, Smuk Blóm, Le Su e Le Chang.




O site Central de Mangás é gratuito e sempre será!

Para colaborar com a existencia do site, por favor,
desative o bloqueador de anúncios.