Ascensão de um Deus

777 - A Primeira Escolhida

Autor: Calebe Piccoli Camargo

Le Lei estava atônita com o ganho de poder.

Era como se fosse um renascimento.

Uma Aura densa e poderosa surgia no âmago de sua alma, a sensação de ferocidade e poder bruto pareciam ter um novo significado para ela.

“Herança...” Murmurou Le Lei percebendo o que ocorrera.

Le Chang ficou surpreso com isso, normalmente, mesmo sendo o seu sangue, não era esperado tamanha mudança a ponto de Le Lei despertar uma Herança.

“Qual é?...” Perguntou Le Chang.

Le Lei fechou seus olhos e começou a concentrar-se em seu corpo, tentando entender o que ocorria.

Então, alguns minutos depois, seu corpo se encheu de poder e uma aura extremamente pesada se fez presente, de tal maneira que Le Chang foi jogado longe, indo de encontro a parede.

Se ele não fosse tão forte, provavelmente teria quebrado alguns ossos com o impacto.

Seus olhos estavam arregalados ao ver Le Lei envolta em chamas douradas, seus olhos brilhavam com o tom do ouro mais puro e o espaço ao seu redor curvou-se diante dela.

Era quase como se uma bomba ficasse explodindo repetidas vezes, ondas e ondas de choque saiam do corpo de Le Lei de tal maneira que Le Chang não conseguia se mexer.

A pressão era tanta que o chão sob os pés de Le Lei se rachou e ele era forte o suficiente para resistir as experiências de Le Lei, conhecidas por não serem tão seguras e calmas.

Então, lentamente, a comoção cessou, revelando Le Lei e sua expressão cheia de surpresa e felicidade.

“Eu consigo ouvir apenas um nome: A Primeira Escolhida...” Le Lei falava com um brilho nos olhos e olhava para suas mãos, maravilhada com o poder que corria em suas veias e Canais de Qi.

“A Primeira Escolhida?...” Le Chang murmurou um pouco surpreso, o que isso queria dizer?

Todavia, algo puxou sua consciência para dentro de sua Dimensão Espiritual e ali ele encontrou com Le Mei.

Somente ela estava ali, o restante ficou cultivando e absorvendo mais e mais poder através de Le Chang.

“Ela despertou a minha Herança. Você e seus filhos, herdaram a força em igual medida de mim e Xiong Long, mas parece que as mulheres dessa ramificação do Clã Le possuem mais do meu lado, sendo assim, ao absorver seu Sangue, o qual tem o poder meu e de Xiong Long, vários genes foram ativados e nossos resquícios ínfimos em sua alma, despertados.

Por ela ter uma maior parte minha em si, a minha Herança foi despertada e não a de Xiong Long, afinal, tirando suas esposas, você e seus filhos, ninguém é capaz de suportar o peso de duas Heranças, quem dirá Heranças Divinas...” Le Mei disse com um sorriso no rosto, ela estava tão feliz como Le Chang, afinal, o Clã Le era sua família, ela e seu marido eram os Antepassados de todos eles, obviamente ela se importava com essas pessoas.

“Entendo... Obrigado...” Le Chang trocou mais algumas palavras com Le Mei e então retornou sua mente ao seu corpo.

Le Lei ainda estava admirando sua mão, como se todo o seu poder estivesse ali.

“Parece que você despertou a Herança de Le Mei. A Primeira Escolhida se refere ao fato de que ela foi o primeiro ser a possuir a Energia Dourada, podemos dizer que até os dias de hoje, ninguém chegou perto do seu poder. Até mesmo Xiong Long, o Representante da Criadora, não era capaz de a vencer em um combate, no fim, Le Mei foi aquela que chegou mais perto do poder da Criadora.

Eu espero chegar ao patamar dela, mas provavelmente ainda tenho um longo caminho pela frente...” – Le Chang.

Le Lei não respondeu nada, mas o brilho animado em seus olhos já era suficiente como resposta.

“O que eu posso fazer com ela?...” Le Lei perguntou após alguns segundos, despertando de seus devaneios.

“O nome se relaciona com o fato de ela manipular a Energia Dourada, talvez tenha algo a ver com isso. Espere um momento...” Le Chang fechou seus olhos e condensou uma pequena esfera de Energia Dourada em suas mãos, ele então levou tal esfera até Le Lei e deu para ela segurar.

Todavia, quando Le Lei tentou tocar na Energia Dourada, ela sentiu uma grande repulsa da Energia, como se ela não fosse digna de segurar aquele poder.

Ela ficou surpresa ao ver que apenas a rejeição da Energia foi o suficiente para suas mãos ficarem doloridas.

Uma voz soou na mente de Le Chang.

“Apenas você e aqueles com conexão sanguínea direta ou conectados através da alma com você são capazes de usar a Energia Dourada. Isso quer dizer que suas esposas, seus filhos e sua mãe, podem usar, claro, em um nível muito inferior ao seu, porém, ainda podem. Qualquer um além destes, não tem um corpo compatível com a Energia Dourada, por isso, eles serão rejeitados...” A voz era diferente, era sem tom, sem timbre, sem gênero, ela era como uma página em branco, voz característica da Energia Dourada.

“Entendo...” Murmurou ele.

“O que?...” – Le Lei.

“Nada... Desculpe, eu pensei que pelo nome você seria capaz de usar a Energia Dourada, mas parece que esse não é caso...” – Le Chang.

Ele ficou pensando por alguns instantes.

A Herança de Le Mei trouxe mudanças para Le Lei, mas até o momento elas se resumiam apenas a um aumento significativo de força, tanto física, como em sua Aura.

Le Chang pôde perceber que ela havia ganhado um renovo também em sua expectativa de vida, praticamente triplicando o tempo que ela poderia permanecer viva.

“Oh! Le Mei era conhecida por ser uma Maga, ela trilhava o Caminho da Verdadeira Magia, talvez você seja capaz de usar Mana?...” Se sim, isso seria algo incrível. Le Chang havia alterado diretamente os corpos dele e dos outros para serem capazes de usar Mana e Qi, mas aqui, a mudança se deu apenas pela ativação da Herança de Le Mei.

Ele novamente fez uma esfera de Mana e levou até Le Lei, dessa vez ela foi bem mais cautelosa, e suas mãos se aproximavam lentamente da esfera nas mãos de Le Chang.

Contudo, para surpresa de ambos, a Esfera de Mana não apenas permitiu o toque de Le Lei como simplesmente disparou até ela.

A Mana começou a rodear o corpo de Le Lei como um filho pequeno abraçando sua mãe após muito tempo sem a ver.

Le Chang podia sentir que a Mana da esfera criada por ele, quase o rejeitou quando foi até Le Lei e então ele compreendeu.

A Primeira Escolhida não se referia a Energia Dourada, mas a Mana.

Afinal, Le Mei era a primeira a ser conhecida como “Aquela que é Amada Pela Mana”.




O site Central de Mangás é gratuito e sempre será!

Para colaborar com a existencia do site, por favor,
desative o bloqueador de anúncios.