Ascensão de um Deus

723 - Leis

Autor: Calebe Piccoli Camargo

Lian Mei simplesmente sumiu da visão de todos, ela não se teleportou, aquilo ali era pura velocidade.

Quando ela sumiu, uma explosão imensa aconteceu quando ela quebrou mais de mil vezes a barreira do som.

No instante seguinte, apareceu um imenso arco horizontal, feito da Lei da Entropia e da Lei do Poder.

O Arco simplesmente varreu tudo à sua frente, dizimando quase cem dos Golens com apenas um golpe.

“Quando o mover cessar, e o frio absoluto chegar, a Era Glacial Divina começará!” A voz de Wuhan Xie soava profunda e antiga, conforme ela andava lentamente, tudo ao seu redor simplesmente congelava.

Não era apenas os gases da atmosfera ou a umidade ao seu redor, não, era literalmente tudo.

O espaço parou, os Fluxos Energéticos cessaram, o Tempo, a Luz e as Leis, todas simplesmente calaram-se, diante de um poder singular.

O avanço delas até o Dao das Leis foi um acontecimento que dividiu duas fases em suas vidas.

Se antes elas eram fortes, agora elas eram divinas.

Lian Mei controlava algumas leis especiais.

Apesar de fazer maior uso da Entropia, ainda assim, ela era algo submetido a um outro poder.

A Lei da Termodinâmica era dividida em duas outras Leis, a primeira era a Lei da Conservação de Energia, ou seja, nada se cria, tudo se transforma.

A segunda Lei, se relaciona diretamente com o conceito da Entropia, ou seja, ela determina que a entropia total de um sistema termodinâmico isolado tende a aumentar com o tempo, aproximando-se de um valor máximo à medida que restrições internas ao sistema são removidas. O estado de equilíbrio termodinâmico de um sistema isolado corresponde ao estado onde, satisfeitas as restrições internas, a entropia é máxima.

Todavia, isso a daria um grande poder, mas também grandes limitações, não fosse o fato dela controlar a Lei do Poder, já explicada anteriormente.

No entanto, não terminava aí.

Lian Mei controlava Três Leis.

Lei da Termodinâmica, Lei do Poder e a Lei da Gravidade, em suma, ela podia fazer alterações físicas, a níveis atômicos e também a níveis estelares.

Claro, seu controle sobre essas Três Leis era algo extremamente baixo, mas não era o hoje que importava e sim o amanhã.

Caso ela as domina-se com perfeição, seu poder, bom, seria incalculável.

Enquanto isso, Wuhan Xie, diferente de Lian Mei, fazia uso de apenas uma Lei, mas essa era dividida em outras três.

A Lei do Movimento.

Sob seu controle estavam três princípios que regiam tudo e todos, de certa maneira, eram tão abrangentes quanto o próprio tempo e o espaço.

O Princípio da Inércia, que diz: todo corpo, em repouso ou em movimento em linha reta, tende a permanecer no mesmo estado, a menos que algum tipo de força o obrigue a mudar de direção.

O Princípio Fundamental da Dinâmica, que diz: um corpo muda seu movimento de acordo com a força imprimida nele.

O Princípio da Ação e Reação, que diz: quando dois corpos agem um sobre o outro, suas forças são sempre iguais, mas em direções diferentes. Esse é o princípio da ação e da reação, que defende que a potência empregada tem a mesma intensidade, direção, natureza, mas sentidos opostos. Porém, elas não se equilibram, pois são imprimidas em corpos de massas diferentes.

Enquanto isso, Min Jia também tinha em seu poder o controle sobre forças poderosas.

A Lei da Alma, a qual determina o que é, para o que é e para onde vai, aquilo que torna as pessoas em pessoas. Essa Lei dá a base da própria vida e constrói a identidade interior.

A Lei do Espírito, em suma, é como a Lei da Alma, determinando o que é, para o que é e para onde vai o Espírito.

A Lei da Lógica, é, como o nome diz, a Lei que determina o que é a Lógica, a razão e todo o resto. Tudo que fazemos tem uma lógica, mesmo que não a vemos, ela sempre está lá.

Tudo acontece por uma razão, não como um destino ou um poder espiritual invisível, mas sim porque todas nossas ações, nos levaram por um caminho onde a lógica determinou uma resposta.

No entanto, havia uma outra força que Min Jia havia colocado suas mãos.

Esse poder era chamado de Eletromagnetismo.

Ela era capaz de controlar todo o espectro eletromagnético, que em suma, é infinito.

Com tal força, ela podia fazer coisas praticamente irreais, e quando unida a Lei da Lógica, bom, ela fazia surgir a necessidade da criação de uma nova Lei, a Lei da Ilógica.

Min Jia era simples singular, controlando as Leis da Alma e do Espírito, ela podia fazer alterações profundas nas bases que fundamentavam sua própria alma e seu próprio espírito.

Ela podia facilmente fazer sua Alma tornar-se mil vezes mais veloz, afinal, a Alma é a Mente, e também a razão.

Enquanto isso, Chi Ziyun controlava apenas a Lei da Vida, todavia, a um certo nível, ela era suprema.

As demais Leis são fortes, mas nada é maior do que a vida, sem ela, nada faz sentido.

A Lei da Vida controlava tudo, desde os animais até as plantas.

Seu poder abrangia não apenas os mortais, mas até mesmo os Deuses.

Chi Ziyun podia controlar apenas uma Lei, mas podia facilmente andar entre os seres mais fortes de cabeça erguida, afinal, eles deveriam baixar suas cabeças para aquela que tem a vida de todos em suas mãos.

No futuro, um ditado se espalharia pelos confins da Criação.

“É melhor causar a ira de todos os Demônios do que da Deusa da Vida, afinal, ela tem desde as bactérias até os Deuses em suas mãos...”

.......................................................................................

Enquanto isso, em um canto longínquo do espaço, um grupo de pessoas movia-se pelo espaço.

Eles vestiam roupas normais, mas nenhum deles eram normais, todos estavam no Dao dos Imortais, no começo do mesmo.

O grupo movia-se até o Reino Mortal, afinal, eles com certeza gostariam de conseguir falar com Le Chang.

Apesar de que eles sabiam o fato de que essa oportunidade só surgiria depois que o Reino Dragão, o Reino Élfico e o Reino Asura falassem com o jovem primeiro, bom, eles se contentavam com algumas migalhas, afinal, as migalhas dos deuses eram os manjares dos mortais.

Le Chang tinha três títulos divinos, se ele aceitasse liderar qualquer um dos três, ele teria um exército capaz de abalar a própria Criação sob o seu comando.

Obviamente que se eles pudessem, pelo menos, criar um acordo amigável de comércio com o jovem, já seria um ganho imenso para todos eles.

Sendo assim, ninguém queria perder a chance, milhares de poderosos cultivadores estavam indo em direção ao Reino Mortal, mas eles não adentravam no Reino, estavam esperando a aparição dos Três Grandes Reinos Dimensionais.




O site Central de Mangás é gratuito e sempre será!

Para colaborar com a existencia do site, por favor,
desative o bloqueador de anúncios.