Ascensão de um Deus

701 - O Que É Você?

Autor: Calebe Piccoli Camargo

Le Kun e Fun Mei, ambos, caíram para frente e desmaiaram.

A multidão ficou parada, sem entender o que havia ocorrido.

O juiz também não sabia o que dizer.

Então, Dra Gon, libertando-se da surpresa que pairava em sua mente, colocou-se de pé e bradou em alta voz.

“Eu declaro um Empate entre Le Kun e Fun Mei!” – Dra Gon.

A multidão ficou em silêncio, não entendendo nada.

Um empate?

Como assim?

O juiz olhou para Dra Gon, também indagando-se.

“Os dois avançam para a próxima et...” Dra Gon não terminou de falar quando Le Chang tocou seu ombro.

“Tanto meu filho, como a Senhorita Fun Mei, não tem condições de lutar na próxima etapa. A quantidade de poder que eles usaram naquele último ataque não foi de graça, eles provavelmente ficarão desacordados por dois dias e só estarão 100% em uma semana. Deixe que ambos encerrem por aqui e continuaremos os combates com os restantes...” – Le Chang.

Dra Gon surpreendeu-se com as palavras de Le Chang.

Ele realmente deixaria seu filho e uma amiga serem desclassificados por causa disso?

Normalmente os cultivadores no Dao das Leis e no Dao da Eternidade pediriam um intervalo para que aqueles próximos a eles estivessem prontos para o combate.

“Você tem certeza, Senhor Le Chang?...” – Jo Vana.

“Sim, eu tenho certeza que eles sabiam o que estavam fazendo quando fizeram aquele último movimento...” – Le Chang.

“C... Certo...” E então Dra Gon sinalizou para o juiz.

“Le Kun e Fun Mei estão desclassificados, já que nenhum deles tem condições de continuar lutando...” – Juiz.

Le Chang moveu-se pelo espaço e foi até Le Kun, fez o garoto flutuar do seu lado e esquerdo e então foi até Fun Mei e a fez flutuar no seu lado direito.

Chi Ziyun apareceu na frente de seu marido e fechou seus olhos por um instante.

Uma árvore dourada imensa apareceu em suas costas.

Ela era tão grande quanto a própria arena e a visão deixou todos sem reação.

Eles lembraram-se da Árvore da Vida que Le Liang invocou e comparada à que sua mãe invocou, a Árvore de Le Liang era como um pequeno ramo levado pelo vento.

O poder daquela manifestação era sufocante, e então, todos viram uma poderosa energia se reunindo e indo diretamente para Le Kun e Fun Mei.

Os corpos dos dois que tinham uma cor pálida e cheia de ferimentos, lentamente recobraram a cor.

Le Chang abriu um grande portal dimensional e adentrou nele junto de sua esposa, filho e amiga.

Antes de desaparecer ele disse para as batalhas continuarem.

....................................................................

Em um quarto espaçoso, haviam duas camas.

Na da esquerda estava Le Kun e na direta Fun Mei.

Ambos estavam corados, mas os danos internos eram grandes.

Le Chang havia dito que eles ficariam dois dias desacordados e demoraria uma semana para se recuperarem totalmente, pois Chi Ziyun estava ali.

Ela podia controlar a Energia da Vida em um nível que ele ainda não era capaz.

Os danos no cultivo de ambos era algo considerável.

Os Canais de Qi de Le Kun e Fun Mei estavam trincados, todos.

Os Nervos Espirituais deles estavam levemente queimados, devido ao fluxo exagerado de poder que corria por eles.

Aquela demonstração de poder foi além do que seus corpos eram capazes de aguentar.

Claro, ambos estavam além da força de seu Dao.

O mesmo era para Le Chang, mas não importa o quão incrível alguém seja, seus corpos não são indestrutíveis.

O fato deles serem capazes de lutar com cultivadores no começo do Dao do Santo Rei, não significa que eles podem manter esse poder por um tempo indefinido.

Esse tipo de evolução custa um grande preço.

Para aquele último ataque que ambos realizaram, o cultivo deles caiu praticamente um Grau e os danos que haviam sofrido seria o suficiente para diminuir a velocidade de cultivo deles em dez vezes, claro, se Chi Ziyun não estivesse ali.

“Eu não imaginei que eles eram tão fortes...” Murmurou Chi Ziyun enquanto estava sentada em uma cadeira no meio das camas e colocava uma mão sobre o peito de cada um.

Era possível ver fios de Energia da Vida entrando nos corpos de Le Kun e Fun Mei.

“Nem mesmo eu...” – Le Chang.

“Esse garoto... Ele provavelmente é o mais poderoso, em termos de combate, entre as crianças...” – Chi Ziyun.

“É... Le Kun é realmente singular. Apesar de que Le Li, Le Liang e Le Huo também são capazes de usar Mana, Qi e Energias...” – Le Chang.

“Sim, mas Le Liang é hiperativa demais, quando em combate ela muda, mas sua natureza cria alguns pontos fracos. Le Huo tem as mesmas lacunas, mas as preenche usando suas Feras Mágicas domadas, mas nesse tipo de evento ele não pode as usar. Le Li não tem um foco tão grande em combate e sim em estratégias. Sendo assim, Le Kun, provavelmente é o mais forte entre os quatro...” – Chi Ziyun.

“Quando eu estava no Meio do Dao Santo, eu não poderia fazer o que eles fazem...” Disse Le Chang sorrindo e coçando a cabeça.

“Naquela época você já era um monstro com poucas coisas em seu arsenal, agora... Sinceramente, o Tecido da Realidade deve estar louco para te dar uns tapas de tão insano que você é...” Chi Ziyun sorriu lindamente para seu marido que foi até ela e a beijou rapidamente, antes de sumir pelo espaço e retornar para seu assento, junto de Jo Vana e Dra Gon.

...............................................................

Chi Ziyun ficou olhando um tempo para os dois ali com ela.

Com seu poder, ela era capaz de sentir a extensão dos danos a um nível muito profundo.

“O que é você...” Murmurou ela ao prestar atenção em Fun Mei, já que assim que a Energia da Vida entrava no corpo de Fun Mei, ela era cortada em milhares de pedaços e divididos igualmente em cada célula do corpo da jovem.

Era algo necessário para cuidar do corpo ferido, mas o corpo de Le Kun não fazia isso instintivamente e Chi Ziyun precisava dividir os fios de Energia da Vida e os enviar igualmente para cada célula do corpo dele.

No caso de Fun Mei, seu corpo fazia isso sozinho.

Era como se cada uma das suas células fossem pequenas espadas, capazes de cortar tudo e todos.

Não apenas isso, Chi Ziyun podia sentir que o poder de Fun Mei, mesmo ferida, ainda se mantinha firme.

Em uma comparação rápida feita por Chi Ziyun, ela percebeu uma diferença.

Tanto Le Kun, como Fun Mei, eram como grandes prédios, mas que foram varridos do mapa por um poderoso tufão.

No entanto, enquanto Le Kun sofreu severos danos em seus alicerces abaixo do solo, Fun Mei sofreu pequenos arranhões.

“Não... Não foi isso, ela sofreu danos equivalentes, mas ela está se curando mais rapidamente que ele...” – Chi Ziyun.

Quem realmente era Fun Mei?

Como suas capacidades curativas eram superiores as de Le Kun, o qual possuía todas suas habilidades, heranças e linhagens nos níveis divinos.

Se Le Kun seria o Pesadelo dos Monstros, o que seria Fun Mei?




O site Central de Mangás é gratuito e sempre será!

Para colaborar com a existencia do site, por favor,
desative o bloqueador de anúncios.