Ascensão de um Deus

636 - Pilar da Criação: Controle!

Le Chang esteve curioso todo esse tempo, mas finalmente compreendeu algo importante, onde eles estavam.

“Nós estamos dentro da Centelha Divina da Criação, certo?...” – Le Chang.

Xiong Long olhou para ele um pouco surpreso e riu animadamente.

“Você é esperto garoto... Realmente, estamos dentro da Centelha Divina da Criação. Existe apenas o Tecido do Espaço-Tempo e o Tecido da Realidade, já o Tecido da Criação, não existe, o que existe é um espaço especial dentro da Centelha, mas é um lugar acessado apenas pelo dono da Centelha e aqueles que ele permite adentrar...” – Xiong Long.

“Entendo...” Le Chang tinha um olhar curioso e animado.

Xiong Long riu e estalou os dedos, ambos se moveram no interior da Centelha e foram levados para outro recinto.

Este lugar era diferente, um grande salão dourado e uma presença sufocante permeava tudo, no centro do lugar haviam duas criptas, elas eram imponentes e feitas de materiais que Le Chang não fazia a menor ideia do que seriam.

Era uma simplicidade tão surreal, sem adornos ou pedras preciosas, mas de uma pureza e perfeição tão incríveis que Le Chang entendeu rapidamente.

“Esse é Túmulo seu e de Le Mei, certo?...” – Le Chang.

“Exatamente, a Cripta que existe no Centro do Reino Dragão está vazia, é um lugar luxuoso, apenas com alguns itens raros e poderosos, mas os nossos corpos estão aqui, eu não podia correr o risco, mesmo que seja improvável, de alguém se apossar dos nossos corpos...” – Xiong Long.

“Entendo...” Murmurou Le Chang.

“Espera aqui...” Xiong Long sinalizou para Le Chang e o jovem parou rapidamente, deixando que o senhor à sua frente tomasse a dianteira e andasse até os túmulos.

Ele não os abriu, mas apenas tocou um local de cada um deles e uma pequena abertura apareceu, Xiong Long levou suas duas mãos para o interior e as retirou com dois fracos.

Na sua mão esquerda havia um frasco com um sangue multicolorido, iguais aos cabelos e olhos de Xiong Lin.

Na mão direita havia um frasco com um sangue dourado, como se fosse o ouro mais puro derretido, brilhante e imponente.

“Este é o meu sangue...” Xiong Long levou o frasco multicolorido para a frente e Le Chang o pegou.

“Este é o sangue de minha esposa...” Xiong Long disse com alguma tristeza, como se entregar isto era falar em alto e bom tom que ela havia morrido.

Le Chang pegou o outro frasco e entendeu.

“Você quer que eu use?...” – Le Chang.

“Para ser sincero, o presente que iria dar para o Detentor da Energia Dourada variava dependendo da raça e do estilo de combate, mas eu nunca imaginei que quem viria seria alguém que descendia de nós, sendo assim, não existe tesouro maior para você do que nosso sangue, isto fará você despertar mais cedo nossas linhagens e heranças...” – Xiong Long.

“Certo, muito obrigado...” – Le Chang.

“Pode sentar-se naquele canto e usar, o tempo aqui dentro é extremamente maleável, sendo assim, consigo lhe manter aqui por, pelo menos, mais algumas semanas, com o tempo dentro da Dungeon congelado...” – Xiong Long.

“Certo...” – Le Chang.

O jovem rapidamente foi para um canto da sala e sentou-se em posição de lótus.

Quando o fez, os dois frascos, que continham pouco mais de dez gotas de sangue dourado e multicolorido, se racharam e os líquidos começaram a flutuar ao redor do jovem.

No mesmo instante, eles dispararam para as palmas das mãos do jovem e formaram pequenas esferas como se Le Chang controlasse duas pequenas estrelas com sua mente.

O Sangue Dourado pairava sobre a palma direita e o Sangue Multicolorido sobre a palma esquerda.

Ambos caíram sobre a pele do jovem, como se fossem gotas de chuva e ao tocarem a pele de Le Chang, foram imediatamente absorvidos e entraram na corrente sanguínea do garoto.

Le Chang abriu os olhos abruptamente quando uma dor excruciante atingiu não seu corpo, mas sua Alma.

Era como se ele tivesse arremessado toda a sua alma dentro de um turbilhão de navalhas.

“Aguente! Para despertar nossas forças de dentro de você, é necessário que sua Alma seja esmagada e rasgada em milhares de pedaços, para que assim, você consiga separar o que é nós e o que é você! ” A voz de Xiong Long soava imponente nos ouvidos de Le Chang e trazia uma presença de torcida para o jovem, encorajando ele, afinal ele estava colocando todas as fichas no jovem.

Le Chang rapidamente perdeu a consciência, mas seu corpo não parou, enquanto sua mente foi destruída, já que sua alma foi despedaçada, seu corpo continuou absorvendo os sangues.

Seu espírito se desfez em milhões de fios e começou a ligar cada fragmento da alma de Le Chang com seu corpo, como se ele tentasse impedir que a ligação fosse perdida.

O Corpo Primordial de Le Chang era como um buraco negro, sugando a energia ao redor dos presentes.

No mesmo instante, uma navalha de Energia Dourada cortou o espaço ao redor de Le Chang e vários Fluxos Energéticos foram rompidos.

Bilhões de Fios de Energia Primal, os Cinco Tipos de Qi, Energia Yin, Energia Yang, Energia da Realidade, Energia da Criação, Energia Temporal, Energia do Caos, Energia Espiritual e Energia da Morte, convergiram para o jovem.

Seu corpo instantaneamente atingiu o patamar do Pico do Dao das Leis, os Cinco Livros das Leis que Le Chang controlavam foram forçados a aparecer ao seu redor e suas páginas começaram a serem escritas sozinhas, palavras, linhas e imagens apareciam em todas elas, enquanto todos os livros eram preenchidos com o ápice do conhecimento sobre cada uma das leis.

Um Pilar de Energia da Criação caiu sobre o jovem e sobre ele algumas palavras se destacavam: “Pilar da Criação: Controle! ”

Tudo ao redor de Le Chang congelava e voltava a correr normalmente, era como se a lógica ao seu redor houvesse sido desfeita, a sanidade não mais existia e o real deixou de fazer sentido.

Ao mesmo tempo, seu espírito se fortalecia ainda mais e sua Alma atingiu um estado tão destruído que era como comparar um imenso prédio com um punhado de poeira.

Sangue jorrava da boca, ouvidos, olhos e narinas de Le Chang, seus ossos se contorciam sobre sua carne e seus nervos se tencionavam sozinhos.

Então, em um piscar de olhos tudo ficou parado, toda a Dimensão dentro da Centelha Divina da Criação parou, de tal forma que Xiong Long ficou surpreso com tais acontecimentos, ele mesmo achou dificuldade em movimentar-se, mas isto não foi o que mais lhe causou surpresa.

Afinal, lágrimas começaram a escorrer de seus olhos e ele levou sua mão para frente, como se tentasse alcançar o inalcançável.

“M... M... Meu amor...” Xiong Long murmurou quando viu uma mulher andando até Le Chang.

Ela virou para o Primeiro Deus Dragão e sorriu, esse simples movimento foi tão encantador que mesmo ela sendo de idade avançada, não haveria sorriso e expressão mais bela que a dela.

 

Afinal, ela não era outra se não Le Mei.