Ascensão de um Deus

600 - Traduzindo

Na manhã do nono dia, a comoção já havia passado, Le Chang estava em pé e apesar do impacto mental de tamanhas revelações, ele já estava totalmente recuperado.

Sua presença era calma e serena, como a brisa de verão que refresca a alma e o espírito nos dias escaldantes.

A este momento o grupo já havia retornado a tarefa de tentar desvendar o que significavam as palavras escritas no livro de Xiong Long, o qual aparecia nas memórias de Xiong Lin.

Fun Mei, Min Jia, Wuhan Xie, Lian Mei, Chi Ziyun, Le Li, Le Liang, Le Kun, Le Huo, Le Chang, Seiryuu, Gao Yao e Xiong Lin, todos estavam focados revisando as memórias da jovem Deusa Élfica.

Contudo, logo perto do meio dia, Fun Mei deu um grito, tirando todos de suas introspecções.

“E... E... Eu! Eu achei! ” Gritava ela extremamente animada.

“O... O que você achou? ” Perguntou Xiong Lin ansiosa.

“Eu acho que descobri a tradução de algumas palavras do livro de seu pai! ” As palavras de Fun Mei vieram como um trovão sobre a cabeça de todos.

Ela realmente teria descoberto?

“Nas memórias que vocês compartilharam comigo, tem um momento, quando Xiong Lin tinha algumas semanas de vida, apesar dos recortes devido ao selamento de qualquer lembrança com Le Mei, tem uma pequena passagem onde mostra algo muito interessante! ” – Fun Mei.

O grupo obviamente estava com o coração saltando pela boca, ansiosos por saber a descoberta.

“Na imagem, aparece Xiong Long e Le Mei conversando por alguns segundos. Xiong Lin parece estar passando pelo corredor e a imagem foi captada por sua visão periférica, mas nela é possível ver Xiong Long passando os dedos sobre uma frase do livro e falando na linguagem draconiana. ” Fun Mei havia notado tal detalhe por ser especialista no Dao da Espada, o que significava que sua visão periférica era tão apurada quanto o seu foco ocular.

A maioria não dá a devida importância para as imagens que passam diariamente por seus olhos, mas não percebem que várias ocorrências incríveis permeiam a nossa indiferença.

“O que?!” Gritaram todos e imediatamente fecharam seus olhos levando suas consciências para a memória que Fun Mei havia dito e realmente constataram que era verdade.

“No dia do nascimento de Xiong Lin, apenas eu e Le Mei sentimos o balançar dos alicerces da criação, como se o meu desejo fosse não uma ofensa, mas a força necessária para tirar a Existência de sua inércia. Sinto que meus dias voltaram a serem contados, o que antes eu olhava como uma eternidade, agora se aproxima com a inevitável finitude que todos os mortais devem enfrentar...” Murmurou Xiong Lin de forma que todos ouviram no recinto.

“Essas palavras pronunciadas na língua draconiana e escritas na língua oculta dele, traduz todo o restante do texto...” Min Jia estava extremamente feliz.

Eles então começaram a agir, tendo a imagem da frase escrita e lida, eles podiam compreender a estrutura gramatical da língua.

Bem como fazer um paralelo entre as imagens e as palavras, letras e afins.

No fim, eles levaram até o sétimo dia do nono mês do ano, para traduzir todas as cinco páginas que Xiong Lin tinha visto em suas memórias, em momentos que viu seu pai folhear o livro em suas mãos.

“Complexo...” Murmurou Min Jia, claramente exausta.

“Quem diria que traduzir seis páginas de um livro levaria semanas e várias pessoas...” Le Li estava igualmente cansada, olheiras jaziam em sua face e ela parecia estar prestes a cair no sono.

“P... P... Uhaaaa! Papai... E... Eu vou dormir…” Le Liang disse bocejando e simplesmente deitou sua cabeça no ombro de Le Chang que sorriu e acariciou carinhosamente as costas da jovem.

Le Li também foi se arrastando até o seu pai e deitou no seu outro ombro, não demorando muito para Le Kun e Le Huo fazerem o mesmo, deitando-se perto de seu pai.

As meninas riram ao ver Le Chang rodeado de jovens de quinze anos que mais pareciam ser seus irmãos mais novos que seus filhos de cinco anos.

...............................................................................

Após três dias de recuperação do cansaço físico e mental, ao meio dia do décimo dia do nono mês do ano, o grupo saiu de seus quartos foram almoçar todos juntos.

“Com isso conseguimos traduzir o que está escrito na porta de pedra?...” Perguntou Fun Mei.

“Sim, não deve levar muito tempo. ” – Min Jia.

“Eu tenho a sensação de que aquele lugar é um atalho, mas com perigos dezenas de vezes maior do que o que já enfrentamos...” – Wuhan Xie.

“Eu também, a sensação é que estamos entrando na boca de um dragão...” Disse Fun Mei acariciando seus próprios ombros como se estivesse sentindo frio.

“Fiquem tranquilos... No pior dos casos, eu guardei vários itens e também armazenei poder suficiente em cristais para que se necessários eu os ativasse e todos fossemos levados para fora da Dungeon...” – Le Chang.

“Mesmo assim, é bom ter cuidado, mesmo que tenha feito isso, tais preparações só seriam suficientes para um inimigo levemente superior a você, mas se encontrar um poder esmagador, as chances de fugirem é bem baixa...” – Gao Yao.

“Realmente, além disso, se a língua de Xiong Long está escrita na porta, claramente algo relacionado ao Reino Dragão e ao próprio Primeiro Deus Dragão está no interior...” – Seiryuu.

“Verdade... É bom terem cuidado, meu pai era conhecido por sua astúcia, nas raras vezes que ele lutou, nunca vi ele usar a totalidade de seus poderes e sempre ganhou através da inteligência. ” – Xiong Lin.

“Será que esta porta não apareceu apenas porque você está aqui, papai? ” Indagou Le Kun com um olhar pensativo.

“Como assim?...” – Le Chang.

“O senhor é o Deus Dragão, tem o título e possuí a Herança de um Deus Dragão, bem como é descendente de Xiong Long, talvez sua presença tenha despertado algo?...” – Le Kun.

“Isso faz sentido, mas porque nessa Dungeon, não seria uma coincidência gigantesca?...” – Le Liang.

“Bom, só responderemos tais perguntas quando abrirmos a porta, logo após o almoço. ” – Lian Mei.

O grupo se apressou e comeu rapidamente, preparando-se para entrar em ação em algumas dezenas de minutos.

“Guardem tudo, provavelmente não voltaremos em um bom tempo, não é bom deixar nossos suprimentos e locais de descanso para trás, podemos precisar deles mais para frente. ” – Chi Ziyun.

“En! ” – Todos.

Então, perto das duas horas da tarde, todos estavam prontos.

Le Chang, Wuhan Xie, Min Jia, Lian Mei e Chi Ziyun estavam ajoelhados perto da porta e olhavam atentamente para o que estava escrito sobre ela.

“Quando então chegar o dia, em que enfim conhecerei aquele que há muito tempo é aguardado, será neste instante que tudo será explicado e os segredos ancestrais serão finalmente revelados! ” Disse Le Chang em voz alta para que todos ali pudessem ouvir.

Contudo, quando a última palavra saiu de sua boca, a porta simplesmente transformou-se em pó e revelou uma escada branca que se perdia na escuridão.

Le Chang calmamente fez seu caminho e pisou no primeiro degrau, sinalizando para que todos o seguissem.

Suas esposas, seus filhos, Xiong Lin e Fun Mei o seguiam de perto e por último estavam Gao Yao e Seiryuu.

Então, assim que o último desceu pelas escadas, a porta de pedra foi refeita e o local selado, mas imediatamente várias luzes foram acesas no recinto, antes tragado pela escuridão, revelando uma visão surpreendente, que deixou todos ali perplexos.


O melhor comentário, na minha opinião, foi escrito por Ishiwaka, ele conseguiu destacar algo bem importante, que eu também acho serem os melhores pontos de Ascensão de um Deus.

Ishiwaka: Que bom que você percebeu tais pontos, poucas pessoas sabem, mas muitos segredos de AUD já foram revelados em detalhes tão pequenos que ninguém percebeu. Algumas dicas de grandes segredos ainda permanecem por aí, perdidos e ninguém deu importância. Contudo, que bom que você e mais alguns prestam atenção, quem sabe não descubram o GRANDE segredo de AUD antes do final da novel, certo?

No discord eu cheguei falar em qual capítulo eu escrevi algo muito importante, e mesmo falando isso, o povo lendo, ninguém se ligou. Bom, como eu sempre disse e cada vez tenho mais certeza, tem segredos em AUD que ninguém conseguirá chegar nem perto de uma resposta.

Um grande abraço, Ishiwaka.

Att;

Calebe Piccoli Camargo.




O site Central de Mangás é gratuito e sempre será!

Para colaborar com a existencia do site, por favor,
desative o bloqueador de anúncios.