Ascensão de um Deus

596 - Novos Grupos

“Quanto mais poder concentrado, maior o desafio para aquele grupo, sendo assim, acreditamos que a melhor opção seria nos dividirmos. Meus filhos encontraram uma passagem para o outro lado da Cordilheira há algumas dezenas de milhas. ” – Le Chang.

“Por isso a ideia central seria vocês irem para lá, enquanto isto, nós ficaremos aqui e então decifraremos a Porta. ” – Wuhan Xie.

“Seria interessante se vocês conseguissem se dividir em grupos ainda menores e atravessar a cordilheira com uma diferença de uma ou duas horas. Claro, tenham certeza de balancear bem os grupos, por mais que as dificuldades sejam adaptadas, ainda tem um mínimo de dificuldade inerente a cada Dungeon. ” – Min Jia.

O rosto dos líderes deixava claro o sentimento que dançava em seus corações, um óbvio temor.

Por mais que fizesse sentido o que acabaram de ouvir, ainda assim, era arriscado.

“Como ficará a divisão? ” – Sharia Lumaer.

“Nosso Grupo Dragões ao Vento vai ficar para trás e o restante da Incursão irá adiante. ” – Lian Mei.

“Oh! Vocês estão dizendo que são tão fortes que desequilibraram o poder de toda a Dungeon?...” Quem falou foi um homem magro, um Mago e líder de um dos grupos da vanguarda.

Seu olhar era arrogante e desdenhoso.

“Exatamente isso. ” A voz de Chi Ziyun era repleta de poder, a Mana ao seu redor tornou-se afoita e todos podiam sentir que seu poder quando usado ao máximo era algo perigoso.

“Se não fosse pelas táticas deles, estaríamos todos mortos, não seja arrogante! ” Gritou um homem corpulento ao dar um murro na mesa.

O outro homem rapidamente calou-se.

“Senhorita Min Jia, tem certeza que não vai ser perigoso?... Se nos separarmos...” Sharia Lumaer murmurou em um tom de grande preocupação.

Ela estava com medo e com razão.

Esta Dungeon mostrou-se capaz de trazer um desafio absurdo, algo que ela nunca havia experimentado e pela primeira vez, ela sentiu que não havia esperança.

“Fique tranquila, não vamos simplesmente enviar todos a esmo. Antes de todos partirem, faremos vários Artefatos Mágicos, bem como após dividirmos os grupos, eu pessoalmente criarei estratégias para cada um deles, bem como teremos, pelo menos, um mês de adaptação com as novas habilidades. ” Min Jia falou com firmeza e convicção.

Ela, Le Chang e as meninas, sabiam que Sharia Lumaer se encontrava sob um peso imenso, todo o problema neste Planeta não era algo simples.

Le Chang sabia muito bem o quão angustiante era ter que lidar com o futuro de todo um Planeta.

Quando ele era fraco, lutou muito para poder salvar o Planeta Plumas ao Vento, mas, ainda assim, contou com a ajuda de suas esposas, já Sharia Lumaer tinha o apoio somente de seu irmão, já que o restante da sua família era fraco demais para a ajudar.

Dessa forma, sabendo de todo o panorama, Min Jia não faria movimentos aleatórios que pudessem pôr em risco a vida de inocentes.

No fim, a atitude deles era na realidade bem altruísta, já que era óbvio, para os mais poderosos, que a Porta tinha os maiores desafios.

Todos imaginavam que haveriam vários tesouros, mas após presenciarem as hordas que os atacaram e que não haviam ganho nada em troca, apenas morte e caos, a Incursão estava apreensiva com qualquer sinal de tesouro e riquezas, afinal, por experiência, elas não eram de graça.

Além disso, os líderes entenderam algo importante, os Dragões ao Vento eram capazes de dobrar o poder da Incursão, sendo assim, se eles fossem sozinhos, um grupo de treze pessoas, com quatro sendo crianças, enfrentariam o perigo que duas mil pessoas teriam que encarar.

Porém, eles não sabiam de algo.

Não era um mero grupo, mas sim composto pelo futuro Deus dos Deuses, pelas Deusas Supremas, pelos seus filhos e filhas, bem como por antigos detentores de Títulos Divinos.

....................................................................................

Pouco mais de um mês depois, no vigésimo dia do oitavo mês do ano, a Incursão se dividiu em cinco grupos menores.

Um composto por Le Chang, Wuhan Xie, Lian Mei, Chi Ziyun, Min Jia, Le Li, Le Liang, Le Kun, Le Huo, Fun Mei, Seiryuu, Gao Yao e Xiong Lin.

Outro liderado pelos Exploradores Celestiais, grupo de Sharia Lumaer, bem como algumas centenas dos mais fracos.

O terceiro e o quarto foram compostos em sua maioria por grupos medianos.

O quinto grupo, ficou encarregado de cuidar dos feridos que ainda restavam, eles iriam em busca de um lugar calmo, talvez alguma fenda na cordilheira e se instalariam ali até que todos tivessem bem ou que o Andar fosse conquistado por algum dos grupos.

Dessa forma, após algumas horas, logo na primeira hora da tarde, os grupos se dispersaram, deixando para trás os Dragões ao Vento que observavam conforme os demais se perdiam no horizonte.

Le Chang tinha um olhar profundo e pensativo dançando em sua face, suas duas filhas estavam ao seu lado e elas seguravam nos braços de seu pai, preocupadas com toda a situação.

“Vamos... Temos muito o que fazer...” Disse Le Chang acariciando a cabeça das meninas e levando todos para o interior da tenda.

Enfim, as três heranças fizeram novamente suas aparições.

“E então, alguma novidade?...” Xiong Lin perguntou com um olhar curioso para eles.

“Não é tão simples... O maior problema é que não temos uma base, ou seja, como nunca foi traduzida, não sabemos dizer nem mesmo o que são letras ou palavras...” Disse Min Jia um pouco decepcionada.

Ela tinha razão, decifrar uma língua não é algo tão simples.

A maioria, senão todas, sempre tem uma base, onde se sabe o significado de algumas palavras e então através da contextualização se decifra o restante.

“Eu tenho uma ideia..., contudo, bom, não tenho certeza se vai dar certo. ” – Le Chang.

“Oh! E o que seria?...” Perguntou Fun Mei com um olhar de grande curiosidade.

“Bom, posso tentar falar com o Ser Dourado...” Le Chang falou dando de ombros.

“Ser Dourado?...” Fun Mei ficou sem entender.

Le Chang explicou para ela em rápidas palavras e então continuou explicando, deixando Fun Mei com o queixo caído por tal revelação bombástica, afinal, dar Centelhas Divinas de forma tão simples? Surreal!

“Você acha que ele saberia?...” – Seiryuu.

“Para quem é capaz de dar Centelhas Divinas com tal facilidade, não acho que será algo tão complexo falar o que significam tais palavras...” – Le Chang.

“Porém, e o preço?... Ele não vai dar de mão beijada, todas as vezes que recebemos algo, tivemos algo muito grande por trás de tudo, a maioria foi regada de caos, destruição e nossas vidas estavam em perigo...” Wuhan Xie dizia se referindo ao fato de que Le Chang ganhou as suas Centelhas após quase ter perdido sua vida junto de Chi Ziyun para salvar suas esposas em outro Planeta e o mesmo para elas, que receberam quando enfrentaram exércitos imensos.

 

“É, isso é um mistério, mas descobrirei assim que tentar... Enquanto isso, continuem vasculhando as memórias de Xiong Lin, quem sabe tem algo que deixamos passar. ” – Le Chang.




O site Central de Mangás é gratuito e sempre será!

Para colaborar com a existencia do site, por favor,
desative o bloqueador de anúncios.