Ascensão de um Deus

591 - Perdas

A batalha alongou-se por horas e no fim as perdas de vidas estagnaram em seiscentas, com mais duzentos feridos gravemente.

Outros quatrocentos tinham ferimentos, mas nada que pusesse suas vidas em risco.

No fim, apenas oitocentos saíram relativamente ilesos.

Então, após toda a comoção, alguns grupos foram destacados para pegar as Joias da Alma que acabaram ficando pelo chão.

“Certo... temos noventa mil joias de mana, os quais serão divididos conforme a colaboração de cada um na batalha. Para os mortos, suas famílias receberão o dinheiro ou se preferirem ficarão com a joia de mana. ” Sharia Lumaer falou em alta voz para todos ali presentes.

Ela tinha seu braço esquerdo enfaixado e pendurado em seu ombro por uma faixa.

Por lutar na linha de frente, ela tinha alguns outros ferimentos, como cortes e arroxeados por sua pele, mas somente o seu braço era um problema.

“Começando pelo grupo Dragões ao Vento, do Líder Le Chang, cada um de seu grupo receberá duas mil e quinhentas jóias de mana, totalizando trinta e nove mil ao total! ” Sharia Lumaer sorriu na direção deles e então jogou um saco de armazenamento mágico, que continha todos os itens.

“Os Exploradores Celestiais vão receber oitocentas Jóias de Mana cada um, totalizando...” Ela continuou distribuindo e não demorou mais que alguns minutos para terminar esta tarefa.

No fim, vários ficaram surpresos pelos prêmios dos Dragões ao Vento, mas após Sharia Lumaer falar a razão, todos calaram-se.

“Lutando nas linhas de frente, como Magos, eles derrotaram metade das Bestas Demoníacas, o Plano foi criado por eles, toda a estratégia foi coordenada do QG por eles, as vidas de centenas foram salvas por eles... Sendo assim, nada mais justo. ” A voz dela era ditatorial, como se estivesse indignada pela avareza dos ali presentes.

Apesar de muitos não perceberem, ela e alguns outros mais experientes perceberam que se não fosse pelos Dragões ao Vento, todos ali teriam morrido.

Dessa forma, Sharia Lumaer anunciou para todos.

“Estou cedendo meu lugar como Líder da Incursão para Min Jia, do Grupo Dragões ao Vento. Ela irá coordenar todos a partir de agora, suas ordens são absolutas! ” As palavras da Meia Elfa deixaram Min Jia surpresa, ela realmente não esperava por isso.

Um pouco surpresa, Min Jia subiu no palco.

Alguns olhares com diferentes sentimentos foram jogados em sua direção, mas quando alguns tiveram a primeira pontada de desprezo.

Uma presença imensa disparou de seu corpo.

Ela não precisa de seu cultivo, toda a sua Aura deixava claro que ela era alguém excepcional.

Seus olhos escanearam cada ser vivo ali presente e era como se ao olharem para o céu, todos vissem um par de olhos cinzas encarando suas Almas, como se os julgasse e dissesse: Obedeçam!

No mesmo instante, todos os murmúrios terminaram.

“Certo, atualmente nossa força foi reduzia de forma colossal, então iremos primeiramente organizar novamente a Incursão. Ficaremos alguns dias até que todos os sobreviventes estejam aptos para o mínimo de combate e movimentação, bem como faremos caixões para os corpos daqueles que tiveram suas vidas ceifadas. Enquanto a equipe médica resolve a primeira demanda, o Suporte de Armas cuidará da segunda. Também quero uma reunião com os principais líderes de Grupos, para que possamos coordenar nossos próximos passos, bem como discutir a situação atual em que estamos! ” A voz de Min Jia era perfeita, sua sonoridade era como se todos estivessem ouvindo o som da própria sabedoria cantando em seus ouvidos.

Min Jia apesar de sua aparência jovial e sua pouca idade em comparação a muitos ali presentes, ainda estava milênios à frente de todos em questão de conhecimento e sabedoria.

Dessa forma, rapidamente todos começaram a pôr em prática as ordens da jovem.

Caixões foram feitos rapidamente com Magia e cirurgias começaram a serem feitas para tentar religar membros perdidos e hemorragias que ocorriam a todos instante.

Muitos estavam imersos em dor e agonia, sendo necessário que fossem colocados em coma induzido.

Enquanto isso, dentro de uma tenda, Sharia Lumaer, alguns representantes de seu grupo e mais outros dez líderes, se fizeram presentes.

“Certo, com todos aqui, vamos começar...” – Min Jia.

Ela entregou pergaminhos com várias informações, contendo toda a situação atual, desde suprimentos restantes, força de combate.

Min Jia havia quantizado tudo que eles haviam perdido e que ainda tinham em suas mãos.

“Nossa força foi reduzida de força significativa...” Murmurou Sharia Lumaer olhando uma folha a sua frente, seu rosto estava cansado e com um certo ar de derrota.

“Realmente... cerca de sessenta por cento de nossos recursos iniciais se perdeu... Desde alimentos, água e abrigo...” Quem disse era um anão, barbudo e de meia idade.

Ele era responsável pelo Suporte de Armamento, capaz de fazer reparos e afins, bem como ele liderou a equipe que fez os caixões e reparou todas as armas em tempo recorde.

“Mas nós tivemos várias mortes, será que isto não compensa?...” Quem falou foi uma outra mulher, ela tinha um olhar frio e calculista, mas apesar disto, suas palavras não foram errôneas, ela tinha razão.

A perda de suprimentos era grande, mas morreram muitos.

“Sim, compensaria se não tivéssemos tantos feridos e obviamente não podemos deixar eles a esmo, mesmo que poupássemos recursos, nossa força de combate ainda é mais importante...” Quem falou agora era um outro homem, ele era corpulento e seus olhos pareciam gritar que seu corpo tinha uma defesa incrível.

Ele era o líder um grupo de Especialistas em Defesa, capazes de segurar ataques pesados com seus próprios corpos.

“Realmente... A situação parece complicada...” Murmuraram todos os presentes.

“Bom, apesar disto, não é como se não houvesse uma solução... Podemos usar sementes que trouxemos e as plantar. A equipe de Suporte de Armamento pode criar carroças que serão usadas tanto para levar terra para o plantio, com um andar extra para transportar os feridos gravemente. Podemos usar Magia da Natureza para acelerar o processo de amadurecimento das plantas. O ideal seria plantarmos batatas e outros alimentos com alto teor calórico. Além disso, podemos criar cúpulas de vidro e criar um ambiente com ar límpido sobre a carroça para os feridos, como se fossem micro ambientes controlados...” – Min Jia.

O grupo claramente estava surpreso, ela realmente tinha uma solução.

“Também usaremos técnicas para criar Carroças Automáticas, assim não será preciso muitas pessoas para as locomoverem, apenas um guia. Claro, para isto ficaremos alguns dias parados e isto pode ser perigoso, afinal, não sabemos quando haverá o próximo combate. Sendo assim, os Magos da Terra, Água e Vento, farão uma grande caverna, cavando diretamente o solo sob nós, a terra será usada nas carroças para os plantios e a caverna será dividida em vários compartimentos, desde posto médico a pesquisa e afins.... Nosso plano é de ficarmos, pelo menos, três meses fazendo todos os preparativos, tanto para solucionar nossos problemas atuais como também prepararmos equipamentos e estratégias para combates futuros! ” – Min Jia.

O queixo de todos os líderes da Incursão estava caído, estando em total perplexidade pela desenvoltura e conhecimento da jovem.

Não apenas isso, ela era a única de seu grupo da reunião, os outros estavam todos já pondo em prática suas ideias e ajudando nas diversas tarefas, mostrando a total confiança que havia dentro dos Dragões ao Vento.

Sem dúvida alguma, a decisão de Sharia Lumaer foi totalmente correta.




O site Central de Mangás é gratuito e sempre será!

Para colaborar com a existencia do site, por favor,
desative o bloqueador de anúncios.