Ascensão de um Deus

565 - Você é Divertido

Le Chang aproximou-se lentamente do Castelo, observando os arredores e ficou surpreso com tudo, nada havia mudado.

Ele ficou próximo dos limites da construção, mas nada o puxava como antes, sendo assim, ele precisou enviar ondas de sua presença para todos os lugares, anunciando que ele havia chegado.

Era como se ele batesse a porta do castelo pedindo para entrar.

Não demorou muito e um grande pilar de energia caiu sobre ele e o arrastou para dentro.

“Oh! Você está aqui de novo?...” - Jianhong Zhen.

Le Chang sorriu afirmativamente.

“Desculpe, eu demorei um pouco, mas vim resgatar todos...” – Le Chang.

“Sinceramente... Você é divertido...” - Jianhong Zhen.

“Porque?...” – Le Chang.

“Sério? Ainda pergunta?... Você destruiu em meses o teste que eu criei para durar décadas... Seu poder, suas heranças, seu potencial... Até agora ainda me pergunto se você realmente é meramente humano...” - Jianhong Zhen.

“Humano?... Hm, eu acredito que seja humano, mas não como todos, ou melhor, eu sou único...” Le Chang sorriu e levou seu dedo indicador para o centro de seu peito, sobre seu coração.

Ali apareceu um círculo mágico, esculpido em seu peito com várias misturas de ingredientes raros.

Quando ele tocou, uma onda de poder e presença explodiram de seu corpo.

A consciência de Jianhong Zhen tremulou e se não usasse parte do poder acumulado da formação para se manter estável, ele teria sido varrido como pó.

Ele olhou para Le Chang e seus olhos se encheram de espanto, afinal, a frente dele, chamas douradas cobriam o corpo do jovem.

Das chamas era possível ver vários Dragões Dourados.

Além disso, sendo Jianhong Zhen alguém capaz de transitar entre o material e o espiritual, ele podia ver claramente quem era Le Chang de verdade, já que o Mundo Espiritual revela o Verdadeiro Ser.

Enquanto no mundo material Le Chang parecia um jovem comum, olhos cor de mel, cabelos negros, corpo esguio e pele branca, no outro lado era bem diferente.

No Mundo Espiritual seus olhos eram completamente dourados, uma coroa jazia em sua cabeça, com sete lugares e três ocupados.

Enrolados ao redor de seu corpo haviam dois Dragões, um negro e outro branco.

Sobre sua cabeça, sentada em posição de lótus, havia uma miniatura de Xiong Lin.

Atrás dele havia um imenso trono dourado e parecia haver alguém sentado sobre ele, mas o brilho era ofuscante demais para ser capaz de o verem.

“Eu acredito que seja um novo tipo de humano... Nem mesmo meus filhos ou minhas esposas são como eu...” Le Chang novamente tocou em seu peito e tudo foi novamente selado.

Ele tinha esse método de prevenção para se proteger de inimigos ocultos, esta era a maior falha dos principiantes que querem de disfarçar.

Muitos apenas ocultam suas faces com pinturas e pequenas formações ilusórias, mas se alguém contratar um verdadeiro caçador, se não fizer nada com sua aparência espiritual, você é como fogueira acesa na escuridão.

“Entendo...” Jianhong Zhen riu e suspirou.

“Oh! Tem algumas pessoas para lhe apresentar...” Le Chang estalou os dedos e três seres apareceram à frente de Jianhong Zhen, o que fez ele saltar para trás apavorado.

A frente dele havia uma linda Elfa, olhos e cabelos com todas as cores possíveis, pele branca, lábios finos e um corpo levemente voluptuoso que a deixavam com uma beleza divina.

Outro era um jovem de cabelos, pele e olhos brancos e entre ambos havia um de pele morena, olhos negros e cabelos de mesma cor.

“Estes são Gao Yao e Seiryuu, você já os conhecia... Essa é Xiong Lin, ela é a primeira detentora da Centelha Divina da Vida...” – Le Chang.

Jianhong Zhen olhava para os três seres e depois para Le Chang e então voltava a alternar e ele ficou com esse olhar bobo por algumas dezenas de segundos.

“D... Deuses... D... Deuses...” Disse ele apontando e sua mão tremendo.

Le Chang riu e os três lhe acompanharam.

..........................................................................................................

Há alguns dias atrás, quando Le Chang finalmente retornou.

Dentro de sua dimensão espiritual, após ser revivido pela criadora e a Energia Dourada, Le Chang se viu sentado ao redor de uma mesa.

Com ele estavam Xiong Lin, Seiryuu e Gao Yao.

“Eu fico feliz que tenha voltado...” Xiong Lin olhou para Le Chang com um olhar cheio de ternura, amor e admiração, como uma menininha olhando para seu heroico pai.

“Boa, garoto! Eu sabia que você conseguiria...” Seiryuu disse rindo animadamente.

Gao Yao olhava para Le Chang em silêncio, mas em seus olhos, onde outrora haviam trevas, agora jazia um sentimento profundo de felicidade e carinho para com Le Chang.

“É bom estar de volta... Obrigado, por tudo...” – Le Chang.

Nesse momento, Le Chang havia dividido sua consciência entre o ser que ficava no Trono Dourado flutuando no espaço fora do planeta, a parte que resgatou Shao Yang, uma no mundo material e outra estava com ele em sua Dimensão Espiritual.

Ele não poderia ficar sem falar com seus amigos de longa data, afinal, os quatro pensaram que anteriormente eram seus momentos finais como um grupo.

“Parece que eu vou ter mais tempo por aqui... Quero aproveitar com vocês... Além disso, aproveitando, tenho algo para os três...” Le Chang sorriu e então três sacos dourados adentraram na Dimensão Espiritual de Le Chang, advindos de seu anel, ou melhor, do anel que ele conseguiu de Jianhong Zhen.

“Agora que eu estou no Dao do Eterno Santo, posso acessar outro compartimento, peguem...” Le Chang moveu sua mão e cada um dos saquinhos flutuou até a frente de um dos três.

“Todos têm alguns itens interessantes, com isso a força de vocês aumentará... E se tornarão meu trunfo escondido...” Le Chang sorriu.

Na realidade, ao atingir o Dao do Eterno Santo, Le Chang teve acesso a suas primeiras Armas Supremas.

Gao Yao recebeu um imenso machado, de seis metros, feito de Metal Draconiano, Ossos de Fera Mágica no Dao do Poder, Sangue de Fera Mágica no Dao da Eternidade e a Fruta da Sede Escarlate.

Esse machado era chamado de A Perdição Escarlate, devido a sua cor que lembrava o sangue dos inimigos.

Seiryuu recebeu uma Katana, de dois metros, feita de Metal Draconiano, Ossos de uma Fera Mágica no Dao das Leis, Sangue de Fera Mágica no Dao da Eternidade e uma flor de Nível Celestial.

Ela era chamada de Corte Estelar, afinal, seus materiais foram escolhidos a dedo, dando dureza, mas flexibilidade, peso, mas sem perda de agilidade.

Já Xiong Lin recebeu um Cajado, no topo havia uma jóia, esculpida com perfeição, metade dela era feita de Cristal Mágico e a outra de Núcleo de Qi, afinal, não eram apenas seres humanos que caçavam as outras espécies atrás de seus corpos.

 

Apesar de humanos não poderem usar Núcleos de Qi para o cultivo, afinal isto os destruiria e os tornaria em demônios de forma dolorosa e mortal, eles ainda podiam ser usados como ferramentas e afins.




O site Central de Mangás é gratuito e sempre será!

Para colaborar com a existencia do site, por favor,
desative o bloqueador de anúncios.