Ascensão de um Deus

506 - Onde o Mal Reside

Algumas horas de reunião e finalmente todos foram embora.

 

Lu Na estava sozinha, sentada em uma sala espaçosa, em sua mão havia uma xícara de chá o qual ela tomava em pequenos goles levantando levemente o véu em sua face.

 

O barulho de batidas a porta chamou sua atenção e a retirou de seus devaneios.

 

“Entre...” – Lu Na.

 

“Com licença...” A porta abriu-se revelando uma outra mulher, com longos cabelos azuis, orelhas levemente pontiagudas, olhos azuis escuros e corpo esguio.

 

Ela vestia um manto branco com o brasão de Seita da Primavera Eterna em seu ombro direito.

 

“Oh! ... Nang Ni... Como está?” Disse Luna ao levantar-se e ir saudar a jovem que adentrava, afinal, esta era sua melhor amiga de infância.

 

A garota foi até Lu Na e a abraçou, após alguns instantes se desvencilharam e sentarem em sofás opostos.

 

“Então, como foi a reunião com Kar Zan e Reo Song?” – Nang Ni.

 

“Não sei... Kar Zan obviamente esconde algo, eu já imaginava que ele tentaria algo do tipo, ele foi o que mais perdeu no último ataque, não acredito que ele ficaria parado sem tentar sua sorte... Ainda mais com a incerteza sobre a atual situação da Galáxia Escorpião...” – Lu Na.

 

“Realmente... O Império Kar nunca foi famoso por imperadores pacientes...” Nang Ni disse rindo levemente.

 

Lu Na acompanhou ela em uma risada, o que faria Reinos se destruírem por tal beleza.

 

“Bom, a situação é complicada...” – Lu Na.

 

“E a Galáxia Escorpião? ... Informações sobre ela?” – Nang Ni.

 

“Apenas o de sempre, desde aquela época, nunca mais foi possível ver qualquer Supremo Santo pelo local... A morte de três deles parece que foi um duro golpe, mas não sei... Eu tenho a sensação de que é como olhar para uma casca de fragilidade e por baixo ser outra coisa...” – Lu Na.

 

“Antes da guerra, não se tinha notícia de algum Supremo Santo por lá?” – Nang Ni.

 

“Bom, cerca de cem anos antes de nossa invasão, haviam cinco cultivadores no Dao do Supremo Santo, sendo eles os líderes das Organizações Intergalácticas do local, mas sem mais nem menos, um a um começou a sair, dois disseram que levariam para longe seus Clãs, outros saíram em jornadas e assim por diante... Então, ao vermos a falta dessas pessoas, nós vimos uma oportunidade de atacar, mas assim que fizemos este movimento, novamente Cultivadores no Dao do Supremo santo apareceram...” – Lu Na.

 

“Então eles retornaram?” – Nang Ni.

 

“É ai que está o problema... Após a batalha, boatos de que aqueles cinco foram contratados pelos representantes ao queimar metade dos tesouros das Organizações veio à tona, nós investigamos a fundo, mas todos os espiões nos disseram a mesma coisa, nenhum cultivador no Dao do Supremo Santo era visto por lá...” – Lu Na.

 

“Você acredita que possa haver uma manipulação nas informações? Mas se for verdade, não significaria que Kar Zan ou Reo Song estão traindo nossa galáxia?” – Nang Ni.

 

Lu Na suspirou e olhou em direção ao teto, no fim, o caminho marcial para os poderosos era mais baseado em intrigas, política e status do que força de combate, fazia milhares de anos que ela havia tido sua última batalha realmente interessante, o resto foi manipulação nos bastidores do palco que esta galáxia representava.

 

.......................................................................................................

 

Enquanto isso, Le Chang, entrou pelos portões da Cidade, guardados por imensos gigantes com clavas ao lado de seus corpos e armaduras pesadas de puro aço cobrindo seus corpos.

 

Eles eram, cultivadores no Dao da Purificação, mas o poder de batalha deles era desconhecido.

 

De qualquer forma, ele não viu problemas em passar, tomando o caminho pela rua principal, a qual dava diretamente em um grande mercado a céu aberto.

 

De ambos os lados haviam barracas, vendendo diversos itens, desde partes de seres vivos, como humanos, elfos, Feras Mágicas e até mesmo Demônios eram vendidos no local.

 

Le Chang olhava aos arredores e se deparou com dezenas de pessoas acorrentadas a postes de ferro cravados no chão, ao redor do pescoço de cada um, havia uma placa com o preço de compra do escravo.

 

‘Um escravo humano tem um preço realmente baixo... Não valem mais do que Dez Moedas de Ouro Demoníaco...’ Murmurou Le Chang em seus pensamentos.

 

Os valores referentes as moedas era idêntico ao novo sistema monetário que foi criado no Planeta Plumas ao Vento.

 

A diferença era o brasão cunhado na moeda que levava o símbolo do Deus Demônio, bem como uma grande quantidade de Qi Demoníaco, variando com a pureza da Energia Yin quanto mais valioso o material da moeda.

 

‘Elfos...vinte moedas de ouro... Elfas cinquenta...’

 

‘Filhotes de Ursos da Guerra, por oitenta moedas de ouro...’

 

Os preços variavam conforme a função e a qualidade do escravo.

 

Realmente o local fazia jus ao título de mercado negro.

 

Le Chang estava aqui em busca dos Dois Olhos de Um Lobo Diabólico e das Cinco Pétalas da Rosa do Ódio.

 

Sua melhor chance eram as casas de leilão, ou informações de onde conseguir.

 

Dessa forma, ele não demorou-se e foi rapidamente até o local onde teria maiores informações.

 

O local era espaçoso e havia uma mulher, com uma aparência demoníaca e uma sensação sanguinária em seus olhos.

 

“Com licença, eu gostaria de informações...” Disse Le Chang sem revelar sua face, ainda oculta pelo capuz negro.

 

A mulher não deu bola para a aparência do garoto, era normal as pessoas não desejarem terem suas feições descobertas, mas a educação dele a deixou surpresa.

 

“É sua primeira vez aqui? ... Boa sorte para não ser morto…” Disse ela sem dar bola para a pergunta dele.

 

Todavia, no instante seguinte, uma Aura Yin levemente se desprendeu do corpo de Le Chang e o Qi Demoníaco Podre do local foi expelido devido a pureza perfeita da Energia Yin que emanava do corpo do jovem.

 

“Não confunda minha educação com fraqueza, eu poderia varrer toda essa cidade...” A voz de Le Chang foi realmente poderosa.

 

A mulher tremia, mas o som de uma risada irrompeu pelo recinto.

 

“Hahahahahahaha! Olhe o que temos aqui!!” Disse um homem de pele vermelha, ele era um dos homens que levava o comboio de escravos, ele estava na frente e tinha uma sede de sangue que o acompanhava a cada passo.

 

“Eu ouvi que você poderia toda essa cidade? ... Hahahaha! Venha, me mostre o que você é capaz...” O Demônio trouxe seu punho diretamente na cabeça de Le Chang e a mulher se alarmou, não por medo de que a pessoa de capuz morresse, mas porque claramente ela sabia o que aconteceria a seguir, mas ela não foi rápida o suficiente.

 

O punho chegou na cabeça de Le Chang e um som abafado foi ouvido como um tapa, deixando todos pasmos ao ver um simples dedo segurando todo o impacto do soco dado pelo Demônio.

 

“Fique calado no seu lugar, lixo...” Le Chang disparou um fio de Energia Yin que atravessou toda a extensão do braço do seu oponente, de tal forma que um buraco do tamanho de um dedo foi visto no topo de seu ombro e até o teto ficou com um furo.

 

O homem caiu no chão, segurando seu braço e entendeu que seus ossos foram transformados em gravetos ocos.

 

Ao constatar tal situação, o homem rapidamente disparou do local, fugindo de Le Chang.

 

“Então, eu preciso de um mapa da área, informações sobre a fauna e flora do planeta, onde eu posso conseguir isso?” Disse Le Chang sem a menor variação no seu tom de voz.

 

 

Ele obviamente sabia que se ele mantivesse sua educação em um lugar como esse, ele seria taxado como idiota, ele estava no Reino dos Demônios, o Reino Asura, o lugar onde o mal reside, aqui não tem lugar para palavras bonitas, apenas poder bruto.


 Aviso Importante!

 

 

Bom, sendo direto, vou ficar um tempo sem postar Ascensão, talvez uma semana, mas se preparem para umas duas.

Como todos sabem, eu faço Engenharia Elétrica, e atualmente eu faço parte de um Grupo de Pesquisa, nosso papel é Projetar equipamentos para o Centro de Reabilitação da Universidade e para à APAE da cidade. Nós somos uma equipe, tem gente da fisioterapia, engenharia mecânica, design, ciência da computação e Engenharia Elétrica. O Grupo de Pesquisa, tem alguns projetos grandes pela frente e como eu sou o único do projeto que é da Engenharia Elétrica, preciso fazer toda a parte elétrica, sozinho (o que é divertido, sério é muito massa). De qualquer forma, por causa disso, necessito me focar no projeto por alguns dias.

Eu preciso projetar um sistema de proteção para um circuito bem sensível e também a parte elétrica de um guindaste adaptado para movimentar crianças com alto grau de deficiência física e mental. Fora uns 3 ou 4 projetos menores, como controle automático de luzes, também preciso escrever um Artigo Científico que será exposto em um evento da universidade, relatórios... 

Também estou quase me formando, não posso rodar, ou atrasaria minha formatura, tenho trabalhos para entregar das matérias que estou cursando, enfim, estou muito ocupado e eu preciso priorizar minha graduação, né?

Um grande abraço e até logo! 

Att;

Calebe Piccoli Camargo.




O site Central de Mangás é gratuito e sempre será!

Para colaborar com a existencia do site, por favor,
desative o bloqueador de anúncios.