Ascensão de um Deus

463 - Onze Tronos

O Dao da Santa Rainha era um patamar de poder completamente novo.

 

De certa forma, apenas ao pisar neste Dao que o cultivador poderia ser considerado não mais um mero mortal, mas alguém que trilhava o caminho para a eternidade.

 

A ideia era simples, mesclar Qi em cada tecido de seus corpos, modificando partes do DNA.

 

Cada um faria da forma que lhe convinha, normalmente as pessoas usariam o tipo de Qi que mais tinham controle.

 

Todavia, para Chi Ziyun, ela tinha duas opções.

 

Usar o Qi Madeira e a que ela escolheu, a Energia da Vida.

 

Sendo assim, o primeiro Trono do Dao da Santa Rainha se referia a modificar o Sistema Esquelético, mesclando ao DNA das células, algumas partes feitas de pura Energia.

 

Para isso, ela fez como Le Chang quando fez a cirurgia da jovem menina.

 

Basicamente, ela retirou um pedaço do osso de sua perna, crânio, braço, coluna e demais ossos do corpo.

 

Claro, era algo muito pequeno, não mais do que algumas células, do contrário ela prejudicaria a si mesma.

 

Então, ao pegar este punhado de células, focou todo o seu Sentido Divino, na tentativa de perceber as coisas a nível molecular.

 

Este era um passo importante.

 

Após conseguir identificar e isolar o DNA de suas células ósseas, Chi Ziyun condensou uma fina lâmina de Energia da Vida.

 

Ela era tão fina que poderia cortar as bases nitrogenadas do DNA.

 

Basicamente, existem Quatro Bases no DNA, já no RNA uma delas é substituída, sendo assim, existiam ao total cinco tipos.

 

Para fazer isto funcionar, ela deveria alterar ambos, o RNA e o DNA.

 

A ideia era simples, colocar em cada Base, sendo elas, Adenina, Timina, Citosina, Guanina e Uracila, uma Partícula Energética da Energia da Vida.

 

Cada uma dessas bases era formada por átomos de carbono, oxigênio, hidrogênio e nitrogênio.

 

Então, para funcionar, as mudanças deveriam acontecer onde ocorriam as ligações entre as bases, para formar a Dupla-Hélice do DNA, bem como a fita do RNA.

 

O processo era de extrema complexidade, o que explicava a razão de que apenas um a cada bilhão de seres no Dao Santo atingia o Dao do Santo Rei.

 

Era preciso não só poder, mas conhecimento, paciência, foco e controle.

 

Não era algo simples.

 

O Dao do Santo Rei era a primeira vez que uma mudança significativa acontecia no corpo do cultivador.

 

Sendo assim, Chi Ziyun estava em sua concentração máxima.

 

E após fazer as alterações, ela levou as células ósseas para os seus respectivos lugares, controlando o crescimento delas e os efeitos que teriam nas demais células ao redor.

 

A ideia central do Dao do Santo Rei era elevar o corpo do cultivador a outro patamar.

 

Ele era dividido em Onze Reinados, representados por Onze Tronos.

 

Cada Trono se referia a um Sistema do Corpo do Cultivador.

 

Sendo eles o Sistema Esquelético, Sistema Respiratório, Sistema Muscular, Sistema Digestivo, Sistema Endócrino, Sistema Linfático, Sistema Circulatório, Sistema Excretor, Sistema Urinário, Sistema Reprodutor e Sistema Nervoso.

 

A sequência de cada Grau, ou seja, do 1º ao 11º Grau do Dao do Santo Rei, seguia a ordem acima.

 

Primeiramente deveria ocorrer o aprimoramento do Sistema Esquelético, que como o próprio nome já diz, é composto pelos ossos do corpo.

 

Ele é responsável por garantir a proteção, a sustentação e a locomoção do corpo, além de produzir células sanguíneas, acumular as células de gordura e realizar o armazenamento de sais minerais, íons e minerais.

 

Sendo assim, ao unir Partículas Energéticas ao DNA das células que o compõem, você estaria tornando tudo mais poderoso e resistente.

 

Um grande diferencial estava na recuperação de danos ao tecido, afinal, aqueles no Dao Santo e abaixo ao usarem Pílulas para acelerar a cura apenas estimulavam a recuperação própria do corpo, mas ao ter Qi no seu DNA, você poderia recuperar-se apenas absorvendo o Qi que foi integrado ao seu DNA.

 

É por esta razão que todas as Bases Nitrogenadas, tanto do DNA como do RNA deveriam sofrer alterações.

 

Dessa forma, sempre que o corpo absorvia Qi, ele poderia ser canalizado para o tecido e estimular a cura de forma muito mais rápida e simples.

 

De qualquer forma, quando se referia ao Sistema Esquelético a ideia era aumentar resistência, mas sem retirar uma certa maleabilidade.

 

Dessa forma, o corpo do cultivador teria um grande salto.

 

O 2º Grau, ou o Segundo Trono, se referia ao Sistema Respiratório.

 

Ele é formado principalmente pelo nariz, os pulmões, a laringe, a faringe, a traqueia e o diafragma, os quais são responsáveis pelo processo de respiração das células.

 

Este processo é de extrema importância, sem dúvida alguma.

 

Apesar de cultivadores poderem utilizar o Qi como fonte de energia e nutrientes para suas células, até o Dao do Santo Rei isto tem um limite de tempo.

 

Mesmo aqueles no Dao Lendário e Dao Santo não poderiam passar mais do que alguns séculos apenas sobrevivendo através do Qi, afinal depois de um tempo, o corpo começaria a rejeitar, pois é algo que o corpo não foi naturalmente criado para consumir.

 

Todavia, ao aprimorar as células do Sistema Respiratório era possível mudar isto, claro, ainda havia um limite, mas já atingia alguns milhares de anos.

 

Além disso, melhoraria a eficiência da oxigenação e até da absorção de Qi em várias vezes.

 

Já que ao transformar o Sistema Respiratório você poderia usar a própria respiração para absorver Qi, o que ajudava muito em Daos elevados onde a necessidade de Qi para cada rompimento de Grau era imenso.

 

O 3º Grau, ou Terceiro Trono, se referia ao Sistema Muscular, responsável por garantir a movimentação e contração, ajudar no fluxo sanguíneo e a manter a temperatura corporal.

 

Sendo assim, ao transformar ele, imbuindo Qi às células do tecido, você poderia conquistar um controle muito maior sobre sua movimentação.

 

Era um Sistema com grande foco para aqueles que trilhavam o Dao da Espada.

 

Afinal, poder controlar com perfeição cada músculo de seu corpo era um trunfo imenso, já que em batalhas de igual poder, o que contava era quem possuía a melhor técnica e habilidade com a espada.

 

Além disso, você poderia ter um controle superior sobre o sangue em seu corpo, podendo enviar mais nutrientes para as células e músculos que estavam sendo usados, era realmente incrível e era um dos motivos da força daqueles no Dao do Santo Rei e acima ser tão imensa.

 

Já o referente ao 4º Grau, ou Quarto Trono, era o Sistema Digestivo, formado pelo tubo digestório composto pela boca, esôfago, faringe, estômago, intestino grosso e intestino delgado. É responsável pela ingestão, digestão, absorção e evacuação dos alimentos.

 

Dessa forma, ao aprimorar esse Sistema do Corpo, o cultivador poderia aumentar significativamente a eficiência com a qual o corpo absorvia as medicinas das pílulas, ou elixires com suas diversas funções.

 

Mesmo o melhor corpo no Dao do Santo e abaixo deixaria serem lançados fora propriedades poderosas das Pílulas, por esta razão que a maioria das Pílulas focada em limpeza não tinham um efeito 100% e era preciso usar materiais caros e raros para compensar a deficiência do próprio corpo do cultivador.

 

Também havia a questão dos alimentos, já que por melhor que o corpo dos seres vivos fosse, ele ainda tinha problemas e lacunas.

 

Um cultivador no Dao do Santo Rei conseguiria retirar 100% dos nutrientes, vitaminas, fibras e afins dos alimentos ingeridos, dessa forma, apenas o que realmente era útil para o corpo seria mantido.

 

O Sistema referente ao 5º Grau, ou o Quinto Trono, era o Sistema Endócrino.

 

Ele é composto por várias glândulas e órgãos do corpo e ajuda na produção de hormônios que afetam as funções do organismo e interage com o sistema nervoso.

 

Ele era um Sistema importante para a regulação das funções físicas, mas uma de muita importância era a mente do cultivador.

 

Um aprimoramento no Sistema Endócrino auxiliaria as Pílulas focadas na mente, as quais tinham como papel principal regular os Hormônios no corpo do cultivador, espantando demônios internos e preocupações mundanas.

 

O 6º Grau, ou Sexto Trono, era o Sistema Linfático.

 

Ele é formado pelos vasos linfáticos, a linfa e órgãos como o baço, os linfonodos, o timo e as tonsilas palatinas. Esse sistema trabalha na produção de células de imunidade, removem os fluidos produzidos pelos tecidos corporais e realizam a absorção dos ácidos graxos, afim de levá-los para o sistema circulatório.

 

Basicamente é um Sistema voltado para a defesa do corpo a nível celular.

 

Enquanto o Esqueleto protege o cultivador de impactos e danos a nível macro, o Sistema Linfático atua na proteção de nível viral ou bacteriano.

 

Por exemplo, um veneno, uma doença demoníaca e afins, é o Sistema Linfático que agiria, em conjunto com os demais, para promover a recuperação do corpo.

 

Sendo assim, aprimorar este Sistema traria melhorias profundas na resistência a venenos e afins.

 

Já o 7º Grau, ou Sétimo Trono, é o Sistema Circulatório, o qual é formado pelo coração, o sangue e os vasos capilares que são responsáveis por levar o oxigênio e os nutrientes para o corpo.

 

Sua função primária é levar os materiais necessários para o funcionamento e manutenção das células dos diversos tecidos.

 

É através dele que as células defensivas se movem pelo corpo em busca de venenos, vírus e bactérias, é por ele que o oxigênio, vitaminas e outros nutrientes são levados até as células, mantendo elas a pleno vigor.

 

Dessa forma, quando aprimorados através do Qi ou Energia no caso de Chi Ziyun, ela poderia melhorar várias vezes a capacidade de bombeamento do sangue pelo coração.

 

Enquanto em um ser humano comum o sangue completa uma volta a cada um minuto por todo o corpo, aqueles no Dao do Santo Rei poderia baixar para vinte segundos.

 

Claro, para isso, era preciso vasos sanguíneos e artérias com grande resistência, bem como as células dos demais tecidos deveriam ter sido aprimoradas para poderem absorver com a mesma velocidade os nutrientes necessários.

 

Em situações de batalha, onde era preciso extrema eficiência do corpo, os cultivadores conseguiam fazer o sangue dar uma volta no corpo todo em cerca de dez segundos e em situações de morte, até mesmo cinco a três segundos eram atingidos.

 

Já o 8º Grau, ou Oitavo Trono, era referente ao Sistema Urinário.

 

Ele é formado pelos rins, ureteres, pelves renais, bexiga e vias uriníferas. A função do sistema é filtrar as substâncias mais importantes para o organismo e fazer o equilíbrio do volume de água.

 

Sendo assim, ele também é de grande ajuda no combate a doenças, sejam elas, virais ou bacterianas.

 

Além disso, ao aprimorar os Rins era possível filtrar até mesmo venenos ou Energias perigosas pelo corpo.

 

Por exemplo, quando a pequena Guan Bo, a qual Le Chang salvou ao fazer uma cirurgia de extrema complexidade, estava sendo bombardeada por uma Aura Demoníaca que lentamente destruía suas células, se ela pudesse ter seu Sistema Urinário aprimorado com Qi, a situação não seria tão grave.

 

Afinal, muitos dos tecidos foram infectados pela presença de substâncias tóxicas que foram gerados em outros tecidos e se moveram pelo sangue da menina, dessa forma, o Rim poderia ter gerido de forma muito melhor e até mesmo desacelerado em várias vezes a propagação da doença.

 

Enquanto isso, o 9º Grau, ou Nono Trono, era o Sistema Excretor.

 

O sistema excretor tem a função de eliminar os resíduos das reações químicas que ocorrem dentro das células, no processo de metabolismo. Dessa maneira, muitas substâncias que não são aproveitadas no organismo, principalmente as tóxicas, são excretadas do corpo.

 

É importante ressaltar que o sistema excretor é encarregado de muito mais que apenas a eliminação de resíduos. Trata-se do principal responsável pelo controle da composição química do ambiente interno.

 

De certa forma ele se relaciona com o anterior, afinal, os órgãos que o compõem basicamente são os do Sistema Urinário, mas também existem as Glândulas Sudoríparas, que nos fazem suar e até o sistema respiratório participa disto.

 

Basicamente, não adianta o corpo do cultivador ser um poderoso filtro se não tem como se livrar das substâncias filtradas.

 

Esta etapa apenas é um novo trono devido à presença não só do Sistema Urinário, mas de outros, todavia, ao conquistar o Oitavo Trono, o cultivador já teria boa parte de seu Sistema Excretor aprimorado.

 

Já o 10º Grau, ou Décimo Trono, bem como o penúltimo passo do Dao do Santo Rei se relacionava com o Sistema Reprodutor.

 

No homem, é formado pelos testículos, pênis, uretra, canais deferentes, epidídimo, já na mulher, é formado pelo ovário, tubas uterinas, útero, vulva e vagina. A principal função desse sistema é garantir a reprodução da vida humana.

 

Era óbvia sua importância, casais que haviam aprimorado seus corpos com Qi, gerariam filhos com características semelhantes, todavia, era necessário ambos, tanto a mãe como o pai terem atingido tais níveis.

 

A ideia era simples, mas de grande impacto na prole do casal.

 

Algo interessante eram os filhos de Le Chang, que mesmo não tendo pais no Décimo Trono do Dao do Santo Rei, ainda nasceram com corpos bem diferentes e poderosos, porém, isto aconteceu devido as Energias, Heranças e Linhagens de Nível Divino, bem como a Energia Dourada.

 

De qualquer forma, o último Grau, o Décimo Primeiro Trono, era o Sistema Nervoso.

 

O sistema nervoso representa uma rede de comunicações do organismo. É formado por um conjunto de órgãos do corpo humano que possuem a função de captar as mensagens, estímulos do ambiente, "interpretá-los" e "arquivá-los". Consequentemente, ele elabora respostas, as quais podem ser dadas na forma de movimentos, sensações ou constatações.

 

Além disso, ele é a conexão direta com a Dimensão Espiritual, feita através do Nervo Espiritual que conecta o cérebro ao Núcleo de Qi.

 

Sendo assim, aprimorar essa conexão, tornando ela mais rápida, precisa e suave, era de suma importância.

 

Isto era tão importante que a mente de um cultivador no Pico do Dao do Santo Rei era absurda.

 

Considerando humanos comuns tendo um Quociente de Inteligência entre 90 e 110 e pessoas como Le Chang perto dos 300, enquanto Min Jia beirava os 400, alguém no Pico do Dao do Santo Rei chegaria naturalmente aos 600.

 

Claro, Le Chang, Wuhan Xie, Lian Mei, Chi Ziyun, Min Jia e seus filhos, poderiam elevar estes valores com técnicas, mas os números acima se resumem ao estado normal, ou seja, deixava claro quão poderosa era a mente de um cultivador neste nível.

 

 

Então, após terem feito todas estas mudanças, o cultivador poderia tentar chegar ao Dao do Supremo Santo, um patamar de grande poder e respeito, capaz de rasgar Supremos Continentes com as mãos limpas.