Ascensão de um Deus

388 - Deus dos Dragões, Le Chang!

Jianhong Zhen moveu sua mão e Le Chang apareceu fora do Castelo Espiritual do homem.

Assim que chegou ali, ele se deparou com um mar de seres.

Havia milhões e milhões de seres ali, todos Feras Mágicas, porém, não havia nenhuma abaixo do Dao da Purificação, isso quer dizer, que Le Chang tinha diante de si a força de vários Planetas de Classe C, onde nem mesmo Qong Wei poderia bater de frente com eles.

Em frente a este imenso exército, havia um grupo de dez, os mais poderosos, todos no Dao do Santo Rei.

"Quem é você?" Perguntou Xiulan Shu, a Matriarca do Clã Dragão.

Nesse momento, Seiryuu e Gao Yao apareceram em suas Formas Espirituais e a presença deles foi sentida por todos.

"Deuses Dragões!" Foram as palavras que ecoaram na mente de todos os presentes, os quais se curvaram no próprio ar.

"Antepassado! Está Júnior o saúda!" - Xiulan Shu.

"Reis das Feras Mágicas, este júnior o saúda!" Disse Xieren Huo, Patriarca do Clã do Tigre Sagrado.

"Reis… Reis… Reis…" Lentamente, um por um dos dez representantes foram se apresentando.

Já o colossal exército de Feras Mágicas, permanecia em silêncio, apenas ajoelhados e não ousando fazer barulho.

"Se levantem… O tempo que éramos chamados de Reis e Deuses já terminou a muito tempo… Somos apenas resquícios das Antigas Eras…" - Seiryuu.

Xiulan Shu foi a primeira a se levantar, seus olhos então foram até o garoto que estava entre os dois homens.

"Qual seria o nome do Jovem Mestre?" - Xiulan Shu.

"Eu sou Le Chang… Eles são Seiryuu e Gao Yao. Eles são minhas Heranças…" Ao falar isso, o corpo dele deixou vazar uma Aura Draconiana, ela era tão pura e real, que todos se sentiram olhando para os olhos de um Dragão.

A presença era tão poderosa, que inconscientemente todos viram dois Dragões imensos flutuando sobre Le Chang.

"É um prazer conhecer o senhor!" - Xiulan Shu baixou sua cabeça rapidamente e curvou seu corpo para frente.

Ela obviamente sentiu o cultivo de Le Chang e sabia que ele era muito mais fraco do que ela, bem como muitas Feras Mágicas ali tinham a capacidade de derrotá-lo, porém, no corpo de Le Chang estavam dois Deuses Dragões, seres que foram aclamados como os Deuses de suas respectivas raças, Dragões e Demônios.

Le Chang levantou sua mão, sinalizando para eles pararem com o formalismo.

"Eu sou apenas um garoto de vinte e um anos… Não precisam fazer isso…" - Le Chang.

"O Senhor é alguém que possuí a Alma de um Deus Dragão e o Espírito de outro, como poderíamos, nós, descendentes dos Dragões nos dirigirmos para alguém com tamanha leviandade… Por favor, nosso Clã está em completa decadência, por favor, nos leve como seus lacaios… Eu Xiulan Shu juro lealdade absol…" Le Chang ergueu a mão, o que a fez parar de falar.

"… Senhorita Xiulan Shu… E todos vocês escutem…. Eu prometi para o criador desta Dimensão, o Senhor Jianhong Zhen de que levaria todos os que quisessem ir comigo para fora daqui, no entanto, meu poder no momento é pífio e eu precisaria estar, pelo menos, no Dao do Supremo Santo, algo que, no momento, está um pouco longe…" - Le Chang.

"Eu não me importo! Eu já esperei muitos milênios, não me importarei de esperar mais alguns séculos…" Xiulan Shu.

"Séculos?! Hahahaha! Garota, não subestimem esse garoto… Ele provavelmente estará aqui em menos de dez anos…" - Seiryuu.

"Você acha que alguém que possuí a minha Alma, demoraria séculos para chegar ao mísero poder de um Cultivador do Dao do Supremo Santo?…" A presença de Gao Yao era sinistra.

"N… N… N… Não foi isso que eu quis dizer! Por…. Por…. Por favor, desculpem minhas palavras descuidas…" Xiulan Shun parecia realmente preocupada.

Le Chang suspirou.

"Parem de incomodar ela… Parecem duas crianças…" Le Chang disse balançando a cabeça, desaprovando a atitude de Gao Yao e Seiryuu.

"Hmpf!" Resmungou Gao Yao.

"Certo… Certo…" Disse Seiryuu balançando as mãos como se nada daquilo tivesse a ver com ele.

"Bom, fora daqui, existe um local chamado Cordilheira da Ascensão Espiritual, nela reside a Seita Dragão, fundada pelas minhas esposas… Todas elas cultivam as Habilidades de Cultivo de Deuses Dragões… Sendo assim, o mesmo respeito e lealdade que vocês têm comigo, terão com elas… Quem quiser esperar pelo meu retorno, levante sua mão para o céu e faça um Juramento de Lealdade da Raça!" - Le Chang.

Existiam vários juramentos, variando em quão forte eles eram e também quão poderoso era o castigo pela quebra do mesmo.

O Juramento de Lealdade da Raça, fazia você jurar perante o nome de sua espécie inteira, descumprir tal juramento, acarretaria na imediata perda de suas linhagens e memórias sanguíneas.

Você retornaria ao patamar de um Animal Selvagem e ficaria fadado a condição de um mero animal, apenas esperando o momento de sua morte natural.

Porém, isso não ocorria imediatamente, mas sim gradualmente, durante esse tempo, a Fera Mágica ficaria impossibilitada de se mover e poderiam passar dias, meses ou anos até que ela retornasse a sua forma primitiva, o castigo era ver lentamente, sua mente sendo varrida e você se tornando um animal, sem nada poder fazer.

**********************************

"Eu, Xiulan Shu, faço agora o Juramento de Lealdade da Raça!" A primeira a jurar foi Xiulan Shu, assim que ela o fez, um selo apareceu em sua palma direita, o qual ela levou até seu peito, o Selo então foi transferido para sua pele, a qual o absorveu, ele agora estava gravado diretamente no Cristal Mágico dela.

"Eu… Eu… Eu… Eu… Eu…" Milhões de vozes ecoaram por todos os cantos, como os urros do vento revolto.

Assim que milhões de Feras Mágicas fizeram o julgamento, de cada um, saiu uma Pequena Esfera de Essência de Vida, os quais rugiram em direção a Le Chang e foram absorvidos pela sua pele.

Nesse instante, uma grande placa, feita com a Energia Yin Yang, apareceu no pátio do Castelo Espiritual de Le Chang, um local entre o Portão Espiritual e os Degraus da Alma. A distância entre o portão e os degraus era de aproximadamente duas milhas, de uma grama verde impecável, cortando por uma rua de pedras brancas.

Do lado direito, a tal placa se ergueu do solo, e também pelo solo, milhões de esferas de Essência de Vida convergiram para a placa.

Ela brilhava intensamente e crescia rapidamente, em alguns segundos, ela tinha proporções colossais.

Nela, haviam milhões de pontos luminosos, de todas as cores e ao lado deles, havia o nome de cada Fera Mágica a qual pertencia a Essência, bem como a raça dela o selo de seu juramento.

Le Chang estava de olhos fechados, devido a aparição repentina de todas essas Essências sendo absorvidas por ele.

Assim que ele abriu seus olhos, Le Chang ativou seu Modo Desperto e toda a sua aparência se transformou.

Neste momento, não houve nenhuma Fera Mágica no local, seja ela do Exército ou as feras no solo, todas elas se ajoelharam, até aquelas que não possuíam consciência para isso.

"Muito bem… Vocês atualmente são um exército de cinco milhões de Feras Mágicas, três quintos no Dao da Purificação, um quinto no Dao do Esclarecimento, quinhentos mil no Dao Lendário, quatrocentos e noventa mil no Dao do Santo e dez mil no Dao do Santo Rei… Todos aqueles no Dao do Santo Rei, por favor, um passo à frente." - Le Chang.

Ao fim de suas palavras, dez mil seres no Dao do Santo Rei ficaram na frente de Le Chang, como uma linha reta, um ao lado do outro.

"Isso é o meu Sangue… Nele, corre o Sangue dos Deuses Dragões, faz pouco tempo que fui capaz de produzir ele, sendo assim, a quantidade é ínfima, poderei dar apenas uma pequena parte para cada um…" - Le Chang.

Ele criou uma pequena esfera de Energia Primal e fez ela assumir a forma de uma lâmina, a qual ele usou para furar a Artéria Braquial, o furo foi feito logo acima de seu cotovelo e assim que o fez, um fio de sangue jorrou para fora.

Le Chang controlou seu sangue, até que este formou uma esfera flutuando a sua frente, ele então estancou o corte com uma barreira de Qi, mas não demorou mais do que cinco segundos para o sangramento parar e o corpo de Le Chang se recuperar completamente.

"Cada um receberá três microgotas de meu sangue…" Ele então moveu sua mão e a esfera, contento quinhentos mililitros de seu sangue, começou a diminuir conforme as três microgotas voavam para cada um dos presentes.

"A absorvam imediatamente… A partir de hoje, cada um que atingir o Dao do Santo Rei, receberá três microgotas de meu sangue.... Porém, assim que os representantes do seu Clã absorverem meu sangue, eles poderão compartilhar o deles com vocês, não é a mesma coisa, mas ainda será de grande ajuda para todos vocês." Le Chang ia falar mais alguma coisa, mas algo o chamou atenção.

Xiulan Shu rapidamente sentou-se em posição de lótus e seu corpo começou a expelir grandes ondas de poder, sua presença fez toda a Dimensão estremecer e tirando Le Chang, os demais se sentiram insignificantes diante dela.

Então, um pilar de pura Energia disparou de seu corpo, está Energia era a que gerava as Manifestações da passagem dos Daos, conhecida como a Energia da Presença.

Então, um imenso arco azul apareceu sobre a cabeça de Xiulan Shu, ela saiu de sua forma humana, e voltou a sua fora original.

Antes de tomar o sangue de Le Chang, ela não era realmente um Dragão, mas um Meio Dragão, sendo assim suas feições não eram as de um dragão, todavia, agora as coisas mudaram.

O corpo dela era colossal, se estendendo por dez milhas, suas patas eram tão grandes quanto montanhas e suas garras eram maiores do que algumas árvores. Seu corpo era todo azul e um arco de mesma cor flutuava em sua cabeça, como o Halo que fica sobre os anjos.

Ela rugiu para os céus e um novo pilar de energia saiu de seu corpo.

Neste momento, o poder dela pareceu ir além do que alguém ali poderia presenciar.

Até mesmo Le Chang não pode deixar de ficar surpreso, afinal não era sempre que se podia presenciar de tão perto alguém atingindo o Dao do Supremo Santo.

Neste instante, dezenas e dezenas de ondas da Energia da Presença ecoaram por todo o local, e até mesmo Jianhong Zhen dentro de sua dimensão separada em seu Castelo Espiritual abriu seus olhos e um sorriso apareceu em seus lábios.

"Esse garoto… Ele está muito além da minha imaginação…" Murmurou ele e voltou a fechar seus olhos.

Xiulan Shu ficou na sua forma de dragão e rugindo para os seus, por uma hora inteira, devido ao tamanho poder em seu corpo, ela não pode deixar de ser inundada por uma onda de felicidade. Ela havia pisado no reino dos Verdadeiros Dragões e ela sentia que o sangue em seu corpo não era algo imutável, mas que podia crescer, ou seja, ela podia avançar nas etapas de sua raça, isso era algo incrível, já que com esforço, tempo e recursos, ela poderia chegar ao patamar dos Deuses Dragões.

Os limites deste sangue, eram apenas abaixo daquele a quem este último pertencia, sendo assim, o Sangue no corpo de Le Chang era algo ao nível de Seiryuu e Gao Yao, Deuses Dragões da mais Alta Ordem.

Xiulan Shu retornou a sua forma humana e agora seu corpo mudou, sua aparência caiu para seus vinte e cinco anos, a cor de seus olhos eram tão azuis quanto o oceano e seus cabelos eram como o céu de um dia ensolarado.

"Eu saúdo o novo Deus dos Dragões, Le Chang!" - Xiulan Shu.