Ascensão de um Deus

381 - Agulha Sábia

"Devemos ficar aqui e nos recuperarmos… Se cada vez que passarmos por um teste, nós ficamos assim… A morte é certa." Disse Si Mei encostada no chão do salão, logo após o teste ter terminado.

Mestre Wong e Hy Kong iam falar, mas algo os interrompeu.

"Muito bem! Vocês três passaram no teste, sendo assim, vocês têm o direito de escolher entre um dos itens presentes na sala…" O holograma disse e rapidamente moveu sua mão, onde alguns círculos mágicos foram ativados e um pequeno portal foi aberto por eles, de onde sairam três objetos, em cada portal.

"Oh!" Murmurou Si Mei.

Quatro Círculos Mágicos foram invocados, cada um continha Três Armas Épica de Cinco Refinamentos, Três Ervas de Nível Santo, Três Cristais Mágicos de Nível Santo e no quarto havia três Esferas Cristalinas, como a que foi usada para criar o teste deste local.

Os três analisaram e após um tempo de deliberação cada um fez suas escolhas.

Mestre Wong pegou uma Arma Épica de Cinco Refinamentos, afinal no seu planeta, esta arma o daria um grande aumento em sua força de batalha, o deixando a par com os detentores das Armas do Poder.

Já Si Mei, escolheu uma Erva de Nível Santo, ela já havia conseguido um conjunto de ervas e com a Erva que ela pegou, ela poderia facilmente criar uma pílula poderosa. Não seria suficiente para a levar para o Dao Santo, mas aumentaria suas chances em, pelo menos, 50% de atingir este Dao.

Já Hy Kong escolheu a Esfera Cristalina, ela era uma boa arma e se usada com sabedoria seria um grande trunfo.

Após cada um escolher seus objetos, eles foram até o túnel no outro lado do recinto, mas não seguiram caminho e sim se sentaram em posição de lótus, eles cultivariam até recuperar suas forças, do contrário, a cada teste que eles enfrentassem, seria um martírio.

Enquanto isso, Le Chang estava parado, olhando para o holograma que lhe disse o mesmo que para os demais.

"Hm… Qualquer item, dentro desta sala?" - Le Chang.

"Isso." - Holograma.

"Certo… Eu quero a agulha que perfurou minha mão!" - Le Chang.

O holograma pareceu um pouco surpreso.

"Você tem certeza?" - Holograma.

"Absoluta…" - Le Chang.

"Posso saber o motivo de sua escolha?" - Holograma.

"Eu possuo Armas Épicas de Cinco Refinamentos, apenas uma não faria grande diferença… Ervas de Nível Santo são ótimas, mas de nada vale se eu não tenho Ervas Complementares para fazer Pílulas ou Elixires com elas… Além disso, eu já tenho algumas, o que me permitirá fazer algumas pílulas interessantes… Já o Cristal Mágico, bom… Eu tenho alguns comigo. E em relação a Esfera Cristalina…. Somente um tolo a pegaria." - Le Chang.

"Oh! Porque um tolo?" - Holograma.

"A utilidade é inegavelmente incrível. Porém, para fazer uso da totalidade dos poderes, seria preciso primeiro possuir uma quantidade absurda de Qi Mundial…. Eu acredito, que este local já exista a mais de um milhão de anos, pelas minhas estimativas, porém, mesmo sendo aberto a cada dez mil anos, nunca foi presenciado este Castelo se levantando, isso quer dizer que a razão por trás disso é simples… Ele estava acumulando Energia para se erguer do solo e ativar todos os testes…" - Le Chang.

O Holograma pareceu ficar extremamente surpreso e apesar de ser apenas uma inteligência feita através de runas e formações, ainda demonstrou algumas emoções, já que o Criador do local colocou sua personalidade nestes hologramas.

"Apesar de a Esfera ser muito interessante, a quantidade de Qi gasta para manter este teste, para alguém do meu nível, foi a quantidade de Qi que um Cultivador no 6º Grau do Dao Santo possuí… A utilização disso em uma batalha não seria algo simples e até ridículo…  Também existe o problema de que é necessário a Agulha…. Ela que é o verdadeiro tesouro." - Le Chang.

"Porque você diz isso?" - Holograma.

"Foi pela agulha que o teste foi feito… Desde o primeiro momento é possível ver isso… Ele se adapta conforme o poder do cultivador, sendo assim, a Agulha serviu para analisar meu sangue e ver quais os tipos de Qi mais proeminentes em meu corpo então o teste pôde criar um teste a minha altura…" - Le Chang.

"Muito bem… Aqui está seu prêmio." O Holograma moveu sua mão e a Agulha saltou para fora do pedestal e caiu sobre a palma de Le Chang.

Ela era do tamanho de um dedo indicador, e tão fina quanto um fio de cabelo, porém, o poder que residia nela era de uma Arma Épica de Seis Refinamentos e a razão era simples.

A Agulha deveria ter a capacidade de perfurar a mão de qualquer ser, por mais resistente que fosse. Todavia, Le Chang não a pegou por esta razão, mas por sua utilidade.

A Agulha funcionava como um complexo analisador de matéria, por mais que ela tenha sido usada para analisar sangue, suas utilidades vão muito além disso. Le Chang poderia usar ela para testar o sangue de feras mágicas e procurar as melhores combinações para suas pílulas, também poderia testar outros materiais, como minérios, metais e até mesmo os Qis poderiam ser testados.

'Este item é chamado de Agulha Sábia… O porque é meio óbvio…'- Seiryuu.

'En!' - Le Chang.

'Estes tipos de itens são bem raros no Reino Mortal, talvez apenas os Planetas Classe A possuam algo do tipo…' - Gao Yao.

A Agulha Sábia era algo extremamente versátil e era usada por muitos Alquimistas pela existência, ela poderia facilitar a vida do indivíduo, permitindo criar pílulas com requisitos minuciosos, como medir a temperatura com perfeição de milésimos de graus, ou conseguir identificar componentes a nível molecular. Havia uma versão mais elevada desta Agulha, esta podia identificar diferentes tipos de átomos, mas ela provavelmente estaria em Planetas acima da Classe A.

Le Chang guardou a agulha, com ela ele poderia fazer uso das Ervas de Nível Santo para criar algumas pílulas interessantes para ele e suas noivas.

A Agulha Sábia também o ajudaria com suas formações, com ela e com a ajuda de seus olhos, ele poderia criar formações a nível molecular, algo aterrorizante, afinal ele poderia criar armas químicas invisíveis até mesmo para poderosos cultivadores.

No entanto, isso era um sonho distante, Le Chang era poderoso, mas para ser capaz de fazer alterações deste grau, ainda tinha um longo caminho.

*********************************

Assim que ele recebeu seu prêmio, a saída do salão foi aberta e Le Chang tomou seu caminho.

Ele andou algumas horas, até se deparar com um novo arco, o qual dava abertura para um outro salão.

Porém, diferente do anterior, este tinha um olhar mais rústico e a diferença era que havia estantes gigantes, repletas de livros e pergaminhos.

No centro, havia uma esfera flutuando, ela era verde e emitia um brilho levemente escuro.

Le Chang observou os arredores e viu algumas mesas com cadeiras, escadas que levavam a vários andares das estantes gigantes.

'Isso parece ter sido a biblioteca do criador…' - Le Chang.

'Bom, conforme você avança ao Dao Lendário se pode fazer uso de sua Dimensão Espiritual para guardar objetos… E em alguns Daos acima, é possível guardar objetos até mesmo dentro de seu Castelo Espiritual…' - Seiryuu.

Le Chang deu olhada em todos os livros, mas todos estavam fortemente protegidos por Formações aterrorizantes, se alguém tentasse os roubar, mesmo alguém no Pico do Dao do Santo Rei seria exterminado.

Ele pensou um pouco e obviamente cada Salão continha um teste, Le Chang então desceu e foi até o globo flutuante.

Colocando a mão sobre o objeto, como fez no teste anterior, ele ativou o teste.

Uma imagem apareceu a sua frente.

No topo havia um título grande em letras negras.

"Teste do Conhecimento…" Murmurou Le Chang.

Logo abaixo, havia quatro quadrados, contendo algumas palavras neles.

"Tópico Marcial… Tópico de Alquimia… Tópico de Forja… Tópica de Domadores… Tópico de Formações… Tópico Dimensional… Tópico Existencial…" - Le Chang.

E abaixo destes quadrados, havia um pequeno teste ditando as regras.

"Cada Tópico contém três perguntas, uma de Nível Fácil, outra Médio e a última Difícil, também tem a opção de escolher uma questão bônus, ela é de Nível Extremo, mas a premiação é muito maior… Além disso, os Tópicos Dimensional e Existencial, são Tópicos Especiais. O primeiro fará uma pergunta sobre um Reino Dimensional de sua escolha, a pergunta englobará tudo que aquele Reino sabe, em todos os Daos…. Já o Tópico Existencial, fará uma pergunta aleatória, referente a qualquer coisa que exista em toda a Existência." - Le Chang.

"Você pode repetir mais de um Tópico, mas a partir da segunda vez, todas as perguntas serão de Nível Extremo e se você as errar, perde tudo que conseguiu nas outras perguntas e é retirado do Castelo. Além disso, a cada repetição, o número de perguntas a ser respondida dobra, mas a premiação segue o mesmo princípio. Boa Sorte!" Le Chang lia em voz alta.

'Oh!… Quem quer que seja o criador deste local, era alguém interessante…' - Gao Yao.

'Realmente… Alguém que consegue trazer à tona o poder de um Globo do Conhecimento das Eras… Não é fraco…' - Seiryuu.

'Globo do Conhecimento das Eras?' - Le Chang.

'É um objeto vendido em algumas lojas de Reinos Superiores… Como eu já lhe disse, o Reino Mortal, Reino Dragão e Reino Asura são os três maiores Reinos em questão de tamanho, mas de poder, existem alguns Reinos muito mais poderosos… Claro, o Reino Dragão e o Reino Asura são singulares. Para adentrar no Reino Dragão, é preciso ser um Dragão ou ter uma Linhagem ou Herança de um Verdadeiro Dragão…. Já o Reino Asura, é o lar dos demônios…. Então né…' - Gao Yao.

'Esses objetos são caríssimos, eles são feitos por Pesquisadores Celestiais, mulheres e homens que dedicaram suas vidas para o estudo dos mais variados assuntos… Eles são detentores de um conhecimento colossal e a maioria deles tem um cultivo astronomicamente alto. Esses Globos são usados por Clãs destes Reinos para testar a nova geração e fazer desafios…' - Seiryuu.

'Os Globos são incríveis, mas não possuem todo o conhecimento da Existência… É apenas um capricho deles colocar algo como Tópico Existencial… Mesmo um Pesquisador Divino, não sabe nem 20% do que há para saber na Existência…' - Gao Yao.

'Vocês sabem quanto do que há para se saber?' - Le Chang.

'…. Até demais…' Murmurou Seiryuu, deixando claro que este era um assunto que ele não gostaria de falar no momento.