Ascensão de um Deus

376 - Perfeitamente Puro

'Porque eu não consigo absorver o Qi Mundial ao meu redor?' Murmurou Le Chang em sua mente.

Neste instante, ao seu redor, havia uma névoa densa, feita de Qi Mundial.

Ela parecia ser atraída pelo corpo de Le Chang, mas quando chegava em sua pele para ser absorvida, ela era repelida imediatamente.

'…. Eu não tinha visto isso acontecer antes…' - Seiryuu.

'…. Quem sabe… Seiryuu, você conhece a Raça de Druidas do Reino Dimensional Floral?' - Gao Yao.

'Sim… Conhe… Espera! Você quer dizer que?… Sério?' - Seiryuu.

'É a única explicação…' - Gao Yao.

'O que foi?' - Le Chang.

'Existe uma raça… Eles são chamados de Druidas e vivem no Reino Dimensional Floral… É um local extremamente perigoso… Os Planetas e as Estrelas, bem como as Galáxias deste local, são formados puramente por plantas…' - Seiryuu.

'Que?… Como assim?' - Le Chang.

'É verdade… Existem planetas que são sementes gigantes, e que após milhões de anos começam a criar raízes no próprio espaço, até se tornarem árvores com milhões de milhas de altura. Algumas estrelas são tipos de grãos de polens gigantes, a maioria tem alguma ligação com o Qi Fogo…' - Gao Yao.

'Isso é insano.... Mas o que eu tenho a ver com isso?' - Le Chang.

'Como eu disse… Tem a Raça Druida… Esses seres vivem nestes locais.... Porém, o diferencial é que quando eles atingem um nível de poder extremamente alto, o corpo deles começa a repelir qualquer impureza… Por causa disso, eles não conseguem mais cultivar, a não ser que absorvam Qi perfeitamente puro… Por isso, que o Reino Dimensional Floral não tem muitos cultivadores… Porém, até hoje, milhões de investidas foram feitas contra este Reino, jamais alguém obteve êxito…' - Seiryuu.

'Por eles cultivarem apenas com Qi 100% puro, eles acabam tendo um poder colossal, mas seus números são baixos, porque não são todos que conseguem acesso a Qi desse nível… Além disso, existem galáxias, que na realidade são corpos de druidas mortos… Quando um deles morre, seus corpos são considerados tão santos e puros para o espaço deste Reino, que seria um pecado divino deixar apodrecer, então as Leis Existências tomam posse dos corpos destes seres e os fazem criar raízes no tecido do espaço… Assim eles se alimentam eternamente do mais puro Qi possível…' - Gao Yao.

'Nosso ponto… É que seu corpo está no mesmo estado… O Qi Mundial dos Cristais Mágicos a sua frente não é puro, mesmo sendo 100% Qi Mundial, ainda existe uma certa selvageria, como uma Impureza Espiritual… Se você quiser absorver a partir de agora, terá que absorver somente Qi de fontes perfeitamente puras…' - Seiryuu.

O rosto de Le Chang caiu em desordem, como que ele acharia uma fonte de Qi perfeitamente puro, a única solução seria rasgar um Fluxo Energético e tentar absorver diretamente dele, porém, mesmo com o grande poder de Le Chang, seria um sonho ele fazer isso.

Mesmo Qong Wei seria transformado em pó se entrar em contato direto com um Fluxo Energético.

Era como tentar absorver um Julgamento Celestial.

Sendo assim, ele logo descartou a ideia.

'…. Isso quer dizer que meu cultivo vai estagnar por um enorme tempo?' Le Chang disse entristecido.

No entanto, como uma vela acesa no meio da escuridão, algo apareceu em sua Caverna Espiritual.

Le Chang se viu parado em um corredor, ali haviam os Cinco Pilares do Dao do Esclarecimento, todos eles estavam brilhando intensamente, mostrando que Le Chang havia atravessado de forma perfeita este nível.

Ele então calmamente andou até o final do corredor, onde se deparou com uma grande porta.

Nela haviam três Fechaduras Lendárias, uma na altura dos olhos de Le Chang, a qual já estava aberta, mostrando que ele adentrou o Verdadeiro Humano do Dao Lendário.

No meio da porta, logo acima, havia outra Fechadura Lendária e no topo havia outra, porém todas estavam fechadas.

Nesse momento, alguém apareceu ao lado de Le Chang e como ele olhou para as Fechaduras fechadas.

"Interessante não?…" Disse o Ser Dourado para Le Chang.

A voz do Ser Dourado não tinha gênero, não tinha tom, não tinha frequência, mas como se as palavras surgissem dentro da mente de Le Chang.

O Ser não tinha características corporais, além de ser uma massa de pura Energia Dourada humanoide.

Le Chang tentou se surpreender, mas ao ver o Ser, ele se sentiu tranquilo e não mais tão alarmado como das outras vezes.

"Sim…" - Le Chang.

"O Caminho Marcial é uma das coisas mais lindas que existe… É incrível ver o âmago do ser tomar a forma de um imponente castelo… É como se o poder existisse dentro de todos os seres, mas eles deveriam provar a si mesmos que são dignos de o receberem… Por exemplo, atrás dessa porta, estão lhe esperando suas Doze Batalhas Interiores, depois disso, você terá que alterar o seu corpo, para que possa se sentar nos Tronos do Rei. Porém, o pode já está lá…. Apenas espera você o tomar para si…" - Ser Dourado.

"Entendo… E se eu não for digino?" - Le Chang.

"E como pode alguém não ser digno de seu próprio poder? Ele é seu desde o momento que você foi formado dentro do ventre de sua mãe…" - Ser Dourado.

Le Chang fechou seus olhos, tanto no mundo material, como na sua Dimensão Espiritual e por alguns segundos pareceu repleto de introspecção.

"Existem pessoas más poderosas, existem pessoas boas poderosas, existem aqueles que não estão em nenhum destes lados e também são poderosos… O Caminho Marcial jamais teve a ver com Dignidade.... Mas com você tomar de si mesmo o que é seu por direito …" Murmurou Le Chang.

O Ser Dourado se virou para Le Chang e o que poderia ser chamado de sorriso apareceu em seu rosto plano, no instante seguinte, o Ser Dourado tocou o seu dedo entre as sobrancelhas de Le Chang e desapareceu.

Enquanto isso, um leve tremor foi sentido por Le Chang, seu corpo estava em êxtase.

Ele então abriu seus olhos no Mundo Material e sorriu.

Então, estendeu suas duas mãos para frente com as palmas para cima, alguns segundos depois, duas Esferas de Energia Dourada foram criadas, uma em cada palma.

Le Chang as movimentou até a ponta do dedo indicador de ambas as mãos.

Então, como um pintor dando vida a sua obra-prima, Le Chang começou a desenhar no espaço a sua frente.

Gao Yao e Seiryuu não ousavam falar nada e era como se não pudessem, eles só conseguiam fixar seus olhares nas ações de Le Chang.

Nesse momento, eles estavam em suas Formas Espirituais, como dois Dragões, um Branco e um Negro, mas com tamanho reduzido.

Eles se movimentavam pelo espaço ao redor de Le Chang, o qual ainda estava selado por uma Esfera Dourada, a qual lentamente crescia e assim que tocava o solo deixava de existir.

*************************************

Enquanto isso, a milhares e milhares de milhas dali um exército de milhões de Feras Mágicas estavam todos ajoelhados e não conseguiam se levantar.

O Clã Dragão era o mais afetado e estava com seus rostos ao chão.

Apenas os seres no Dao do Santo Rei conseguiam ficar de pé, mas era impossível se movimentar.

Era como se um decreto divino os proibissem de andar.

Ao longe, eles conseguiam sentir um poder lentamente aumentar, no começo aumentava pouco a pouco, mas conforme o tempo avançou, apesar de sua atual lentidão, o poder crescia de forma exponencial.

Já os Anciões e Competidores estavam aquém do que ocorria no exterior.

Apesar dos grandes eventos dentro do Castelo Espiritual, causados pela Ascensão de Le Chang, ninguém deu muita bola, apenas pensaram que era algo do próprio local, não que um jovem de vinte e um anos estavam adentrando o Dao Lendário.

Porém, era uma boa coisa, já que se eles vissem o que ocorria ao redor de Le Chang, provavelmente cuspiriam um bocado de sangue.

Flutuando a frente dele, havia um desenho de seu corpo, mas não dele todo e sim do sistema de Canais de Qi de seu corpo.

Os Canais de Qi, diferente do que muitos pensam, não seguem o mesmo padrão para todos os seres humanos, mesmo irmãos gêmeos, jamais terão Canais de Qi idênticos, seja no formato, espessura ou o caminho que ele faz no corpo da pessoa.

A única coisa que era imutável eram os Meridianos.

Sendo assim, a frente de Le Chang havia a representação de todos os seus Canais de Qi, desde os com maior calibre até os mais finos que um fio de cabelo.

Seus Meridianos também estavam representados ali.

Então, Le Chang levou seu dedo até o ponto entre as sobrancelhas da sua representação, feita completamente de Energia Dourada.

No passo seguinte, Le Chang levou o seu dedo para o centro das suas sobrancelhas, criando um fino fio de Energia que conectava ele a sua representação.

Le Chang então movimentou suas mãos, coordenando toda a névoa de Qi Mundial ao seu redor, para adentrar a sua representação de pura Energia Dourada.

Tanto ele como sua representação estavam sentados em posição de lótus e ela tinha o mesmo tamanho que ele.

Então, no instante que o Qi Mundial adentrou na Representação de seus Canais de Qi, o Qi correu loucamente, como carpas correndo em direção ao portão do dragão.

Le Chang começou a usar estes Canais de Qi, feitos puramente de Energia Dourada, para começar a refinar o Qi do exterior, assim que um fio de Qi Mundial 100% puro era absorvido, ele ia até o fio que os conectava e adentrava no corpo de Le Chang, imediatamente indo até o seu Núcleo de Qi.

Esse fio descia do teto de sua Caverna Espiritual e passava pelo Portão do Dao do Espírito, pelos Degraus do Dao da Alma, os Portões do Dao da Purificação, o Corredor do Dao do Esclarecimento e finalmente chegava na Porta Lendária, esse fio então ia em direção a Segunda Fechadura Lendária e era absorvida por ela.

Porém a velocidade com que os Fios apareceriam era tão grande que não era possível determinar onde um fio começava e outro terminava, mais parecendo o rio amarelo na época das enchentes.

Le Chang ao adentrar o Dao do Esclarecimento, havia rompido completamente as amarras da sua própria vida, a qual lhe prendia e não permitia que seu potencial fosse totalmente utilizado.

Nesse momento, apesar de não estar em todo o seu potencial, este último crescia a cada dia, sendo muito mais forte amanhã do que foi hoje e hoje do que foi ontem.

Estes eram os passos iniciais, da Ascensão de um Deus.