Ascensão de um Deus

341 - Sucesso!

Guan Long deixou Le Chang sozinho, já que ele havia lhe dito que não poderia ter a interferência de ninguém, o que poderia acarretar na morte de sua neta, sendo assim, ele prontamente atendeu o pedido e ficou em frente a porta, como uma montanha intransponível.

Le Chang então desenhou vários círculos mágicos por todas as paredes.

A sala em si tinha dez metros, em todas as dimensões, o que deixava o local bem espaçoso.

O chão, paredes e tetos foram todos esterilizados, além disso, havia vários círculos mágicos, controlando a temperatura e pressão do ambiente.

Já sobre a mesa de cirurgia, estava a menina deitada, tinha um lençol sobre o seu corpo, cobrindo sua intimidade.

Próximo a mesa, havia um local com alguns instrumentos médicos.

Le Chang então rapidamente iniciou seus movimentos.

Na realidade, ele não faria uma cirurgia invasiva, como cortar a garota e abrir seu corpo, afinal ela era uma menina, e elas se importavam com suas aparências, mesmo que ela tivesse apenas 8 anos, ela tinha uma vida inteira pela frente e Le Chang queria permitir que ela vivesse normalmente e não cheia de cicatrizes e sequelas, além disso, ele queria deixar intacto o cultivo da garota.

Ele então rapidamente começou seus preparativos, ele ativou somente os seus olhos, fazendo somente eles entrar no Modo Desperto, as demais características corporais não se alteraram.

Então, com um mover de sua mão, uma grande quantidade de Qi Água se formou e após alguns selos uma água perfeitamente purificada, foi criada, a qual passou pelo corpo da garota, limpando qualquer sujeira em sua pele.

Le Chang então, abriu seus olhos ao máximo, e rapidamente a imagem da totalidade do corpo da garota apareceu em sua mente, cada veia, cada artéria, cada célula, cada osso, tudo estava claro como o dia em sua mente.

Levantando suas mãos, como um maestro prestes a iniciar o comando de sua orquestra, Le Chang iniciou a cirurgia.

Sem o uso de facas ou qualquer outro instrumento, os quais foram pedidos apenas para mascarar suas habilidades.

Na realidade, o que ele estava fazendo uso era o ponto extremo de controle do Qi, beirando um nível próximo a perfeição.

Ele se baseou no fato do Qi ser única coisa que poderia transitar entre o Material e Espiritual, ou seja, ele poderia levar o Qi até o local da cirurgia e fazer os procedimentos sem cortar exteriormente a menina.

Dessa forma, a cirurgia seria feita toda internamente.

'O primeiro passo é retirar os tumores, eles estão pressionando sua coluna espinal em vários locais, bem como algumas veias no cérebro, o que vai impedir do oxigênio chegar a algumas áreas de seu sistema nervoso… É isso que está acelerando sua morte…' - Le Chang.

'Você deve ter cuidado para não cortar o cérebro dela ou sua medula espinal, pelo menos, não agora… Isso poderia dificultar ainda mais…' - Seiryuu.

'Tente fazer cortes o mais finos possíveis, delimite pequenas áreas e faça incisões ao redor do tumor…' - Gao Yao.

Então, sobre o corpo da garota, várias lâminas de Qi apareceram, totalizando doze no total.

Ele faria a retirada dos tumores ao mesmo tempo.

A ideia era simples, ele soltaria o tumor do que prendia ele em seu local, e então usando seu conhecimento sobre o espaço ele englobaria o tumor com o próprio espaço e faria ele sair do corpo da garota.

Era como uma bola de futebol, dentro de um balão, então retirar a bola, sem ter que furar o balão, era esse o objetivo dele.

O mais grave tumor ficava no centro de sua cabeça, próximo ao seu Núcleo de Qi, ele estava coberto por uma membrana, mas Le Chang rapidamente começou o procedimento, fazendo uso de duas lâminas de Qi ele cortavam perfeitamente ao redor do tumor.

Além disso, haviam outros instrumentos de Qi, como pinças e afastadores, usados para impedir as hemorragias causadas pelos cortes, afinal, o tumor era suprido com sangue por alguns vasos sanguíneos, e esse sangue que saia poderia se acumular dentro do corpo dela, esmagando seu cérebro ou outros órgãos importantes.

Ao mesmo tempo, ele fazia o mesmo na nuca da garota, onde havia um tumor próximo ao seu tronco cerebral, Le Chang tinha que ter cuidado para não causar grandes danos ao tecido.

O terceiro tumor estava no meio de suas costas, pressionando suas vértebras para fora, afinal o tumor em si era um aglomerado de células da medula espinal que cresceram de forma desgovernada.

O quarto tumor estava em um de seus nervos espinais, os quais levavam impulsos para seus membros inferiores.

O quinto estava em seu nervo óptico, pressionando seu olho direito e a deixando cega.

Já o sexto estava na região que controlava a fala.

Era visível que o caso era de extrema gravidade, Le Chang demorou quase cinco horas, de uma concentração surreal para retirar os tumores, os quais ele deixou em uma bandeja ali perto, eram esferas, do tamanho de limão, não era atoa que ela sentia dores terríveis.

'Certo… Os tumores foram retirados, devemos começar o procedimento e procurar células saudáveis…' - Le Chang.

Ele então examinou cada tecido do corpo da garota, a procura de células saudáveis, isso demorou mais uma hora, afinal o corpo de um ser humano tem vários tecidos e não é algo fácil procurar uma célula saudável entre tantas, era como procurar uma agulha especifica em uma montanha de agulhas.

'Certo… Vamos começar…' - Le Chang.

Ele então, pegou o Ouro Líquido, e derramou em um objeto, fazendo um molde, ele então resfriou até solidificar.

Todavia, esse Ouro era diferente dos demais, ele era muito mais maleável, quase um plástico e era possível injetar Qi sobre ele, bem como Círculos Mágicos.

Le Chang então rapidamente pegou as células de cada órgão e tecido do corpo da menina e colocou em vidros separados.

Neles havia uma solução com nutrientes para a célula, bem como algumas ervas e Qi para acelerar o processo.

Todo o processo, desde criar o tecido e preparar os moldes de Ouro Líquido, durou um dia inteiro.

Le Chang então começou o próximo passo.

Ele começaria primeiro pelo cérebro da garota.

Diferente do que todos pensam, o que nos torna humanos é nossa Dimensão Espiritual, lá estão guardadas nossas emoções, afinal é onde reside nossa alma, dessa forma quando alguém tem seu Núcleo de Qi destruído ele vira um vegetal, com sorte, ele sobreviverá, mas jamais será como antes, sua mente praticamente volta a ser de uma criança e a não ser que faça o uso de medicamentos e círculos mágicos, para tentar manter sua consciência intacta, não demora muito para o cultivador vir a óbito.

De qualquer forma, primeiro, Le Chang precisava cortar o Nervo Espiritual, que ligava o cérebro ao Núcleo de Qi, todavia, ele não poderia cortar sem mais nem menos.

Então, ele lentamente injetou a Essência de Vida de Seiryuu, conhecido por poder manter uma conexão material e espiritual.

Ao fazer isso, ele permitiu que fosse possível ocorrer o corte e manter a ligação.

Le Chang rapidamente fez o corte, retirando um pedaço do nervo, bem no centro dele.

Então, pegou o tecido saudável, e levando ele através do espaço, colocou delicadamente no local, todavia, esse tecido saudável estava coberto por uma capa de Ouro Líquido, no qual se visto de perto, mostraria que havia minúsculos Círculos Mágicos.

Le Chang então conectou os tocos do Nervo Espiritual a este pedaço de tecido coberto pelo Ouro Líquido, ao fazer isso, rapidamente a cobertura brilhou e foi possível ver as sinapses correndo por ele.

Não demorou muito para o corpo dela reagir enviando células para atacarem o corpo estranho, mas assim que chegavam, eram destruídos pelos círculos mágicos.

Le Chang então, foi para os olhos dela, uma cirurgia extremamente pequena, tão incrível que era necessária ser feita a nível quase celular.

Depois foi a vez do coração, sistema linfático, este último com grande importância no sistema imunológico, sistema renal, reprodutor, circulatório e todas as demais funções.

Até sua pele e cabelo foram alterados.

Nos órgãos maiores foram necessárias várias aplicações de tecido saudável, para aumentar a velocidade.

No caso da pele, era possível ver pequenos círculos dourados, espalhados em alguns locais, como nas suas coxas, costas, pés, mãos, braços, tórax e rosto.

Todavia, de nada adiantaria tudo isso se o tecido defeituoso continuasse ali, dessa forma seria uma batalha eterna de seu corpo contra ele mesmo.

Ele terminou de realocar o Núcleo de Qi no seu devido lugar e como medida de segurança, ele colocou algumas formações sobre ele, forte os suficientes para resistir a novas exposições.

'Certo… Agora…' - Le Chang.

Ele então estalou os dedos e um grande círculo mágico brilhou sobre o corpo da menina, lentamente, vários raios dourados subiram do corpo dela, advindo das dezenas de círculos mágicos presentes nas coberturas de Ouro Líquido.

Rapidamente, como um tratamento a laser, o tecido sadio começou a crescer, ao mesmo tempo, que os raios dourados destruíam o restante do tecido, além disso, fazendo uso de macrófagos especiais, Le Chang fez com que eles devorassem o tecido destruído, para que fosse usado como nutriente para o tecido sadio.

Claro, isso era feito de maneira lenta e metódica, afinal ele não poderia destruir do nada quase todo o corpo da garota, era preciso algo lento e progressivo.

Le Chang rapidamente fez algumas Pílulas e Elixires.

Haviam algumas pomadas também.

Ele então fez uma agulha de Qi, e injetou os Elixires em seus órgãos responsáveis pelo sistema imunológico de seu corpo, como o timo, que fica próximo a base do pescoço, bem como os nódulos linfáticos que estão espalhados pelo corpo, também o baço e amígdalas.

A ideia era acelerar o processo dos tecidos saudáveis transplantados nos locais, isso ajudaria a aumentar a velocidade do processo.

Le Chang então se sentou em posição de lótus, flutuando próximo a menina, ele ficou três dias seguidos, observando passo a passo, a restauração do corpo da garota.

Bem como quaisquer alterações inesperadas, as quais ele rapidamente agia com cirurgias emergenciais.

Em alguns momentos o corpo dela aumentava, ainda mais, a força de sistema imune, e Le Chang tinha que interferir neutralizando as células deste sistema.

Outras vezes, a destruição do tecido defeituoso causava hemorragias e Le Chang tinha que intervir para estancar os sangramentos.

Outras a pressão dela caia e as extremidades do corpo e alguns órgãos não recebiam oxigênio suficiente.

Le Chang também lentamente conectava os vasos e artérias aos tecidos saudáveis.

Demorou dois dias inteiros para o seu coração, pele e alguns órgãos menos complexos se restaurarem.

Agora ela estava toda coberta de Ouro, já que o material tinha uma grande propriedade elástica.

Dessa forma, Le Chang lentamente retirou o Ouro do corpo dela, parte por parte.

O mesmo ocorreu com o seu coração, que parecia feito de ouro puro, mas rapidamente voltou ao normal conforme Le Chang retirou.

Então, mais um dia depois e o cérebro dela e o resto de seu sistema nervoso foi recomposto.

Le Chang então fez ela ingerir alguns elixires e pílulas, os quais ajudariam na recuperação.

Então, após cinco dias de cirurgia, Le Chang abriu a porta.

Guan Long que estava andando por um lado para o outro olhou rapidamente para o garoto em um olhar de completa suplica e desespero.

"Ela vai ficar ótima… Só precisará de algumas semanas de descanso, para o seu corpo se recuperar…" Le Chang disse com um sorriso levemente exausto.

Foi insano manter sua visão no máximo de sua capacidade por tanto tempo.

Tanto que ele nem percebeu Guan Long correndo até ele o abraçando.

"Muito… Muito… Muito obrigado!!" - Guan Long.

Le Chang compreendeu o velho avô e o abraçou confortando o idoso.

"Venha… Pode ver sua neta…" - Le Chang.

Guan Long viu sua neta calmamente deitada sobre a cama, Le Chang já havia feito o quarto voltar ao normal.

Ela tinha um rosto angelical, sua pele estava linda e seu corpo teve sua vitalidade renovada.

Guan Long com os olhos marejados foi até o ela e a abraçou.

"Ela está dormindo no momento, eu dei alguns sedativos e medicamentos para que o cérebro dela se acostume com o novo tecido…" - Le Chang.


Autor: Para quem está achando chato o fato de ter bastante explicação nos capítulos, bem como reclamam das minhas aulas de biologia, sinto muito, mas não vou mudar minha forma de escrita por causa que vocês não gostam disso. Eu não escrevo Ascensão para agradar a meia dúzia de pessoas, eu escrevo porque isso me faz bem e eu me sinto feliz em poder compartilhar minha história com vocês. Além disso, se você é alguém que não gosta disso, aconselho você a parar de ler, porque conforme a história for crescendo, terão muitas outras explicações e bem mais complexas dos que a que estão aqui. Eu estou criando uma história para quem gosta de pensar, raciocinar, e não ficar só querendo sangue e luta, não esperem isso como o giro central da história de AUD. 

Lutas sempre existirão, mas elas não são o foco, mas sim a construção do enredo e de uma história que mistura a beleza da fantasia com a arte da lógica. Então, eu repito, AUD continuará tendo aula de biologia, continuará tendo explicações e por ai vai. O pessoal me chama de arrogante, prepotente e que a "fama" subiu a cabeça, mas não é isso, eu apenas aprendi desde pequeno que meus princípios e a forma como eu sou não devem ser trocados para agradar um ou outro. Outra coisa, vocês se enganam se pensam que eu quero fama e por ai vai, eu fiquei um ano inteiro postando aud sem ganhar um centavo, além disso, fiquei um mês postando os primeiros capítulo em um site onde eu tinha 30 views por capítulo e hoje tenho aproximadamente 8000 views por capítulo, mas porque eu perseverei, ou seja, seja fiel no pouco e o muito virá.

Não me entendam mal, eu realmente não quero ofender ninguém, mas, por favor, não tentem me mudar para agradar o gosto de vocês, eu não quero ser o melhor escritor do mundo, mas quero ser capaz de trazer um pouco de alegria e aventura para aqueles que precisam disto em algum momento triste de suas vidas e eu farei isso escrevendo, acertando e errando do meu jeito.

Eu amo escrever, mas eu amo minha Engenharia, amo estudar Medicina, Filosofia, Sociologia, Política, Eletromagnetismo, amo minha família, meus amigos e tudo que eu tenho na minha vida.

Eu não tenho a vida perfeita e já passei por bons bocados, muitos na verdade, mas nós temos duas opções na vida, rir ou chorar, eu escolhi a primeira. Sendo assim, AUD será uma história feliz, não uma tragédia e com momentos que deixam a gente em depressão, eu quero trazer uma moral, mas com uma história bonita, podem chamar de fantasiosa, infantil, chata, sem sal e o que mais quiserem, mas é assim que eu vivo a minha vida, com um sorriso no rosto e cercado com pessoas que eu amo e me importo.

Eu não me importo se um milhão de pessoas leem aud ou meia duzia. Se eu escrever toda a novel e tiver ajudado a vida de apenas uma pessoa, eu me considero feliz e realizado. Nada me faz mais feliz do que ser capaz de ver que o meu esforço tirou o sorriso de alguém mergulhado na tristeza, tentem isso um dia, fazer os outros felizes é a verdadeira felicidade, bom, pelo menos para mim é.

Sendo assim, para terminar, as explicações, aulas de biologia e afins, vão continuar. Um grande abraço a todos e bom carnaval pra quem gosta. 

PS: Por favor, não se ofendam, eu só expus minha opinião, da mesma forma como vocês têm TOTAL direito de expor a de vocês, eu também tenho em relação a minha.