Ascensão de um Deus

320 - Long Lin

A velocidade de Bai Yong foi aterrorizante, sua movimentação passou despercebida até mesmo aos Olhos do Dragão de Le Chang.

No fim, ele ainda era um Verdadeiro Senhor e Le Chang um mero cultivador no Dao do Esclarecimento.

Bai Yong levou sua mão em uma forma de garra, seu alvo era o pescoço de Min Jia.

Ela olhou assustada para ele e foi possível ver um leve tremor se espalhar pelo seu corpo, o demônio riu ao ver o medo da jovem.

"Morra!" Rosnou Bai Yong.

No entanto, antes de sua mão tocar nela, algo ocorreu.

O espaço congelou, o tempo parou, tudo ficou estático, a própria vida parou.

Ao longe, uma luz tão poderosa quanto milhões de estrelas apareceu, seu brilho era tão intenso que o Planeta inteiro irradiava luz, inundando o espaço profundo com seus raios de luz.

Uma voz então soou, reverberando por todo o local.

"Quem você pensa que é para tocar em minha noiva?" As palavras que saíram da boca de Le Chang estavam repletas de uma onda de poder, divindade e soberania.

O espaço pareceu encolher em respeito a estas palavras e a vida estremeceu diante desta aparição.

Os olhos de Le Chang mudaram, um olho era negro e o outro branco, suas pupilas eram a Runas Angulares e no centro havia um símbolo Yin Yang.

Seus cabelos cresceram até seus pés, ganhando tons acinzentados, sua pele ganhou escamas brancas e negras, suas unhas se transformaram em garras e seus dentes se tornaram presas.

"Eu jamais deixarei que você toque em um fio de cabelo de minhas noivas, você é apenas uma formiga, ajoelhe-se!" Berrou Le Chang.

Bai Yong não entendeu porque, mas seu próprio corpo se ajoelhou, mesmo sua mente recusando, as palavras do garoto soaram como uma ordem absoluta.

Le Chang então instantaneamente apareceu na frente de Bai Yong, Min Jia estava próxima, congelada no espaço, ele então a tocou entre as sobrancelhas e ela sumiu, Le Chang foi até Chi Ziyun, Wuhan Xie e Lian Mei e fez o mesmo.

Ele então voltou até Bai Yong e desferiu centenas de socos, aproveitando o fato de Bai Yong não poder se mover.

Tudo isso, aconteceu em três segundos, já que ao fim deste tempo, o espaço voltou ao normal.

Bai Yong voou longe devido ao imenso poder liberado após o espaço ter sido descongelado.

Le Chang voltou ao normal e despencou do céu, como uma pipa ao ser cortada.

"BOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM!"

Bai Yong adentrou a terra, criando uma cratera gigantesca, tão profunda que poderia caber uma imensa montanha dentro dela.

************************************

"Garoto…" Bai Chen disse ao pegar Le Chang antes deste colidir com o solo.

Le Chang estava pálido, fios de sangue escorriam de sua boca, nariz, olhos e ouvidos.

A respiração dele estava errática e era óbvia a dificuldade que ele encontrava em um ato tão simples.

Seus batimentos pareciam lentamente diminuir e seu corpo parecia frágil.

Então, uma outra explosão aconteceu, uma sensação de maldade incarnada apareceu.

Bai Yong disparou para os céus.

Ele tinha perdido o braço direito, seu rosto estava extremamente ferido e seu peito levemente afundado, sua perna esquerda quebrada.

No entanto, ele tinha um sorriso no rosto.

"…. Certo…. Certo… Eu vou matar todos vocês…" Ao dizer isso, ele fechou os olhos e murmurou algumas palavras.

"Habilidade Demoníaca: Demônio Consumidor da Vida!" - Bai Yong.

Ao falar isso, tudo que tinha vida, animais, plantas, seres humanos e afins, de todo o Continente, começou a morrer, fios de Energia Yin lentamente convergiam em direção a Bai Yong.

"Impeça ele de continuar!! Se ele conseguir fazer isso ele vai acabar se recuperando!" Berrou Bai Chen para Lai Xiang.

Ela rapidamente acordou de seus devaneios e disparou contra Bai Yong.

"Verme! Suma da minha frente!" Ao dizer isso, uma imensa pressão diabólica apareceu, forçando Lai Xiang a recuar, a diferença de poder era grande demais.

A tez de Bai Chen escureceu, ele não esperava a aparição de uma Caixa de Pandora pertencente ao Rei Demônio atual, isso era insano.

Em questão de alguns segundos, uma quantidade absurda de Energia Yin convergiu para Bai Yong, quinhentas mil pessoas morreram, todas as plantas, animais selvagens e Feras Mágicas pereceram.

Foi uma boa coisa que este era um continente longínquo e esquecido pelo resto do planeta, além disso, havia uma quantidade pequena de pessoas.

Todavia, a perda de milhares de vidas ainda foi uma grande perda.

Bai Yong ria, como um louco.

Ele então novamente materializou um imenso machado, duas vezes maior que o anterior e falou.

"Dizem que a diferença entre os Graus no Dao Lendário é ainda maior que a diferença entre o Início e o Pico do Dao do Espírito… Vou mostrar o que esta afirmação significa…" - Bai Yong.

Ele então disparou contra Bai Chen e Le Chang.

Não demorou mais de um centésimo de segundo para ele chutar Bai Chen e ele soltar Le Chang.

O jovem novamente despencou dos céus.

Bai Yong então disparou contra o jovem e trouxe o machado em um arco vertical, ele ia decepar as pernas do garoto, afinal, suas ordens eram para leva-lo vivo, mas nada o impedia de o levar desmembrado.

Neste momento, Bai Chen apareceu, ele materializou uma grande lança negra e aparou o golpe, todavia, a força de Bai Yong era colossal e destruiu a arma de seu oponente.

Bai Chen não se deu por vencido e materializou outra lança, Bai Yong se irritou em começou a desferir centenas de golpes.

Bai Chen se segurava como poder.

Então, um rastro azul apareceu, era Lai Xiang que correu e pegou Le Chang quase rente ao chão, ela então continuou se mesclando ao espaço fugindo com ele.

No entanto, assim que ela tentou ir mais além, o espaço ao redor dela congelou.

Bai Chen foi jogado longe por um poderoso soco e Bai Yong se mesclou ao espaço aparecendo em frente a Lai Xiang.

Le Chang estava nos braços dela e ela olhou com grande temor para os olhos de Bai Yong.

"Pequenos insetos achando que poderiam me vencer?" - Bai Yong.

Ele então levou sua mão até o pescoço de Lai Xiang e apertou com grande força.

Ela queimou parte de sua vitalidade e conseguiu se mesclar pelo espaço.

Lai Xiang então jogou Le Chang desmaiado para Bai Chen o qual pegou o garoto no ar.

No entanto, assim que ela fez isso, um imenso golpe a atingiu.

Um soco poderoso atingiu seu crânio, a jogando contra o solo.

Bai Yong então a ignorou e disparou atrás de Bai Chen, então ele injetou uma imensa quantidade de Energia Yin em seu machado e com um imenso movimento ele criou uma onda gigante de Qi Demoníaco, Bai Chen se apavorou e jogou Le Chang para longe e rapidamente conjurou todo o seu poder para criar um escudo negro.

O impacto fez Le Chang voar ainda mais longe e Bai Chen foi jogado contra o solo.

Bai Yong ria descaradamente e então foi até Le Chang, então, ele levantou seu machado e o atirou contra as pernas do garoto.

Todavia, pouco antes de seu machado atingir o jovem, algo ocorreu.

Uma doce fragrância permeou o ar.

Um poder puro e santo, uma presença colossal e sufocante.

Le Chang flutuava no ar e então uma mulher apareceu.

Ela tinha cabelos rosas e olhos de mesma cor, apesar da aparência já de idade avançada, como uma senhora em seus sessenta anos, mesmo os milênios não conseguiram levar a sua beleza.

Bai Yong olhou apavorado para a mulher.

"Um Supremo Senhor?" Murmurou ele.

"Quem diria que um Demônio apareceria por aqui…" Disse ela.

"Quem é você? Como ousa interferir nos negócios do Rei Demônio? Eu estou aqui sob ordens diretas…" - Bai Yong.

"Hm?! Você acha que eu ligo para o seu Rei Demônio?… Eu sou Long Lin…" - Long Lin.

Esta mulher era a mãe de Lau Mei.




O site Central de Mangás é gratuito e sempre será!

Para colaborar com a existencia do site, por favor,
desative o bloqueador de anúncios.