Ascensão de um Deus

308 - Julgamento Celestial

Enquanto isso, em algum canto do planeta, um jovem garoto, em seus vinte anos de idade, estava flutuando em posição de lótus.

O ambiente a sua volta era difícil de ser distinguido, devido às fortes luzes que emanavam do corpo do jovem.

Ele tinha cabelos negros bem aparados, olhos cor de mel e a pele branca, que daria inveja até mesmo as mulheres.

Seu corpo era coberto por um simples manto branco, lhe dando um ar etéreo e divino.

Le Chang movia seus lábios, pronunciando palavra por palavra, as quais ao saírem de sua boca ganhavam forma de runas douradas.

Estas runas se juntavam a outras milhares que jaziam flutuando ao redor de Le Chang, cada uma delas continha uma grande intenção, como se para fazer cada uma, ele houvesse desprendido todo o seu conhecimento rúnico.

Enquanto isso, flutuando em frente a sua testa, havia uma pequena runa.

Ela era perfeitamente triangular, do tamanho de uma unha.

Na realidade, as demais runas flutuavam ao redor dela e não de Le Chang propriamente dito.

Esta Runa era diferente.

Ela era uma Runa feita inteiramente dos Padrões Lógicos.

"A perfeita harmonia, a personificação da trindade da vida, corpo, alma e espírito, as Leis Existências, as Leis da Realidade, as Leis da Natureza, os Daos, o saber e o não saber, a morte e a vida, o nascimento e o viver, a liberdade e a prisão…" Le Chang pronunciava palavra por palavra, cada uma ganhando forma, como se ele estivesse lendo um livro em voz alta enquanto as letras saltavam das páginas e ganhavam vida.

"A base de tudo… A Santa Trindade, tudo é formado por ela…" - Le Chang.

Nesse momento, a Runa Lógica, adentrou entre as sobrancelhas dele, fazendo uma expressão de dor permear a face de Le Chang.

A Runa se desfez e adentrou nos Canais de Qi da cabeça do jovem.

Era como um fino fio de Energia, mas incolor, primordial demais, mais antigo que a Energia Primal.

Este fio de Energia foi até o Núcleo de Qi de Le Chang e lentamente começou a adentrar no local.

Enquanto isso, na Caverna Espiritual dele, o Ser Dourado novamente apareceu.

Ele ainda era uma figura humanoide, sem característica alguma, feita puramente de Energia Dourada.

O Ser levantou a cabeça e viu do teto, no centro da Caverna, um fio de Energia adentrando, indo em direção ao Castelo Espiritual.

Ele então começou a levitar, indo de encontro com a Energia dos Padrões Lógicos.

O Ser moveu sua mão, e a Energia mudou seu rumo, rapidamente indo até a palma dele e se condensando novamente na Runa triangular.

Enquanto isso, a Forma Espiritual de Le Chang apareceu dentro da caverna e o mesmo flutuou até a frente do Ser Dourado.

"… Você já pisou neste patamar de conhecimento…. Interessante… Eu acreditava que você tinha um grande talento, mas parece que até mesmo eu o subestimei… Hahahaha! Muito interessante… Os Padrões Lógicos… São o cerne de toda a Existência, a forma como tudo foi escrito…. Na realidade… Bom, você vai descobrir por si mesmo…" O Ser Dourado então flutuou até bem perto de Le Chang e levou sua mão até a testa da Forma Espiritual do jovem.

A Runa Triangular adentrou na cabeça de Le Chang ao mesmo tempo que uma imensa imagem, da Runa, flutuava acima do Castelo Espiritual dele.

O Castelo tremeu e no topo dele, flutuando sobre o ponto mais alto da construção, havia a Runa, imponente, como se sempre tivesse estado ali.

"Ela é chamada de Runa Angular… A base dos Padrões Lógicos, é a primeira que aqueles que os compreenderam se depararam… Todavia, é a primeira de muitas, mas não desanime, no momento da criação, ela foi a primeira a ser escrita… Ela é a Pedra Angular de toda a Existência…" - Ser Dourado.

Le Chang não conseguia responder, a voz não saia de sua boca, na realidade, ela não era forte o suficiente para se fazer o Ser ouvi-lo.

Além disso, a voz do Ser Dourado não era sonora, mas era como se as palavras ganhassem vida dentro da mente de Le Chang, demonstrando o quão transcendental ele era.

Então, em um instante o Ser desapareceu, a Caverna Espiritual de Le Chang tremeu e algo estranho aconteceu.

Do teto, começou a chover, não água, mas gotas de Energia Dourada, as quais caiam no solo da Caverna.

No mesmo instante, uma imensa sensação de poder adentrou no corpo de Le Chang, lentamente ondulações espaciais se desprenderam de seu corpo, fazendo todo o espaço do planeta tremular.

O corpo material de Le Chang brilhou ainda mais, o fazendo parecer como uma estrela.

Seus olhos ficaram completamente dourados, as Runas que giravam ao seu redor, rapidamente começaram a grudar na pele dele, como palavras sendo escritas em uma folha branca.

Seus cabelos cresceram até a sua cintura e ganharam um tom acinzentado, ao mesmo tempo, as suas unhas cresceram, seus caninos cresceram e duas Auras apareceram em seu corpo.

Suas Heranças começaram a ser estimuladas e a força delas aumentou exponencialmente.

Enquanto isso, dentro da Caverna Espiritual de Le Chang, as gotas de Energia Dourada ainda choviam.

Assim que tocavam o chão, todo ele tremia e rachava, lentamente grama apareceu, uma grama verde repleta de vida.

Milhares de árvores imensas, algumas com três milhas de altura, apareceram por toda a caverna, formando uma grande floresta.

Várias eram frutíferas, também apareceram arbustos, montanhas com picos nevados, rios, lagos e a Caverna Espiritual de Le Chang aumentava exponencialmente de tamanho.

**************************************

Um dia depois.

Le Chang flutuava dentro de sua Caverna Espiritual, a cinco milhas de altura, ele olhava para a transformação que ocorreu dentro de sua Dimensão Espiritual.

Agora, sua Caverna Espiritual tinha Trinta Mil Milhas de Raio, com o centro sendo o Castelo Espiritual. Além disso, o teto da caverna ficava também a trinta mil milhas acima do topo do Castelo.

Toda essa imensa área, era repleta de árvores imensas, arbustos gigantes, montanhas, rios e lagos.

Agora, não havia mais uma entrada para a Caverna, toda vez que Le Chang ia para sua Dimensão Espiritual, em sua Forma Espiritual, ele aparecia diretamente acima do Castelo.

Então, de seu Castelo Espiritual, duas Auras começaram a aparecer e então duas esferas de Energia, uma Yin e outra Yang, subiram aos céus.

Rapidamente elas começaram a ganhar forma.

"Eu sou o Antigo Deus Demônio, o Lendário Deus Dragão do Caos…" - Gao Yao.

"Eu sou o Antigo Deus Dragão, o Lendário Deus Dragão Espiritual…" - Seiryuu.

Gao Yao apareceu na sua verdadeira forma, um Dragão, da Raça dos Deuses Dragões, um ser imenso, seu corpo era completamente negro e um sentimento de puro caos emanava de seu corpo, uma Aura tão primordial que fez Le Chang tremer de medo e compreender o quão poderoso era este ser.

Seiryuu apareceu na sua real forma, um Dragão, também da Raça dos Deuses Dragões, ele era um dos poucos já chamados de Deus Dragão. Seu corpo era branco, emanando uma pureza e uma santidade além da compreensão, com um conhecimento profundo e complexo, Le Chang nesse momento estremeceu e sentiu sua mente recebendo um grande golpe, apenas uma ínfima fração da real presença destes seres o fez se amedrontar.

No fim, Le Chang era alguém no Dao da Purificação e Seiryuu e Gao Yao eram seres que pisaram no topo das duas maiores raças da Existência, seres que eram adorados, um como o Líder dos Pilares Existenciais e outro como o Deus Demônio do Caos.

"Eu sou Le Chang!"

"ROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOAAAAAAAAAAAAAAR!!"

Seiryuu e Gao Yao rugiram, fazendo toda a caverna estremecer.

Eles então se transformaram novamente em esferas da mais pura Energia Yin e Energia Yang e dispararam em direção ao corpo de Le Chang.

Nesse momento, algo surreal aconteceu.

Sobre a cabeça de Le Chang, o Símbolo do Yin Yang apareceu, ele começou a girar rapidamente e disparou para cima, ao mesmo tempo ele aumentava de tamanho.

Então, em alguns segundos, o símbolo era tão grande quanto o planeta.

Todos o viram nos céus, não importa em que parte do planeta, eles ainda viram o imenso Símbolo.

Então, uma presença colossal apareceu, a própria vida estremeceu, a sensação era igual ao acordar dos deuses.

Duas Auras apareceram, uma era o mais profundo Caos e a outra era a maior sensação da Vida.

Rapidamente, uma terceira Aura apareceu, esta era menos presente que as outras duas, como se ainda tivesse que ser completamente exposta, mas, ainda assim, era ainda mais pura e antiga que as outras duas.

Nesse momento o corpo material de Le Chang pareceu se desprender da realidade, seus olhos, por um instante, refletiram a Runa Angular no topo de seu Castelo.

Sua Forma Espiritual finalmente abriu as Portas do seu Castelo Espiritual, adentrando no cerne de sua vida, no âmago de seu Ser.

"Dao do Esclarecimento!" Todos os poderosos murmuraram.

"BOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOM!"

O Símbolo Yin Yang explodiu, liberando ondas imensas de Energia, junto a esta Energia, havia três presenças.

Tal evento se espalhou por toda a Existência, alertando monstros escondidos em Dimensões perdidas, cantos jamais visitados, aterrorizando pessoas que jamais haviam sentido qualquer coisa desse tipo.

Então, um imenso triângulo dourado apareceu a mil metros acima de Le Chang, no instante seguinte, um imenso pilar de pura Energia se desprendeu dele.

Aquilo era um Julgamento Celestial, Le Chang havia quebrado o sentido do poder, seu talento deu um salto grande demais para que a Existência o mantivesse vivo.

A morte era certa.

Entretanto…




O site Central de Mangás é gratuito e sempre será!

Para colaborar com a existencia do site, por favor,
desative o bloqueador de anúncios.