Ascensão de um Deus

281 - Fugindo

Autor: Calebe Piccoli Camargo | Revisor: Stromkirk

Os três conjuntos de ataques, criaram uma imensa explosão, devastando completamente uma imensa área da floresta.

Por causa da grande quantidade de poder espacial, o espaço no local ficou rachado, como vidro atingido por uma pedra, entretanto, rapidamente as Leis Universais os corrigiram.

“…. Morreram?” Perguntou Hao Mei que se moveu até o seu irmão.

“Não sei.… Mas eu estou sentido uma inquie…” Hao Long não terminou a sua frase até três Auras caírem sobre os quinze ali presentes.

Hao Long arregalou os olhos e seu corpo estremeceu, sua mente foi tomada pelo temor e não somente ele, mas todos passaram pela mesma experiência.

Bou Kang que tinha, o que parecia ser, um grande sorriso em seu rosto, rapidamente o trocou por uma expressão de pavor, seu corpo rapidamente voltou a forma humana e correu para o lado de Hao Long.

Enquanto isso, a Floresta lentamente começou a crescer, árvores começaram a nascer e em questão de segundos uma nova floresta apareceu.

Todavia, devido a imensa nuvem de poeira, era impossível ver qualquer coisa.

Hao Long e Hao Mei, olhavam com expressões que jamais haviam feito, onde, enquanto os outros não compreendiam o que acontecia, eles entenderam perfeitamente.

“Dra… Dra…” – Hao Mei.

“BOOOOOOOOOOOOOM!” 

Três ondas de choque varreram completamente as nuvens de poeira.

Wuhan Xie, Lian Mei e Chi Ziyun foram vistas agora.

Nas costas de cada uma delas, havia imensas asas, todas com quase vinte metros de envergadura.

As asas de Chi Ziyun eram como se milhares e milhares de finos cipós tivessem sido costurados juntos, formando um tecido de plantas.

Já Wuhan Xie, tinha duas grandes asas feitas de puro gelo.

Enquanto isso, Lian Mei possuía asas de puro fogo.

A Aura que permeava o corpo delas era o mesmo que a Aura do Dragão de Le Chang, todavia, por elas estarem no Pico do 5º Grau do Dao da Purificação, o poder que havia nessas Auras era dezenas de vezes mais forte do que quando Le Chang usou no Dao da Alma.

O poder era tão forte, que os animais selvagens pararam de se locomover, e um a um se deitaram no chão, como se diante de um poder tão grande, a rendição fosse a única saída.

“Dra… Dragão!” – Hao Long.

Os olhos das garotas irradiavam uma Aura tão intensa, que fazia com que o instinto de sobrevivência das Feras Mágicas se atiçasse.

Todavia, devido a imensa Aura, um poder de supressão aterrador apareceu, congelando todo o espaço ao redor das Feras Mágicas, impossibilitando qualquer rota de fuga.

Hao Long e Hao Mei tremiam e olhavam com uma imensa dose de incredulidade.

“AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!” Berrou Bou Kang ensandecido. 

Ele enlouqueceu e sua mente foi perdida pelo terror causado.

Hao Mei tentou ir até ele e puxa seu braço, impedindo ele de se suicidar, mas Hao Long a puxou para perto de si e correu em outra direção.

Somente aqueles no 7º, 8º e 9º Grau mantiveram suas sanidades, apesar da pressão, com exceção de Bou Kang, que devido ao seu gênio impetuoso, foi tragado pelo dano causado a sua coragem.

Sendo assim, Bou Kang e mais seis Feras Mágicas, duas no 5º Grau e quatro no 6º, foram contra as garotas.

Enquanto isso, Hao Long, Hao Mei e os demais poderosos, correram por suas vidas, todavia, devido ao espaço estar congelado, só restou voar rapidamente para longe.

“MORRRRRRRRRRAMMMMMMMM!!” – Bou Kang.

Ele foi contra Wuhan Xie, ele voltou a sua forma original em pleno ar e com sua imensa mandíbula tentou devorar completamente a jovem garota.

Enquanto isso, um homem que parecia um porco espinho gigante, jogou milhares de espinhos contra Lian Mei, como a chuva de flechas que eram criadas em campos de batalhas.

Chi Ziyun também foi alvo e um imenso leopardo marrom, rugiu, trazendo sua garra para rasgar a garota ao meio.

Entretanto, algo surreal aconteceu.

As três simplesmente moveram suas Asas, como anjos voando pelos céus.

Elas eram com três seres angelicais, seu poder distorcia o espaço ao seu redor e a vida que havia no local foi obrigada a pagar seus respeitos.

“BOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOM!” 

“BOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOM!”

“BOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOM!”

Os Espinhos Gigantes, colidiram com as Asas de Lian Mei, mas era como jogar palha em uma parede de fogo, sendo assim, os espinhos viraram cinzas.

Contra Chi Ziyun, não foi diferente, a garra chegou sobre as suas Asas e foi barrada completamente, como se a imensa Fera Mágica fosse na realidade um gatinho arranhando uma parede de aço.

Já Wuhan Xie, trouxe suas Asas para golpear Bou Kang, acertando-o no lado esquerdo de sua face, jogando, uma Fera Mágica de dezenas de toneladas, para o lado como se fosse pena.

Hao Long viu de canto de olho, enquanto corria, em direção ao seu Castelo, a cena fazia seus pelos se arrepiarem e suor frio escorria pelas suas costas.

Ao longe, ele conseguia ver três meninas, lutando contra sete Feras Mágicas, não de igual para igual, mas com uma completa vantagem.

Bou Kang balançava constante sua cauda contra Wuhan Xie, a qual usava suas Asas como escudo e também para direcionar o golpe de seu oponente, o desestabilizando e ganhando tempo para que ela pudesse combater os outros seres que a atacavam.

Desta vez, Wuhan Xie enfrentava duas feras, Lian Mei enfrentava três e Chi Ziyun também duas.

Chi Ziyun fazia uso de seu controle sobre a Flora do local, em conjunto com suas Asas Draconianas, e lutava com maestria contra seus oponentes.

Na realidade, nada podia explicar melhor o que ela fazia do que a palavra Maestra.

Chi Ziyun movia as suas mãos como se estivesse coordenando uma grande orquestra, a qual acompanhava seus comandos com perfeita harmonia.

As Feras Mágicas tentavam atingi-la com poderosos socos, mas imensas videiras rodeavam suas pernas e as tiravam o equilíbrio. As suas Asas se moviam em sintonia, protegendo sua retaguarda de qualquer ataque inimigo, como se ela tivesse olhos atrás da cabeça.

Já Lian Mei era como uma Deusa da Destruição.

Seu Bastão de Batalha esmagava ossos a cada batida, o Porco Espinho Gigante, jogava constantemente uma chuva de espinhos, mas as Asas Draconianas de Lian Mei se moviam a uma grande velocidade, dezenas de vezes maior que a do som, aparando cada um dos espinhos.

Enquanto isso, Wuhan Xie invocava tempestades de gelo, paredes imensas que poderiam segurar um ataque completo de uma Fera Mágica no 10º Grau do Dao da Purificação.

O céu era permeado por nuvens de venenos e soníferos naturais criados por Chi Ziyun.

Furacões gigantes incineravam tudo a sua frente, pulverizando árvores, derretendo as rochas no chão e não demorou muito para começar a correr lava pelo chão.

As Feras Mágicas faziam de tudo para atacar as meninas, mas seus ataques eram pífios diante de tamanho poder.

E não era para menos.

Le Chang havia dado a elas, Habilidades de Cultivo que eram usadas por Deuses Dragões, claro, apesar de elas não possuírem uma Herança Draconiana, era algo simples fazer isso dar certo, bastava elas assimilarem um pouco da Essência de Vida de Seiryuu que havia se misturado ao Sangue de Le Chang.

Afinal, após anos de cultivo, lentamente as Heranças de Le Chang começaram a permear seu corpo, unindo-se não somente aos seus nervos e ossos, mas até mesmo ao seu DNA.

Sendo assim, Le Chang havia lhes dado algumas gotas de seu sangue, contendo sua Essência, sua Energia Vital, sendo assim, antes delas começarem a assimilar completamente as Habilidades, elas refinaram esse sangue, dando a elas a capacidade de cultivar uma Habilidade Draconiana.

Claro, elas não herdaram uma Herança Draconiana de Le Chang, mas tornaram seus corpos compatíveis com as Habilidades herdadas.

O mesmo Le Chang fez por Min Jia, entregando a ela um pouco de seu sangue, para que então ela pudesse cultivar uma Habilidade Draconiana.

No entanto, é preciso compreender que isso é algo que somente Le Chang poderia fazer, afinal, normalmente, o corpo só sofre alterações em seu DNA quando o cultivador atinge o Dao Lendário, além disso, Le Chang só podia fazer isso, devido a Energia Dourada presente em seu corpo, a qual melhorava seu corpo a cada dia que passava.

Lentamente ele transcendia as limitações do corpo humano, podendo fazer com que aqueles que refinassem o seu sangue pudessem cultivar Habilidades Draconianas, algo que somente Verdadeiros Dragões poderiam fazer.

Todavia, Le Chang não podia ser medido pelos padrões da realidade, e muito menos as suas noivas.

Wuhan Xie, Lian Mei e Chi Ziyun lutavam com perfeição, seus movimentos eram esguios e completos.

Não havia falhas em seus golpes.

Wuhan Xie emitia uma Aura tão fria que o corpo das Feras Mágicas parecia lentamente travar, suas articulações começaram a ranger, sempre que as Feras tentavam se locomover.

Lian Mei fazia o ar ficar tão quente, mas tão quente, que era visível a dor na face dos animais, que pareciam cervos na época de seca em busca de água, um alento para o terror de um sol escaldante.

Chi Ziyun era excepcional, afinal ela estava sobre uma Floresta, que apesar de ser rapidamente destruída, ainda estava cheia de vida Floral, além disso, ela havia atingido um estado onde ela podia criar algumas Plantas e Venenos simples, diretamente de seu Qi Madeira.

As Feras que lutavam contra ela, pareciam diminuir seus movimentos, como se entrassem em um profundo sono.

“Mais rápido! Corram!” Hao Long gritou ao ver a cena.

Sua esperança era chegar ao seu castelo e usar uma plataforma de teletransporte para fugir.

{{Calebe: Eu não sou mais moderador na Saikai Scan, sendo assim, quem postara AUD a partir de agora fica a critério deles. Uma pena que nossas ideias sejam tão diferentes, mas deixo o cargo de cabeça erguida que fiz o meu melhor para tentar ajudar a Administração do Site. De qualquer forma, sintam-se a vontade para fazerem o que quiserem, afinal o Discord e os Comentários de AUD são terras sem leis a partir de agora. Além disso, não vou mais ficar respondendo comentários aqui no Site, se quiserem falar comigo, me mandem uma mensagem na Página de Ascensão no Facebook. Um abraço a todos e uma ótima leitura.}}

 




O site Central de Mangás é gratuito e sempre será!

Para colaborar com a existencia do site, por favor,
desative o bloqueador de anúncios.