Ascensão de um Deus

216 - Vou Trucidar Todos Que Ficarem No Meu Caminho!

Autor: Calebe Piccoli Camargo | Revisor: Stromkirk

Supremo Continente Shiang, Palco Central da Área de Matrizes.

Lin Tu lentamente continuou chamando os competidores. 

No fim, faltava somente Le Chang, sendo que, a maior pontuação alcançada neste ano, foi de Quarenta, três atrás do recorde.

“Inscrito Número 1611, um passo à frente!!” – Lin Tu.

Le Chang, que estava sentado em posição de lótus, lentamente se levantou e caminhou até um círculo, no centro do Palco Central. A partir dali ele deveria lançar seu ataque.

Enquanto isso, um homem de trinta e três anos, observava Le Chang, seu olhar dançava entre raiva, curiosidade e inveja.

Ele era um Discípulo de Lin Tu, mas jamais tinha tido grande notoriedade, nem no Clã Lin e de seu Mestre, já que o filho do mesmo levava toda a adoração.

Quando o filho de seu Mestre atingiu a marca de Quarenta e Três, fazendo seu nome ao quebrar o antigo recorde de Quarenta e Dois, ele havia ficado com Quarenta e acabou sendo esquecido. 

No fim, somente o campeão absoluto leva as glórias, afinal o segundo colocado é o primeiro perdedor.

Lin Fu havia ficado exultante quando viu Le Chang vencendo Lin Gon, filho de Lin Tu, sendo assim, se ele pudesse vencer aquele que derrotou o seu maior rival, ele poderia finalmente receber as glórias e adoração desejada.

Contudo, ele não ousou subestimar seu oponente. 

Le Chang resistiu a uma força absurda e enquanto Lin Gon estava no limiar da consciência, Le Chang se mantinha perfeitamente consciente.

Além disso, ele não era idiota, obviamente havia reconhecido partes do Círculo Mágico que Le Chang tentava fazer. Contudo ele acreditava fielmente que o nível da Matriz de Le Chang não chegava perto do real, senão que tipo de monstro esse garoto seria?

Ele observava atentamente cada movimento do único empecilho entre a glória e o esquecimento.

************************************

‘Hehehehe… É disso que eu estou falando garoto… Você tem dois seres de Nível Divino dentro de seu corpo… Faça jus a isso… Tsc… Tsc… Se eu estivesse em meus dias de glória, um planeta desse nível não serviria nem de estábulo para os meus cavalos…’ – Gao Yao.

‘…. Apesar de eu não ser tão radical como ele…. Acho que está em tempo de fazer um alvoroço…. Você bem sabe que somente o poder absoluto ganha respeito…. Somente um talento além da imaginação se sobressai…. Esmague os seus inimigos, rasgue as amarras do destino, destrua os dogmas, pulverize os obstáculos e triunfe sobre tudo e todos…’ – Seiryuu.

‘Hahahahahahahahaha!! Isso é bom…. Isso é bom…. Vamos dar um pequeno show então…’ – Le Chang.

Ele então lentamente fechou seus olhos e controlou um pouco dos três tipos de Qi usados para fazer o Círculo Mágico, Água, Terra e Fogo. 

O pedaço de jade não demonstrou sinal algum de ativação, mas, mesmo assim, Le Chang casualmente moveu sua mão e jogou o objeto na direção do Cristal.

O rosto de muitos demonstrou surpresa e um leve desdém, alguns até mesmo sentiram pena.

Aquele movimento casual foi como jogar uma pedra na beira da estrada, como se desfazer de algo inútil e sem valor algum.

Ainda por cima, após o jade sair de sua mão, Le Chang se virou de costas e retornou ao seu lugar, como se não houvesse importância em ver o resultado de seu árduo trabalho.

“Ta! Ta! Ta!” 

O som do jade batendo no cristal ecoou por toda a Arena Central, logo após veio o som dele caindo no chão, inerte.

“ã?!” – Min Jia.

Ela olhou para o lado e viu sua irmã franzindo as sobrancelhas.

‘Esse garoto… Ele realmente fez algo inútil?’ Min Lei divagava em sua mente, ela sentia algo estranho vindo do garoto a sua frente, alguém que conseguiu fazer um círculo mágico durante uma batalha, poderia realmente ter falhado de forma tão miserável?

Lin Yang não sabia o que pensar, seu neto bateu a cabeça?

O rosto de todos ficou branco, o garoto havia enlouquecido? 

Ele ignorou o resultado de seu lançamento pois sabia que era apenas um pedaço de jade qualquer?

Lin Tu ficou surpreso e não pode deixar de se decepcionar, aquele que derrotou seu filho Lin Gon era no fim um inútil? 

Enquanto isso, Lin Mei se regozijava.

Lin Kang e Lin Tai também tinha sorrisos triunfantes em suas faces, apreciando a desgraça de Le Chang como se fosse a mais saborosa das iguarias.

Contudo… 

“Pah!! Pah!!” Pah!!” 

O pedaço de jade começou a tremer violentamente, atraindo a atenção de todos, e no instante seguinte ganhou uma cor vermelho alaranjado, se transformando em uma pequena esfera de luz, como um farol no meio da noite.

Nem mesmo um décimo de segundo depois disso, um clarão imenso apareceu.

O rosto de Lin Tu se assustou e ele rapidamente fez alguns selos e reforçou a barreira ao redor do Palco Central.

“BOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOM!!” 

Toda a Arena Central tremeu, uma nuvem de poeira cobriu a visão de todos.

Uma onda de choque tão imensa fez ser possível ver a barreira vibrando levemente.

O rosto de todos, antes descrentes e repletos de desdém, agora não tinham outra expressão além do espanto absoluto.

No momento seguinte, uma pressão absurda emanou do Palco Central de Matrizes, levando todos abaixo daqueles no Dao da Purificação a tremer.

Lentamente a poeira foi baixando, Lin Tu usava os poderes espaciais para sugar toda a poeira para fora do Palco Central, acelerando o processo.

Não muito tempo depois a cena apareceu na frente de todos.

O Cristal da Força, antes imponente como um pedaço do metal mais resistente do mundo, agora estava aos frangalhos.

Ele foi destruído em centenas de pedaços, as pedras que constituíam o Palco Central acabaram sendo rachadas e uma pequena cratera foi criada no local da explosão.

O Cristal de Força perdeu seu brilho e no local onde antes ele estava, uma pequena imagem se formou, sinalizando que a força por detrás desse ataque era indefinida, impossível de ser mensurada, já que destruiu completamente o objeto.

A multidão alternava entre olhar para os pedaços do cristal e para Le Chang.

Min Jia tinha seu queixo caído, mas sua irmã tinha um pequeno sorriso em seus lábios, parecendo confirmar seus pensamentos.

Lin Yang não sabia se ria ou chorava, seu neto era um monstro.

O rosto de Lin Mei escureceu e uma Sede de Sangue brotou de seu corpo, se antes ela parecia um leão sondado a sua presa, agora ela parecia uma serpente dando seu bote.

Lin Kang e Lin Tai sentiram um leve temor tomar conta de seus corpos antes de serem consumidos novamente pela inveja e pelo ódio.

O Discípulo de Lin Tu, o qual queria toda a glória para si, tinha um olhar extremamente feio, repleto de descrença e uma leve pitada de ódio.

Lin Cai era o único que mantinha um rosto feliz, sem surpresa alguma, como se nada o surpreendesse. 

Todavia, em sua mente as coisas eram diferentes.

‘Hm… Interessante… Interessante… O garoto é forte, tem um corpo poderoso, um talento surpreendente, um conhecimento aterrador… Será que eu consigo usar ele para o que eu quero?… Tsc… Tsc… Lin Yang, provavelmente tentaria me impedir, mas eu preciso fazer isso…. Dificilmente viverei mais de mil anos e do jeito que as coisas estão indo, acho difícil ter minha vingança…. Aqueles malditos Supremos Clãs…. Ousaram interferir em meus planos…. Hahahahahaha…. Eu vou trucidar todos que ficarem no meu caminho…’ O sorriso de Lin Cai lentamente mudou e deu lugar a um olhar macabro, repleto de ódio, rancor e um desejo absurdo por vingança.

Contudo, ele rapidamente os retraiu e voltou ao seu sorriso habitual.