A Will Eternal

642 - Decreto do Rei Celeste!

Tradução: Glaurung | Revisão: GonP

Ninguém poderia adivinhar o que o Rei Fantasma Gigante estava realmente pensando. Parecia uma situação de parecer fraco a fim de atrair os inimigos para fora de suas fortalezas. No entanto, de outras formas, parecia que ele estava tentando chegar a um acordo....

Quanto mais alguém estivesse a par das informações dos bastidores, mais confusas as coisas se tornavam. Afinal, o Rei Fantasma Gigante era um Semideus, fato que pressionava bastante os três grandes clãs.

A viagem do Duque Grito da Morte para visitar os três patriarcas Devas lançou suspeita em todos os seus corações. No entanto, cada um deles fizeram várias exigências, todas as quais pareciam excessivas de alguma forma.

Eles fizeram isso intencionalmente, é claro. De certa forma, tais demandas pareceriam que eles não estavam interessados em se rebelar. Por exemplo, se o Clã Bai estivesse planejando uma rebelião, eles teriam a intenção de vencê-lo e, portanto, ficariam confiantes em poder cuidar de Bai Hao sozinhos. Eles não precisariam do Rei Fantasma Gigante para fazer isso por eles.

No entanto, nem mesmo o patriarca do Clã Bai poderia ter imaginado que seu pedido seria concedido dentro de um dia! O Rei Fantasma Gigante não hesitou em enviar um decreto real diretamente para a Penitenciária do Demônio.

“Bai Hao traiu seu próprio clã, tratou seu pai como lixo e matou seus parentes. Ele é cruel e maléfico e, como tal, seu posto de guarda prisional será retirado e ele será encarcerado como prisioneiro na Penitenciária do Demônio!”

Muito pessoas na Cidade Fantasma Gigante ficaram chocadas com a notícia. Afinal, Bai Hao fez um alvoroço recentemente e se tornou muito famoso. Ele ser preso de repente, era um grande desenvolvimento.

Quando Madame Cai ouviu a notícia, ela ficou em êxtase. Embora ela quisesse Bai Hao morto, ela sabia o quão brutal era a lendária Penitenciária do Demônio e ficou muito feliz com a situação.

Bai Xiaochun não tinha como saber o que as pessoas diziam sobre ele do lado de fora. Ele estava sentado em seu quarto meditando quando o vice-diretor Sun Peng e os guardas do Pavilhão D cercaram seus aposentos sem aviso prévio.

Bai Xiaochun ficou tão atordoado que não sabia como reagir. Parecia que seu mundo inteiro estava de cabeça para baixo, a ponto de sentir vontade de chorar.

"Deve haver algum engano..." ele disse com uma voz trêmula, olhando em volta para todos os rostos familiares entre os guardas.

Os guardas do Pavilhão D estavam todos em bons termos com Bai Xiaochun e não conseguiram deixar de hesitar um pouco. A compaixão e outras emoções misturadas em seus olhos eram claras. No entanto, eles não ousavam desafiar um decreto real e não puderam fazer nada além de suspirar e fazer uma reverência para Bai Xiaochun.

“Nós realmente não temos escolha no assunto, Irmão Bai Hao...”

“Apenas aguente, Bai Hao. Nunca se sabe, sua alteza o rei pode se acalmar um pouco e mudar de ideia.”

Então, o capitão do Esquadrão 9 declarou em voz alta: “Não se preocupe, Bai Hao. Você será preso no Pavilhão D e todos somos como uma grande família. Seu título está mudando, isso é tudo. Nós, guardas, nos certificaremos de que ninguém nas celas cause algum problema para você!”

Claramente, o capitão se sentia muito desconfortável com a situação. Os outros guardas acenaram com a cabeça em concordância. Afinal, todos eles tinham se beneficiado em certa medida dos interrogatórios que Bai Xiaochun havia realizado recentemente. Juntando o fato de que Bai Xiaochun os tratou bem, isso garantiu que todos gostassem dele.

Eles não podiam desafiar um decreto real, mas podiam usar sua autoridade no Pavilhão D para garantir que a vida de Bai Xiaochun fosse fácil.

O vice-diretor Sun Peng pigarreou e disse: “É só uma mudança de roupas, Bai Hao. Cuidaremos de todas as suas necessidades diárias, para que não haja muita mudança. Na verdade, sempre que você quiser sair e dar um passeio, é só nos avisar!”

Bai Xiaochun pôde ver que não havia saída para sua situação. Ele estava deprimido, mas todos estavam tratando-o tão bem que isso aqueceu seu coração. Soltando suspiros, ele caminhou junto com todos a caminho das celas.

Logo, os prisioneiros souberam do assunto e ficaram atordoados. Quanto aos prisioneiros importantes que Bai Xiaochun havia interrogado no passado, muitos deles estavam muito entusiasmados e estavam claramente felizes em ver Bai Hao obter sua punição...

No entanto, sua alegria não durou muito tempo. Os dez capitães do Pavilhão D deram avisos a todos os prisioneiros que não deveriam perturbar Bai Hao. Em seguida, o vice-diretor Sun Peng apontou que, embora Bai Hao não fosse mais um guarda oficial, ele ainda era um inquisidor. Nesse ponto, os prisioneiros abandonaram qualquer pensamento de se vingar.

Até onde a maioria deles estava preocupada, na verdade teria sido melhor para ele permanecer como um guarda. Sendo um guarda, ele só entrava no bloco de celas quando estava em patrulha. Mas agora... ele estaria lá com eles o tempo todo. O pensamento do que isso significava se acabassem ofendendo-o, era aterrorizante.

O mais escandaloso de tudo foi que... os guardas não selaram sua base de cultivo!

Isso fez com que cada um dos prisioneiros se enchesse de uma incrível ansiedade. Depois de um tempo, os guardas despediram-se e foram embora.

Com o coração partido, Bai Xiaochun se encontrou de frente a uma cela de crânio, entrou e sentou-se de pernas cruzadas.

"Tudo aconteceu tão rápido", pensou ele com um longo suspiro. “Eu era um guarda, um inquisidor e até mesmo o inquisidor das trevas número um... Agora eu sou apenas um prisioneiro.

“É algum tipo de brincadeira...? Rei Fantasma Gigante, seu bastardo, você foi quem me salvou para começo de conversa. Por que você está causando problemas para mim agora...?

“Você é um especialista no Reino Semideus! Os três grandes clãs estão planejando uma rebelião, então por quê você simplesmente não vai eliminá-los? Por que você está fazendo isso, seu perdedor?!” Pelo que ele podia dizer, ele estava simplesmente sendo usado como um peão em qualquer jogo que o Rei Fantasma Gigante e os três grandes clãs estivessem jogando.

“Que arma secreta os três grandes clãs possuem? Droga! Isso é entre os clãs e o rei! Não tem nada a ver comigo!” Cerrando as mãos em punhos, ele olhou em volta e deu um suspiro deprimido.

"Felizmente, meus irmãos não selaram minha base de cultivo. Caso contrário, a minha vida teria ficado muito ruim.” Sentindo-se um pouco melhor por causa disso, ele olhou para a cela ao lado dele.

Nela estava um velho com um rosto inexpressivo que exibia uma proeminente marca de nascença vermelha. Bai Xiaochun lembrou-se daquele velho, de quando o capitão o mostrou pela primeira vez. Aparentemente, ele havia ofendido o Rei Fantasma Gigante e depois acabou sendo aprisionado por mais de duzentos anos.

Na esperança de se solidarizar com uma vítima, Bai Xiaochun disse de repente: “Ei, Companheiro Daoista. Eu ouvi que você ofendeu o Rei Fantasma Gigante. Ai ai. Eu acho que você e eu estamos no mesmo barco.”

O velho não reagiu de jeito nenhum. Ou ele não ouviu, ou estava fingindo que não.

“Sua base de cultivo está selada, então por que você está sentado meditando esse tempo todo? Qual é o objetivo? Venha, vamos conversar um pouco sobre esse maldito Rei Fantasma Gigante. Ele é um gigante nada!” Bai Xiaochun estava realmente ficando animado por esse ponto e levantou sua voz um pouco.

Apesar disso, o velho continuou imóvel em meditação. Irritado, Bai Xiaochun disse: “Tudo bem, apenas finja que você não me ouviu. O que há de tão incrível nisso? Não é como se eu tivesse feito qualquer coisa para te ofender!”

Bai Xiaochun já estava um pouco deprimido e ter esse velho ignorando-o completamente não ajudou. Bufando friamente, ele se recostou na parede da cela e começou a ponderar sobre a sua miséria. Suspirando, ele pensou em como a sua vida tinha sido gloriosa como Major General na Grande Muralha, e como as coisas haviam sido surpreendentes na Seita Desafiadora do Rio.

“Oh Junwan, eu sinto tanto a sua falta. E você também, Xiaomei...” Por alguma razão, ele então pensou na Senhora Poeira-Vermelha e depois disso, Chen Hetian, e sua raiva aumentou.

No entanto, sentar-se lamentando não adiantaria nada, então, depois de um pouco de tempo, ele sentou-se de pernas cruzadas e começou a pensar no que fazer a seguir. Infelizmente, não importava como ele ponderasse a situação, ele não tinha idéias. Ele havia testado seu Hex Imortal há muito tempo e descobriu que era tão inútil dentro da Penitenciária do Demônio quanto no labirinto perto da Grande Muralha.

Agora que ele era um prisioneiro, parecia que ele estava completamente sem esperança.

“Maldito seja Rei Fantasma Gigante!” Ele disse com os dentes cerrados. “E o Clã Bai também. Eles definitivamente são uns nada! Se os três grandes clãs se rebelarem e vencerem, eles definitivamente virão me matar. Se eles tentarem, então eu vou usar minha alma Semideus para conseguir escapar!” Um brilho feroz apareceu em seus olhos. “Se o Rei Fantasma Gigante ganhar, então talvez eu tenha uma chance de sair daqui. O capitão e o vice-diretor Sun podem falar por mim, e talvez até o Diretor Li…”

Bai Xiaochun massageou a ponte do nariz ao contemplar os dois possíveis resultados. Esta última seria a opção preferida, enquanto a primeira... dificultaria em muito a situação. A ideia de morrer em uma luta deixou Bai Xiaochun tão ligado que começou a tremer.

"Vocês estão forçando a minha mão!" Respirando fundo, ele fechou os olhos para meditar. Afinal de contas, a melhor coisa a fazer nessa situação era manter-se em ótimas condições, assim ele estaria pronto para qualquer coisa a qualquer momento.

O tempo passou. Em pouco tempo, havia se passado meio mês. Embora Bai Xiaochun permanecesse em alerta o tempo todo, nada aconteceu. Nenhum dos prisioneiros causou problemas, e os guardas vinham diariamente para conversar e até entregar álcool e comida. No geral, eles cuidaram bem dele.

Da perspectiva de Bai Xiaochun, era como se ele tivesse acabado de trocar de roupa e de quarto. Os guardas até o deixavam sair do bloco de celas para dar uma volta sempre que quisesse. De um modo geral, seu humor estava bom.

Ocasionalmente, os guardas até pediam sua ajuda para fazer alguns interrogatórios. Afinal, ele ainda era o inquisidor das trevas número um da Penitenciária do Demônio.




O site Central de Mangás é gratuito e sempre será!

Para colaborar com a existencia do site, por favor,
desative o bloqueador de anúncios.