A Will Eternal

560 - O Que Era Aquela Coisa!?

Tradução: Glaurung | Revisão: Marverick

No mesmo momento em que ele retirou o Guarda-Sol Eterno, ele também tirou inúmeros talismãs de papel, que ele colocou em si mesmo. No momento, sua mente estava vazia de outra coisa que não fosse pensar em maneiras de ganhar tempo.

Quando o ataque da Senhora Poeira-Vermelha atingiu o Guarda-Sol Eterno, um grande estrondo encheu o ar. Sons de rachaduras podiam ser ouvidos, como se o Guarda-Sol Eterno não conseguisse sustentar a força. Fissuras apareceram em sua superfície e o rosto do fantasma se contorceu como se em agonia.

O guarda-sol foi então arrancado da mão de Bai Xiaochun e foi lançado para o lado. Não havia tempo para ele pensar em recuperá-lo enquanto ele era enviado voando para trás, com sangue jorrando de sua boca. As camadas de escudo criadas por seus talismãs de papel eram tão grossas que quase não cabiam dentro do sepulcro e quando o soco da Senhora Poeira-Vermelha bateu neles, o resultado foi surpreendente.

RUUUUUUUUMBLE!

Um por um, os talismãs de papel foram destruídos e as camadas de escudo se desfizeram. No entanto, o ataque da Senhora Poeira-Vermelha também começou a desvanecer-se. Dentro do espaço de algumas respirações de tempo, os escudos e os talismãs foram gastos, e Bai Xiaochun ainda estava recuando, com o poder de uma Pílula de Vestígio Divino varrendo através dele e curando-o.

Embora essa troca parecesse relativamente simples, se Bai Lin estivesse lá para ver isso, seu coração teria ficado dolorido. Era como se Bai Xiaochun tivesse acabado de se defender com uma grande pilha de dinheiro!

O rosto de Bai Xiaochun estava pálido como uma folha de papel. Conforme se afastava da Senhora Poeira-Vermelha e fazia tudo o que podia para ganhar tempo, continuou a enchê-la de insultos.

“Ei Piranha Poeira-Vermelha, agora você está vendo o quão difícil é matar o Lorde Bai não é? Só espere até eu me tornar um Semideus, então eu vou me vingar!”

"Maldição!" Ela amaldiçoou com raiva. Ela já havia atacado várias vezes e não conseguia matar Bai Xiaochun. Além disso, o poder de teletransporte na área estava aumentando. Com os olhos brilhando com o desejo de matar, ela enviou uma névoa vermelha girando para formar uma tempestade que começou a bloquear os buracos nas paredes do sepulcro!

Embora a névoa tenha sido rapidamente corroída, ela deu à Senhora Poeira-Vermelha os poucos instantes de tempo livre dos raios de luz que ela precisava para invocar todo o poder de sua base de cultivo. Então, ela se preparou para soltar um golpe que ela tinha certeza que mataria Bai Xiaochun!

Ela havia notado há muito tempo que os raios de luz não afetavam Bai Xiaochun, e ainda assim eram extremamente incômodos e perigosos para ela. Obviamente, ela havia caído em uma armadilha criada por Bai Xiaochun, na estela de pedra.

Depois de bloquear os buracos nas paredes, os olhos da Senhora Poeira-Vermelha  brilharam e ela deu um passo em direção a Bai Xiaochun.

Conforme o pé dela baixava, o ar ao seu redor afundou, criando algo que parecia uma boca enorme e sinistra. Então, uma poderosa força gravitacional surgiu, agarrando Bai Xiaochun e arrastando-o em direção à boca.

Bai Xiaochun ficou assustado e rapidamente fez um gesto de encantamento com as duas mãos. Então ele acenou com o dedo na direção da boca e gritou: "Reino..."

De repente, todo o sepulcro se torceu e se distorceu enquanto o vapor de água se agitava por toda parte, transformando toda a área em um pântano aquático!

Em seguida, uma aura aterrorizante irrompeu, algo que parecia vir de tempos primordiais. O tempo e o espaço pareciam afetados, como se toda a área dentro daquele pântano existisse nos tempos antigos!

As pupilas da Senhora Poeira-Vermelha se contraíram.

Antes que ela pudesse fazer qualquer coisa, Bai Xiaochun gritou: "das Águas!"

Instantaneamente, cinco espigões semelhantes a montanhas começaram a subir de dentro do pântano aquático, disparando diretamente em direção à Senhora Poeira-Vermelha.

No entanto, Bai Xiaochun nem sequer parou por um momento. Saltando para o ar, ele rugiu: "Encanto da Montanha Viva!"

Depois de transformar-se diretamente em um golem de pedra de 30 metros de altura, ele se juntou ao Reino das águas com um ataque impiedoso contra a Senhora Poeira-Vermelha.

Em resposta ao Reino das Águas, os olhos da Senhora Poeira-Vermelha brilhavam com uma luz curiosa. E, no entanto, um momento depois, ela riu friamente.

“Uma técnica mágica muito misteriosa. Eu não sei de qual Seita você veio para ter uma besta guardiã divina espiritual dessas. Que pena... que você não possa invocá-la totalmente. E mesmo se você pudesse, eu não lhe daria tempo para fazê-lo. Primeiro, vou matar essa criatura, então vou matá-lo!” Enquanto as palavras saíam de sua boca, a Senhora Poeira-Vermelha fez um gesto de encantamento e mandou uma névoa vermelha que saiu de sua palma. No mais breve dos momentos, transformou-se em uma longa lança vermelha que ela empunhou e a agitou, não em direção aos picos, mas em direção ao chão onde o pântano estava localizado.

A lança vermelha apontou para o chão, perfurando o mundo abaixo e à criatura lá dentro, a criatura que até mesmo Bai Xiaochun nunca havia visto.

Posteriormente, um rugido de raiva ecoou de baixo, fazendo com que a lança da Senhora Poeira-Vermelha se quebrasse. Até mesmo a boca sinistra que ela havia formado com sua técnica entrou em colapso. Ao mesmo tempo, os cinco espigões de montanha continuaram a disparar a partir de baixo!!

Não eram retos, mas sim curvos e se olhassem para eles por mais de um momento, ficariam impressionados como eles se pareciam com as garras de algum animal. No entanto, eram tão enormes que essas meras garras eram como montanhas. Além disso, a criatura parecia ter ficado enfurecida com a Senhora Poeira-Vermelha, e estava tentando sair do pântano para alcançá-la...

Infelizmente, a base de cultivo de Bai Xiaochun não era forte o suficiente para suportar o Reino das Águas. Enquanto a garra se estendia, sangue jorrou de sua boca e ele soltou um grito quando sentiu sua base de cultivo e força vital sendo arrancada violentamente. Claramente, o poder requerido para permitir totalmente que a mão com garras aparecesse ao ar livre era o suficiente para o levar à morte... Aterrorizado, ele não teve escolha senão dissipar sua própria técnica e dissipar o poder do Reino das Águas....

A expressão da Senhora Poeira-Vermelha se transformou em uma de choque enquanto ela cambaleava para trás. "O que era aquela coisa!?!?"

O rosto de Bai Xiaochun estava tão pálido quanto ao da Senhora Poeira-Vermelha. Ele sabia que seu Reino das Águas era poderoso, mas nunca percebeu que era tão poderoso. As garras em uma das mãos da criatura foram suficientes para quase matá-lo. Enquanto ele contemplava o fato de que se não fosse cuidadoso usando o Reino das Águas, ele poderia se matar, ele estremeceu....

Ainda mais deprimente era o quão louco a fanática Senhora Poeira-Vermelha estava agindo. Qual era a dela? Tudo o que ela tinha que fazer era seguir com seu plano e atacar os espigões semelhantes a montanhas, onde ele poderia ter bloqueado seu caminho e até mesmo usado seu Encanto da Montanha Viva.

Em vez disso, o Reino das Águas tinha desaparecido e ele estava preso em sua forma de golem de pedra. A única vantagem era que, a essa altura, os buracos na parede haviam destruído a neblina vermelha, e os raios de luz agora disparavam em direção à Senhora Poeira-Vermelha.

Bai Xiaochun sabia que o tempo estava se esgotando para ele. Portanto, ele soltou um grito e correu em direção à Senhora Poeira-Vermelha como um meteoro!

Enquanto a Senhora Poeira-Vermelha se recuperava de seu choque do embate com a enorme criatura, os feixes de luz retornaram. A raiva imediatamente ardeu em seu coração; se não fosse por aqueles raios de luz, ela nunca teria tido tanta dificuldade em matar Bai Xiaochun!

No entanto, os raios de luz e os vergões vermelhos que eram deixados em sua pele causavam uma dor intensa e exigiam um esforço significativo para suprimir. Além disso, o menor lapso de atenção da parte dela poderia levar a conseqüências permanentes.

Bai Xiaochun estava se mostrando incrivelmente resistente. Além disso, ele tinha todos os tipos de itens aleatórios e técnicas para se manter vivo. Finalmente, a Senhora Poeira-Vermelha soltou uma gargalhada fria e depois encarou Bai Xiaochun com uma intenção de matar maior do que nunca.

"Você está ficando sem tempo!" Respirando fundo, ela mais uma vez ignorou as marcas vermelhas e abandonou o uso da névoa vermelha para se defender. Fazendo um gesto de encantamento, ela convocou outra longa lança vermelha e atirou-a na direção de Bai Xiaochun.

Essa lança continha o verdadeiro poder de um Deva!

No mesmo instante em que a lança voou para o ar, Bai Xiaochun pegou uma flecha. Era... a flecha de alma de fogo que havia recebido onze aprimoramentos espirituais!! Tratando seu corpo como o arco e o braço como a corda do arco, ele lançou a flecha na direção da Senhora Poeira-Vermelha.

A flecha perfurou o ar com numerosos sons de rachaduras, com os chocantes designs dourados em sua superfície brilhando intensamente. Em um piscar de olhos, alcançou a lança vermelha, e os dois colidiram, criando uma explosão ensurdecedora.

Normalmente falando, a lança teria sido muito poderosa para lidar com a flecha. No entanto, foi nesse momento que Bai Xiaochun gritou: "Detone!"




O site Central de Mangás é gratuito e sempre será!

Para colaborar com a existencia do site, por favor,
desative o bloqueador de anúncios.