A Will Eternal

551 - Eu Vou Ser um Bom Garoto....

Tradução: Glaurung | Revisão: Marverick

Bai Xiaochun soltou um grito de medo e olhou por cima do ombro, tremendo. Ele também se mexeu e tentou alcançar de tudo que é jeito suas costas. E ainda assim, ele ainda não tinha nenhuma evidência de que tinha alguma coisa lá.

No entanto, o sentimento só continuava a ficar mais forte, a ponto de ele sentir que não conseguia respirar.

"Definitivamente tem alguma coisa nas minhas costas!" Lágrimas surgiram em seus olhos, ele soltou um grito enquanto colocava alguns talismãs de papel nele. E ainda assim, depois que as camadas de escudo surgiram, ele ainda sentia o mesmo.

Não importa o que ele fazia, ele sentiu como se houvesse alguém agarrado a ele.

“Como é que nada funciona...?” Ele pensou nervosamente. Rangendo os dentes, ele desencadeou o Encanto da Montanha Viva, transformando-se em um golem de pedra e depois de volta ao normal. Apesar disso, ele ainda sentia que algo estava lá.

De fato, a sensação era ainda mais forte. O mais terrível de tudo era que Bai Xiaochun tinha certeza de que quem quer que estivesse atrás dele estava absorvendo sua força vital.

"Não... essa é a minha longevidade!", Ele lamentou. “Essa é minha chance de viver para sempre! Eu não quero isso! Vamos conversar. Apenas saia das minhas costas…”

Ele até tirou o Guarda-Sol Eterno e o colocou por cima do ombro, mas quem estava preso às costas se recusou a ceder.

Bai Xiaochun estava começando a se sentir confuso e chegou a ponto de usar seu Reino das Águas. No entanto, nada mudou....

"O que eu deveria fazer? Não me diga que eu, Bai Xiaochun, vou perder minha vida aqui!? Eu me recuso a aceitar isso! Eu ainda sou jovem! Eu nem sequer me casei ainda. Eu não tive filhos...” E ainda, em sua fúria e pesar, ele só continuou a se confundir.

Ele começou a parecer um pouco indiferente enquanto se arrastava, até cambaleando um pouco, quase como se estivesse sendo empurrado para frente por trás.

A verdade era que ele realmente tinha uma pessoa de papel nas costas, como se sempre tivesse sido uma parte dele. Além disso, estava gananciosamente sugando sua base de cultivo e força vital.

Esta pessoa de papel era diferente das outras, no entanto. Não era branca. Era vermelha!

Além disso, tinha seis olhos, que se abriam e fechavam continuamente de uma maneira muito estranha.

Enquanto ele caminhava, não notou como, quando outras pessoas de papel apareciam perto dele e olhavam para ele com avidez, eles notavam a pessoa de papel vermelho em suas costas e depois tremiam e fugiam.

Eventualmente, ele estava completamente sozinho, andando em confusão e lentamente se transformando em algo mais como um homem velho.

No entanto, em algum momento enquanto caminhava, uma mão feminina graciosa e justa se aproximou, desconsiderando completamente a presença da pessoa de papel vermelho, para atingir diretamente o ombro de Bai Xiaochun.

Foi um tapa que enviou um tremor, despertando-o como se estivesse dormindo. De repente, recordando tudo o que estava acontecendo, ele gritou e saltou alguns passos antes de girar para olhar para trás.

O que ele viu o fez ficar de boca aberta.

Bem ali na frente dele estava uma linda mulher de vestido longo. Ela tinha um sorriso estranho no rosto e até parecia que ela tinha um pouco de sangue nos lábios, como se tivesse acabado de comer alguma coisa e esquecido de limpar a boca. Aquela jovem mulher não era outra senão...

“Gongsun Wan’er!!”

Na mão dela, ela segurava uma pessoa de papel vermelho, que gritava e lutava enquanto tentava se libertar. No entanto, tais esforços eram inúteis e, em breve, um olhar suplicante podia ser visto nos olhos da coisa.

Olhando para a pessoa de papel vermelho, Gongsun Wan'er sorriu e a segunda pupila em cada um de seus olhos começou a brilhar com uma luz fria. "Você realmente teve a coragem de intimidar o meu docinho."

Com isso, ela apertou os dedos, fazendo a pessoa do papel gritar enquanto era esmagada!

Então, nuvens brancas de fumaça se ergueram e flutuaram de volta para Bai Xiaochun, que não era outra senão sua força vital perdida sendo devolvida a ele.

Com o rosto ficando mais pálido, ele subconscientemente recuou alguns passos. Por alguma razão, esta versão de Gongsun Wan'er parecia uma completa estranha para ele.

Enquanto ele pensava em suas memórias passadas, ele estava certo de que fazia muito tempo desde que ele sentiu algo assim. Na verdade, agora que ele pensou sobre isso, ele percebeu que Gongsun Wan'er sempre pareceu um pouco diferente depois que voltou da Seita do Rio de Sangue.

Além disso, o sangue em seus lábios claramente não era dela; tinha vindo de algo que ela tinha comido. Bai Xiaochun imediatamente começou a ofegar quando um sentimento aterrorizante o dominava.

A frieza sinistra na área superava em muito qualquer coisa que ele havia sentido com os chapéus vermelhos ou os pães ensopados de sangue. Nem mesmo a colméia de pessoas de papel tinha sido tão fria quanto isso.

O mais chocante de tudo era como ela o chamara de docinho, o que, por alguma estranha razão, parecia familiar...

Com voz trêmula, ele continuou a recuar enquanto dizia: "Uh... Wan'er, é você... o que você está fazendo aqui...?"

Ele quase não conseguia tirar os olhos do sangue nos lábios de Gongsun Wan'er.

Percebendo seu olhar, ela estendeu a mão e tocou seus lábios suavemente, em seguida, lambeu-os e sorriu para ele. Era um sorriso que fez o coração de Bai Xiaochun congelar. Ele não podia ter certeza se estava imaginando coisas ou não, mas tinha quase certeza de ter visto uma segunda boca dentro dela agora mesmo!

Além disso, ele podia ver que ela tinha duas pupilas em cada um dos seus olhos!

Ele estava tremendo visivelmente e assustado, e ainda assim, esse sentimento de medo também alimentou sua raiva. Ao mesmo tempo, suor frio começou a escorrer pelas suas costas.

Com os dentes travados, ele disse: "Wan'er, eu... eu tenho uma missão para cumprir, então, hum... te vejo mais tarde."

Com isso, ele se preparou para sair.

Gongsun Wan'er cobriu o sorriso com a mão e disse: "Ah, por que você não vem brincar comigo, docinho?"

Estranhamente, sua voz era diferente de antes e quase parecia a de uma criança. Enquanto ecoava de um lado para o outro no túnel do labirinto, o corpo de Bai Xiaochun ficou rígido e seus olhos se arregalaram. A maneira como ela o chamara de docinho já parecia familiar, e agora que ele ouviu a voz daquela criança, sua mente começou a girar.

Gritando, ele recuou novamente, os olhos se enchendo de incredulidade quando apontou para Gongsun Wan'er e soltou: "Quem-quem... quem... quem é você?!?!"

"Como você pode ter me esquecido, docinho?" Embora suas palavras fossem ditas suavemente, elas batiam como um trovão na mente de Bai Xiaochun. Lembranças invadiram sua mente enquanto ele pensava sobre o Mundo da Espada Caída, e como entre as almas malditas havia uma menina segurando um ursinho de pelúcia sangrento!!

“Como isso é possível?!?!” Ele pensou, com sua boca e garganta secando. Ele sentiu como se estivesse enlouquecendo e não conseguia nem respirar. Era quase como ser atingido na cabeça repetidamente com um grande pedaço de pau.

Gongsun Wan'er sorriu com sua reação. Então ela casualmente acenou com a mão direita, fazendo com que uma névoa de sangue surgisse ao lado dela, que rapidamente convergiu para a forma de um homem alto.

Ele era corpulento e bem construído, mas terrivelmente, não tinha pele. Músculos escorridos de sangue eram tudo o que podia ser visto, com ocasionais veias azuis salientes aqui e ali.

Assim que Bai Xiaochun viu o rosto daquele homem corpulento, um nome surgiu em sua mente.

“Lei Shan!!”

Este homem uma vez já foi o Escolhido da Seita do Rio Profundo. Lei Shan! Com base no poder de base de cultivo saindo dele, sua força era comparável ao estágio da Alma Nascente. No entanto, seus olhos estavam vazios e vagos, quase como se ele fosse uma marionete.

"Espere por mim aqui, docinho", Gongsun Wan'er disse na sua voz de criança. “Eu não estou cheia ainda. Vou levar o ursinho para pegar um pouco mais de comida e depois podemos brincar juntos. Você espere aqui como um bom garoto agora. Eu ficarei muito chateada se você desobedecer!” Sorrindo feliz, ela se virou e saltou para longe, acompanhada por Lei Shan, que caminhava ao lado dela com um rosto inexpressivo e sons fracos de trovão saindo dele enquanto andava.

Bai Xiaochun assistiu tudo isso acontecer com um rosto pálido. Sentiu frio até a medula e já tinha decidido que não esperaria por Gongsun Wan'er e Lei Shan, mesmo que alguém o ameaçasse de matá-lo. Nesse momento, ele finalmente juntou as peças do quebra-cabeça, e percebeu que a jovem aterrorizante do Abismo da Espada Caída havia entrado no mundo através do corpo de Gongsun Wan'er.

A assombração da Seita Desafiadora ou as mortes no navio, tudo foi realizado por essa menina...

E então, Bai Xiaochun lembrou que ela havia originalmente se transformado por causa de uma pílula medicinal que ele inventou, e seu coração tremeu.

"Hum... não se preocupe!" Ele disse em voz alta. “Eu serei um bom garoto. Eu não vou a lugar nenhum... Ah, a propósito, tem um cara chamado Zhou Yixing. Ele é muito justo e delicado, e claramente muito delicioso. Por que você não brinca com ele um pouco...?” Depois de esperar um pouco para confirmar que a menina tinha ido embora, ele se virou e fugiu.




O site Central de Mangás é gratuito e sempre será!

Para colaborar com a existencia do site, por favor,
desative o bloqueador de anúncios.