A Will Eternal

378 - Eu Voltarei!

Bai Xiaochun lembrou-se do velho das Terras Selvagens com quem havia falado por meio de Chen Manyao. As coisas que o velho lhe contara se encaixavam no que ele aprendera agora e de repente, ele entendeu.

Se os quatro ramos principais do Rio do Caminho Celestial e as Seitas que cresciam perto dele eram os governos feudais, então este Celestial... era o Imperador!

Bai Xiaochun ficou sentado em silêncio com o Frígido da Seita por um longo momento. Finalmente, o Frígido da Seita levantou-se e estendeu a mão direita, dentro da qual havia uma noz azul-esverdeada!

Aparentemente, a noz tinha sido trabalhada a partir de uma jade e dentro dela estava... uma alma adormecida.

Ela não emanava flutuações de alma e de fato, mesmo examiná-la com o sentido divino não revelava a menor flutuação. Bai Xiaochun olhou para ela sem expressão por um momento.

“Isso é...?”

O Frígido da Seita  olhou para a noz e depois para Bai Xiaochun, sua expressão vívida de antecipação.

“Xiaochun, seu serviço à Seita Desafiadora do Rio foi além do seu dever. O fato de você ser membro da Seita Desafiadora do Rio... é uma verdadeira benção. Infelizmente, somos muito pequenos e fracos agora, e somos incapazes de lhe fornecer muita ajuda. No entanto, depois de discutir com os companheiros daoistas das outras Divisões, todos nós concordamos que era apropriado pegar esta alma Deva... e dar a você!” A voz do Frígido da Seita ecoou como um trovão nos ouvidos de Bai Xiaochun, fazendo com que sua mente e coração tremessem.

"Uma alma Deva!?" Os olhos de Bai Xiaochun se arregalaram. Se ele não tivesse acabado de ouvir a explicação do Frígido da Seita sobre a raridade de cinco elementos Deva, ele não teria pensado que esse item fosse de muito valor. Mas agora, que ele compreendia tudo isso, seu coração estava cheio de ondas de choque.

Não seria um palpite pensar que essa alma Deva era a única em toda a Seita Desafiadora do Rio. De fato, provavelmente não haveria uma outra em todo o mundo do cultivo oriental da Extensão do Meio.

Afinal de contas, as almas Devas são itens que as Seitas da Extensão do Meio geralmente não possuem. Era somente porque a Divisão do Rio Espiritual já havia sido a Escola Frígida que ela tinha uma!

"Isso...." Pela primeira vez em sua vida, Bai Xiaochun não avançou para pegar o tesouro que estava sendo oferecido a ele. Era tão valioso que ele nem se atrevia a tocá-lo.

"Nós íamos dar isso a você de qualquer maneira", o Frígido da Seita disse com um sorriso. "Estamos apenas entregando um pouco mais cedo do que o planejado. Não sinta nenhuma pressão. Afinal de contas, chegar ao estágio da Alma Nascente por meio dos cinco elementos de almas Deva é algo lendário, para dizer o mínimo. Pense nessa alma Deva do tipo madeira como uma direção a seguir. Se você não puder coletar outras almas Deva, então talvez você possa encontrar alguém na Seita Polaridade do Céu Estrelado do Dao com algum dos cinco elementos de alma Deva dispostos a trocar algo por isso. De qualquer forma... há muito tempo que começamos a pensar em como tornar o seu caminho para o estágio da Alma Nascente o mais claro possível!”

Bai Xiaochun estava tremendo e estava tendo problemas para respirar. Ele olhou para o Frígido da Seita por um longo momento, depois apertou as mãos e curvou-se profundamente.

“Muito obrigado, Patriarca!”

"Muito bem. Eu já disse tudo o que precisava dizer e já é quase de madrugada. Eu vou esperar por você no grande salão, no Monte Desafiador do Rio com o resto dos Patriarcas.” Batendo no ombro de Bai Xiaochun de um jeito encorajador, ele se virou para sair. Por alguma razão, ele parecia mais velho embaixo do pálido luar.

Bai Xiaochun guardou cuidadosamente a alma Deva em sua bolsa de armazenamento. Sua mente estava atualmente em caos; ele não estava se sentindo somente hesitante em deixar a Seita, ele estava profundamente comovido.

Logo, o amanhecer chegou e, quando os primeiros raios de luz perfuraram as nuvens e iluminaram a Seita Desafiadora do Rio, eles revelaram uma cena de montanhas exuberantes e rios fluindo. Tudo estava calmo e tranquilo, com pulsos de energia espiritual enchendo toda a área. A Seita Desafiadora do Rio realmente parecia um paraíso celestial.

Um olhar de determinação pôde ser visto nos olhos de Bai Xiaochun enquanto ele ajeitava a roupa e se dirigia para o cume da montanha.

Ao mesmo tempo, Xu Baocai e o Mestre Deus Divino pegaram seus pertences, reuniram sua coragem e seguiram na mesma direção.

Grande Gordo Zhang estava muito animado enquanto voava para o ar e quanto a Chen Manyao, ela disparou através do ar da aurora em um feixe de luz colorida.

Em algum lugar na Divisão do Rio de Sangue, uma caverna do imortal se abriu e Song Que saiu. Seu rosto estava pálido, com os punhos e dentes cerrados. Infelizmente para ele, ele não tinha escolha no assunto, então ele voou para o ar e se dirigiu para o Monte Desafiador do Rio.

Além deles, outros cultivadores da Seita Desafiadora do Rio começaram a sair das suas cavernas. A notícia se espalhou nos últimos dias e muitas pessoas sabiam sobre a questão dos reféns. De fato, se a Seita não tivesse proibido especificamente as pessoas de visitarem Bai Xiaochun para expressar condolências e se despedir dele, ele não teria conseguido quase nenhum descanso.

Nesse momento, todos os cultivadores de toda a Seita surgiram. Durante os últimos três dias, eles foram proibidos de perturbar Bai Xiaochun, mas agora, eles simplesmente precisavam vê-lo.

Song Junwan e Hou Xiaomei estavam no meio da multidão, ambas parecendo muito tristes enquanto voavam em direção ao Monte Desafiador do Rio.

Quando Bai Xiaochun chegou ao grande salão, viu o Frígido da Seita e os outros cultivadores da Alma Nascente esperando por ele. Ele também viu que ele não era o primeiro discípulo a chegar. Gongsun Wan'er chegou um pouco mais cedo e quando ela viu Bai Xiaochun, sorriu levemente.

Bai Xiaochun havia sido informado anteriormente que Gongsun Wan'er também seria uma refém. Por alguma razão, ele sempre achava que havia algo estranho nela, embora não soubesse o que. Quando ela olhou para ele, ele forçou um sorriso em seu rosto e se aproximou para ficar ao lado dela. Estranhamente, ela não tinha Protetores do Dao.

Surpreendido por isso, ele perguntou: "Onde estão os seus Protetores do Dao?"

"Eu não preciso de nenhum", ela respondeu com um sorriso.

Bai Xiaochun piscou algumas vezes e estava prestes a perguntar mais quando o Mestre Deus Divino e Xu Baocai chegaram, seguido por Grande Gordo Zhang e Chen Manyao.

O último de todos foi Song Que, de rosto acinzentado, que estava usando uma expressão muito sombria. Ao chegar, ele bufou um pouco e depois parou ao lado do Mestre Deus Divino, parecendo um tanto mal-humorado.

Os cultivadores estavam se reunindo do lado de fora da montanha para se despedir de Bai Xiaochun.

Bai Xiaochun pôde ver Song Junwan e Hou Xiaomei no meio da multidão, assim como Hou Yunfei, Terceiro Gordo Hei e muitos outros rostos familiares. Nenhum deles poderia encobrir as expressões sombrias em seus rostos. De repente, Bai Xiaochun percebeu que sua vida era realmente amarga às vezes... ele sempre parecia estar se despedindo das pessoas.

Foi assim quando ele havia deixado a vila e também quando ele deixou a Seita do Rio Espiritual. Agora aqui estava ele, na Seita Desafiadora do Rio e era a mesma coisa....

Enquanto ele estava decidindo em fazer ou não um pequeno discurso, como já era costume, uma pressão intensa de repente explodiu do grande salão. Ao mesmo tempo, a porta do corredor se abriu lentamente.

Um menino apareceu, vestido com um manto vermelho, as mãos cruzadas atrás das costas. Embora ele não fosse muito alto, ele parecia mais grandioso do que o céu e a terra, o que era, claro, por causa da energia de sacudir os céus e a terra que se agitava dele.

Enquanto a pressão do Reino Deva enchia toda a Seita Desafiadora do Rio com solene silêncio, o menino olhou para Bai Xiaochun e Gongsun Wan'er e depois assentiu levemente.

"Já que todo mundo está aqui, vamos embora!" Ele acenou com a mão para o céu, fazendo com que sons intensos e retumbantes ecoassem, como se o próprio céu estivesse sendo esmagado. Então, duas mãos ilusórias apareceram, rasgando um enorme buraco no ar em si.

Então, um gigante de 30 mil metros de altura emergiu para pairar no ar.

O gigante tinha um poderoso corpo e uma aura selvagem. Embora não fosse tão impressionante quanto o Ancestral de Sangue, ainda era uma visão completamente chocante.

Enquanto pairava ali, as montanhas abaixo pareciam brinquedos que podiam esmagar à vontade.

Suspiros podiam ser ouvidos entre os cultivadores da Seita Desafiadora do Rio e até mesmo os olhos de Bai Xiaochun se arregalaram. Isso foi especialmente verdadeiro depois que o gigante jogou a cabeça para trás e gritou, depois caiu de joelhos e se prostrou na direção do Monte Desafiador do Rio.

"Mestre!", disse, sua voz ensurdecedora enquanto se espalhava em todas as direções.

Enquanto todos na Seita ficavam abalados, o garoto sacudiu a manga, fazendo com que as visões de Bai Xiaochun e de todos ao seu redor ficassem borradas. Seus corpos ficaram subitamente cheios de dor e desapareceram. Quando eles reapareceram momentos depois, eles perceberam que estavam olhando para o Monte Desafiador do Rio.

Todos eles estavam agora... na cabeça do gigante!

Ser capaz de teletransportar pessoas sem qualquer forma de encantamento era algo que os cultivadores da Alma Nascente só podiam fazer com grande dificuldade. No entanto, este jovem rapaz tinha feito isso com o movimento da manga, como se não tivesse levado nenhum esforço.

Esta foi a primeira vez que Bai Xiaochun era abalado de tal maneira por um Deva. Ainda mais chocante era que cada cabelo na cabeça do gigante era como uma árvore enorme, fazendo sua cabeça quase como uma floresta.

Xu Baocai gritou e o rosto do Grande Gordo Zhang perdeu todo o sangue. O Mestre Deus Divino ficou trêmulo e até Song Que começou a ofegar um pouco. Chen Manyao levou as coisas um pouco melhor, enquanto Gongsun Wan'er foi a única que não pareceu ter qualquer reação.

Quanto a Bai Xiaochun, ele era um verdadeiro cultivador do Núcleo de Ouro, por isso, embora seu rosto tivesse ficado um pouco pálido, ele ficou ali parado, olhando para a Seita Desafiadora do Rio. De repente, ele gritou em voz alta: "Estou indo... mas eu voltarei!"

O menino no Reino Deva olhou para Bai Xiaochun com um sorriso, depois sentou-se de pernas cruzadas em um dos enormes fios de cabelos do gigante. Um momento depois, o gigante levantou-se, rugiu e saltou de volta para o buraco no ar, desaparecendo em um instante!

A única coisa que ficou para trás para os cultivadores da Seita Desafiadora do Rio foram algumas ondulações e os ecos da voz de Bai Xiaochun.