A Will Eternal

213 - Insignificante Mestre Bufa Bufa!

Três dias depois, ao amanhecer …

Bai Xiaochun não estava de bom humor. Quanto mais pensava sobre a guerra entre as duas seitas, pior se sentia. Além disto, ele agora percebia que a razão pela qual foi selecionado para a missão diplomática era por sua performance que foi demonstrada à Grande Anciã.

Se não fosse por isso, ele poderia aproveitar sua ausência para procurar a Relíquia da Indestrutibilidade Eterna. No entanto, depois de se lembrar do quão bem protegida estava, ele abandonou o pensamento.

Eu seu íntimo, estava miseravelmente preocupado mas, para todos os que o olhavam, ele parecia sinistramente calmo.

Após deixar sua Caverna do Imortal, ele rumou para o interior do Pico Médio, onde alguns cultivadores já estavam reunidos. Haviam cerca de doze pessoas e muitas lhe dirigiram olhares sombrios, assim que notaram sua presença.

O Mestre Deus Divino era uma das exceções deste grupo. Quando viu Bai Xiaochun, resmungou desdenhosamente enquanto lhe dirigia um olhar frio. Antes, demonstraria medo, mas, considerando seu recente juramento do Dao feito à Jovem Dama Xuemei, seu medo foi significativamente reduzido.

"Agora todos temos apoios poderosos", pensou ele, enquanto sorria friamente. "Apenas tente causar quaisquer problemas agora!"

Bai Xiaochun não lhes prestou atenção; Escolheu um lugar ao fundo e se sentou cruzando as pernas. Haviam outros cultivadores, mas assim que chegou, eles lhe abriram espaço. O nome “Nightcrypt” já havia se tornado conhecido.

Não se passou muito tempo para que mais feixes de luz aparecessem. Haviam pessoas chegando de todos os níveis do Estabelecimento de Fundação até que, por fim, a Grande Anciã Song Junwan surgiu, acompanhada por dois Anciãos de Sangue. Todos levantaram-se e juntaram suas mãos em saudação. No entanto, foi uma visão chocante para todos os presentes que a Grande Anciã Song Junwan, sempre vestida de maneira tão sensual, trajasse roupas tão diferentes do  habitual.

Ela já não parecia aberta a cortejos, vestia-se de forma mais conservada. Claro que, fundamentalmente, sua boa aparência não mudou e que, também, este novo estilo a tornou ainda mais bela.

Todos os presentes ficaram surpresos e muitos a viram com os olhos arregalados.

Song Junwan, com seus olhos brilhando, sorriu levemente. Muitos ficaram deslumbrados, e quanto a Bai Xiaochun, seu coração batia acelerado.

Song Junwan olhou para o grupo até que, por um momento, seu olhar recaiu sobre ele..

"Outra tática complicada!", ele pensou, ficando mais nervoso do que antes. Estava começando a descobrir que Song Junwan era realmente difícil de decifrar; Três dias antes, ela estava sorrindo como uma flor, mas agora o estava encarando. Mas, antes que ele pudesse analisar a situação, a voz de Song Junwan se elevou para que todos a ouvissem.

"Todos vocês estarão acompanhando o Patriarca em uma comitiva diplomática na Seita do Rio Espiritual. Exibam seu melhor comportamento e não envergonhem a Seita do Rio de Sangue!" Ela não estava mais sorrindo e seu tom sério fez com que todos acenassem em concordância.

Pouco depois, uma nuvem de sangue se formou próxima ao Pico Ancestral; Trovões podiam ser ouvidos, quando a nuvem cresceu até adquirir 300 metros de comprimento. Completamente formada, a nuvem rumou para o local da reunião. Sobre a nuvem, estava um velho vestido com um manto violeta. Ele possuía uma coroa no alto de sua cabeça e, apesar de sua avançada idade, aparentava dispor de grande vigor. Mesmo calmo, sua aura absurda pesava sobre todos.

"O Patriarca do Clã Song!" Bai Xiaochun pensou com um tremor o atravessando. Ele imediatamente inclinou sua cabeça. O velho parecia possuir a energia de todo um exército, como se bastasse uma parcela de sua vontade divina para provocar tormentos sem fim.

Os demais cultivadores também se sentiram pressionados e o saudaram respeitosamente. "Saudações, Patriarca!"

"Pelo o que vejo, todos estão reunidos", disse o Patriarca. "Muito bem. Chegou a hora de irmos para a Seita do Rio Espiritual!" Suas palavras os fizeram sentir como que um frio intenso penetrasse em seus corações.

Bai Xiaochun abalou-se um pouco. Incluindo o velho, ele já havia se encontrado com dois Patriarcas da Seita do Rio de Sangue, sendo o primeiro o Patriarca Sem Limites. Dentre os dois, Bai Xiaochun acreditava que o Patriarca Sem Limites não era tão assustador quanto o Patriarca do Clã Song.

"Oh, entendo", pensou ele. "O Patriarca Sem Limites se tornou um Patriarca apenas recentemente; Ele não é tão poderoso quanto o Patriarca do Clã Song. Este homem deve ser incrivelmente velho e, sua base de cultivo, deve ser igualmente poderosa" Ofegante, ele percebeu que seu corpo tinha sido agarrado por alguma força invisível e que agora era movido pelo ar. Ele foi capturado e, em um piscar de olhos, foi levado ao topo da nuvem de sangue.

Para sua surpresa, embora a superfície da nuvem parecesse gasosa, a mesma era bastante sólida. Olhando para baixo, era possível ver todo o território pertencente à Seita do Rio de Sangue. Um momento depois, a nuvem de sangue ganhou velocidade.

Logo, o chão abaixo de si tornou-se um borrão. Pelo que Bai Xiaochun sabia, mesmo que tentasse, ele não poderia alcançar um terço daquela velocidade.

"Então, isto é um Patriarca ..." ele pensou, engolindo seco. Olhando ao redor, observou todos os outros cultivadores do Pico Médio, incluindo o Mestre Deus Divino. Com seus rostos pálidos, era óbvio que nenhum deles estava lidando com a situação tão bem quanto ele.

Somente Song Junwan e os Anciãos de Sangue pareciam tranquilos. À frente de todos, sentado enquanto cercado por um vórtice giratório, estava o enigmático Patriarca do Clã Song.

Ele estava próximo o suficiente para que seus cabelos brancos e rosto enrugado pudessem ser vistos; Haviam até algumas manchas marrons em seu rosto, devido a sua idade.

Após um certo período, Bai Xiaochun se acostumou com sua grande velocidade de locomoção e passou a examinar a nuvem com maior atenção. Havia uma Formação de Feitiço protegendo sua superfície, assegurando que apenas suaves lufadas de vento chegassem aos que estavam à bordo.

Por algum motivo, ele se sentia excitado com a idéia de poder voltar para a Seita do Rio Espiritual, como Nightcrypt. De repente, começou a pensar em todos os que conhecia.

"Eu me pergunto se vou ver o Grande Gordo Zhang", ele pensou. "Será que ele me reconhecerá? Heh heh. E quanto a Hou Xiaomei? E se eu, como Nightcrypy, a chamasse de Pequena Irmã? E Zhou Xinqi, Xu Baocai, Ghostfang ..." Quanto mais pensava em seus companheiros, maior também era o seu sorriso.

Enquanto se divertia, uma bufada interrompeu seus pensamentos e ele olhou para onde o Mestre Deus Divino, que apresentava uma expressão desdenhosa em seu rosto.

"O que está olhando, Mestre Bufante?!" Bai Xiaochun disse friamente.

Assim que as palavras saíram da boca, todos lhe prestaram atenção. A pressão provocada pelo Patriarca e a Grande Anciã era constante e, por isso,  não tinham feito nada a não ser sentar e ficarem em silêncio. Agora que viram algo acontecendo entre Nightcrypt e o Mestre Deus Divino, eles se animaram com o entretenimento.

Isso era especialmente verdadeiro considerando a resposta sarcástica de Bai Xiaochun. Muitos ficaram receosos, temporariamente indecisos sobre como reagir às palavras 'Mestre Bufante'.

"O que você acabou de dizer!?", O Mestre Deus Divino perguntou, a raiva ardendo em seu coração enquanto encarava Bai Xiaochun.

"Não gostou?" Bai Xiaochun retorquiu em tom debochado. "Oh, me desculpe. Eu pensei que gostasse de bufar. Você já bufou várias vezes, até agora. Faça isto mais uma vez e irei chama-lo de Mestre Bufa Bufa."

Claro, suas palavras eram apenas iscas. O Mestre Deus Divino rangeu os dentes ao escutar os risos de alguns cultivadores ao seu redor.

Um momento depois, o Mestre Deus Divino riu friamente. "Você ... Hmph! Então e daí que tenha algum Qi de Espada? Você e as suas palhaçadas tornam impossível que qualquer outro praticasse seu cultivo. Você é um imprestável! É apenas uma questão de tempo até que seja morto pela Jovem Dama Xuemei! "

Bai Xiaochun ergueu o queixo orgulhosamente. "Ainda afirma ser um adivinho, seu charlatão? Você não é nada, senão um golpista! Tão divino quanto a minha bunda! Deixe-me lhe dizer algo: Com um olhar, eu consigo descobrir tudo o que há para se saber! Com um movimento de minha mão, eu poderia transformar o insignificante Mestre Bufa Bufa em pó!"

Com um Patriarca presente, ninguém se atreveria a começar uma luta. Bai Xiaochun adorava quando lutas não eram permitidas, em tais situações, ele não temia ninguém.

Assim que essas palavras saíram de sua boca, os olhos dos espectadores se arregalaram. Somente agora entenderam o quão afiada era a língua de Bai Xiaochun, embora eles não pudessem deixar de gostar de sua fanfarronice. Quanto ao Mestre Deus Divino, todos podiam ver que, apesar de sua raiva, ele não era rival para Bai Xiaochun em uma batalha de palavras.

"Que sem vergonha você é! Hmph!" Rangendo os dentes, o Mestre Deus Divino bufou friamente, mas antes que ele pudesse dizer qualquer outra coisa, ele foi interrompido por Bai Xiaochun.

"Veja! Bufou de novo, não é mesmo, Mestre Bufa Bufa!? Ouça, precisamos conversar sobre isso. Pare com suas bufadas, ok? Se agir desta forma na Seita do Rio Espiritual, podem pensar que você é um porco em forma humana; Isto seria uma grande vergonha para a seita!" Ele suspirou.

"Você!!" O Mestre Deus Divino sentia que a cada encontro com Bai Xiaochun, sua raiva cresceu para quase além de seu controle. O fato de perder o duelo verbal em frente a tantas pessoas o enervou tanto, que se levantou.

Os olhos de Bai Xiaochun brilharam enquanto convergia o Qi de sangue em seu indicador direito.

Quando o Mestre Deus Divino notou o gesto, seu coração falhou uma batida;  Ele nunca imaginou que seu oponente atacaria apenas por conta de um movimento repentino.

Foi nesse instante que o olhar frio da Grande Anciã Song Junwan recaiu sobre eles. "Basta!", ela disse friamente. "Mestre Deus Divino, sente-se ali! Nightcrypt, venha se sentar ao meu lado!"

Aproveitando o momento, o Mestre Deus Divino se sentou. Ele estava prestes a bufar novamente, quando lembrou das palavras de Bai Xiaochun e se segurou. Internamente, seu ódio cresceu.

Todos invejaram Bai Xiaochun. Não só havia se sentado ao lado da Grande Anciã, como também se aproximou do Patriarca. A partir deste ponto, todos perceberam que deveriam se atentar a estes tipos de oportunidade com mais freqüência no futuro.

"Grande Anciã, eu estou bem aqui!", Disse Bai Xiaochun, recuando um pouco. "Por que eu não--?"

 

Antes que ele pudesse terminar, Song Junwan o encarou friamente e interrompeu: "Venha aqui"